Janio e a coação do PMDB sobre Dilma

pmdb

 

Dificilmente se encontraria para descrever as circunstâncias políticas por que passa, com grandes dificuldades, a Presidenta Dilma Rousseff do que aquela contida no artigo 158 do Código Penal: “Constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, e com o intuito de obter para si ou para outrem indevida vantagem econômica, a fazer, tolerar que se faça ou deixar fazer alguma coisa”.

 

Substituída a vantagem econômica por política – e nem sempre se substitui, como sabemos – a narrativa penal é precisa.

 

Levada a este ponto por erros próprios do isolamento, sim, mas todos eles  pequenos ante a guerra político-midiática que destroça a economia e não se deteve nem mesmo com o resultado das urnas, é assim que se tem de avaliar e definir os caminhos políticos de sobrevivência da democracia e de nossos direitos. A construção de um ambiente histérico de moralismo que – a começar pela ação dos jornais sobre a classe média – prescinde de provas e seu julgamento, ironicamente, favorece a exacerbação dos mecanismos de sobrevivência política que, alegadamente, se diz combater.

 

E, então, o governo cede e dá parcelas de si próprio senão, na expressão popular, como diz Janio…

 

Ou desce

Janio de Freitas, na Folha

Na aparência, um PMDB que decide salvar o “ajuste fiscal” e o governo, curvando-se a dezenas de vetos presidenciais a medidas só aprovadas pelo Congresso porque sustentadas pelo mesmo PMDB. Na realidade, uma chantagem política, urdida passo a passo, por meses, até o governo sentir-se em sua penúltima hora. E entregar, entregar-se, ao PMDB que lhe disse o que queria e o que fazer, para ser salvo na salvação do seu “ajuste”. O PMDB em plena forma.

Visto como um gesto altruísta de Michel Temer, ou de ressentimento desse peemedebista com ares de esfinge, a recusa em fazer indicações na mudança do ministério foi, de fato, o abandono de Dilma às feras: “negociação”, só com a bancada na Câmara. Além de feras peemedebistas, centuriões de Eduardo Cunha. Jogo decido antes de começar.

Para esse PMDB, impeachment ou não, pouca diferença faz. O PMDB deu-lhe uma derrubada como efeito colateral, na ocasião mesma em que Aécio propalava negociações para a adesão dos peemedebistas à derrubada de Dilma. Tal efeito não alivia tanto as expectativas de Dilma, porque suas possíveis dificuldades vêm mais da Justiça Eleitoral e do Tribunal de Contas da União do que de Aécio e seus aprendizes de golpistas. Alteram, porém, o confronto de forças políticas, em favor de Dilma.

Certa turbulência continua, no entanto. Mas com o PMDB instalado em conforto no governo, sobre um colchão de R$ 106 bilhões da saúde e outros bilhões menos visíveis e também divisíveis, a configuração geral fica menos agitada e menos difusa. Por quanto tempo, só o PMDB poderia sugerir. E não diz.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

12 respostas

    1. pode acrescentar mais um poste na presidencia e um partido covarde ,safado e que agora virou entreguista tambem.

      1. Tenha, pelo menos, respeito pela Presidenta Dilma, já que a coragem dela tu não tens, não é? “Mineiro”

  1. Acho que no Chile também existe Aécios & cia:

    Bachelet desmintió los rumores de renuncia

    “No veo ninguna razón para renunciar, ni quiero renunciar”, afirmó ayer tajante la presidenta de Chile, Michelle Bachelet, al hacer frente a los rumores que especulaban con la posibilidad de incumplir su mandato —concluye en marzo de 2018— dada la baja aprobación que muestran las encuestas.

    http://www.elpais.com.uy/mundo/presidente-bachelet-desmintio-rumores-renuncia.html

  2. Bom dia,
    como esse blog e demais defenderam o ” temer” dizendo que era um santo que ver agora. Em meu comentário de balcão fiquei meio perplexo como o PMDB comportou-se em seu primeiro mandato e agora atira as ovelhas nas covas dos leões. Vamos acorda, a Presidenta tá cercada e lutando bravamente contra esse bandidos que assumiu o Brasil.

    1. o pmdb nunca gostou do pt e da dita esquerda, foi jogo de interesses. porque todo mundo sabia que o lula iria vencer as eleiçoes, e o escroque do pmdb bandiou para o lado deles. e esse vice pres. é o pior deles , nao tem diferença nenhuma dos outros . a verdade é uma so ta todo mundo doido pelo poder e esta sentido que podem entrar pela portas dos fundos. o pmdb ajudou na demoliçao dos patrimonio , ajudou o fhc maldito a privatizar tudo, precisa mais de alguma coisa.

  3. Convém lembrar a todos,que o PMDB,faz parte da coligação de governo.As características que possui no momento,não são muito diferentes das que sempre tiveram,ou seja,um bando de oportunistas com poucas exceções.O que o PT tem de fazer,é ter “TÁTICA”,e isto é o que está observando somente agora.Partidos sob a DITADURA DA SOCIEDADE DE CLASSES BURGUESAS que não tem táticas,vai pro brejo.Não vão em hipótese nenhuma,assumir o PODER,porquanto somente se assume o PODER,pela força.O resto são argumentos de ” DEMOCRATAS “,que não ousam confessar que a tal DEMOCRACIA DE CLASSES,somente protege de fato,A CLASSE DOMINANTE.OS GREGOS,QUANDO A FUNDARAM,CONTINUARAM COM escravos e suas mulheres andavam ” OLHANDO PARA O CHÃO “!

  4. vamos fazer uma analise pelo que eu venho acompanhado dos blogs progressistas alguns. porque eu so acompanho noticiario atraves dos blogs progressistas. eis a questao que todo mundo vinha alertando la atras, que o pt virou tucano , se acovardou diante do pig , nao lutou por nenhuma reforma inclusive uma das principais , a lei de medios. e para piorar tudo porque pra fim foi a chave de disso tudo , foi no episodio da sathiagara , o que o bundao do lula enfiou para debaixo do tapete e anulou as acoes da pf , mp contra os poderosos. que ate aquele momento invesigava tudo , nao so do pt bundao. e depois foi esse poste ser pres . do brasil , ai a coisa desandou , pra começar foi fritar bolinhos no pig mor , depois jantou com a falha de sp. ela so pos gente nos min. a maioria da direita . ela vem enfiando o pe em nos desde o primeiro mandato. ai para desandar de vez usou os movimentos sociais e nos todos para ganhar as eleiçoes e uma banana para nos, e por fim a derrota na disputa da pres. da camara e caminhou para isso que nos estamos vivendo hoje. um desgoverno acuado , sem açao , sem moral e sem coragem para dar uma virada. em resumo nessa simples avaliaçao é isso. logico que tem mais coisas , mas so os profissionais para analisar.

  5. A teoria de que a corrupção no Brasil começou com o PT à 13 anos atrás, que muitos, mas não maioria do PT tenha sido pego em operações da PF e exemplarmente condenados, durante 13 anos de investigações, de operações da PF autônoma há 13 anos, e do MP independente há 13 anos. Tem comparação por ai, sugerindo entregar para quem vendia estatal à preço de banana, quando não existia compra de apoio político em nenhuma esfera de poder, nem re-eleição, combateu-se corrupção na Petrobras desobrigando a realização de licitação. Coisa de gênio. E o pior, não tinha investigação da PF, do MP, nem barulho na Imprensa, reinava a tranquilidade de não saber como, quem e de onde vem os Bilhões da Corrupção, deputados e senadores não caiam por falta de decoro. Zombavam da sociedade e do Judiciário, nessa época, antes do PT, deputado justificava na tv a origem de grandes somas em dinheiro em suas contas pessoais como contemplação milionária das loterias da CEF por duas vezes, só fazia um barulhinho rápido.

  6. Ministro Teori do STF, salve o Brasil dessa ameaça antidemocrática, com risco de perder as importantes conquistas dos último 13 anos, o que penaliza de forma cruel o nosso povo. Prove ao mundo que quem manda neste país é a Carta Magna, da qual V. Excelência é um dos guardiões. Não permita que a mídia infiel e, a serviço de grandes grupos de investidores especulativos e corporações poderosas, mal intencionadas e golpistas interfiram na vida de nosso país. Suspeitos que representam risco de retrocesso para o nosso país e, que pululam na Câmara de Deputados e Senado, são a grande ameaça à ordem pública do momento. A legalidade é a maior arma do povo brasileiro e, está em vossas mão, já que a soberania do voto livre está ameaçada por Eduardo Cunha e seus seguidores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *