O tsunami é o caso Queiroz?

Já é, por si, estranho que um presidente da República preveja “um tsunami” para a semana seguinte  sem dizer do que se trata e, pior, anunciando que nada fará contra ele – ou que nada pode fazer – mas que “vamos vencer”.

Mas apareceu uma pista sobre o que pode ser isso, dada por aquele site que não nomino, à moda Valdemort, aqui, que deveria se chamar O Bolsonarista.

Numa heresia, lança mão da previsão do tempo – que Alberto Dines inventou na edição do AI-5 – para dizer que  haverá “tempo borrascoso no Rio de Janeiro, na semana que vem, com mar muito agitado”.

Como, para o presidente, a área mais vital do governo é a que habitam seus filhos, não se enganem as narinas que perceberem um cheiro de Queiroz no ar.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email