Lula, na BBC. Uma história de como chegamos à loucura. Assista

Assistir a entrevista de Lula, na BBC, conduzida pelo correto Kennedy Alencar, é um reacender da vontade de lutar por este país.

Depois de mais de um ano preso, em regime semi-solitário, o ex-presidente, num clima mais natural de que sua primeira entrevista, dada a Mônica Bergamo e Florestan Fernandes Jr, mês passado, o programa percorre a história recente do país e ajuda muito a compreender a sucessão de acontecimentos que, a partir de 2013, levaria o Brasil ao golpe de Estado e, agora, a esta impensável situação de ser governado por um alucinado, fascistóide e violento.

Tudo, afinal, conduzido pelo fio podre da Lava Jato e Sérgio Moro.

Foi apenas um trecho e Kennedy promete postar a íntegra – de uma hora e meia, na segunda-feira.

É e será imperdível.

Mais que uma sucessão e perguntas e respostas, o documentário – esta é a sua melhor  definição é um passeio doloroso pelo que ocorreu, sem que muita gente tenha entendido no início, para que a pior parcela da elite brasileira (e como esta parcela tomou conta de tudo!) pudesse fazer o que não conseguia pela via eleitoral: retormar o controle de um país que, para ela, não deve jamais ser do tamanho que é.

Assista a reprodução do vídeo, gravado pelo deputado federal Paulo Pimenta, do PT-RS.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

10 respostas

  1. Para nós que estamos acompanhando essa tragédia há muitos anos, fica claro que o documentário não mostra nem 10% da verdade. Mas já é um grande passo para a reposição desta verdade, que a história felizmente parece que fará, mais cedo do que muitos pensavam.

    1. 10% da verdade, assim como o vídeo Beyond Citizen Kane – a BBC afinal é inglesa. Mas já é alguma coisa, já que nossa esquerda não é capaz de produzir algo melhor (que seria fator de educação política)…

    2. Tambem notei isso. Pelo menos nesse trecho do documnetario, nao ficou claro a total ausencia de provas contra Lula, nem foi mencionado q as relacoes corruptas entre politicos com as construtoras e Petrobras comecaram muito antes do PT, e envolviam todos os partidos politicos. Tampouco mostraram a seletividade obscena da lava jato contra petistas e a blindagem aos tucanos, impunes ateh hoje, apesar de terem sido muito mais corruptos ( veja o rank de partidos mais corruptos na lista do TSE, o PT sempre esteve entre o 8o. e o 10o. colocado, enquanto PSDB, PMDB e PSL ano apos ano estavam sempre entre os tres primeiros na classificacao de mais corruptos).

  2. Se a elite brasileira pretendia retomar o controle do país, o que parece é que perdeu o controle definidamente. Pelo menos a elite empresarial, a chamada “burguesia nacional”, está condenada à extinção, a caminho do cadafalso.

  3. O vigor deste Homem é contagiante. Não permite que sejamos inertes frente a sua palavra. O que não dá para acreditar é que as forças armadas tenham se rebaixado tanto a ponto de ser esteio para um alucinado, desequilibrado como o atual presidente.
    O que houve entre os militares? perderam a vergonha depois de jurar ao receber a espada defender a honra da Nação?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *