Lula: os nazistas só chegam ao poder pelo clima de violência. Veja

lulatiros

Em vídeo publicado há pouco no Facebook, o ex-presiente Lula comparou a escalada de violência que levou ao atentado a tiros contra o ônibus em que viajava ao clima que antecedeu a chegada dos nazistas ao poder na Alemanha.

Lula recordou todas as campanhas que fez e disse que nunca se viu isso.

– O que estou vendo agora é quase que o surgimento do nazismo. O partido do Hitler e o próprio Hitler contaram muita mentira até criarem um clima e chegarem ao poder. Depouis nos vimos o que veio na Segunda Guerra.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

18 respostas

  1. Vejam qualquer documentário sobre a época que antecedeu a tomada do poder pelos nazistas na Alemanha. É tudo idêntico, os métodos não mudaram, a não ser pelo reforço de uma rede de televisão que criou o ambiente de ódio no qual se deram a execução de Marielle e a tentativa de assassinato do ex-Presidente Lula. Se a Globo tivesse sua concessão cassada o clima melhoraria em questão de semanas.

    1. Concordo, plenamente o mal do nosso país chama-se Globo, todo mundo sabe disso e o mal deve ser cortado, se não cortarmos o mal nada vai para frente, somente os poderosos, como sempre. Já tem uns três ano que não assisto nada desta rede nefasta destruidora dos valores de nosso povo com seus programas pornográficos.

  2. Os fascistas não conhecem Lula, esse homem nunca se dobrou, nem pras péssimas condições climáticas e de vida do agreste pernambucano, nem pra ditadura empresarial militar de 64, logo não vai se dobrar pra milicianos fascistas e agro boys bolsomitos.

    A Caravana segue nos braços e nos corações do Povo.
    #LulaPeloBrasil
    #AtentadoContraLula

  3. Os cidadãos devem prestar mais atenção à guerra de propaganda e não jogar lenha na fogueira do inimigo. A coisa mais importante da Caravana de Lula é a multidão que enche as praças das ruas por onde ele passa. Os atentados de direita devem ser denunciados, mas esta denúncia não deve ser maior do que a publicização dos resultados extraordinários da Caravana. Muito mais tempo, saliva e entusiasmo devem ser gastos com o sucesso dos eventos e dos comícios da Caravana, que reuniu em diversos pontos do Sul multidões bem maiores do se esperava ! A Caravana acabou com o mito de que só no Nordeste é que Lula atraia multidões. Acabou com o mito de que só gente de lugares muito pobres é que reconhecem no Lula a maior liderança política do país. Era este mito falido que os grupelhos de agronazistas queriam defender, depois de tomar seu copo diário de agrotóxico e sair por aí de chicote na mão. Lula venceu. Lula foi lá no território do inimigo, escancarou as porteiras e bradou que aquilo ali também é Brasil e que o povo dali também tem direito de ser livre e de ser digno.

    1. Os dois enfoques são indissociáveis, Alec. Aliás, penso que os fascistoides deram um tiro no próprio pé. O povo brasileiro, mesmo com toda essa insanidade que anda por aí, abomina esse tipo de violência que foi cometida contra a caravana de Lula. Certamente, depois dessa, Lula subirá mais alguns pontos nas preferências do eleitorado. O ato público da caravana em Floripa, com uma presença gigantesca que surpreendeu a própria organização da caravana não me deixa mentir. Tinha muita gente sem roupa vermelha ou seja, que não era base sindical, de movimentos populares, estudantis ou de partido de esquerda. O Brasil não é a Alemanha pré nazista. Aqui, a estupidez dos fascistoides até nos ajuda.

  4. Pois eu concordo integralmente,com as postagens de apoio ao sr.Lula e sua comitivas,contudo devo aclarar,pra os menos avisados,que a TAL DEMOCRACIA,não passa de um ENGÔDO,que as elites que a criaram,tentam acalmar os anseios populares.A tal DEMOCRACIA,invenção de gregos e romanos,acena com liberdade total ao povo,e DEMAGOGICAMENTE E MENTIROSAMENTE,afirma que todo o poder,emana do povo e por ele será exercido.Ora,se é através do voto,o povo vota e os eleitos deverão cumprir suas determinações e defender os interesses das MAIORIAS,o POVÃO POBRE,não é assim?Então,gostaria que alguém me respondesse,se o POVO EXERCE O PODER,ATRAVÉS DO VOTO,o JUDICIÁRIO,que não tem OUTORGA NENHUMA e reserva somente para advogados serem do judiciário,QUE PODER TEM O povo,SOBRE ELES? Gostaria de saber!

  5. FASCISMO, DIREITOS HUMANOS, ESQUERDA E DIREITA
    Quem defende direitos humanos não defende bandidos. Todas as “histórias” que se contam para justificar essa falácia não passam de “fake news”. Os defensores de direitos humanos lutam por uma sociedade mais JUSTA, onde TODOS sejam respeitados, independentemente de raça, classe social, formação escolar, gênero ou prática sexual, credo ou qualquer que seja sua condição específica, desde que legal. E onde os pobres não sejam humilhados, explorados e tratados como se fossem seres humanos de segunda categoria.
    Ao contrário do que muitos pensam, a diferença entre esquerda e direita não é que a direita concentra pessoas “direitas”, sérias, responsáveis e trabalhadoras e a esquerda concentra pessoas imaturas, irresponsáveis, mais interessadas em criar conflitos na sociedade do que em trabalhar.
    O historiador Bertone Souza dá uma definição sucinta da diferença entre esquerda e direita:
    “A esquerda historicamente luta pela igualdade, a universalização de direitos, a inclusão social e contra hierarquias baseadas em privilégios de nascimento ou do dinheiro.
    A direita se define por sua posição a favor das hierarquias; ela é conservadora e não quer mudanças radicais que alterem a ordem social.”
    O Brasil é um país SUBDESENVOLVIDO. Países subdesenvolvidos, onde a maioria da população ganha salários insuficientes para suas necessidades básicas, NUNCA vão sair dessa condição sem políticas sociais de esquerda, que promovam uma distribuição de renda mais justa e a geração de oportunidades iguais para todos, PARA QUE PREVALEÇA A VERDADEIRA MERITOCRACIA.
    O golpe foi dado no Brasil justamente pelos muito ricos, que querem manter seus privilégios à custa da exploração da mão de obra do trabalhador. E que querem que as melhores oportunidades profissionais continuem sendo reserva de mercado para seus filhos. Os integrantes das demais classes sociais que apoiaram o golpe o fizeram equivocados e/ou manipulados.
    Infelizmente, muitos integrantes das classes intermediárias agem como capatazes de escravos, defendendo os interesses dos muito ricos e prejudicando muitas vezes a si próprio e a seus familiares. Pensam, sabe-se lá porque, que dessa forma levam vantagem. Vantagem levam os integrantes das classes intermediárias que moram em países desenvolvidos. Nos países onde não existe miséria e desigualdade social acentuada, o nível de violência é baixíssimo em comparação aos países subdesenvolvidos. E os integrantes das classes intermediárias não vivem estressados, com medo de em algum momento perderem status, caírem para classes mais baixas e se tornarem marginalizados. Eles sabem que em seus países mesmos os indivíduos que exercem funções mais básicas recebem salários decentes e são tratados com respeito e não como se fossem fracassados e inúteis.
    As pessoas não param para pensar no quanto deve ser difícil para a grande maioria dos trabalhadores brasileiros, que ganham salários miseráveis, conviverem diariamente com os integrantes das classes superiores, em uma sociedade que abertamente valoriza o TER em lugar do SER. Mesmo assim, a imensa maioria desses trabalhadores se conforma com sua condição e segue a vida trabalhando duro, passando privações, enfrentando dificuldades e se divertindo como pode. E é a força de trabalho desse povo que produz a riqueza que sustenta o capitalismo, paga o salário das classes superiores e alimenta a fortuna das elites.
    Uma minoria dos pobres se desvia e entra para a marginalidade ou para a criminalidade. Essa minoria, embora numericamente alta, em termos percentuais não é maior que a porcentagem dos integrantes das classes superiores que, mesmo tendo condições privilegiadas, parte para a marginalidade e para a criminalidade. Muitos pregam uma polícia mais violenta e leis mais duras para combater a violência. Só que essa violência e esse rigor jurídico atinge indistintamente todos os pobres, mesmo os inocentes, que são considerados culpados até prova em contrário. Ao mesmo tempo, imuniza os integrantes das classes superiores, que são tratados como inocentes até serem condenados em última instância, o que raramente acontece, pois na maioria dos casos o processo é arquivado ou prescreve. Enquanto isso, os pobres passam anos confinados, inclusive sem julgamento, muitas vezes são presos injustamente e quando saem da prisão não conseguem mais recuperar a dignidade ou encontrar trabalho honesto.
    TODOS os trabalhos são importantes em uma sociedade, portanto TODOS os trabalhadores merecem respeito, bons salários e condições dignas de vida. Obviamente, trabalhos que requeiram mais estudos, mais esforços, aptidões ou características específicas mais complexas para sua execução, fazem jus a uma remuneração melhor. Mais isso não significa que os que exercem trabalhos mais simples sejam humanos de categoria inferior, já que esses serviços são tão necessários à sociedade quanto os mais qualificados.
    Quem defende direitos humanos não defende bandidos, defende uma sociedade JUSTA em lugar de uma sociedade FASCISTA.

  6. O grande engano na concepção da direita é de que os pobres do Brasil se comportarão como os judeus, na Europa ocupada pelos nazistas.
    Os pobres daqui, sejam eles das periferias das grandes cidades, ou os do interior, estão acostumados com a luta diária e é muito mais fácil para eles encarar o sofrimento de uma guerra, para reaver a esperança e evitar o retorno à época da escravidão.
    Se a intenção da direita é calar a voz dos oprimidos na base da bala, que se prepare para o pior.
    Acredito que a intenção do golpe sempre foi essa, já que não tinha rumo definido para um desfecho que contemplasse os anseios mínimos do país, porém é muito triste ver no que esse projeto de nação se transformou, sob o comando de uma quadrilha jurídico/midiática.
    O caos e a barbárie batem as nossas portas, sem ninguém no poder com credibilidade, ou moral para amenizar as consequências.
    Temo por nossos filhos e netos.

  7. O Presidente está certíssimo! É só conferir nos livros de história como foram os anos que antecederam a tomada do poder na Alemanha pelo nazista Adolf Hitler. Há muitos pontos de identidade como o pré-fascismo instalado em nosso país graças à campanha de ódio disseminado por boçalnaristas, policiais e procuradores, mas principalmente à rede Globo que não passa um único dia sem apontar suas baterias de ódio e mentira contra o ex-Presidente Lula. A consequência só poderia ser mesmo uma tentativa de homicídio como esta que ocorreu no Paraná, um dos berços do fascismo brasileiro.

  8. Caro FB
    Os agroboys, apenas um dos muitos braços do fascismo-bolsonaro, fizeram o disparo.
    Agora, toda a mídia trabalha, em culpar o Lula, o PT, falando que eles, que forjaram o atentado.
    Saudações

  9. DECLARAÇÃO CRIMINOSA

    Bolsonaro, em Curitiba, faz declaração que merece uma RESPONSABILIZAÇÃO PENAL SOBRE QUALQUER TIRO QUE PUDER OCORRER DAQUI ADIANTE:

    O candidato também falou sobre a atuação das polícias em seu eventual governo: “Quero que a Polícia Militar e a Polícia Civil, se estiverem em defesa do povo, atirem para matar.”… – Veja mais em https://eleicoes.uol.com.br/2018/noticias/2018/03/28/filho-de-bolsonaro-convoca-ato-para-praca-a-menos-de-1-km-de-evento-de-lula.htm?cmpid=copiaecola

    Legítima defesa é definida no Direito, mas “em defesa do povo” pode ser muita coisa ao gosto do intérprete.

  10. Penso que os fascistoides deram um tiro no próprio pé. O povo brasileiro, mesmo com toda essa insanidade que anda por aí, abomina esse tipo de violência que foi cometida contra a caravana de Lula.Certamente, depois dessa, Lula subirá mais alguns pontos nas preferências do eleitorado. O ato público da caravana em Floripa, com uma presença gigantesca que surpreendeu a própria organização da caravana não me deixa mentir. Tinha muita gente sem roupa vermelha ou seja, que não era base sindical, de movimentos populares, estudantis ou de partido de esquerda. O Brasil não é a Alemanha pré nazista. Aqui, aestupidez dos fascistoides até nos ajuda.

  11. Agora dá tranquilamente para o povo escolher bem o que deseja para o país e seus descendentes.
    Só existem duas forças políticas no Brasil, a ULTRA DIREITA RADICAL, e o CENTRO ESQUERDA.
    Os primeiros são bandidos alucinados, odiosos,sanguinários, irresponsáveis ,apátridas e tentam calar o outro lado com assassinatos, tiros, socos e chicotadas. Do outro lado os de Centro Esquerda são tranquilos, educados, cultos, amam seu país, querem o melhor para a população e invariavelmente procuram o diálogo para resolver dificuldades.
    No lado da Ultra Direita Radical temos Moro,Temer, Alckmin,Dória, Huch, Bolsonaro, Serra, FHC etc.
    No lado do Centro Esquerda temos Lula,Dilma,Requião, Ciro, Manuela, Boulos etc.
    Está muito simples para o cidadão de bem, que ama os filhos ,netos e amará os bisnetos e ainda é apaixonado pelo seu país, escolher o caminho.

  12. Que maravilha a seção de comentários do blog sem os cultores do ódio. Parabéns, Fernando Brito, por entender que, na vida real como na internet, a direita fascista só quer conturbar o debate.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.