Levandowski a Toffoli: passou a eleição e o Lula não pode falar?

Num despacho cheio de ironias, o ministro Ricardo Lewandowski disse ao presidente do Supremo, Dias Toffoli, que “se entender” assim, suspenda a “heterodoxa liminar” com que Luiz Fux proibiu, revogando decisão judicial, que o ex-presidente Lula fosse entrevistado.

Levandowski aponta que a “razão” de Fux – o “elevado risco de que a divulgação de entrevista com Lula, que teve seu registro de candidatura indeferido, cause desinformação” durante o processo eleitoral – já deixou de existir.

“Ou seja, a fundamentação utilizada para o reconhecimento do fumus bonis juris e do periculum in mora foi esvaziada após a realização da Eleição/2018, pela qual o povo brasileiro já conhece o futuro Presidente da República. Portanto, não há mais o suposto risco de interferência no pleito, pelo que cumpre restaurar, sem mais delongas, a ordem constitucional e o regime democrático que prestigia a liberdade de expressão e de imprensa”

Foi, talvez, a mais descarada censura e manipulação já praticadas no Brasil – e só assim, mesmo, para anões como Tofolli e Fux se inscreverem como “maiores” na história do Supremo. Alegar que um ex-presidente falar pode ser uma interferência ilegítima numa disputa eleitoral é destas coisas que superam a jabuticaba como originalidade nacional.

Mas aconteceu, e é reflexo não só do ódio que devotam a Lula como, também, do sentimento autoritário que têm de que podem e devem tutelar o povo brasileiro.

Nunca antes na história deste país que já viveu as mais brutais censuras, a Justiça determinou que alguém fosse posto obrigatoriamente em silêncio.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

24 respostas

  1. É o estado de exceção à moda bolsonariana.
    Falar (e fazer) bobagens, pode, não importa as consequências, seja para a imagem do Brasil no exterior, como é o caso da indicação de nomes para ministérios como de relações exteriores e educação, seja para a saúde da população, como é o caso dos médicos cubanos, seja para as exportações, como é o caso da embaixada de Israel, seja para o meio ambiente, como é o caso do posicionamento do eleito e da indicação para o ministério da musa do veneno, seja para a soberania do Brasil, como é o caso das continências do incontinente, seja lá para o que for que o eleito fizer.
    Já dizer coisas que possam fazer o povo parar para pensar, não pode de jeito nenhum. A republica bolsonariana não resistiria em uma sociedade com muitas cabeças pensantes.

    1. A Jovem Pan está furiosa com o Lewandowski. A sabujice do poder judiciário, para este tipo de mídia fascio-tresloucada, deve ser completa, unânime, sem qualquer sintoma de divergência.

  2. E o senhor,sr.Fernando,esta a falar de JUSTIÇA?Onde,quando ?No Brasil?Cujas CABEÇAS DE BAGRE,com o perdão aos BAGRES PEIXES,são as que mais mandam,pois nem OUTORGAS TEM,para exercer PARTIDARISMO POLÍTICO?São todos,da ARENA,lembra-se o senhor,cujo símbolo ,são duas mãos agarradas nas GENITÁLIAS DOS RICOS!

  3. Não se iluda o titular do blog, Fernando Brito, nem os leitores. Essa falsa ironia de Lewandowski não o redime da pusilanimidade e ambição barata (pensando apenas em engordar os vencimentos, como deixou claro a então Presidenta, Dilma Rousseff, nos idos de 2015, quando sabotada por todos os lados foi procurada por Lewandowski com os mesmos objetivos que agora a agente da CIA na PGR, Raquel Dodge, pede, e o STF canalha concede, a possibilidade de que o penduricalho “auxílio-moradia” continue a ser pago indistintamente a procuradores dos MPs da União e do estados, mesmo após o generoso aumento de 16,38%, decorrente do incremento do salário de suas excelências no exato valor do que recebiam sem incidência e IRRF) que marcam a atuação dele no STF. Ou o ilustre jornalistas e seus bem informados leitores se esqueceram de que Lewandowski aceitou conduzir a farsa/fraude do golpeachment no STF?

    Isso aí não passa de jogo combinado, em que os capas-pretas do STF fazem rodízio, para que a cada momento alguns deles possam ser chamados de “bons policiais ” ou “maus policiais”. Puro jogo de cena. Só morto Lula deixa a masmorra curitibana.

      1. Bravo, mas neste mar de demência maligna, qualquer coisa que penda para o lado do bem será bem-vinda, seja lá de onde venha.

    1. Na sua heterodoxia liminar, Fux só faltou escrever claramente: Se o Lula falar, Bolsonaro corre o risco de não ganhar. E isso não pode acontecer.

  4. Por que tenho certeza que Lula é inocente? Porque se fosse culpado estaria em liberdade e já teria sido convidado para ocupar algum ministério.

  5. Depois desta declaração do Levandowiske que admitem que ele com a turma do Supreminho estão todos agachados mostrando bunda de fora e que por isto é que dá para perceber o porque da falta de óleo de peroba na praça.
    Vá tomar vergonha na cara cambada de sjismundos.

  6. WhatsApp com fake news divulgados em massa por agências conhecidas e pagas por empresários conhecidos com caixa 2 usando banco de usuário de terceiros usando cpfs falsos durante campanha presidencial pode. Hoje sai o julgamento do bolsolão. Ou acham que não pode?

  7. Ora manda estes caras tomarem naquele lugar onde o sol não bate! Este lugar fica a critério da imaginação de cada um! Ainda podemos falar, o DOPS ainda não está em ação????

  8. Vejam o exemplo do Emanuele Macron da França , não demorou nada e acabou a lua de mel dele com o povo galgo. Assim está este Bolsonaro com seus milicos que não conseguirão governar nem seis meses baseado em ódio.
    Lembram do Figueredo (Cruz Credo) aquele do “Eu prendo e arrebento”, vai começar de novo e vai durar muito pouco , talvez uns seis meses.

    1. Não confunda Emanuel Macron e JB Figueiredo. O regime que este último representou durou 21 anos, e deixou frutos envenenados que fazem vítimas até hoje.

  9. Levandowski endereçou aos caras errados (ele sabe disso),o destinatário correto é o simio fardado que assessora o stf.
    Só mudaram o cara ,mas,o posto continúa lá.
    São os custódios e os que fazem “andar” O GOLPE .
    O resto é só isso,o resto.

  10. Eu não canso de dizer o STF São onze canalhas golpistas e filhos da puta. Pode me processar vagabundos. A Dodge tem cara de puta e quenga ????

    1. nilson respeita as putas… essa canalha do stf e da pgr é covarde, e cínica. eles não acreditam nas alegações que usam para manter lula preso, e sabem que todo mundo sabe disso – dessa farsa deles.

  11. A eleição está decidida mas se o Luiz Inácio falar vai estremecer o palanque do Boçalnaro. E o juizeco:”Lula faz parte do meu passado”. Juizeco, muita gente já foi condenada pelo passado. Cuidado, pilantra!!

  12. Eles mesmos se destruindo. Vai ser assim por um tempo, depois nós daremos o tiro de misericórdia. Quem viver verá!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.