Lembre-se: Bolsonaro não veio do espaço sideral

Parece estar se formando uma maioria bastante sólida entre os brasileiros de que Jair Bolsonaro é um energúmeno, um détraqué, tosco, despreparado para o convívio humano.

Mas ainda não há consciência de que um personagem como este diz mais sobre a natureza do que sobre as excrescências da gente que manda neste país.

Jair Bolsonaro é o retrato horrendo e disforme do que se tornou o pensamento conservador no Brasil.

Não produziu nada capaz de estar em seu lugar, como seu líder, sua bandeira e -perdão pelo paradoxo – como sua expressão intelectual.

Bolsonaro é resultado de ação e omissão, ambas igualmente graves.

Sua raiz remonta ao momento em que o conservadorismo trocou de instrumentos: deixou a política e entregou-se à mescla entre a ação do Judiciário e da mídia como instrumento de poder.

Não lhes parecia perigoso: afinal, tudo estava entre os homens de punhos de renda, todos frequentadores dos mesmos salões, embora o último dos “príncipes” do baile fosse bem menos respeitável que o desejado.

Mas, ainda assim, era o retrato do que se transformara a nossa elite: bon vivants, arrotando sofisticação mesmo tendo se tornado ignorante.

Não funcionou em 2006 para vencer Lula diretamente, nem para vencê-lo em 2010 e 2014, indiretamente.

Já desta última vez, decidiam-se a quebrar as regras do jogo, dando poder aos instrumentos de destruição da vida política: o partido policial-judicial.

Para não alongar o texto com tudo o que você já sabe, restaram-lhes dois personagens: Sergio Moro e Jair Bolsonaro, ambos ideologicamente talhados para exercer o poder de forma autoritária e destruir qualquer projeto de afirmação nacional.

Bolsonaro, o viável eleitoralmente e o capaz de trazer o apoio dos militares (além dos mercadores do Evangelismo) foi colocado na presidência para fazer seu turno, “fuzilar a petralhada” e passar, outra vez, o bastão de mando para as mãos do alto clero.

Colonialistas e escravocratas, sim, mas com “modos e aggiornamento, palavra que adotaram, nos anos 70, como antecessora da tal “modernidade” com que se disfarça a velhice das ideias.

Mas está difícil, mesmo para eles, aguentar os ímpetos de uma classe média medíocre, que saiu, com seus arroubos fascistas, do armário onde uma década de declínio do regime militar e três outras de democracia formal a haviam recolhido.

Há um troglodita no poder e os que o puseram lá achando que o poder lhe daria modos verificam, apavorados, que não se acanha em limpar a boca com as toalhas de fina renda.

Talvez lhe venha este pavor por verem, projetada nele, a imagem daquilo que se tornaram.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

47 respostas

  1. Boçal Nato é aquilo em que outros tempos se chamava de um “sem mãe”, que “não teve infância”.

    Mas essas expressões saíram de moda, devido ao politicamente correto.

  2. Ou seja esse governo é a cara de certo Brasil, não existe oposição entre doutor Jekyll e o senhor Hyde, entre o Brasil moderninho e o selvagem, entre a polícia e a milícia, entre a justiça e o justiciamento, o que existe é sintonia entre essas duas caras de um só país.

  3. SUBLIME!
    “Há um troglodita no poder e os que o puseram lá achando que o poder lhe daria modos verificam, apavorados, que não se acanha em limpar a boca com as toalhas de fina renda.”

  4. Bolsonaro é um psicótico, sustentado em suas paranóias. A escalada de suas agressões mostram que o quadro pode se agravar perigosamente.

  5. Por estarmos sob o tacão de um troglodita, miliciano e nazifascista, nunca houve no Brasil uma ocasião tão propícia para a formação de uma ampla frente política que una democratas sinceros, progressistas, e esquerdistas em torno de uma agenda mínima para a recuperação do Estado Democrático de Direito. Isso foi feito em países vizinhos, como Chile e Uruguai, guardadas as respectivas realidades, e não vejo porquê não possa ser constituída aqui no Brasil, pois já fizemos algo parecido por ocasião das “Diretas Já”. A situação é inédita pois o país foi irresponsavelmente lançado nas mãos de bárbaros que já demonstraram que querem a destruição do país e a entrega dos seus escombros à sanha da agiotagem internacional manipulada pelo Imperialismo Anglo-Americano. Embora seja a única providência a ser tomada, com rapidez e seriedade, não se tem notícias de que algo parecido esteja sendo cogitado pelas várias vertentes de nossa sonolenta e omissa “oposição” esteja ela nos parlamentos, nos partidos, nos sindicatos ou nos movimentos sociais. Ao que parece só o Movimento Estudantil esboça alguma reação, mas mesmo assim sem a necessária continuidade.

    1. Desculpe por discordar, mas acho muito difícil haver qualquer reação similar às concertações platinada por aqui. Basta comparar dois itens: o nível de formação educacional mínimo das populações chilena e uruguaias com a brasileira, e o nível de hegemonia monopolista dos meios de comunicação brasileiros, contra os medios adequadamente regulados dos Estados vizinhos. Para seu desejo tornar-se concreto, precisaríamos de muito mais do que temos do primeiro item e de muito menos do que temos do segundo.
      Além disto, as esquerdas mundiais – e não apenas a brasileira – estão aturdidas frente às questões impostas pela economia de mercado, e não têm sido capazes de orquestrar uma reação à altura do desafio. Basta ver como a direita avançou como um rolo compressor sobre as maiores democracias ocidentais, e a extrema-direita tratorou as democracias mais frágeis do Leste europeu. Me parece que é um momento histórico ruim para os estados democráticos de direito, e não será fácil vencê-lo. Fora o risco de tudo desaguar, como nos anos 30 do século passado, na necessidade de conflitos sociais graves para fazer frente a uma evolução parecida em muitos aspectos à atual. Hoje já não dá pra achar isto um exagero. Alguém conseguiria imaginar a Síria de hoje há apenas 10 anos atrás? Como vaticinou Denys Arkand em seu filme “As Invasões Bárbaras” o capital trouxe consigo os novos bárbaros, bem mais perigosos e capacitados que os antigos, mas tão selvagens quanto.

  6. Muito se fala de que os conservadores ( até hoje nunca entendí como alguém pode ser conservador ,é a negação da evolução) viraram os neoliberais, em soma só mudaram as moscas ,mas a—— continúa a mesma.
    Assim sendo,eles só existem porque a maioría, NÓS, explorados ,preteridos,submetidos,permitimos que aconteça.
    A culpa de sua existência nunca foi mérito deles ,foi desleixo nosso.
    Porque hoje se perguntar a massa de imbecis que foi enganada por esse delinquente, quer perder os 40% de multa quando for demitido?não quer ter acesso a um ensino superior de qualidade ??
    quer morrer na porta de um hospital por falta de atendimento?
    et,etc,óbvio todos responderíam NÃO ,ENTÃO SEU IMBECIL POR QUÉ VOTOU NO CARA???.
    AS MAIORÍAS BURRAS É QUE FAZEM O PODER DAS ELITES, portanto é só EDUCAR DA FORMA CORRETA A MASSA,ASSIM ELA VIRARÁ POVO.

    1. Aparentemente parece fácil,mas o marketing brutal,as propagandas o assédio dia e noite noite e dia de mídias compradas pelo grande capital, revistas,jornais todos financiados,patrocinados por corporações fica difícil, torço muito por uma revolta nesse país, mas acho que é apenas um sonho porque esse povo eleitor do bolsonaro migrará ou para um candidato “novo” que surgir em cima da hora que sempre foi tradição no BRASIL ou rostos já conhecidos tipo Dória,Huck, é sempre assim BRASIL é complexo demais,um povo que só se unem para festas e farras.

      1. Mas, a pergunta que é necessário fazer : ” por que não convencem vc ,eu e as pessoas que participam deste comentários ??” consciência política .Se ela não existe por uma busca pessoal,ela deverá acontecer pela EDUCAÇÃO .
        Não proselitismo ou orientação idológica,mas, pelo incentivo ao questionamento,a aplicação da lógica,a privilegiar a inteligência e a criatividade.
        Duvido,mas,duvido muito que sujeitos com acesso a este tipo de Educação ,sendo pobres e explorados como a maioría de nossa população ,escolhería um DELINQUENTE como este imoral.

  7. Continuando o currículo do capitão: 56 – É o único presidente do mundo que é xenófobo em relação a uma região específica da federação do seu próprio país só porque nela mora a população mais pobre. 57 – É o único presidente que nega a fome no seu país e só pensa em filé mignon para o filho 58 – É o único presidente que conta piada chula em rede social e 59 – É o único presidente que quer abolir a cadeirinha criança.

    1. Libera agrotóxico todo dia para matar seu povo, entrega uma mina de ouro que é o pré-sal, destrói suas industrias, desemprega milhões de brasilheiros…ninguém compra, arrecadação despencando, doenças, fome, humilhação… tudo culpa do PT? Ah, mas pelo menos assim a gente não vê preto, pobre e nordestinos nos aviões, shoppings, restaurantes finos, Universidades…

  8. É verdade, bolsonaro é a face desnuda do conservadorismo vira-latas e entreguista brasileiro.
    Do ponto de vista espiritual, acho que bolsonaro é também a vingança divina contra os que há anos propagam falácias e difamações contra Lula, contra Dilma, contra seus governos e contra os petistas em geral. A imagem horrenda que eles pintavam e todos os absurdos atos dos quais os acusavam converteram-se em realidade com bolsonaro e seu governo no poder. É como se Deus dissesse para eles: “agora vocês vão ver como funcionam governos que agem da forma que vocês acusam os governo do PT de agir”.

    1. Emília lendo seu texto recordo que assisti um vídeo de uma cristã uma pregadora,semana antes do segundo turno dizendo EXATAMENTE o que você disse, o vídeo falava que o povo que se diz “cristão” do Brasil iriam sofrer,sofrer e muito com esse bolsonaro e que ele já estava eleito,não tinha como mudar, que os tempos das dores iria começar,que o povo ia pagar e muito pela hipocrisia,demagogia sepulcros caiados falsos moralistas.

      1. Oi amigo, se possível me envia o link desse vídeo. É como ler Jeremias após o cativeiro babilônico. O cara ficou anos avisando o povo q se eles não parassem com a opressão ao pobre, ao órfão e à viúva, Deus iria desterrá-los para a Babilônia. Acho bom resgatarmos todos os alertas dos dissidentes evangélicos desse período pré-eleição do bozo. Só isso possibilitaria um ponto de entrada na consciência evangélica q foi enfeitiçada pelos líderes picaretas q venderam o rebanho. Os evangélicos não ouvem vozes de fora, mas eventualmente ouvem vozes discordantes intramuros. Posso citar aqui Ed René Kivitz, Ariovaldo Ramos e há alguns outros, é bom fortalecer e apoiar os bons.

    2. É muito divertido ver aqueles caras que discutiam política no bar e agora só falam de futebol, novela e o carai à quatro. E, a cada escândalo mais bizarro que o outro, do imbecil que um dia chamaram de mito, não defendem o mito. Postam coisas do Lulla.

    3. E só um reparo ao texto excelente: ele não se acanha de limpar somente a boca com as toalhas de fina renda, na mesa posta pelos iletrados, gordos e ricos membros da burguesia e da elite nacional, mas, a bunda também.

    4. Exato, eu tembém vejo dessa forma do ponto de vista espiritual. O povo atraiu uma verdadeira ORCRIM para o poder, de tanto se dizer governados por uma organização criminosa na época do PT. Agora sim!

  9. Recado URGENTE para o povo do nordeste, principalmente para o Maranhão:
    O artigo 85 da Constituição preceitua: É crime de responsabilidade do presidente da República os atos que atentem contra a CF e, especialmente, contra : II – o livre exercício do Poder Legislativo, do Poder Judiciário, do MP e dos Poderes constitucionais da Federação.
    Observem que o presidente da federação brasileira se negar a repassar recursos federais a um ente da Federação que tem direito, impede ou coloca em risco o funcionamento de todas as instituições mencionadas no inciso porque o estado fica em dificuldade para financiar e custear o funcionamento delas. V – Probidade na administração.
    É crime de responsabilidade se negar a repassar recursos federais a uma unidade da Federação e o fato de ser em razão de xenofobia é gravíssimo. Chamar a população do nordeste de ‘paraiba’ é xenofobia.
    VII – o cumprimento das leis e das decisões judiciais.
    O capitão fere a Constituição e descumpre a lei quando se nega a repassar recursos federais a um ente da Federação aos quais ele tem direito em pé de igualdade com os demais entes federativos.
    III – o exercício dos direitos políticos, individuais e sociais
    Quando o presidente se nega a repassar recursos federais para os Estados federados ele agride e dificulta o exercício dos direitos sociais porque deixa o estado fragilizado e em dificuldades para custea-los.Por exemplo, financiamento da saúde e educação.
    A propósito, defender o trabalho infantil fere os direitos individuais e sociais.
    Dito isso agora eu vou analisar no currículo do capitão o que vocês podem somar para pedir o impecheament.

  10. A presença continuada desta figura nefasta associada à prática da política da casa grande e à economia neoliberal irão criar na população uma repulsa didática na população à direita e tudo que ela representa.

    1. Esqueça, meu caro. Enquanto a maioria da população se ativer às matérias veiculadas pelo Jornal Nacional como única fonte de informações, não corremos este risco. Continuarão a aceitar o que for realizado de mais inaceitável como “coisas da politica” e a abaixar a cabeça para qualquer troglodita autodenominado “autoridade”. E se alguém acenar com a volta da esquerda ao poder, horrorizados, chamarão a Polícia, pois isto é “coisa de comunistas”. Como, de resto, aconteceu durante todos os demais regimes autoritários que já vivemos por aqui. Desconhecimento tem preço, e costuma ser caro…

  11. Continuando o raciocínio anterior: a constituição prevê como princípios que devem nortear a administração pública: legalidade (é ilegal por exemplo, deixar de repassar recursos federais a um ente da federação em razão de xenofobia), impessoalidade e moralidade, por exemplo, um presidente indicar um filho para ser embaixador, especialmente quando o mesmo não tem qualificações e nao pertence a carreira do Itamaraty, e, também usar o cargo para punir fiscal que o multou no passado; publicidade e eficiência.
    Portanto, o capitão vai atentar contra a CF se indicar Eduardo como embaixador. E neste momento, ele já tornou pública e insiste na sua intenção de atentar contra a Constituição, o que mostra o seu grau de imoralidade. Num sentido mais amplo, dentro da questão da imoralidade está a falta de decoro. Lembrem que o capitão é o único presidente do mundo que ja publicou um vídeo pornográfico em rede social

  12. O que é mais assustador é que bolsonaro, sendo idiota, não tem nenhuma razão para deixar de sê-lo, pois, quanto mais idiotices diz e faz, mais consolida os votos de quem vota nele. Sendo idiota e dizendo e fazendo idiotices, ele elegeu-se e reelegeu-se diversas vezes para a câmara; aumentado a idiotice, como dizer que não entendia nada de economia, mas a entregaria a um “posto ipiranga”, conseguiu 57 milhões de votos para presidente. Então, o que ele deve fazer, para manter e aumentar seu eleitorado, é ser cada vez mais idiota; é fazer e dizer cada vez mais idiotices.

  13. Fernando Brito,
    Infelizmente o Jair Bolsonaro ainda tem muito apoio da população brasileira. Isto, eu percebo nas redes sociais e nos estados que visito, incluindo os da região nordeste do Brasil. Até mesmo a mídia brasileira, que embora não o tenha como ideal, aqui, acolá, o apoia; Ainda mais agora depois da reforma da previdência. O Poder Judiciário, também o apoia. Basta observar algumas atitudes de ministros do STF.

  14. Ha quem valide todos os pontos negativos do governo da hora.
    Mesmo diminuindo as quantidades nas ruas quando chamados,os verdes amarelos que manipulados se retratam os brasileiros representantes patriotas com todas as imbecilidades conhecidas,se dão ao máximo para defender Bolsonaro.
    Entre eles,até sabemos o porque do apoio do mercado,do agronegocio e dos ruralistas,mas tem advogados e outros profissionais liberais apoiando também. Então consiguimos avaliar que o anàlfabetismo politico não atinge só alguns milhoes de popullares,mas uma grande massa de formadores de opinião .

  15. Continuando o raciocínio:
    O capitão feriu a Constituição quando ele e Eduardo conspiraram com os EUA uma intervenção na Venezuela. Isso porque o artigo 4 , da CF prevê: A República Federativa do Brasil rege-se nas suas relações internacionais pelos seguintes princípios: autodeterminação dos povos e não-intervencao. Além de outros princípios que eu deixei omissis, tem também o repúdio ao terrorismo e ao racismo. Observem que o capitão é racista e, portanto, não repudia o racismo.

  16. Pois bem, concluindo os comentários anteriores eu gostaria de dizer o seguinte: Hoje é o governador do Maranhão que está sendo perseguido pelo capitão, amanhã poderá ser qualquer um dos outros governadores se tiverem alguma contenda com ele, seja de que partido for. Então, os demais estados têm obrigação de defender o governador do Maranhão, sob pena de serem as próximas vítimas. Observem o caso do Gleen. A Miriam Leitão se omitiu e não defendeu o jornalista – coisa que ela deveria ter feito, não por ele, mais pela liberdade de imprensa. E vocês viram que ela foi a próxima vitima do bolsonarismo. A Dilma foi perseguida e torturada na ditadura igualzinho a Míriam, e, mesmo assim, a jornalista foi incapaz de defende-la. Todos sabem que o capitão homenageou o Coronel Ustra em seu voto asqueroso para o impecheament de Dilma. Agora ele vem e simplesmente afronta Míriam dizendo que ela mente e que não foi torturada coississima nenhuma na ditadura. Então fica esse recado para a imprensa. Numa ditadura todos os jornalistas são perseguidos, exceto aqueles que beijam os pés do ditador. Quero mandar um recado para o mercado e as redes globo da vida. Se vocês estão tolerando o capitão por causa da reforma da previdência, é bom observarem que ele não fez nada para a reforma sair e ainda por cima está atrasando o processo com seus desatinos. O Congresso já está empenhado em fazê-la e vocês não precisam do capitão não. Nesta oportunidade, eu digo aos militares: o capitão está arrebentando a reputação das Forças Armadas. Ele vai continuar nessa toada porque não sabe agir de outro jeito. É evidente que ele é um homem desequilibrado. Não tenham dúvidas: ele vai jogar a reputação das Forças Armadas na lama. Espero que não seja preciso ele humilhar mais nenhum de vocês para aceitarem, nem que seja por debaixo dos panos, um impecheament do capitão. Deixem o Mourão assumir. Ele não tem problemas psiquiátricos, o capitão sim.
    Envio recado para Carmem Lúcia. Eu fui sua aluna na PUC. Tenho tido algumas decepções com a senhora. Mas continuo respeitando-a porque a conheço e sei que não é uma pessoa desonesta. Neste sentido, eu conto com a senhora para – tendo em vista os meus argumentos constitucionais – apoiar um impecheament do presidente, isto é, se depender de algum voto da sua lavra em
    eventuais questionamentos no STF sobre um impecheament do presidente. Faça de conta que eu estou fazendo uma prova e pense em qual nota me daria e só
    depois analise o meu pedido.
    Finalmente, espero que o Congresso seja justo com Dilma. Ela perdeu o cargo por causa das forçadas pedaladas fiscais na última legislatura. Muitos de vocês foram reeleitos e, por certo, ao menos alguns votaram a favor do impeachment dela. Procurem serem justos num eventual processo de impeachment do presidente, seja agora ou depois, porque de uma coisa eu tenho certeza: ele vai continuar aprontando e algo terá que ser feito – mais cedo ou mais tarde – para salvar o país. Não procede a justificativa de que isso pode desestabilizar politicamente o país, porque isso já está acontecendo e a coisa vai de mal a pior. Jânio Quadros não é páreo para o capitão em nenhum sentido e ele foi derrubado num período em que nossa democracia nem era tão sólida. É certo que somente a bancada do capitão não é suficiente para barrar um eventual impecheament dele e robôs e fanáticos virtuais não têm direito a voto no Congresso Nacional. Espero que os outros partidos deixem essa turma falando sozinha e interrompa o processo de flagelação do país.

    1. Sandra, só não concordo em um ponto: sua esperança à respeito da ministra Carmem Lúcia. Ela é um caso perdido. Depois então que recebeu em sua residência , como convidado, a visita do golpista Temer, foi o fim.

  17. Essa elite já está gestando uma saida,algo chamado SSS ou voisa assim. Se o Bozo tivesse um pouquinho de inteligência, faria como Janio Quadro e abandonaria o barco enquanto ainda está vivo.

  18. Obra desses generais “patriotas”. Ou não é obra daquele jeep na porta do STF? Bolsonaro é efeito dessa canalhice a mando da CIA, não causa. Sergio Moro sim é agente infiltrado.

  19. “Jair Bolsonaro é o retrato horrendo e disforme do que se tornou o pensamento conservador no Brasil.”
    Perfeito Brito!

  20. “Se não tem pão, que comam brioches.” O Bolsonaro consegue ser ainda mais idiota e desrespeitoso negando, tragicamente, a possibilidade de que não haja pão a todos brasileiros.

    Em um país que pessoas se amultuam e brigam a frente de um caminhão de lixo pelo o resto de comida ou mesmo alimento fora da validade e de condições de uso, como o acontecido em olinda, mostra claramente que ou o presidenta tem verdadeiro ódio de pobre ou é ignorante acerca da realidade brasileira que vai além do seu umbigo. Acho ser os dois casos.

    Quem não se revolta, cansa, perde o espanto com um governo desses, desse nível de escrotidão, ainda não entendeu que passa longe de ser loucura temer a volta da ditadura.

    Certamente nesse caso eu entraria na luta armada.

  21. Tragicamente perfeita essa sua matéria, Brito. Uma leitura dolorida. Às vezes dá vontade de capitular, sentar no chão e chorar. Mas a destruição que está sendo levada a cabo e o vislumbre do futuro ameaçador que corremos o risco de deixar para nossos filhos e netos nos adverte que não podemos depor armas. Mais que em qualquer outro momento, torna-se um imperativo lutar com garra, com todas as forças, muito além dos WhatsApp da vida. “Verás que um filho teu não foge à luta, nem teme, quem te adora, a própria morte”. Precisamos lutar. Caso contrário, rasguemos nossos símbolos, esses que falam de uma coragem que não existe em nós.

  22. Sim, foi a omissão da justiça militar quando o absolveu!
    Omissão do STF ao não condena-lo quando das manifestções de preconceitos!
    Omissão da dos Deputados ao não cassá-lo apos varios pedidos!
    Omissõa de 53 milhões de eleitores ao ignorar nesse personagem uma pessoa altamente perigosa para a humanidade.
    A Democracia não é lugar para esse personagem SELVAGEM.
    INTERDIÇÃO JÁ!
    IMPEDIMENTO JÁ!

  23. Eu estou elaborando um currículo do capitão e ja estou no item 60. Vou segui-lo como novela porque eu sei que a minha lista vai aumentar até que chegue o dia dele sair escorraçado da presidência da república. Não tenham dúvidas : é certo como dois e dois são quatro: esse dia vai chegar.

  24. Elite de Brucutus, capitalistas/escravocratas garantidos por militares entreguistas
    Ver um primo do RS dizer que se arrepende do voto em Bolsonaro expõe um sentimento que já se espalha entre os remediados.
    Mas sei que nem ele, nem seus filhos, sairão às ruas como minha família tem feito desde 2014.
    Não espero nada dessa gente.

  25. Complementando os raciocínios anteriores: deixei de mencionar que o capitão feriu o inciso VII , do artigo 4, da Constituição Federal, ou seja, a solução pacífica dos conflitos. Observem que o filho que ele quer nos enfiar pela goela abaixo como embaixador foi autorizado por ele a ir para a fronteira entre o Brasil e a Venezuela apoiar a queda do regime de Nícolas Maduro quando os EUA estavam usando uma suposta ajuda humanitária para intervir naquele país. Aliás, o mesmo filho dele já defendeu que o Brasil tenha bombas nucleares.
    Eu estou tecendo um currículo e nos posts anteriores desse blog já mencionei 60 itens que podem enriquecer um eventual pedido de impeachment. Afinal, trata-se do perfil dele. E esse perfil ele escondeu do povo brasileiro para se eleger, uma vez que, covardemente, fugiu de todos os debates e nao apresentou plano de governo, exceto armar a população. Muito pelo contrário , usou a internet para fazer campanha na base das fake news . Por acaso o capitão informou ao povo brasileiro durante a sua campanha que pretendia quebrar a tradição pacifista do país? Dentre outras omissões, igualmente graves, informou que pretendia tomar providências que poderiam implicar no desmatamento da Amazônia? Ele informou que iria consultar um guru que está fora do país para nortear suas decisões ? É intolerável um político usar a religião para se eleger e governar um estado laico. Por acaso ele nos informou que pretendia governar para atender os anseios dos eleitores evangélicos? O capitao se diz católico mais nortea claramente a sua governança na religião evangélica. A expressão ‘terrivelmente evangélico’ não me deixa mentir. Acontece que o Brasil é um estado laico em virtude dos dispositivos constitucionais que amparam a liberdade de religião (Art. 5, VI e art. 19, I), e na minha opinião, na medida em que o presidente previlegia uma das religiões, indiretamente ele cercea as demais. Portanto, o capitão está ferindo estes dispositivos constitucionais também.
    Por fim, sobre os últimos acontecimentos, eu pergunto: por acaso o capitão informou ao povo brasileiro durante a sua campanha eleitoral que não pretendia incluir a região nordeste na sua governança?

  26. Reforço o comentário anterior uma vez que o capitão declarou em um culto evangélico em Brasília hoje cedo que os ex-presidentes que o antecederam sofreram solidão no poder por falta de compromisso e lealdade com o povo brasileiro e por terem se afastado do criador. Como eu disse ele usa a religião como instrumento de poder. Definitivamente, ser religioso não é requisito necessário para ocupar a presidência da república. Além disso, ao menos para aqueles que são de fato religiosos sua declaração é de uma baita hipocrisia. Ora, o criador descriminaria milhões de brasileiros como ele está fazendo com o nordeste? O criador gostará de saber que um homem que difunde o ódio, a violência e os armamentos use seu nome em vão para se manter no poder?
    A propósito, o Sarney e os parentes dele que sempre dominaram a política do Maranhão estão com problemas nas cordas vocais para não terem manifestado nenhum repúdio até agora sobre a fala do capitão em relação ao estado? O que será que Sarney e Fernando Henrique pensarão sobre essa declaração de hoje? Eles foram desleais com o povo brasileiro porque se afastaram do criador?

  27. “Bolsonaro é o retrato horrendo e disforme do que se tornou o pensamento conservador no Brasil.”
    Triste verdade, temos um asno ocupando a cadeira do presidente, colocado lá por 57,7 milhões de asininos.

  28. Foi o Bolsonaro acabar com a mamata da mídia aliada das quadrilhas que quebraram o país,que percebemos a fúria dessa cambada.Vão tentando aí,só que quanto mais batem nele,mais ele cresce junto ao povo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.