a25ba0f02d020691809cbe79dc403604

Julho termina com 92,5 mil mortes. Universidade diz que dobrarão até novembro

 

Os números das secretarias estaduais de Saúde, fechados há pouco, indicam, com as 1.212 mortes e 52, 4 mil novos casos confirmados de infecção por coronavírus que o Brasil fecha o mês de julho com 92.475 mortes e 2,68 milhões de casos registrados.

As mortes cresceram 52,6% desde o dia 1° do mês, quando eram 60,6 mil e os casos registrados quase dobraram – alta de 85,2%- passando de 1,45 milhão para os atuais 2,68 milhões.

No ritmo atual, até o final da próxima semana estaremos muito perto dos 100 mil casos e teremos chegado a três milhões de brasileiros infectados.

Segundo as projeções da Universidade de Washington, através de seu Instituto de Métricas em Saúde, uma dos mais respeitados centros de elaboração de modelos matemáticos epidêmicos, teremos, até 1° de novembro, segundo seus cálculos mais atualizados, nada menos que 182 mil mortes.

Será irreal? Não, se pensarmos que em três meses – maio, junho e julho – registraram 86 mil mortos no Brasil. À razão das mil mortes/dia que vem se sustentando nos últimos dois meses é possível que até passemos daquele número.

Embora, claro, Jair Bolsonaro ostente uma caixa de cloroquina como troféu da sua vitória da morte.

 

 

a25ba0f02d020691809cbe79dc403604

7 respostas

  1. Ah se a universidade de Washington falou, tá falado.
    Pior será a edição “especial” do Jornal Nacional para anunciar os 100 mil. As caras de desolação do Bonner e demais jornalistas globais. Como se não tivessem sido fundamentais para que se chegasse a isso, construindo, com mais de dez anos de lavagem cerebral antipetista nos brasileiros, a aberração Bolsonaro.

  2. Triste País de um povo triste,tão triste que parece o amarelão do Jeca de Lobato.
    Nunca fui sindicalizado,nunca tive carteira de trabalho assinada,sempre fui autônomo e ainda assim solidário com o trabalhador e frequentador de sindicatos,
    Conheci vários,participei de muitas greves,ajudei a organizar algumas,umas trágicas como a de Guariba mas vitoriosa,outras muito bem planejadas,preparadas para durar o necessário,cestas básicas,quitação de contas,a máxima assistência ao grevista e o dinheiro nunca veio de Cuba e sim de nossos bolsos.
    A greve de Paulínea foi o embrião da FUP,gente disposta,organizada e valente.
    Hoje pasmo fiquei com a notícia de que a FUP vai fazer uma VIGÍLIA contra a venda de refinadoras.
    O que diria Jacó o guerreiro de Paulínea sabendo que petroleiro de grevista passa a papa hóstia?

  3. Fora de pauta: Ontem foi o Nocaute que fechou e hoje mais um blog está ameaçado de fechar suas portas. Trata-se do blog Viomundo do jornalista Azenha. O blog está pedindo uma contribuição mensal a quem possa ajudar para poder continuar com suas atividades. Vamos ajudar o Azenha, gente!

  4. Este número se concretizará apenas se houver tendência de uma redução do número de mortes, senão o céu é o limite! Mas parece que as pessoas estão começando a ficar assustadas…parece. Menos o negacionista, aquele da cloroquina que anda passeando pelo Brasil.

  5. Meu filho estuda em Alfenas. Lá e nas cidades do Sul de Minas 10 entre 10 habitantes andam sem máscaras. Isso explica porque a Pandemia está comendo solta no interior do Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *