Juíza impede cremação do corpo de miliciano

Da Veja, agora há pouco:

A Justiça do Rio proibiu, nesta quarta-feira, 12, a cremação do corpo do miliciano Adriano Magalhães da Nóbrega. O pedido havia sido feito pela mãe e pelas irmãs do ex-policial.
Em sua decisão, a juíza Maria Izabel Pena Pieranti afirmou que o pleito não atendia “aos requisitos da Lei 6.015/73, não estando acompanhado de imprescindíveis documentos”, como o Guia de Remoção de Cadáver e o Registro de Ocorrência. A magistrada destaca, também, que a morte de Adriano da Nóbrega não se deu “por causas naturais”.
Momentos antes da decisão, um integrante do governo de Wilson Witzel havia informado a VEJA que Adriano, morto numa operação policial conjunta das secretarias de segurança pública dos estados da Bahia e do Rio, realizada no domingo 9, seria cremado nesta quarta-feira.

Como se vê, pretende-se que a queima de arquivo seja literal.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

23 respostas

  1. Vocês esquerdopatas são complicados.
    O filho do Bozo clamou no twitter para que o corpo não fosse cremado.
    Se ele tivesse culpa no cartório pq faria isso????

    Tudo bem que ele fez isso quase duas horas depois do horário marcado para a cremação…
    Mas isso não vem ao caso, by marreco de Maringá.

    1. Você gostaria de estar dizendo que não há relação entre os dois, mas acaba defendendo por conta da amizade que os dois possuíam. No fim você acaba se expondo como defensor de bandido de uma forma ou de outra.

  2. E o atestado de óbito?
    “anemia aguda, politraumatismo, instrumento de ação pérfuro contundente”

    1. Adriano estava sonhando e levou um tiro no sonho! Basta perguntar para a especialista em ciências, a Damares, que ela vai confirmar! É bem capaz de no atestado constar MORTE NATURAL!

  3. Miliciano bom é miliciano morto e enterrado na vertical, para aproveitar o metro quadrado de terra pra vagabundo.
    E o ibope do ‘bope’ cada vez mais abaixo dos sete palmos da terra.
    Os caras são piores que bandido…

  4. Não é hora de chamarmos um movimento nacional por uma comissão da verdade “de verdade”? Com Comissão de Direitos Humanos, American Watch, legistas estrangeiros, etc. Fica a sugestão.

  5. Que pressa em esconder a artimanha desses bandidos! O corpo verdadeiro deve estar, a essas alturas, se bronzeando em alguma praia paradisíaca do Pacífico. E a família, tão tristinha e de posse de uma bela grana para fazer parte do teatro, já deve estar de malas prontas para se juntar ao “morto que não morreu”.

  6. O Flávio Bolsonaro se acha muito esperto. Mas… Só protestou contra a cremação do parceiro Adriano quase duas horas depois da hora marcada para a cremação:
    A cerimônia estava prevista para as 10h desta quarta no Crematório do Cemitério São Francisco Xavier, no Caju, Zona Portuária do Rio.

    DENÚNCIA! Acaba de chegar a meu conhecimento que há pessoas acelerando a cremação de Adriano da Nóbrega para sumir com as evidências de que ele foi brutalmente assassinado na Bahia. Rogo às autoridades competentes que impeçam isso e elucidem o que de fato houve.
    11:57 AM(hora do Twitter)

  7. Não conseguiram cremar o corpo. Isso já é uma vitória. Um cadáver fala e diz muito, para um médico legista experiente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.