Janio: “pararam um país parado”

parafolha

Janio de Freitas, hoje, detalha a evidência que, ontem, já era possível perceber: o governo nacional entrou em profundo colapso de autoridade e, pior, colapso de perspectivas.

Como o processo eleitoral foi amputado de Lula, todos os diminutos neoprotagonistas de uma eleição sem tendências brigam pelos fiapos de poder que bailam ao vento, diante de um governismo sem chefe e um oposicionismo sem feição.

Janio, com maestria, já resume tido na primeira frase: “Os caminhoneiros param um país parado”.

O que não significa que não irá se mexer. Mais para baixo, ainda.

Greve de caminhoneiros e seus
efeitos são problemas de governo

Janio de Freitas, na Folha

Os caminhoneiros param um país parado. Sua greve atinge o que ainda respira, aos estertores, no dia a dia do país. A lenga-lenga da retomada de crescimento, propagada por uma articulação entre temerosos das eleições e economistas do bolsão neoliberal, já ruíra sob o jorro dos números mais ou menos reais. Como o do desemprego crescente e o da produção industrial em coma.

Greve de caminhoneiros e seus efeitos são problemas de governo. Este, por sua vez, dotado de todos os meios para encaminhar soluções. Eis o que de fato aconteceu: não o governo, mas os presidentes da Câmara e do Senado tomaram a iniciativa de pensar em resoluções que, se capazes de dissolver a greve, ambos fariam aprovar nas respectivas Casas. Presidência, ministérios, Petrobras, trocavam mensagens, marcavam reuniões para o dia seguinte, contrapunham-se em hipóteses e rejeições.

O governo que não chegou a governar proclamou sua inexistência. Temer, o perplexo, fez renúncia branca, com a admitida passagem da responsabilidade do Executivo para o Legislativo. Não foi melhor nem pior para o país, porque, embora melhor que a omissão, foi mais um avanço na bagunça institucional. Como os anteriores, prenúncio de outros.

Mas o passo de Rodrigo Maia e Eunício Oliveira pede cautela na apreciação. Mesmo como resposta devida, e não dada pelo governo, à situação de emergência, é duvidoso que não o inspirasse (também) outra motivação: o proveito eleitoral.

Um, imaginado candidato à Presidência; o outro, já concorrendo ao governo do Ceará. As TVs deram-lhes o ganho, entre grevistas e em mais partes do eleitorado, por sua atitude. São desnecessárias sondagens para saber-se o que Temer recebeu.

Nada muito diferente do que, se lembrado, coube a Henrique Meirelles, agora candidato oficioso do desistente Temer e, até prova contrária, futuro candidato do MDB. O que dá certa força a tal possibilidade é a disposição de Meirelles de pagar sua campanha, deixando a parte que a ela caberia, no Fundo Eleitoral e no MDB, aos candidatos em geral do partido. A cenoura pendente diante do burrico. Mas não só.

A doação da dinheirama ameaça Meirelles de ser mais candidato à cristianização do que à Presidência. Cristianizado, no jargão político, é o candidato que, como Cristiano Machado, se vê sucumbido pela adesão dos correligionários, com a bênção do partido, a outro candidato.

No caso original, o apoio eficaz e indeclarado foi dos políticos do então PSD, de Cristiano, ao favorito e vencedor Getúlio. Engordar os bolsos da campanha e os próprios com a parte alheia não exige acompanhar o doador para o fundo. E, se ele for bem, é só desarmar a traição e viver o pequeno constrangimento de passar por leal.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

31 respostas

  1. Preciso retrato: “diminutos neoprotagonistas de uma eleição sem tendências brigam pelos fiapos de poder que bailam ao vento, diante de um governismo sem chefe e um oposicionismo sem feição”

  2. Algo me diz que essa greve de caminhoneiros é o estopim para o descontrole total do país.
    Esse comportamento neoliberal antinacionalista do governo funcionava nos tempos de FHC porque o povo não tinha parâmetros para comparação. Desemprego alto, salários baixos, recessão, crises, desigualdade social, miséria, pareciam ser coisas insuperáveis. Agora o povo sabe que não é. E os coxinhas já se ferraram tanto quanto os mais pobres. Em algum momento, vão dar um basta. Talvez seja esse o momento.
    Talvez o governo tente apelar para o exército, mas não vai funcionar, porque o povo estará unido. O futuro a Deus pertence.

    1. É de dar medo mesmo. Quando os militares “restaurarem a ordem” a classe média exultará. Os militares são a guarda da sociedade de classes. Atendem aos interesses dos que estão no alto da pirâmide social, embora a origem social dos militares esteja da classe média para a base da pirâmide. Seremos reconduzidos à condição de colônia americana. Se o alto comando tivesse viés nacionalista, como na Venezuela que os manifestoches tanto abominam, a situação seria outra. O que vemos aqui são generais mudos quanto ao roubo das riquezas e o fim da soberania, e que arreganham os dentes contra as lideranças populares e legítimas (Lula). Doutrinados pela cartilha de Washington. A ausência de capacidade crítica e a ignorância de história das classes dirigentes é desalentadora. Imagine quando implantarem a “escola sem partido”. Amiúde penso que não há saída.

    1. é triste mas chega uma hora que só autoridade resolve, sempre foi assim, desde nossos antepassados primatas… o fla-flu da política tupiniquim sacrifica a população… chega uma hora que acabam as palavras e só resta a força

  3. Meirelles, candidato de Wall Street, será financiado pela banca international, da qual é zeloso servidor. Financiamento público de campanha!

  4. Temer sentou-se para esperar os militares?Ou desistiu de vez?E o dinheiro do Fundo Soberano agora para gastar a rodo vai para onde?Se não vai para a sua campanha, vai para que contas?E eu cada vez mais odeio os que diziam que o governo de Dilma era fraco, desorganizado e incompetente.E corrupto. Não há páreo para esse de agora. E nessas circunstâncias cada vez mais a sombra das fardas nos apavoram.

  5. Nessa história tem caroço . A frota de caminhões é estimada em quase dois milhões , apenas estimativamente 20% são motoristas autônomos ( donos dos próprios caminhões ), que alugam para empresa de transporte .Na sua minoria por mais estejam sendo penalizados com as altas do combustível , não colocaria o seu pequeno patrimônio em risco . Esta greve é dos donos de empresas de transportes . Essa turma não é flor que se cheire , vide o ocorrido e quem eram eles e o que defendiam , naquela manifestação durante o governo Dilma . Pelo que se sabe não ocorreu nenhum alerta ou indício de negociação por parte da ANTT ANTES DA DECRETAÇÃO DA GREVE .. O governo e os sistemas de segurança nacionais conhecem a nossa dependência do sistema de transporte para abastecimento e funcionamento do país . Custa a crê que foram surpreendidos . Este jogo , não é teoria da conspiração , me parece mais uma peça do tabuleiro do golpe contra as eleições .

    1. O golpe para as próximas eleições já foi dado pela prisão infame do LULA.
      Repare, eles não tem ninguém para o comando do país. Ninguém. Zero. Desastre.
      Mas não haverá como evitar a (i)responsabilidade que assumiram com o golpe.
      Ou anulam o golpe e liberam o LULA ou serão destruídos; pena que destruindo o país antes.

    2. Está com cheiro do golpe no Chile de Pinochet contra Allende que começou com greve de caminhoneiros.

  6. Os paneleiros, manifestoches e demais idiotas fantasiados de neymar jr ajudaram a ressuscitar Pedro “Apagão” Parente. Pra estes idiotas, os combustíveis deveriam custar o triplo do que custam para gente normal.

  7. GREVE DOS PETROLEIROS

    Esta é greve de quem realmente produz, para mostrar pros yuppies e mega especuladores quem é realmente importante! Fodam-se os acionistas!

    https://economia.estadao.com.br/noticias/geral,sindicato-aprova-greve-de-petroleiros-contra-alta-dos-combustiveis,70002317542

    (des) governo CRIMINOSO: “as refirmarias estão trabalhando com carga baixa a mando do governo para que os importadores tragam combustível mais caro para o país”

  8. Acho bom o judiciário, stf e moro que assumiu há muito tempo o comando político (só existe comando político) do país acharem logo a solução para esta greve e suas graves consequências.
    Tiraram um governo e uma presidenta honesta e iam “consertar o país” com os aplausos da globo (na verdade dominados pela globo).
    Cabe a eles, e a não mais ninguém, resolver o problema.
    Mãos a obra senhores!
    Contem com a globo. Se forem exitosos a globo distribuirá medalhas e só vai cobrar mais verbas de propaganda, caso contrário, quando o lucro dela estiver em risco, ela vai entregá-los como culpados do desastre (o que acho que já é).
    E olhe, vem outros piores pela frente. Boa sorte!
    Estamos cobrando.

  9. Esta greve dos caminhoneiros embora nos custe alguns sacrifícios, mas se obtiver o resultado que o Brasil espera que é por fim em governo corrupto cujos integrantes já deveriam estar dormindo na Papuda faz tempo, vai compensar e muito, pois acreditamos que só um movimento como estes (caminhoneiros) derrubar este fraquissimo governo corrupto.

  10. O golpe fase 2 começou. Esses caminhoneiros são manipulados e insuflados. Tem dinheiro grosso aí. O clima de caos ideal pra cancelarem eleições. É só aparecer um novo Mourão e os milicos entram em campo. Porque no campo da direita não se cria candidato. E do outro lado está Lula.

  11. A-T-E-N-Ç-Ã-O

    ESTAMOS NA ANTESSALA DO GOLPE FASE 2. CRIOU-SE O CAOS…

    AGORA PODERÁ VIR O CANCELAMENTO DAS ELEIÇÕES. VIGIAI !!!

    GREVE DE CAMINHONEIROS DERRUBOU ALLENDE. E AJUDOU A DERRUBAR A DILMA.

    A DIREITA SABE QUE NÃO ELEGERÁ PRESIDENTE NO VOTO DE JEITO NENHUM.

    1. É isso mesmo, Gurgel. No Chile os caminhoneiros foram pagos pela CIA que compensou suas perdas e ainda pagou um abono para destruir o país. Faltava tudo após uma semana de greve. E aí as FFAA deram o golpe. O figurino aqui no Brasil é o mesmo. A grande possibilidade de decretação de estado de sítio no qual não pode haver eleições. O Raimundo aí em cima também acertou na veia. Apoio da esquerda, como já fazem algumas sindicatos, é a mais pura ingenuidade. Ótimo vídeo a respeito: https://www.facebook.com/botandoapilha/videos/1971309292940731/

      1. Aqui não precisa indenizar, porque camioneiro que assiste novela também sabe bater panela. Próxima fantasia da Tuiuti vai ter camiaozinho.

  12. Temer só tinha mais uma tarefa: conduzir a entrega do país ao próximo (des)governo golpista, o da banca financeira, sem maiores solavancos. Mas o homem é tão ruim, tão incompetente, que nem isso vai conseguir fazer.

  13. Não tem que baixar preço do Diesel.
    Tem que botar a 6,00 o litro.
    O preço das coisas, a lei da oferta e da procura regula.
    Esses vagabundos pararam o Brasil e ajudaram e depor a Presidente Dilma Roussef quando o Diesel custava A METADE do que custa hoje.
    Essa raça tem que tomar na tarraketa… Deus botou o capim no mundo prá burro comer !
    Lula livre!!

  14. Militares darão o golpe na Direita, apoiada por eles no golpe de 2016? Seria inédito!
    Tem alguma semelhança com as “Primaveras Árabes”?
    Lá, o resultado agradou aos estados unidos: Submissão total!

  15. Bloquearam meu comentário.
    Prá comentar aqui tem que ser tucano, caso contrario, a censura do Blog degola.
    A audiência já foi melhor….

  16. Sem Lula Livre e eleições diretas, o país não vai ter paz. Tudo mais vai ser enrolação e pode radicalizar.

  17. Até acho maneiro ler esse blog aqui, matérias interessantes. Gosto de ler os “dois lados da moeda”. Mas tem muito fanatismo aqui…. Ainda continuam com esse papo que Lula e Dilma são santos….isso já deu. São todos FDP! Que saco…o brasileiro é uma merda mesmo…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.