Lula: perseguido, preso, líder nas pesquisas, é o “culpado” de quê?

Ando lendo muita bobagem de gente que deveria, pela capacidade, trajetória e por tudo o que assistiu ao longo da história, parar para pensar melhor no que diz.

Com que então Lula “é o culpado” pela falta de unidade da esquerda e pela ameaça de termos dois candidatos de direita disputando o 2° turno, por estar insistindo em sua candidatura e, com isso, impedindo o PT de ser uma força de apoio a outro nome?

Antes, para não começarem com a história de “lulopetismos”, “mortadelas” ou que tais, bem ao nível dos fanáticos de direita ou dos bobalhões da mídia que repetem estes conceitos, um esclarecimento.

Não sou petista, nunca fui –  e estou longe de ser acrítico ao partido que nasceu preso a um purismo pequeno-burguês que levou tempo para ser amenizado. Além, claro, de um “politicamente correto” que acaba sendo apropriado pelos adversários do povo brasileiro.(Sobre isso, recomendo a leitura de “Por que agora a Globo apoia movimentos identitários? Brizola explica, de Wilson Vieira Ferreira).

Feito isso, aos fatos.

Toda a situação que vivemos, hoje, é clara e indiscutivelmente de um arreganho judicial golpista, do qual, é evidente, Lula não é o autor, mas a vítima.

Não fosse isso, há dúvida zero de que ele seria o grande, imenso, disparado favorito a vencer as eleições.

Não tem, portanto, “culpa” nos três componentes deste quadro: o golpe, a prisão e o favoritismo eleitoral que ostenta.

Um passo adiante, porém, culpa-se Lula por, ameaçado ou mesmo fadado à decretação de inelegibilidade pela Justiça, não se apresse a escolher um outro nome, de preferência de fora do PT, para ser o seu “herdeiro”.

Invoco, a propósito, uma frase de autora pouco lisonjeira: a D. Maria Maluf que, ao ver os filhos, herdeiros da Eucatex, digladiarem-se previamente por seu espõlio, declarou: “não se depena a galinha ainda viva”.

Lula está sendo julgado e, como diz a Constituição   – e  como esquecem o STF, o TRF-4 e quem mais quiser declará-lo culpado –  conta com a presunção de inocência até o trânsito em julgado de sua sentença.

Não pode, portanto, considerar-se condenar-se à morte política e, pior, ao sepultamento eleitoral prévio.

Talvez alguém se recorde dos versos do finado Belchior: “já tenho este peso /que me fere as costas /e não vou eu mesmo /atar minha mão…”

Ah, mas não é uma questão individual de Lula, mas um dever para com o povo brasileiro apontar alguém legalmente “candidatável”…

Pode ser, sim.

Mas isso é, perdoem-me, a interpretação mais pobre e atrasada do que Lula significa.

Lula não tem a força de eleger um indicado – o tal “poste”, como depreciativamente fala-se – por uma autoridade hierárquica ou patrimonial de “dono dos votos”.

Este poder vem do simbólico e, sendo assim, é necessariamente político, pessoal e só transferível por imperiosa necessidade, não por opção ou conveniência política.

A única vez que Lula abriu mão, sem ser obrigado, de uma candidatura presidencial foi em 2014 e o resultado desastroso foi o que vimos. Dilma ficou com o cargo, mas não ficou com a carga simbólica de Lula e, assim, não teve forças próprias para resistir ao golpe.

Não somos democracias fortes, amadurecidas política e partidariamente. Não podemos abrir mão da representação dos homens que encarnam desejos coletivos e aspirações nacionais. É inimaginável que os que carregam esta projeção do homem comum se esquivem alegando razões de foro íntimo ou, como estamos vendo com os “vai-não vai” que abundam nesta campanha com aqueles ridículos “mamãe me pediu para não ser candidato” ou o “minha mulher e meus filhos não querem”…

Ou será que Hugo Chávez, Rafael Correa, Cristina Kirchner e Evo Morales não têm desejos pessoais de fazer como Pepe Mujica e passarem a cultivar flores e curtir netos e bisnetos? Será que Vargas não tinha mais prazer em sua rede na varanda e em suas longas “charlas” na Fazenda do Itu, em São Borja?

Não é uma questão de conveniência pessoal e menos ainda de generosidade.

Não bastassem estas razões, é preciso ter a honestidade de olhar a realidade e perceber nela os traços do processo social. Quatro anos de massacre de mídia, quase três de judicial, duas sentenças absurdas e implacáveis e mais de 100 dias de cárcere fizeram o que a Lula em matéria eleitoral?

Longe de destruí-lo, a apenas 70 dias das eleições, fazem dele o nome que, estando na urna, não há quem duvide vá ser o vencedor.

É disso que Lula é “culpado”? É assim que “divide a esquerda”?

O pragmatismo é, sim, necessário à política e mais necessário ainda em períodos eleitorais.

Mas ele é muito menos, incomparavelmente menos que o sentimento popular, a representação dos anseios do povo, o exercício da memória do que ele viveu, experimentou e acreditou.

Do contrário, agiremos tal e qual os políticos “convencionais”, para os quais faz-se um arranjo na cúpula, costuram-se os acordos bem costuradinho e, pronto, temos um candidato vitorioso.

É o que o povo brasileiro o sente como sendo o resgate de suas esperanças, esperanças traídas, frustradas, pisoteadas e esmagadas.

A candidatura Lula não é um capricho pessoal do líder petista que, podem acreditar, se abdicasse dela estaria livre e solto se abdicasse dela, para curtir com filhos, netos e bisnetos seus últimos anos de vida ativa.

Já tentou ser um homem comum e o processo político-social não o deixou ser.

Ele não é um super-homem e, com certeza, nas noites frias e solitárias de Curitiba, ao ver tantas expressões de ódio e maldade voltadas contra ele por pessoas a quem jamais prejudicou, ele já pensou nisso.

Mas não fez e não fará, porque – e os tolos não acreditam nisso – já é mais uma ideia que um homem comum.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

106 respostas

  1. Eles não contavam com ´a pedra no caminho´ cujo nome é Lula. Homem de uma dignidade jamais vista neste país, abdica de viver a vida junto aos entes queridos por amor ao país e seu povo.

  2. Bravo! Bravíssimo! Aplaudindo de pé. Disse com maestria o que está preso na garganta e não tenho o talento necessário. Obrigada, mais uma vez, Fernando Brito.

      1. Diante do Lula e do que ele representa para o mundo, quando o próprio futuro Presidente dos Estados Unidos reconhece que sua ridícula condenação foi fraudulenta e politiqueira, fico imaginando a dimensão que toma uma figura pública como esta senhora que o Temer colocou na Procuradoria Geral da União… Será que cabe na caixinha onde o Ciro Gomes prometeu confinar servidores como ela?

    1. Aplaudo junto com você porque não há o que acrescentar a esse brilhante texto do Fernando Brito. Bravíssimo!!!

    2. Fernando Brito se superou, foi magistral!
      Atingiu o estado da arte.
      Parabéns Fernando Brito!!

      1. Parabéns! Não fossem os golpistas, LULÃO com certeza gostaria de estar na paz do lar e não disputando poder como pensam. 2014 prova isso. E olha que tentaram hein.

        ” candidatura Lula não é um capricho pessoal do líder petista que, podem acreditar, se abdicasse dela estaria livre e solto se abdicasse dela, para curtir com filhos, netos e bisnetos seus últimos anos de vida ativa.
        Já tentou ser um homem comum e o processo político-social não o deixou ser.”

        1. Este texto do Brito é sintomático. Através dele, vemos que estamos apurando o entendimento e atingindo a compreensão da luta pela descoberta da simplicidade. Isso nos anima e fortalece! Por outro lado, descobrimos uma nova maneira de ir às ruas, em um tempo onde as ruas são os shoppings. Precisamos de mais trompetistas, um em cada cidade! Os trompetes estão pondo os tucanos em desespero!

        2. Este texto do Brito é sintomático. Através dele, vemos que estamos apurando o entendimento e atingindo a compreensão da luta pela descoberta da simplicidade. Isso nos anima e fortalece! Por outro lado, descobrimos uma nova maneira de ir às ruas, em um tempo onde as ruas são os shoppings. Precisamos de mais trompetistas, um em cada cidade! Os trompetes estão pondo os tucanos em desespero!

          1. Disse tudo, precisamos de trompetistas, que forma linda de fazer campanha!

          2. O som do trompete se tornou o som do Juizo Final para os golpistas: o tempo deles está acabando, arrependei- vos!rsrs

          3. as manifestações dos tromPetistas estão pipocando pelo país. Deve ter muita gente em pânico

    3. Que luz de texto! Um archote na escuridão.
      Muito agradecido ao Fernando Brito.
      Como vc também o aplaudo.
      Faço questão de dar-lhe os parabéns!
      Ter uma pessoa como ele e Lula num país complexo como o Brasil me enche de orgulho de ser brasileiro.
      Gratidão.

  3. O Lula é culpado porque a senzala volta nele. E a casa grande não admite perder para um torneiro mecânico. E ainda por cima é Nordestino. Região semi Arida do Brasil que a casa grande trata como inferiores. Deu para entender?!

  4. O Lula é culpado porque a senzala volta nele. E a casa grande não admite perder para um torneiro mecânico. E ainda por cima é Nordestino. Região semi Arida do Brasil que a casa grande trata como inferiores. Deu para entender?!

  5. Parece que traduziu o meu pensamento em palavras. Eu mesma acho que não conseguiria dizer melhor.

  6. Eu tinha dúvida quanto a insistência da candidatura do Lula mas foi inteiramente desfeita com esse texto, me faltava essa visão do todo que eu não estava conseguindo ver, essa visão dos acordos para escolha do candidato( vide Alkimin). Só espero que não se cometa o mesmo erro que se cometeu no dois primeiros mandatos. Não há acordo com os inimigos do país!!!!!

  7. Concordo plenamente…

    Acrescentaria que a partir da indicação as baterias da mídia golpista centrariam fogo nesse indicado.
    Assim, quanto mais propróxdo pleito menos tempo pra isso.

    Saudações democráticas

  8. A elite não quer Lula. O poder judiciário, subserviente a essa elite, obedece a seus patrões e prende Lula.
    Se não querem Lula, um conciliador, terão um levante popular selvagem.
    Na época da ditadura, e mesmo nos tempos de Sarney, Collor, FHC, havia um ditado entre os miseráveis: “é melhor morrer de tiro que de fome”.

  9. O capital político de LULA foi conquistado pela coerência de suas “idéias”.Quem não tem voto que baixe um pouco a bola e que não culpe LULA por suas deficiências.

  10. O mais impactante ato de desobediência civil contra o golpe fascista que arrasta o Brasil é
    LUTAR PELA CANDIDATURA LULA.
    Pois ao contrário do que dizem, aqueles que tentam impedi-lo não estão com “a razão e a legalidade”.
    SE A PRISÃO É ILEGAL, O IMPEDIMENTO É ILEGAL!
    Então, por que devemos nos curvar aos golpistas?
    A toga não faz de criminosos juízes, assim como o hábito não faz o monge.

    LULA LIVRE!
    LULA PRESIDENTE!

    Esta é a nossa única bandeira.

  11. Muito bom. A Esquerda brasileira ainda não está unida, porque todos os partidos (e alguns indivíduos) não tem o objetivo de resgatar o Brasil dessa “beira de abismo”… em muitos, o ego sempre se sobrepõe a CAUSA.

    1. Prisioneiro de sua responsabilidade com o povo do Brasil, livremente assumida.
      E agora conscientemente levada adiante.
      “a 1ª tarefa da CasaGrande, após uma grande revolta, é eliminar o lider da senzala. Esquarteja-lo. E ai expo-lo em praça pública”. [a revolta ocorreu, de 2003 a 2010]
      Como vemos, estão tentando.

  12. Penso que, se a direita raivosa e entreguista não houvesse dado o golpe e, principalmente, não houvesse arrastsdo Lula de volta ao turbilhão político, ele yeria se recolhido ao convivio familiar e seria, no maximo, conselheiro politico de pessoas com odeais alinhados aos dele e lembrança do tempo em que o Brasil encontrou o caminho de ser uma sociedade inclusiva.
    Mas a direita raivosa tinha medo de que ele voltadse e, para impedir tal retorno, trntou destruí-lo política e pessoalmente, não lhe poupando sequer a família, como mostra o desfecho para dona Marisa, cuja morte está diretamente relacionada com a implacável e raivosa perseguição política.
    E, além de todos os crimes que vometeu e contibua cometendo cotra o Brasil e contra Lula e sua família, o que a direita raivosa conseguiu foi realizar a propria profecia qe tanto a apavorava, o retorno de Lula ao centro da cena politica.
    É por isso que, mais uma vez, num processo dentro do processo, querem.de novo destruí-lo e impedir sua candidatura.
    E, de novo, tudo o que estão conseguindo é torná-lo mais forte, além do limite do transcendental.

  13. Muito bom este texto. Melhor ainda o seu posicionamento inequívoco sobre a legitimidade de Lula estar protagonizando o processo eleitoral de 2018.

  14. “Ando lendo muita bobagem de gente que deveria, pela capacidade, trajetória e por tudo o que assistiu ao longo da história, parar para pensar melhor no que diz.”

    OUVIU BEM CIRO GOMES ?

    1. O que Ciro tem com isso?
      Ciro é candidato.
      Lula é candidato.
      Lula tem quase o dobro da intenção de votos de todos os demais candidatos juntos. Lula não precisa de Ciro.

      1. Você tem problemas pra interpretar textos ? Não entendeu nada. Lê de novo, umas dez vezes se precisar, usa a inteligência se tiver, antes de falar besteiras.

        1. Mortadela, apoie seu candidato.
          A candidatura de Ciro é tão legítima quanto a de Lula.
          Ciro precisa tanto de Lula quanto Lula de Ciro.
          Cada um na sua campanha e a sociedade decide.
          Ou Ciro é seu fetiche?
          Quanto ao texto do Brito, brilhante como sempre!

          1. Você é burro mesmo, impressionante. Não entendeu nem o texto nem meu comentário. Além de burro pelo jeito é um paneleiro dissimulado. Kkkkkkk

          2. Mortadela, você está nervoso e um homem nervoso é um homem doente.
            Dica para você: procure no dicionário o significado das palavras pluralidade e democracia.
            O candidato que você apoia apresenta-se à sociedade e vem tendo a merecida acolhida. Outros candidatos, de partidos diferentes, apresentam-se à sociedade com suas ideias, propostas e compromissos. Todos legitimados pelo processo democrático. A sociedade será soberana na escolha através do voto. Apoie e defenda com ardor seu candidato, mas respeite as demais candidaturas, não que sua paixão supere o limite do direito dos outros candidatos posicionarem-se livremente.

          3. Se você conseguir explicar porque o Ciro procurou apoio na direita e no centrão, eu juro que tentarei entender seu “raciocínio”. Quem precisa de apoio? O Lula, com 40% ou o Ciro com 8%? Seu problema também é matemático.

          4. Prezado Luis, estamos numa democracia e Ciro apresenta sua candidatura como outros candidatos, legitimamente.
            Lula em 1989 poderia ter apoiado Brizola desde o início da campanha, mas, legitimamente, manteve sua candidatura, assim como em 1994 e 1998, acreditando em suas ideias e semeando para o futuro.
            Lula tem hoje intenção crescente de votos, suficiente para eleger-se no primeiro turno.
            Ciro prosseguirá apresentando suas idéias, propostas e compromissos, legitimamente. Ciro apoiou campanhas e governos petistas desde 2002, agora leva, novamente, como em 1998 e 2002, seu nome à apreciação da sociedade. Se não para esta eleição, que os petistas dão por decidida em favor de Lula, para futuras jornadas. E Ciro já declarou que, caso haja segundo turno e ele não esteja lá, seu apoio será de Lula, Manuela ou Boulos, caso um destes esteja.

          5. O seu problema é matemático e estão te enganando. Segundo pesquisa do Vox Populi com 2.000 pessoas, o Lula tem 41% dos votos declarados, mas quase ninguém noticia que somente 800 pessoas declararam em quem votariam. Ou seja, o Lula tem 328 votos num universo de 2.000 pessoas e consegue transferir no máximo 50% disso. Resumindo: hoje o poste do Lula tem, no máximo, 164 votos de um total de 2.000 votos, tem 8% das intenções de votos totais. Você garante que este poste vai ganhar? E se ganhar, garante que ele vai governar?

            Das 2.000 pessoas, 60% disseram que ainda não sabem em quem votarão e são justamente estes 60% que estão com aversão ao PT e à política. Acorde para a vida, meu caro!!

            Estão te enganando ao dizerem que o poste do Lula ganhará. O Lula é sim imbatível como candidato, mas ele está fora. Está INELEGÏVEL e ponto final. Este é um dado da realidade com o qual devemos trabalhar. Ficar chorando “Lula Livre” não vai mudar o seu futuro nem o meu.
            O Ciro procurou o Centrão porque este aceitou conversar com o Ciro. Não houve acordo porque o Ciro não aceitou abrir mão de suas convicções de governar para o povo e não comprou os minutos de TV deles como o Alckmin fez e o PT FEZ em 2014. Sim, em 2014 o PT COMPROU o Centrão, o qual compôs a campanha e o governo da Dilma, o mesmo Centrão que depois a derrubou por pagarem mais a ele.

            Acorde para sua vida!! Se der Alckmin, Bolsonaro ou mesmo o poste do Lula isso aqui vai virar um inferno. Vamos virar um Haiti ou um Congo Belga. Vai ter arma na sua cara no meio da rua porque a violência vai explodir e os estrangeiros estão pouco se importando com isso. Querem vir aqui, roubar o nosso petroleo e que se dane nós.

          6. Desculpe, mas será que é o que refere? Admiro o que Fernando Brito escreveu que vai ao encontro do que eu penso, mesmo que pense ainda mais além do que o que ele aqui escreve. Talvez você não consiga entender isso, mas não será que o Ciro que podemos ver não faz exatamente parte de uma estratégia mais ampla? Leia o que um outro comentarista (Erismar Novaes Rocha) acima escreveu e talvez consiga entender o que eu aqui insinuo. E sim, Ciro tem legitimidade para se afirmar como candidato — isto como qualquer outro, inclusive Bolsonaro (rsrsrsrs) –, sendo nesse aspeto, pelo menos de um ponto de vista formal, opositor à candidatura de Lula da Silva: afinal ambos são candidatos a um mesmo cargo!
            No geral, e acrescentando ao excelente artigo de Fernando Brito, depois desta última sondagem tornada pública, compreendo mais do que nunca a estratégia de Lula ou nada, pois o mais importante não é o ganhar as eleições do próximo mês de outubro, mas sim o pensar no depois, no muito depois. Pode até ser preferível perder estas eleições para a direita, sobretudo para um candidato tipo Bolsonaro, o melhor que o campo progressista poderia ter como adversário pela mais que absoluta nulidade política que o mesmo é e representa. E nesta estratégia mais vasta, o papel que Ciro está representando pode ser de uma grande importância, deixando portas abertas, até por que, se olharmos para os quadros analíticos da última sondagem publicada pela Vox Populi, a vitória de Ciro é possível, nomeadamente na hipótese que se coloca de um possível segundo turno Bolsonaro/Ciro se Lula for impedido e não indicar «sucessor» (que cada vez mais penso que é o que irá acontecer no caso de o mesmo ser impedido de concorrer). Mas essa será sempre uma vitória fraca, mesmo que agora a candidatura de Ciro tivesse desde já o apoio de Lula. Aliás, talvez nem Ciro conseguisse chegar ao lugar onde está como bem refere Erismar Novaes Rocha, pois seria desde logo alvo de um ataque implacável com vista à sua destruição total enquanto candidatura viável.
            Lula da Silva, sem grande instrução formal mas detentor de pelo menos dezasseis doutoramentos honoris causa, alguns deles pelas mais prestigiadas e antigas Universidades europeias, acaba por ser o jogador mais astuto e inteligente neste xadrez político, não sendo sequer entendido por muitos dos seus correlegionários e seguidores. Mas se a minha interpretação estiver correta, ele está sendo um verdadeiro mestre neste jogo sujo e denotador de um profundo apartheid que o Brasil, neste início do século XXI, ainda vive de uma forma perfeitamente anacrônica.
            P.S.: Como Fernando Brito, não sou petista, mas reconheço o muito que Lula fez pelo Brasil, algo que qualquer um que não esteja tolhido pelo mais profundo ódio de classe não pode deixar de reconhecer.

          7. Prezado Carlos, respeito seu raciocínio e concordo com ele, no geral.
            Mas faço um exercício que, creio, você concordará. A essa altura, quem se dispõe a votar em Ciro dificilmente optará por Lula ou Bolsonaro. Ciro cresce modestamente, mas não entre lulistas ou petistas, mas entre eleitores que buscam outra visão de futuro. Neste ponto, ao manter sua candidatura, Ciro ocupa um espaço que reduz crescimento de candidaturas que não desejamos vitoriosas, como as do psdb ou do psl. Além de afirmar seu apoio à candidatura de esquerda que vá para um eventual segundo turno, caso ele não chegue lá.

          8. Muito pelo contrário. O Ciro cresce justamente no meio dos antigos petistas (eu sou um deles) que conseguem pensar criticamente por mais de 10 minutos. Eu mesmo já disse pessoalmente a um deputado Estadual do PT aqui do Estado que se a esquerda perder a Presidência em 2018, ele vai ter em mim o maior anti-petista que ele já viu na vida. E ele sabe o quando o ajudamos de graça não só pedindo votos, mas traçando táticas e estratégias de marketing eleitoral. Outros amigos meus também já disseram isso.
            A estratégia do PT, caso Alckmin ou Bolsonaro ganhem, será dizer que não teve culpa, que o golpe impediu o Lula de ganhar, que o Alckmin e Bolsonaro são ilegítimos porque a eleição foi uma fraude. Ok, isso pode ser verdade. Mas e daí? E a minha vida? E vida da minha família pelos próximos 4, 8, 12 anos? Que culpa eu tenho se a eleição foi uma fraude e o PT não ajudou a reverter o Golpe em 2018?
            Por isso que eu digo: não venham com blá blá blá nem chorôrô petista se Ciro, Manuela ou Boulos não ganharem. Sejam homens e assumam suas responsabilidades por “protagonizarem” a esquerda nacional. Afinal, ser protagonista não é ter só bonus, é ter ônus também. Se o Brasil afundar de vez, o principal culpado será um só: Luis Inacio Lula da Silva, o cara que colocou uma incompetente no poder, a qual se deixou ser golpeada. Lula, aquele que teve a oportunidade de dar um tiro certeiro no coração do Golpe cavado por ele (é só emplacar uma chapa Ciro-Haddad) mas preferiu brincar de hegemonismo na beira do precipício.

          9. Ao seu raciocínio, Flávio, eu acrescentaria o que me leva a apoiar Ciro desta vez: em 2010, do alto de seus 87% de ótimo/bom, como ele mesmo gosta de dizer, Lula poderia/deveria ter lançado chapa puro-sangue ou da esquerda e pedir votos para deputados e senadores do pt/esquerda, para realizar as reformas política e de meios de comunicação. Não só não o fez como colocou o inimigo Temer na chapa Com Dilma e ajudou a eleger um congresso conservador e corrupto, tendo que repetir a pedida em 2014, quando, além dos anéis, entregou os dedos, o que, após Dilma nomear o terceiro escalão do bradesco como ministro da fazenda, levou ao golpe de 2016.
            Entre 2003 e 2014, foram mais de 10 ministros indicados ao stf, todos ouvindo a oposição, tudo pelo republicanismo e pela conciliação com o inimigo. Sei que Lula se arrepende de boa parte dessas decisões, pois está pagando caro por elas numa cela em Curitiba, após sentença ilegal porque sem provas como exige a legislação.
            São muitos erros em sequência, lembrando que Ciro apoiou Lula desde 2002, mesmo divergindo do que é descrito acima.
            Por isso, Ciro tem motivos para buscar seu espaço político e apresentar suas ideias à sociedade, que decidirá.

      2. Ciro tenta fazer oposição, cínica,é verdade, a Lula. Se deu muito mal. Manda ele ler este texto e ir dormir. Volte daqui a uma década, quem sabe?

        1. Ciro é candidato e apresenta suas idéias. Ciro não é e nunca foi filiado ou militante do pt, tem história e luz próprias. A sociedade decidirá, soberanamente. Quanto a ganhar ou perder, isso é comum no futebol. Na política é importante que haja pluralidade, que a sociedade receba propostas diversas e amadureça sua decisão.
          A história nos mostra lições importantes nesse ponto.

    2. O que Ciro tem com isso?
      Ciro é candidato.
      Lula é candidato.
      Lula tem quase o dobro da intenção de votos de todos os demais candidatos juntos. Lula não precisa de Ciro.

  15. Não tinha ainda percebido, a profundidade dessa visão, concordo.
    Obrigado, Fernando.

  16. Essa esperança é tamanha que todo dia meus colegas mais humildes me perguntam sobre a candidatura de Lula. A expectativa é muito grande, e nós esperamos que a justiça eleitoral não seja mais uma instância a bloquear os direitos de Lula, injustamente. Diante de nova maldade, o povo não aceitará tranquilamente.

    1. Se o povo não cercar o TSE e o STF o Lula não será candidato. Os golpistas estão medindo a febre do povo.

  17. Clap, clap, clap. Como diria o nobre Paulo Nogueira.
    Perfeito.

    Estava esperando exatamente isso. Demorou, rs.

    Eu fico tentando entender os motivos das pessoas que desistiram da luta por um ideal.
    Como se Lula fosse culpado e não existisse um golpe em andamento.

    Foi dado um golpe, e somente uma ação enérgica irá derrubá-lo. Não há o que tergiversar.

    Ou esses golpistas retrocedem e aceitam Lula ou nunca desistiremos.
    É nossa soberania que está em jogo.
    Não há como abrir mão disso.

  18. A Carmem Lúcia é uma cara de pau. Porque não “te calas “ mulher canalha e golpista filha da puta.

  19. Outro dia, lendo uma destas bobajadas de gente que tem um nível significativo de respeito fiz o seguinte raciocínio:
    1. A perseguição Judicial que assistimos está focado no Lula, por ser quem encarna a carga simbólica de representatividade junto ao povo, mas o golpe que assistimos ataca e vai atacar tudo que tiver qualquer feição de progressista. Vide a não aliança do Ciro com o centrão.
    2. Não acho, nem mesmo, que seja um absurdo total a estratégia de Lula ou nada por que tenho a impressão que ganhará a eleição alguém no campo progressista e que há um fortíssimo risco de não tomar posse. Já foi perdido todos os pudores e recatos nas fileiras da direita golpista brasileira, alguém aqui acredita que eles vão voltar para casa e se resignar, caso percam mais uma eleição? aliás, será realmente teremos eleição?
    3. Apontar alguém como alguns analistas de esquerda querem e todos os analistas de direita aconselham (para o bem do PT e para o bem de Lula, chegam a defender ironicamente eles), antes que seja esgotado todas as possibilidades da candidatura de Lula, alem de temerário com o simbolo que ele é (aqui já tomo uma parte maior emprestada da reflexão do Fernando Brito), só permitiria mais tempo para a mídia e as forças judiciais devastarem a vida do urgido. Ao meu ver, se o Lula tivesse apontado o Ciro como seu sucessor, só para citar um exemplo, a esta altura a mídia e as forças judiciais já o teria posto de joelhos e isto vai acontecer com qualquer pessoa que venha a ser apontado por Lula como candidato.
    Certo o PT, Certo o Lula… aprofundar a percepção da grande injustiça que está aprisionando o Lula e o nosso futuro de nação é a melhor estratégia e somente a manutenção da candidatura de Lula garante isso!

  20. A estrategia de Lula e PT é a mais acertada possível.Tem que marter Lula como canditado até o último minuto.Lembram se a dois meses atrás que foi disparada uma operação contra Jacks Wagner só porque foi ventilado seu nome como substituto de Lula?A midia só está pondo pilha para um plano b do PT para ter tempo de moer o candidato.Ainda que Lula não possa concorrer , nesse momento tem que cumprir seu papel de para raio.

  21. Obrigado pelo texto, com as bobagens quem tem sido escritas por gente q parece desesperada para apoiar “sabe-lá-quem”, é motivador !

  22. Perfeito Fernando Brito. Aumenta a cada dia a força dessa idéia. A luta é dura. E precisa ser travada a luta. Vale a pena e vale a luta.

  23. Os 60 milhões de votos do Lula é um atestado de sua inocência e uma condenação séria da lavajato/stf.
    Só um inocente tem tanto voto.
    O stf insiste em querer votar com seus 6×5 contra 60 milhões de brasileiros, o que é um erro espantoso, um crime.

