O brejo à vista de todos

Manchete na Folha, chamada de capa em O Globo, o embicamento para baixo da economia rumo à recessão aberta – camuflada já a temos, faz tempo – virou “palpite triplo” de loteria. nâo tem, infelizmente, como errar.

Vamos à metade do quinto mês de governo e não há qualquer sinal de mudanças na condução da economia.

Aliás, não há nenhuma mudança na condução de qualquer política publica, todo o programa deste governo é na base do “vire-se você”.

Exagero? No emprego, a “MP da Liberdade” cuida de facilitar a “viração” individual; na educação, o “homeschooling” – o ensino em casa, para quem pode – é a única coisa que se dedicam com paixão, na segurança pública, cada um que se arme…

Na economia, depois de terem levantado a reforma da previdência como pedra filosofal da recuperação, vai-se caindo na realidade de que já não há um governo com densidade política para aprová-la nos termos cruéis com que se a desenhou. Só o que “dá certo” – como sempre deu, verdade – é a especulação financeira. Investimento físico, produtivo, nem pensar, sem perspectivas de volta do consumo.

O fator determinante, porém, é que não temos governos, temos um amontoado de gente perdida, sem projetos, sem equipes e, pior, sem direção.

Não existe recuperação econômica sem projeto econômico. Até mesmo a ditadura militar, ao implantar-se, adotou um e, mal ou bem, o conduziu até meados dos anos 70, quando o abalo da economia mundial, com o choque do petróleo, tornou inviável a sua continuidade.

Nenhuma empresa ou capitalista, neste momento, porá dinheiro no país para recuperá-lo nos próximos anos. Como o Governo também não coloca – a taxa de investimentos públicos ficará abaixo de 0,5% do PIB, este ano – não existe com que a economia reaquecer-se. Mais: com o governo obrigando Bndes, Banco do Brasil e Caixa Econômica a lhe devolverem recursos, nem mesmo crédito teremos.

Agora some a isso o absoluto quadro de instabilidade e intriga que vem de um governo abarrotado de loucos, fanáticos e intriguentos e você terá a tempestade perfeita para a aceleração de um processo de crise que, ao ganhar velocidade, perde até mesmo a pouca previsibilidade que ainda tem.

Não se julgue alarmismo, mas um governo que, com menos de 150 dias, já chegou a este nível de descrédito não terá final feliz.

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

11 respostas

  1. O investimento público vai ficar em 0,5 do PIB?!? No governo Lula bateu em 18%! Inacreditável o tamanho da estupidez que tomou conta do país. Não foi por falta de aviso. Cada eleitor desse retardado deveria receber três beliscões no braço direito. O Torra Torra ia vender milhões de camisas de manga comprida…

  2. A tsunami já é da época do desprezível e vergonhoso mensalão que inventaram no stf. Comeou com o gilmar e o psdb destruindo tudo.
    De lá para cá é só desastre.
    A tsunami é isto que o país virou graças aos golpistas.
    Que os bozos vão ser cassados não há dúvidas, todos roubaram o erário via acessor fantasma.

  3. sem nenhuma possibilidade de reverter esse quadro. só desgraça pela frente. estão todos ensandecidos.
    Grande Nani!!

  4. Não se discuta mais SE Bolsonaro cai, mas QUANDO cai e de que MODO a própria Direita fará a mudança. Teremos mais do mesmo, com a mesma política econômica sendo aplicada, ao gosto das Míriam e dos Sardenberg. …

  5. O que poderia se esperar de um incompetente?! Qualquer tsunami para derrubar o que está aí será muito benvindo.

  6. A única luz no fim do túnel em que meteram o Brasil chama-se Lula!
    Os militares não querem admitir isso, preferindo afundar o Brasil e seu povo numa desgraça sem fim.

    1. E ainda entrarão numa guerra, com boas chances de derrota. Possivelmente o preço pela prisão de Lula será o esfacelamento do Brasil. Depois do festival de surrealismo iniciado em 2013, duvido que o Brasil resista.

    2. É de admirar que se esteja vendo neste momento alguma reação da chamada “burguesia nacional”, que pensava-se que tinha assumido um compromisso de fé para ir ao buracão sem dizer um ai. Com toda a reverência ao Nani, o brejo é temporário, já o buracão é definitivo. Agora, já na fila para entrar na câmara de gás, esta “burguesia nacional” de repente começou a gritar, com os cabelos em pé de tanto medo. Pelas capas de suas revistinhas semanais se pode sentir que acordaram e não estão querendo morrer, mas talvez já seja tarde demais. Sem falar no profícuo trabalho introdutório da Lavajato, quem queria terminar de destruir o Brasil precisava de um louco lá e outro cá para fazer isso. Conseguiram os dois loucos e ainda um bando de maluquinhos para financiá-los.

      1. Pois é, tem gente que vive chamando o capeta e quando ele aparece reclama….Caso da nossa burguesia e seus cupinchas da classe média….Gente que passou o tempo todo “malhando ” os investimentos públicos, os gastos sociais , clamando pela “economia de Mercado” e pedindo o Estado Mínimo…..Agora que percebem que terão tudo o que pediram e mais um pouco, se arrepiam….Infelizmente é tarde para arrependimentos.

  7. DEIXEM BOSOSSÁURIO GOVERNAR ATÉ O FIM… NADA DE IMPEACHMENT GOLPISTA !
    É PRECISO TOMAR TODO O CÁLICE FASCISTA E DEIXAR O BRASIL AFUNDAR DE VEZ !
    A DEMOCRACIA EXIGE – BRASIL FALIDO E NO FUNDO DO POÇO DO NAZISMO BRASILEIRO!
    AFUUUNDA BRAZZZIL!
    LULA LIVRE!

  8. O twitter não permite publicações do Tijolaço? Sempre aparece como ‘Falha na publicação da matéria…” , Em todas as que tentei.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *