Imprensa no curral: a 1ª manhã de Bolsonaro. E é Miriam Leitão quem diz

O dia mal começava e eu falava das ilusões da mídia com a suposta “conciliação” de Bolsonaro.

Nada disso.

Vai ser assim: no freio, para apertar o céu da boca das empresas, mas também no bridão, para apertar a língua dos jornalistas. Por enquanto, veremos se entrará também o relho.

Deixo, para não haver suspeitas de má vontade, que a musa do neoliberalismo, Miriam Leitão, conte como estão sendo tratados os jornalistas que foram cobrir a festa de posse na militarizadíssima Esplanada dos Ministérios:

Com o pretexto da segurança, o trabalho da
imprensa está sendo restringido na posse

Miriam Leitão, em seu blog em O Globo

A necessidade real de segurança do presidente eleito está sendo usada como pretexto para restringir o trabalho da imprensa. É claro que a segurança do presidente eleito, Jair Bolsonaro, e dos chefes de Estado que estão entre nós exige a imposição de regras, mas o que está acontecendo com os jornalistas é impensável e inaceitável.

Eles só podem ir e voltar para um ponto específico e com o transporte do governo. Mas assim: têm que chegar oito ou nove horas antes da parte do evento que cobrirá, só poderá ficar num mesmo cercado, sob pena de ser retirado do local e responder processo. Exemplo, quem tem credencial para o Congresso teria que chegar às 7h para um evento que começa às 15h. Fica no seu setor e de lá não pode sair. Se tiver conseguido também a credencial para outro momento da posse não poderá ir. Terá que ficar no mesmo local, depois de tudo terminado no Congresso, esperando a hora que o governo quiser retirá-lo do local para levá-lo de volta ao ponto inicial.

Jornalistas precisam circular pelo local onde estão, falar com as diversas pessoas. É a chance de se aproximar dos novos ministros ou assessores, de fazer fontes ou de ouvir as notícias. Mas se ficam confinadas num local específico, como se fossem gado em um curral, não conseguem fazer seu trabalho.

Cubro posse desde o general João Figueiredo. Nunca houve nada tão restritivo. Naquela época, eu era uma jovem jornalista e tive acesso a vários pontos da cerimônia, circulei, fui convidada para o jantar de gala porque era responsável pela cobertura do Itamaraty. Lá pude falar com os novos ministros.

Durante a campanha e a transição os sinais de hostilidade à imprensa, ou pelo menos à parte da imprensa que não está disposta a simplesmente fazer a louvação dos novos poderosos, foram muitos. Este sinal de usar as regras de segurança para impor restrição física aos jornalistas e de exigir um desgaste fisico, de horas de espera além do razoável, é um perigoso precedente.

Calma, Miriam. Daqui a pouco mandam um novo texto pelo ponto eletrônico.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

62 respostas

  1. ué? tá achando ruim?
    mas não era o PT que ia fazer censura?
    agora aguenta sem reclamar pra não parar na ponta da praia

    1. O guedes falou que ia alguém concordar tão fácil… Rabo de som e fúria… Pagamento severo aos laramjais remotos!

  2. A reação a este texto é de múltipla escolha: choramos com o desgoverno que se inicia ou rimos da cara de Miriam Leitão? ????????

  3. A imprensa há de compreender. Afinal, planejou e executou com entusiasmo todos os passos que levaram a este Brazil.
    Feliz Brazil Novo, Miriam Porcona!

  4. Nada disso estaria acontecendo se não fosse o trabalho antijornalístico produzido pela velha mídia nos últimos 15 anos, capitaneada pelas organizações Globo. Não deram o devido valor à democracia plena que existia nos governos de Lula e de Dilma e atuaram na linha de frente da derrubada final do Estado Democrático de Direito em 2016 comandando a deposição ilegal de uma Presidenta eleita democraticamente e dando voz aos políticos mais corruptos e minúsculos que estavam à disposição no momento desde que atuassem para derrubar a frágil democracia brasileira e se livrassem dos crimes cometidos: aécio (mineirinho), jucá (o caju), fhc, aloísio-500 mil, gato angorá, temer, eliseu quadrilha e toda uma organização criminosa composta de banqueiros, rentistas, mega-empresários acafajestados, evangélicos fundamentalistas, militares antissoberanistas, Wall Street, deptº de Estado dos EUA, e toda a corja internacional de sempre.

    #LulaLivre

    1. Por falar neste tanto de picaretas como ficará o Bostonaro quando alguém tiver peito para mexer com um Aecinho da vida. Ou será que o Moro mijará para trás???É o mais certo ne!!!

  5. Dona Miriam, é melhora jair se acostumando. Os seus patrões e a senhora terão que puxar muuuiito o saco do capitão e dos milicos anti- nacionalistas. Não enfiaram a mão no buraco do tatu? Aguenta a mordida, vão morder mais e vcs terão que falar mal do Lula e do PT 24h do dia, prejudicando as novelinha mequetrefes e os patrocinadores.

  6. Pensando bem eu estou começando a achar que isso tudo é ARMAÇÃO. Atende a ambas as partes passando a impressão de que “não foi a imprensa que elegeu o monstro” e de que são “inimigos”.
    Tudo isso tá com cara de FAKE NEWS.

    1. Também creio que aí há alguma coisa estranha. Impossível não estar acontecendo alguma conversação entre a Globo e este regime. Quando ele se afirmar mais um pouco com mais regularidade, mostrar=se mais sustentável e mais próximo do que se poderia chamar de um governo “normal”, a Globo começará a dar seu apoio entusiástico.

    2. Até faz sentido sua teoria.
      Mas já soube dos jornalistas chineses e franceses que abandonaram a cobertura por não aceitar a situação em que estavamestavam?

    3. Eu acho é que eles se sentem seguros porque no dia a dia da notícia eles dão as cartas. O Bolsonaro serve muito a habilidade das emissoras de desconstruírem os debates favorecendo o wo. Foi um n inestimável serviço prestado à sua candidatura e ele deverá reconhecer isso.

  7. É o preço a Pagar de uma imprensa que não sabe lidar com a liberdade de expressão, usa isso para ajudar derrubar uma presidrnta honesta.

    1. Não apenas isso, mas fazer mistificações, terrorismo econômico, assassinato de reputações, etc.

      Está faltando alguém ser devidamente punido, e esse alguém é o Alexandre “Baba Ovo” Garcia – que desde sempre fez parte dessa imprensa leviana, venal e antidemocrática, mas que agora está do outro lado do balcão.

  8. “Calma, Miriam. Daqui a pouco mandam um novo texto pelo ponto eletrônico.”
    Essa foi nas canelas. Se tiverem brio, deve ter doído…
    Bom dia.

  9. Ler isso da Miriam não tem preço…Feliz ano novo TIJOLAÇO. (em dialeto trentino aqui de Rodeio (SC): smatonada.

  10. Quá! Quá! Quá!
    Eu sabia que ia me divertir com a realidade batendo no lombo dos hipócritas!
    Apesar de todo o resto triste que vai ser este desgoverno, essa ladainha dos “injustiçados” e/ou “arrependidos” vai ser muito divertida.
    Vou assistir de camarote! Afinal, não compactuei com a mídia golpista nem votei no traste.
    “Calma, Miriam. Daqui a pouco mandam um novo texto pelo ponto eletrônico.”
    Quá! Quá! Quá!

  11. Estou intrigado com este “confinamento” da imprensa, hoje, em Brasília. Será que vão encenar um atentado?…

    1. Pacíência. Fernando Brito trabalha sozinho. Prioridade para os textos. Mais tarde ele libera os comentários.

  12. Colhendo aquilo que plantou… não tenho sentimento de pena por uma imprensa mesquinha e elitista que foi um dos pilares deste ódio implantado no país.

    E Brito Feliz 2019 pra vc e sua família e que sua saúde se reestabeleça e que você possa nos brindar com os melhores artigos da blogsfera da net. Sou leitor assíduo e seu fã. Vc é o melhor

  13. Quem com ferro fere, com ferro será ferido! Só quero ver se agora vão mostrar nossas manifestações legitimas.

  14. Eles estão no poder e não são mais oposição. Vamos ver como explicam e justificam para a opinião pública que aquilo que pregam, ou seja, a destruição considerável das estruturas institucionais e comportamentais consolidadas no país por décadas de negociação entre classes e partidos, como esta destruição deverá levar o país ao Paraíso. Dizer que “vamos aprender fazendo” é inaceitável. Eles têm a obrigação inadiável de explicar para o país e seu povo os fundamentos de razoabilidade dos seus projetos e propósitos.

    A) Queriam, pediam, imploravam de mãos postas que houvesse intervenção militar no país. Já aconteceu, já houve a intervenção militar e com força total. Mais do que já aconteceu não pode acontecer, porque não temos semelhança alguma com o Egito.

    B) Queriam um salvador, um mito, para restaurar uma paz baseada na liberdade total para as elites submeterem como quiserem as porções inferiores da pirâmide social, e no abaixamento de cabeça e no pôr-se de joelhos para implorar emprego, na completa conformação dos miseráveis excluídos e dos trabalhadores pobres e sem futuro, que vigeu no país durante a Velha República. Aconteceu. Quem pregava estes princípios retroacionistas agora está no poder.

    C) Queriam, numa retonificação dos princípios cambaleantes do Choque Nixon de 1971, uma submissão completa aos Estados Unidos da América, a ponto de reconhecer que os interesses daquele país, que julgam que é guia máximo da Humanidade, são mais importantes do que os interesses nacionais brasileiros, que basicamente não deverão existir. Aconteceu, as lideranças que assim pensam foram alçadas ao poder máximo do país.

    D) Queriam que não houvesse qualquer – qualquer- interferência impeditiva do poder judiciário para seus planos, e que este poder fosse totalmente dominado e posto a serviço de seus propósitos políticos e extra-políticos. Isto também já aconteceu.

    Tudo o que pediam, aconteceu. Agora têm tudo o que desejavam, para “dar um jeito no Brasil”. Agora não têm mais desculpa alguma para ter raiva e ódio de quem governa, porque quem está governando são eles mesmos.

    Eles têm o poder e cedo pretenderão fazer com que ele seja poder total, sem dar bolas para o fato do país ter a maior desigualdade social do planeta. A “herança maldita” que diziam que o PT deixou, está tão longe que só restou dela os 370 bilhões de dólares de reserva que o PT acumulou para o Brasil, e que já começam a jogar na fogueira na jogatina financeira. O ensino, o Ensino, que querem transformar em cartilha de castração intelectual, não é o ensino do PT, é o ensino da Civilização. Tudo o que é civilização e querem acabar, culpam de ser coisa do PT.

    Vamos ver que desculpas darão quando e se o país não crescer, não resolver minimamente o problema da violência e não deixar a todos os seus partidários, que os levaram ao poder, felizes e em comunhão permanente com a Providência Divina, da qual já disseram e garantiram que estava sempre ao lado deles.

  15. Comemorar: ascendem ao poder o ernesto araujo e a damares. Pena que o queiroz tão amigo não fosse convidado. Lembrando: exoneraram o amigo com diagnóstico de cancer.

    1. Queiroz foi convidado, sim, mas estava ocupado tratando da venda da limusine presidencial.

  16. Era mais do que esperado que essa turma de jornalistas de direita ainda ia cair a ficha. Acontece que foi com a colaboração deles que o Brasil chegou nesse ponto. Agora esperemos que tenham a mesma coragem e dignidade de revidar – como nós teremos – porque esquerda e direita estão no mesmíssimo barco. Não resta a menor dúvida de que estaremos vivenciando um regime ditatorial.

  17. Será mesmo que a poderosa Rede Globo será calada? Duvido muito. No mínimo haverá uma associação de criminosos.

  18. Nunca nos esqueçamos: O bolsonaro é cria da ação da globo. Bolsonaro é resultado do trabalho incessante da globo contra o país.

  19. Por um lado é a cama que a imprensa preparou pra ela. Por outro é bom essa equidistancia entre eleito e midia pois isso causará menos subserviencia e mais verdade… Tomara!…

  20. Se a imprensa tupiniquim tivesse cojones como a estrangeira abandonaria a posse. Mas não, já entregaram os.cojones há 50 anos

  21. pessoal…vamos fazer palavras cruzadas, ir à praia, pescar na amazônia, passear no shopping…e só ver o que acontece neste circo em março. esqueçam jornal, tweet, blog, whatsapp…

  22. Eu acho,… É,… POUCO !!
    BEM FEITO !!!
    Derrubaram uma mulher honesta, prenderam o melhor e mais honesto ex presidente,
    e agora TÓMAM na tarraqueta.
    Imprensa golpista VOCES MERECEM ESSE FIM.
    Cínicos, hipócritas e dissimulados.
    Parabéns, voces conseguiram.

  23. Por mais que odeie cada pessoa que com o mínimo de discernimento apoiou, parcial ou integralmente, tal desgoverno, não posso fechar os olhos pra não ver que a questão se volta não aos jornalistas e indivíduos, mas corporações.

    Os mais animados, numa rede de esperança – em que eu mesmo cai – ficaram quase que em êxtase com a reportagem do JN – na qual mostrou um candidato do povo indo até o povo e um ser recluso – como se aquilo fosse um sinal de posicionamento. Vemos agora que tudo não passou das circunstancias e da pura verdade.

    Como futuro jornalista espero, um tanto utopicamente, seguir alinhado com os meus ideais, mas assim como todo mundo terei que trazer um prato pra minha mesa no fim do dia.

    1. os piores começaram como esquerdistas.. um veículo de imprensa, por mais q os jornalistas se achem representantes de uma missão especial, é exatamente como a padaria do seu Manoel onde o pão tem q ser feito como o dono manda ou o padeiro é demitido.. o outro lado, ‘eles’, infelizmente é a maioria onde pobres introjetaram a defesa dos interesses da elite como se fossem os próprios deles…só vejo mudança possível com um câmbio geracional e desde q os filhos e netos saiam beeem diferentes daqueles que lhes derem origem… mas o teu comentário representa uma dura e crua verdade e vindo de um jovem foi das coisas mais tristes entre todas as tristes coisas q meus olhos já viram entre comentários.. Espero sinceramente que algo aconteça e que não tenha q ser assim dessa maneira

  24. Aquele momento do seu início de carreira era um momento de abertura (lenta, gradual e irrestrita no dizer do jargão da época). Agora o momento é de fechamento, rápido, intempestivo e também irrestrito. Momento esse promovido pela associação entre vocês, grande mídia, judiciário+mp, sistema financeiro e grandes empresários, isto é, o establishment. Como capacho do sistema, sugiro que guente firme, sem reclamar. Certamente sua conivência será recompensada. Sempre é .

  25. Essa “briga” é conversa pra boi dormir. A rede grobo sempre acha um jeito de se acomodar junto aos canalhas pra ferrar o Brasil e o povo…e se “fazer”, como dizia Justo Verissimo, personagem do Chico Anysio.
    Essa corja se merece!

  26. Nada como um dia após o outro. Kkkkkkkkk. Ou apoia o coiso ou nada de publicidade.kkkkk cuspiram no prato que comeram.kkkkk Saudades do PT né? Kkkkk

  27. Repito: querida senhora Míriam Netto (homenagem por ter filho escritor famoso) o “novo” presidente está, literalmente, “cagando e andando” para vocês, jornalistas golpistas!!!!!!

  28. A Mirian Leitão está reclamando? Ela tem razão: para ela e toda a mídia golpista uma pocilga seria mais adequada.

  29. Nada de mais, levando-se em conta a habitual truculência e paranoia que cerca os regimes autoritários, que o “cartão de visitas” à imprensa tenha sido este. Mas que ninguém se iluda com as Organizações Globo; ela sabe exatamente aonde lhe aperta o calo e age precisamente em acordo aos seus interesses corporativos. Ela está com a corda no pescoço financeiramente. Sabe que não poderia, e nem vai, esperar simpatia deste governo. Mas detém o maior poder de disseminação de informação e repercussâo popular no Brasil, e vai jogar o joguinho ao qual está habituada desde o nascimento: a chantagem. Se não atrapalhar nossos interesses comerciais e financeiros, a gente fica em posição neutra e o senhor governa em paz. Se tentar colocar um bastão nas rodas da nossa bicicleta, vamos fuçar até descobrir algo sujo (tarefa até bem facil) deste governo e faremos oposição destrutiva até derrubarem-no. Simples assim, pegar ou largar. E qualquer governo pega, a não ser que pague pra ver disposto a “chutar a mesa” e colocar seus tanques nas ruas…

  30. Vocês observaram quantos Presidentes de Países importantes que marcaram presença????
    Bolívia, Paraguai etc e etc.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *