Kennedy: Moro é a figura mais perigosa para a democracia brasileira

Vale a pena ouvir o comentário do jornalista Kennedy Alencar no Jornal da CBN com um balanço dos últimos acontecimentos no que antes se chamaria política mas, agora, assemelha-se a um circo.

Ele passa em revista aos absurdos que, mais cedo, apontei num post aqui, como sinais de que temos um crescente “PIBB – Produto Interno da Briutalidade Brasileira.

Destaco os comentários que faz sobre Sergio Moro, a quem serenamente aponta como possuidor de um “visão medíocre da função pública” ao recusar-se a conversar com o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil e a quem classifica como alguém que “não está à altura do cargo”

Moro é a figura mais perigosa para a democracia brasileira. Porque ele é autoritário, ele tem uma visão repressiva para a segurança pública e para o país, mas ele tem uma imagem muito boa, de cavaleiro do combate à corrupção.

Ouça:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

17 respostas

  1. Senhor Kennedy.Isso,não passa de UM CABEÇA DE BAGRE,que aos serviços do que chamam de PODER JUDICIÁRIO,faz o papel PARTIDÁRIO,do PARTIDO DA ORDEM.Com a chancela do que chamam de PODER JUDICIÁRIO.O resto tudo, é JUDICIALIZAVEL.Quanto ao resto,do que chamam PODER,mas é somente,GOVERNO ,chancelado pelo PODER.E o PODER,nós todos sabemos,donde vem.

  2. SERGIO MORO É UM —-DELINQUENTE,RASO,ORDINÁRIO,VULGAR——
    BANDIDO QUE AINDA GOZA DA “ADORAÇÃO” DA MASSA ALIENADA DESTE PAIS,INFELIZMENTE A MAIORÍA.
    ESSE VAGABUNDO METIDO A JUÍZ ,MERECE ALGO MAIS QUE UM SIMPLES PAREDÃO, É POUCO PARA O TAMANHO DA SUA CANALHIÇE.
    O MUNDO GIRA ,E O QUE HOJE ESTÁ POR CIMA ,AMANHÃ SOFRERÁ AS AGRURAS DO CASTIGO PELOS CRÍMES COMETIDOS.

  3. Venho falando isso com amigos faz tempo: Sérgio moro é o verdadeiro perigoso à democracia, muito mais do que Bolsonaro

  4. Tem uma Doutora de YouTube, que acho muito boa, inclusive. Que diz que Bolsonaro era autêntico, que é verdadeiro e que não é psicopata. Que os verdadeiros psicopatas são manipuladores, e exercem poder. Ela esqueceu que Bolsonaro apoia tortura, mas na verdade, o voto dela seria em Bolsonaro por isso essa defesa. Daí, dei a sugestão que ela analisasse o comportamento de Moro, mas ainda não fez. Porque Moro tem todo o comportamento de um psicopata, tanto na frieza, quanto no fato de derrubar todos que aparecem no caminho dele. Além, de ser manipulador e ter fome pelo poder. E, infringir as leis(todos os psicopatas odeiam regras), no suposto combate ao crime. A população acha, que psicopata são assassinos, estes, são minorias.

  5. Esse é um IDIOTA completo. Não fala como jornalista fala como militante idiota (como sempre)

  6. Um grande abraço Kennedy, não ha perspetiva que no período curto essa situação venha à melhorar.Os abutres que estao no Poder tem como parceria à grande mídia. O poder de manipulação é gigantesco.A mídia alternativa tem que andar juntas nessa caminhada espinhosa.

  7. SERGIO MORO É UM —-DELINQUENTE,RASO,ORDINÁRIO,VULGAR——
    BANDIDO QUE AINDA GOZA DA “ADORAÇÃO” DA MASSA ALIENADA DESTE PAIS,INFELIZMENTE A MAIORÍA.
    ESSE VAGABUNDO METIDO A JUÍZ ,MERECE ALGO MAIS QUE UM SIMPLES PAREDÃO, É POUCO PARA O TAMANHO DA SUA CANALHIÇE.
    O MUNDO GIRA ,E O QUE HOJE ESTÁ POR CIMA ,AMANHÃ SOFRERÁ AS AGRURAS DO CASTIGO PELOS CRÍMES COMETIDOS.

  8. Kennedy afirma “Hoje, o presidente falou bobagem, Weintraub falou bobagem, Moro falou bobagem.” Tem alguém, neste governo, que não esteja quase o tempo todo falando e fazendo bobagens? Com muita precisão, um leitor do Tijolaço definiu este governo como um conglomerado de antas. Na mosca!

  9. Moro foi uma aposta errada do imperialismo financeiro, que evidentemente não conseguiu encontrar ninguém melhor do ele para fazer o papel que fez. Nem com excepcionais reforços poderia agora dar a volta por cima e se reafirmar, e seus apoios externos também estão em crise profunda. Por enquanto, Moro só pensa em enfraquecer midiaticamente o Supremo, visando tentar acovardá-lo no julgamento de suas marotices jurídicas. Mas já esteve a ponto de querer dominar todo o país.

    Aparentemente quase deu certo, ele deve ter chegado a pensar que ia mesmo estabelecer um reinado neocolonial só seu e dos seus patronos, mas seu fracasso será o pior possível, de desgaste contínuo e permanente que chegará ao fundo do poço, quando se revelará toda a extensão de suas mazelas. Ao lançar a candidatura de Luciano Huck à presidência, a mídia mais influente do país deu a entender que desistia de segurar o andor de Moro.

    Vivemos em uma época de mudança excepcional, numa encruzilhada da Humanidade, e o Brasil é um país excepcional. Não é um país subdesenvolvido qualquer. A boa fama do Moro é superficial, não está assentada em algo mais sólido do que louvações e maquinações midiáticas de parca veracidade.

    Moro é um homem distante do Brasil profundo, carece de brasilidade, coisa que ele visivelmente não tem e nunca terá, e não é pelo fato de ser filho de imigrantes. Para ter pleno êxito, ele necessitaria que todo o infinito universo brasileiro fosse destruído, para que ele pudesse reinar sobre uma terra sem passado.

    A cultura específica e a capacidade crítica do Brasil são vastas e sólidas, e não iriam se dissolver nem mesmo se colocassem no Ministério da Educação um destruidor do quilate do Pol Pot, que por sua vez fracassou ao tentar começar um país do zero absoluto, como quer fazer quem segue a teoria, por sua vez também fracassada, do profeta do desespero ocidental chamado Steve Bannon.

    As instituições deste país subdesenvolvido chamado Brasil, que no centro do mundo acreditam que são precárias, desprezíveis e insignificantes, surpreendem, mostram que ainda funcionam muito bem e que têm séculos de experiência consolidada.

  10. Mr Moro não deixa de ser uma surpresa, mas é uma serpente esperando pra dar o bote!

    ele tem na pasta dele varias cartas na manga contra os Bolsonaro, senão vejamos:

    -se investigar Queiroz, prende um dos filhos do Bolsonaro

    -se investigar a morte da Mariele, prende outro

    -se investigar o nebuloso caso da cocaina no avião, provavelmente prende o terceiro dos filhos de Bolsonario

    ou seja: o clã dos Bolsonaro está literalmente com o pescoço nas mãos de raposa do Moro…

    agora, a questão é: qual a carta que o Bolsonaro tem contra o Moro que mantem o Moro na coleira, caladinho, submisso e engolindo as humilhações???

    e olhe que coisas contra o próprio Bolsonaro não falta…

    esta é pergunta que precisa ser desvendada…

    Neste jogo, acho que o Moro está só esperando o momento certo para derrubar o Bolsonaro e assumir o poder ele mesmo, como representação de uma força suprema de combate a corrupção, que nos livrou dos governos corruptos do PT e do PSL, que prendeu o Lula e os Bolsonaro…

    Os Bolsonaros que se cuidem! Eles morrem de medo não é do Lula não, que o Lula/PT é bozinho, e fazem o jogo dentro das regras.

    Eles morrem de medo é de um poder que não tem vergonha e nem excrupulos de pisar na cabeça dos seus adversários. E hoje quem representa este poder é o Moro.

  11. Em 1989, Collor também tinha “uma imagem muito boa”, de cavaleiro branco caçador de marajás. Mais importante do que os cavaleiros é a estrutura que forja essas “imagens muito boas”. A nossa matrix, essa máquina de gerar cavaleiros, não para nunca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *