“Hacker” diz que só invadiu conversas de procuradores

Obtido pelo repórter Mahomed Saigg, da TV Globo, o depoimento de Walter Delgatti Neto, o tal “hacker de Araraquara”, desmente a afirmação, divulgada por Sergio Moro, de que uma enorme quantidade de autoridades foi espionado.

Delgatti diz que “descobriu sozinho” como invadir aplicativos de mensagens ligando para si mesmo e para seu médico e que, a partir daí, chegou ao telefone do procurador que o o acusou por tráfico de drogas e posse de arma de fogo, do qual copiou as mensagens em aplicativos.

A partir daí, diz o depoimento, alcançou um grupo de promotores federais e dele, os aplicativos de mensagens de Deltan Dallagnol, Orlando Martello, Diogo Castor e Januário Paludo, dos quais baixou os arquivos dos diálogos.

Dos demais – que vão do deputado Kim Kataguiri a Rodrigo Janot – na maioria, disse que apenas “chupou” a lista de contatos telefônicos.

Não há, pelo menos no depoimento, sinal de que outras contas – muito menos mil delas – tenham sido bisbilhotadas.

Os mil números de telefone são de tentativas de invasão ou apenas um cadastro de telefone?

O “hacker” diz que não entrou nas contas dos delegados, do juiz e do desembargador do TRF-2, de Paulo Guedes e de Joice Hasselman. Não há sequer menção a Rodrigo Maia, ao presidente do STJ, João Otávio de Noronha, ou a Jair Bolsonaro.

De onde surgiu, então, o “listão” que não chegou a Sergio Moro e que ele usou como base para ele “comunicar a alguns” que tinham sido espionados.

Mass então, de onde veio o resto das “espionagens”?

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

17 respostas

  1. Essa história parece ser muito mais complicada do que se possa imaginar. Tô com o Nassif quando diz que, ou é armação, ou tem um esquema muito grande por trás desse hacker.

  2. Quem acredita no “Hacker” e no MORO SALAFRÁRIO, acredita em Papai Noel, Bicho Papão, Mula-Sem-Cabeça e na Puta Que os Pariu !

  3. Esse Sergio Moro é muito incompetente, colocou todo mundo contra ele, como foi que esse individuo passou em concurso para juiz?. Isto tambem deve ser investigado.

    1. Houve uma época, não muito distante, em que, para “passar no concurso”, bastava um parentesco, um apadrinhamento, uma indicação de um compadre…

  4. Uma dúvida. O único que entregou o celular para a polícia federal foi o ministro. Se não invadiu o celular do ministro, como a polícia federal fez o rastreamento.

    1. Posso estar enganado, mas me dá a
      impressão que esta lista de mil é dos grampos gravados pela ”turma do Moro” e estão aproveitando a ocasião para colocar na conta dos hackers.

  5. Uma vez o Maluf foi visitar o Papa e pediu para ele abençoar meia-dúzia de terços.
    Na volta, distribuiu milhares de terços dizendo que foram os abençoados.
    Ou seja, o Marreco Caipira inventou que mil tinham sido ‘hackeados’ para colocar todos eles no bolso e/ou, pior, para botar lenha na fogueira daqueles que querem implantar uma cyber-vigilância irrestrita sobre todos os brasileiros.

  6. Tudo indica que da mesma forma que Moro inventou provas contra Lula, inventou as tais invasões. Queria colocar as outras autoridades dentro da mesma caneca em que ele está – chatageando-as – para obter o apoio delas para destruir os arquivos. Sujeito canalha.

    1. Rodrigo Maia, mais esperto “pouquinha coisa” (apud Stanislaw Ponte Preta), já assegurou nunca ter instalado o Telegram em seu celular. Ou seja, provou que o juizeco joga verde.
      Mas a pergunta que não quer calar é por que os membros do que talvez seja o governo mais americanófilo de nossa História usavam um aplicativo de mensagens russo e pouco conhecido do brasileiro. Aí tem…

    2. É até possível que moro tenha agido como J Edgar Hoover: tenha grampeado todo mundo e agora, de forma rasteira bem à seu estilo, chantageia geral.

  7. A esta altura dos acontecimentos, não dá pra acreditar nem no que o ministro marreco diz nem no que o ráque de araque diz.

  8. Quando o moro será preso?
    Esperam o que? Precisamos de coisas piores? Mesmo sabendo que elas vêm a qualquer hora?

  9. Achou que poderia destruir provas e saiu gastando antes de receber o “SALARIO”. o FAMOSO GASTOU POR CONTA ; Afinal sou Sergio Moro o Herói do Brasil, conforme o Bolsonaro. Chantagem pura claro e se deu mal! Alguém tem dúvidas de que esse agente teve o propósito ou tem, pois é cara de pau, de ser Futuro Presidente da Repúnlica de Bananas do Brasil e entregar de vez nossas riquezas nas mãos dos “AMERICANOS”? Olha lá se a intenção dele não é assumir a CIA na América do Sul… Já imaginaram?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.