Lula e o Papa: sinal aos fariseus

Aos incomodados minions e adjacentes, que estão vociferando nas redes pelo Papa ter recebido Lula no Vaticano, para uma conversa sobre justiça social, urrando pelo fato de que Francisco dê a mão a quem chamam de ‘condenado”, vale lembrar.

Em setembro do ano passado, Jair Bolsonaro ajoelhou-se e recebeu a imposição das mãos de Edir Macedo, participou de lives com Silas Malafaia, viajou no avião presidencial com Marco Feliciano, para ficar apenas nos mais notórios nomes de outras religiões.

Não sei se é possível perceber a diferença de significado dos personagens…

Quem quiser, use Provérbios 13:20.

“Aquele que anda com homens sábios será sábio, mas um companheiro de tolos será destruído.”

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

35 respostas

  1. E se um bando de bandidos tolos andam juntos, o que acontece? Se conseguirem juntar uma horda de tolos para seguí-los um deles vira presidente? Acho que a bíblia não previu isso.

    1. Tenha paciência e observe. Os caminhos do Senhor podem ser estranhos, mas sempre levam à Justiça !
      Conhecereis a Verdade e a Verdade os libertará !

      1. Faz o seguinte: ao invés de ficar repetindo como papagaio essas ladainhas sobre verdade e isso e aquilo, por que não dá um exemplo dessa tal justiça?

        1. Porque não há justiça, apenas o dogma de que você erra sozinho, mas quando acerta tem a mão de deus.

          1. Deus ainda está a estudar o caso do Brasil. mas assim como não devemos alimentar os animais silvestres, Deus também não deve interferir. Mas o caso do Brasil talvez seja tão sério que mereça uma intervenção.

      2. Ah sim, que o diga as vitimas do holocausto, sobre os caminhos tortos desse “Senhor” cruel. Só pode ser o Deus do velho testamento. E esse papo de “verdade sei la o que” é slogan de bolsominion. Me inclua fora dessa.

        1. Eu também já tive essa visão de menino mimado. Depois que o Senhor te puxar pro caminho dEle, você fará coro com Octaviano.

          Olha: eu ajudava meu pai – como doutor em filosofia e editor da FFLCH-USP – a revisar textos sobre Nietzsche, Foucault, Deleuze, Sartre, entre outros, aos 12, 13 anos de idade. (Meus pais traduziram Marx e Wittgenstein, do alemão para o português.) Fui exceção num ditado da escola por ter sido o único a acertar, justamente, a palavra “exceção”. Treinado desde cedo a desconfiar de tudo e pensar por conta própria. Ateu de carteirinha. Ria dos crentes – alienados no “ópio do povo”.

          Assim como, apesar de tudo, existe político honesto, e psicólogo que sabe o que está fazendo… existe a “Verdade”, ainda que bem distante de qualquer igreja.

          1. Toda tua leitura não foi capaz de te livrar de sucumbir à discussão platônica.

          2. Qualquer coisa que eu escreva aqui não tem o poder de perfurar essa barreira, esse bloqueio, que sei bem como é, pois vivi metade ou mais dos meus 41 anos do lado em que vocês se encontram.

            Não tenho pretensão de “convencer”, pois “argumentos” assim – palavras escritas – são absolutamente ineficazes.

            Eu poderia me esforçar em motivar alguma reflexão.

            Mas não é nem foi meu intuito aqui.

            Quis apenas expressar minha identificação com esse tipo de raciocínio (“oh, e as vítimas do holocausto…”), onde não conseguimos engolir a ideia de um Deus quando testemunhamos tanto sofrimento e injustiça. Parece uma idiotice, uma válvula de escape para quem é fraco ou ignorante. E por aí vai.

            Não foi por argumentos ou exercício intelectual que essa minha barreira/bloqueio foi pelos ares. É o próprio “Senhor”, por assim disser, que vem e a estraçalha por completo, sem deixar resquício.

            É com a alegria da Certeza Absoluta que o dia desse Encontro chega, cedo ou tarde, inevitavelmente, a toda e qualquer pessoa, que tranquilamente afirmo sem a menor dúvida de estar absolutamente correto, que seja daqui a um, dez, cem ou mil anos, vocês estarão assinando em baixo do que eu, o Octaviano, e tantos outros afirmamos sem hesitação.

            Se vocês se lembrarem desta mensagem, irão comungar dessa alegria, desse riso. Neste momento, certamente terão outras reações. No futuro, entenderão exatamente o que estou dizendo, capazes de enxergar a partir desta mesma perspectiva. É só uma questão de tempo.

        2. Não tenha medo de Deus. Procure sempre ser justo, e ele ficará em paz dentro de você, e você também estará em paz. E não tenha ódio de Deus, porque assim você está confirmando que acredita no Deus do Malafaia e do Bispo Macedo.

          1. Nao tenho odio nem medo, simplesmente não acredito nesse conceito criado pelo homem.

        3. Qual o plano de Deus para as vítimas do Holocausto? Morrerem nas câmaras de gás? Baita plano. Mas foram “só” 6 milhões. Também tô fora dessa.

  2. Religião, um dos grandes males da humanidade .
    Muito usada para fins políticos (quase sempre) é a arma predileta dos poderosos para manter as massas sob controle.É o pobre que usa até o hartazgo a frase “se deus quiser” ,nunca o rico.
    Um dia evoluiremos e essa prática será coisa do pasado

  3. Papa bom para essa gente era pio 12, o papa que chancelou Hitler e mussolini, ou karol wojtila, que se associou ao lixo da humanidade para combater o comunismo, enquanto passava pano e abafava milhares de casos de pedofilia, sem falar na corrupção do banco do vaticano, retratada em o poderoso chefão 3. Esse papa é argentino, comuna e defensor de bandidos, diriam esses fariseus

    1. Para você ver, quando um argentino da Companhia de Jesus, chega a ser Papa, é porque o mundo pode, sim, mudar para melhor.

  4. Me desculpe Fernando, mas Edir Macedo, Silas Malafaia e Marco Feliciano não tem nada a ver com religião. Edires Macedos, Silas Malafaias e Marco Felicianos estariam até hoje pregando em praça pública com terninhos da “Ducal” (os jovens não vão entender a ironia) se Sarney não precisase de um ano mais de mandato, Fernando Henrique não precisasse alterar a Constituição para conseguir sua reeleição e suas “reformas econômicas” e se o PT não estivesse disposto a tudo pela tal governabilidade (que no final acabou em Golpe de Estado), isso só para ficar com as grandes figuras da política nacional, sem descer ao nível estadual e municipal.
    A generosa distribuição de radios e TVs por todo esse Brasilzão de meu Deus ao longo de mais de 40 anos facilitou demais a “pregação” (nada) “religiosa” destes “bispos”.

    1. Concordo com a parte do Sarney, que com sua destribuição criteriosa de emissoras de rádio e televisão para as piores figuras da política, conseguiu armar com metralhadoras de grosso calibre toda espécie de corrupto e entreguista, para que eles despejassem permanentemente uma sangrenta chuva de balas contra o indefeso povo brasileiro. Este foi um dos piores crimes políticos do século XX. .

      1. Ah Policarpo, por que as esquerdas não se armaram também? As entregas das TVs e rádios foram anunciadas e denunciadas fartamente. Como agora, as esquerdas ficam no blá blá blá – antes, pela imprensa; agora, pelas mídias sociais – e, o pior, acham que assim estão enfrentando o problema. Desgostosa demais.

  5. Estão revoltados porque descobriram que o Papa, segundo eles, é comunista. Pior será quando descobrirem que DEUS é comunista.

  6. Esse organizações criminosas vivem da lavagem de dinheiro. Duvido que com a arrecadação obtida pela extorsão disse fiéis incautos conseguiriam comprar uma emissora de tv e quase toda a programação de outros canais.

    1. Inteligencia do PT ja devia ter investigado isso. Os alugueis sao valor em dobro e as tvs tambem costumam explorar

  7. Provavelmente os pastores citados são mais ilibados do que o papa. Num governo com votos majoritariamente de evanjegues, é fácil entender porque tanto ódio. Esqueceram dos videos de pastores ensinando a extorquir os fieis? Quer saber? Danem-se esses crentes burros e otários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.