  24. O militante cirista PHA força a barra cometendo duas manipulações estatísticas para chegar aos tais supostos 60% de indecisão:

    PRIMEIRA: confunde a aferição do grau de certeza do voto até o dia das eleições com indecisão da intenção de voto (está última expressa na pesquisa estimulada e que deveria ser usada). Ou seja, se perguntarem a mim mesmo se vou manter meu voto no Lula até o dia da eleição, eu mesmo não saberei dizer. Ao contrário de se me perguntassem, por exemplo, se até o dia das eleições eu votaria no Lula ou em quem o Lula indicasse;

    SEGUNDA: Não leva em conta o percentual de rejeição (não aferido pela pesquisa divulgada pelo VOX POPULI). Mas se tomarmos como parâmetro a recente pesquisa do Instituto IPSOS, vemos que, entre as seis personalidades mais desaprovadas, Lula é a menos desaprovada. Já Ciro, aparece com desaprovação bem maior do que o Lula.

    Analise por sua conta e com honestidade intelectual e verá que o que estou falando é verdade. Seguem os links do VOX POPULI (em pdf) e do IPSOS publicado no tijolaço:

    http://www.tijolaco.com.br/blog/wp-content/uploads/2018/07/VOX_POPULI_ELEICOES_PRESIDENCIAIS_DIVULGACAO_26_07_1.pdf

    http://www.tijolaco.com.br/blog/lula-segue-lider-e-passa-ate-o-querido-moro-na-ipsos-estadao/

    E aqui, para quem tiver estômago, a “análise” desonesta de PHA:
    https://www.youtube.com/watch?v=yRdFgQSJVIs

    Assim, se concorda comigo, peço que COMPARTILHEM. É fundamental que todos tomem cuidado para não fazer o jogo dos espertalhões que, na prática, estão a serviço dos golpistas.

    1. O que Ciro tem a ver com isso?
      Ciro é candidato.
      Lula é candidato.
      Lula tem quase o dobro da intenção de votos de todos os demais candidatos juntos. Lula não precisa de Ciro.

  25. A processo encenado contra o lula ganhando status de farsa, o fracasso da tais das “reformas” a queda na economia volta da inflaçao fome desemprego toda a incompetencia da direita na gestao publica fizeram bem ao PT e ao lula, acho que vao levar no primeiro turno.

  26. Segundo o juiz mega corrupto de Curitiba ,que tem um cérebro misto de jumento com guaxinim, o mais burro com o mais desonesto, o Lula foi preso porque, não quis comprar um apartamento xexelento,mal feito e sem acabamento,escuro,com cômodos minúsculos,com uma escada de cimento sem corrimão própria para cair e quebrar o pescoço,com um piscina menor que um aquário e uma vista pior que papel de parede.
    No seu delírio de animal hidrófobo, ele maquinou que em não comprando o Ap.o Lula estava mandando uma msg telepática subliminar à empresa dona do prédio,de que queria recebê-lo de presente, e em troca de alguma coisa, que ninguém imagina o que possa ser, já que essa empresa jamais recebeu alguma benesse do Presidente, ao contrário do que ocorre hoje, com benesses um dia sim e outro também,voando como panquecas em comédia pastelão, em todos os 3 poderes, numa depravação política generalizada, desta vez aprovada pelos fofoqueiros abaixo citados e também pelo próprio juiz degenerado, que deve achar que o Brasil é um filho bastardo de mamaluco com escrava de bordel.
    Diz o juiz primeiro-instancieiro ,que tirou a ideia a partir de uma fofóca de um zelador que a repassou a um repórter mais fofoqueiro do que ele, que trabalha na redação de um jornal da imprensa marron, o qual escreveu o artigo, e um editor mais fofoqueiro que os dois juntos,imprimiu o texto e colocou no seu pasquim mal cheiroso.
    E condenou um ex-presidente por dois mandatos super exitosos e progressistas para o povo e o país,com uma pena diarréica de 12 anos, somente porque, segundo ele, em mais um “brainstorm” epilético , a “literatura” o permite fazê-lo.
    Por isso é que o Lula está preso.

    1. Comentário muito bom, só achei injusta a comparação “jumento com guaxinim”. Tadinho dos bichinhos, se eles são assim é porque isso faz parte da sua própria natureza. Já outro, o (des)moronado, o seu comportamento ainda é uma incógnita . Caso digno de estudo no futuro, para evitar a aprovação e nomeação de concurseiros iguais a ele para a Justiça, o MP e a PF.

      1. Minha querida, conforme análise do Luis Nassif, este tal juiz, e alguns procuradores, foram cooptados e convencidos a cooperar com o tal departamento de estado norte americano e suas várias agencias. Para quê? Dou um doce a quem descobrir.

  27. Lula tem que manter sim a candidatura. Se desistir – e não tem esse negócio de anistía, que isso é assumir a culpa. O que a direita quer é isso, e um exemplo é o texto de Reinaldo Azevedo, que engrossou o discurso pra que Lula desista, e se há esse discurso, é porque sabem que Lula pode ser eleito. E sabe que se a justiça impedir a candidatura de Lula, o escolhido dele pode vir a ir pro segundo turno contra Bolsonaro. Por isso o temor deles, do candidato Alckmin não chegar ao segundo turno. A estratégia pode não ser perigosa, porque dá pra tornar o nome do substituto de Lula a tempo. O único problema, é que depois de Dilma, muitos pensam em não votar no candidato indicado por Lula, porque temem um impeachment. E mais, o PT não lançar candidato, é acabar praticamente com o partido, e isso o que a direita quer.

  28. Não será mais o enorme LULA a vítima de perseguição; a vítima agora seria o contingente de 60 milhões de brasileiros votantes que nele votam.
    Eles os 60 milhões conseguem ser ainda maiores que o próprio e enorme LULA.
    São eles e sua soberana vontade que apontam que só o LULA recupera este país, e que os que o condenam são farsescos.
    Passam a categoria de vermes imundos os que nem eleitos foram e querem ser contra tamanha força.
    Fora vermes!
    LULA PRESIDENTE.

  29. É preciso entender que a enganação política que faz uso de movimentos identitários vem de cima para baixo, e a Globo quando os adota está apenas procurando se enquadrar em orientação superior da direita internacional. Eles são mais uma apropriação oportunista do idealismo universalista pela direita camaleônica e bipartidária do Império, feita entretanto sob medida para ser incrustada dentro do Partido Democrata. Estes movimentos foram apropriados pelos neocons americanos e inseridos na direita daquele partido, para que seus belicistas-neoliberais pudessem exibir uma fachada falsa de esquerdistas. Sim, porque lutar contra situações pontuais como a misoginia pode parecer um avanço político inerente à esquerda, quando na verdade esteja a servir de disfarce para passar lobo por cordeiro. Democratas como Hillary precisavam de uma fachada esquerdista para dizerem-se progressistas e se contraporem a políticos como Bernie Sanders dentro da luta interna por hegemonia no Partido Democrata. Depois de vencer Sanders na convenção democrata, toda a campanha eleitoral de Hillary Clinton foi baseada em movimentos identitários. Arvorando-se em defensores dos negros para tentar ganhar seus votos, os hillerystas atacavam Trump como sendo o pior dos racistas, contando para isso com toda a grande imprensa dos EUA. As figuras mais reacionárias e belicosas como a “falcão da guerra” Madeleine Albright lançaram a escandalosa campanha “mulher deve votar em mulher”, para que Hillary vencesse com os votos femininos, e acenava com a ameaça de que aquela mulher que não votasse em Hillary seria considerada traidora das mulheres. Trump pode mesmo ter um milhão de defeitos, mas ao contrário de Hillary, baseou sua campanha na luta de classes. Exibiu aos trabalhadores empobrecidos e desempregados a miséria de sua própria condição, fossem eles brancos ou negros, e prometeu levá-los novamente ao patamar de dignidade trabalhista. Parece espantoso, mas quem quiser conferir que procure os vídeos de seus discursos de campanha. Por isso ele venceu e por isso os tucanos (vide o Serra) e a rede Globo, que tinham ajustado os planos de seus interesses em acordo com uma vitória de Hillary que tinham como certa, o odeiam tanto.

    1. Alecs, o link citado pelo Brito, do texto de Wilson Ferreira, tem uma parte em que detalha a doutrina do “neoliberalismo progressista” usada pelo Partido Democrata dos EUA. Vale a leitura.

      1. O neoliberalismo progressista é justamente a mesma enrolação que apela para movimentos identitários separando-os de suas causas históricas e de sua compreensão articulada com as lutas de classes. É claro que há movimentos identitários politicamente conscientes. Mas quando ligados ao neoliberalismo, são apenas mais uma forma da direita se aproveitar da doença infantil do esquerdismo superficial.

  30. Gostei desse artigo de Fernando Brito, mas gostaria de apresentar, também, meu pensamento sobre o momento: “As questões maiores, no momento, me parece, são se Lula conseguirá ser candidato (embora seja fácil dizer que não e que o TSE não aceitará a candidatura de Lula, até o momento tudo esta na base das especulações) e se Lula, em não sendo candidato, conseguirá transferir os votos em si para outra pessoa. Ou seja, estamos na expectativa e cobrando muito sobre se os Tribunais (STJ, TSE, STF), como órgãos colegiados, ainda possuem algum resquício moral e alguma consciência de nação que inclua o povo mais pobre, e reconheçam a legitimidade, a licitude e a legalidade da candidatura de Lula. E na expectativa de saber se haverá consciência suficiente da parte mais pobre da nação, no sentido de, politicamente, revidar à afronta da elite financeira e das classes médias mais de direita, que atuam de forma desbragada saqueando (e ajudando no saque) do patrimônio da nação brasileira”. Continuamos acreditando na candidatura de Lula (sua vitória será inevitável), e, numa outra hipótese radical, na aceitação de um outro nome indicado pelo próprio Lula (essa sim, a hipótese menos provável, mas não por não confiar na resposta popular, mas de que Lula venha a indicar esse nome, como, parece, já está demonstrado [hipótese plenamente aceitável e demonstradora da imensa capacidade de Lula reagir, mesmo numa situação tão complexa e difícil]).

  31. Vamos lá. Resumidamente:

    1 – O Lula é culpado de indicar por DUAS vezes uma pessoa despreparada para a posição de
    comando político do país, da sua vida e do seu futuro.
    2 – O Lula é culpado de aliar-se ao PMDB colocando o Temer na linha de sucessão dessa pessoa despreparada
    3 – O Lula é culpado de escrever uma “Carta aos (rentistas) Brasileiros” para se eleger em 2002
    4 – O Lula é culpado de colocar diretamente o Meirelles e indiretamente o
    Levy no comando da economia do país para satisfazer rentistas
    5 – O Lula é culpado de alimentar o PMDB e Eduardo Cunha com FURNAS
    6 – Lula é culpado da criação e alimentação do Centrão em detrimento dos demais partidos de
    esquerda,

    Enfim, o Lula é culpado por ter sido incompetente numa série de escolhas que fez, sendo o principal erro a escolha da Dilma como Presidente. Dito isto, o Lula se esforçou bastante para estar onde está hoje e não é direito do Lula levar todo o resto do país para a cadeia consigo.

    Mas como o Brito depende dos views petistas, logicamente não vai publicar este meu comentário.

    1. Não apenas publico como concordo em parte com o que diz. Não acho o Lula perfeito, não sou perfeito, não espero que ninguém seja. Há muito o que criticar no Lula e mais ainda no PT, mas nada disso será importante perto de três coisas: 1) foi um governo de avanços populares e afirmação do Brasil; 2)foram derrubados por um golpe que reuniu o que há de pior neste país e, de quebra, com ajuda externa e 3) Lula é o personagem símbolo das aspirações do nosso povão. Se isso não bastasse, a indignidade cruel de encarcerar um homem para evitar que vença uma eleição, por si só, já seria razão para defender sua candidatura. Não estou preocupado em atacar quem pensa diferente de mim, estou preocupado é com a legitimidade do processo eleitoral, que está seriamente comprometida.

      1. Brito, foi um golpe sim, com apoio do exterior e com o que de mais sujo há no país. Acontece que a DIlma e o Lula foram avisados em 2013 por Putin e Erdogan que aquelas manifestações eram a preparação para um golpe contra o Brasil sob os moldes da Primavera Árabe. O mundo todo sabia que armava-se um golpe contra o Brasil e a Dilma nada fez. Agiu como uma autista negando o problema achando que com isso o problema deixaria de existir. Deu no que deu!! É esse mesmo pessoal que você quer de novo no comando da sua vida e da minha vida? Um bando de incompetentes e relapsos com o poder. E a dona Dilma ainda me vem em 2016 dizer que nunca imaginou ter que lutar de novo contra um golpe em sua vida. Isso é nos chamar de imbecis.

        Quando elegemos funcionários públicos para gerirem nossa economia e defender os nossos interesses, contamos que eles façam isso de forma inteligente e honesta. Mas a verdade é que colocamos no comando um bando de incompetentes e relapsos com o poder.

        Você, como comunicador, deveria levar as pessoas a refletirem sobre isso, refletirem sobre suas vidas e seu futuro. Ok, o Lula fez um ótimo governo. E daí? Recebeu muito bem por este belo serviço. E daqui pra frente? Quem governará o nosso futuro? Outro poste incompetente que sera derrubado em 2020? E a minha vida? E a sua vida?

        A situação atual é instabilidade. Estamos num golpe? Sim, estamos. Mas é hora de mitigar os efeitos dele, tentar salvar o que der para salvar, salvar a nós mesmos. O nome disso se chama gestão de crise. Você acha que o Lula ou o PT estão preocupados com o seu futuro? Com o meu futuro? Estamos caminhando para ter Alckmin e Bolsonaro no segundo turno. Talvez tenhamos o poste petista x Bolsonaro. E aí? Isso resolve o problema do Brito? Do Flávio? Da dona Maria aposentada? Do “Seu João” motorista?

        Pense nisso. Estamos no meio de uma crise cavada pelo PT e contra o PT. Vocês dos blogs estão sendo levados para a narrativa sebastianista, sendo usados para comoverem e mobilizarem o povo, mas em malefício próprio. Ou você acha que se o Alckmin ganhar seu futuro será melhor? O PT está pouco se importando se o Alckmin ganhar.

        http://www.jb.com.br/pais/noticias/2017/06/05/haddad-dilma-e-lula-foram-alertados-por-putin-e-erdogan-sobre-protestos-de-2013/

        1. É simples. Há hoje um embate interno no PT entre os candidatos a cargos majoritários (governadores Camilo, Welington, senador Jacques Wagner) e os candidatos a proporcionais (Dep. Federais e Estaduais). Os majoritários preferem uma aliança com o Ciro agora no primeiro turno para derrubarmos o golpe numa porrada só. Colocam o Haddad como vice do Ciro, vamos para urnas e massacramos os golpistas. No final das contas o PT teeria mais cargos e hegemonismo do que no governo Dilma que entregou tudo para o PMDB e PSDB, inclusive a Presidência e a liberdade do Lula.

          Mas existem os candidatos às proporcionais e estes estão ganhando no debte interno ao PT. Eles acreditam que sem o nome do Lula nas urnas, o povo esquecerá de votar neles. E que se danem nós e o país, o que importa é eles se elegerem para o Congresso mesmo que os votos no Lula sejam anulados, mesmo que o poste do Lula perca no Segundo turno para o Alckmin ou Bolsoanro (as pesquisas apontam isso), mesmo que o poste do Lula acabe de afundar o país até 2020, quando será devidamente derrubado novamente para nossa desgraça. (Alguém em sã consciência imagina o Haddad governando e colocando ordem na casa?!!)

          Em resumo: o PT está pouco se importando quem virá como Presidente. Todo mundo do PT e do mundo sabe que o Lula será declarado inelegível (injustamente, diga-se de passagem). Mas e daí? Vamos nos prender a isso junto com o Lula e com o PT? As propostas do Ciro são de longe mais esquerdistas do que tudo que o PT fez em 13 anos. Iniciem pelo menos um debate ao redor do nome do Ciro e vejam como os “estrategistas petistas” respondem. Vocês perceberão que estes estrategistas estão mais interessados no PT do que em nós ou no Brasil.

  32. Excelente artigo,Fernando Brito! Você mostra, com rara e feliz didática, porque a Casa Grande persegue Lula. Persegue porque Lula, um desacreditado torneiro mecânico — desacreditado na imagem por eles amplamente divulgada e explorada –, que só tem em seu currículo um curso técnico do Senai e o ensino fundamental, mostrou a essa podre “elite endinheirada”, com o profícuo resultado de seus 8 anos no poder deste país tão grande e amado, que inteligência, honestidade e, sobretudo, humanidade e brasilidade não se aprende em faculdades; ensino caro, que, antes do Lula, era privilégio exclusivo dos filhos das classes abastadas.
    Aliás, Noel Rosa, em seu antológico samba “Feitio de Oração”, já afirmou que “ninguém aprende samba no colégio”!

  33. Belo texto, Brito. Acabei de ler um colega seu sobre Lula manter-se candidato. Ele acredita que Ciro pode ser a solução. É um apressadinho que, com toda certeza, não percebeu que Ciro é o cavalo paraguaio da direita. Se percebeu, acha que a vida é assim mesmo. Ciro quer ser o “poste” de Lula porque julga que vai herdar os votos e unir os brasileiros com a chancela do PT e da candidata fashion Manoela – PCdoB. Além de não ter luz própria no eleitorado é um arrogante. Acha-se muito. Ciro em seu blábláblá não enfatiza nenhuma política social, além, é claro, falar o que todo candidato fala e que ninguém acredita. Fala pelos cotovelos que vai rasgar os contratos das privatizações. Ora bolas…dos seis deputados que ele prometeu expulsar do PDT quando votaram pelo impedimento de Dilma, quatro permanecem no partido. Os três senadores que votaram a favor, também. Cabra macho de merda! Se diz irmão de Aécio, Tasso e com bom trânsito no PSDB. Nada fala sobre a Globo, é a favor da Lava a Jato, poupa Sérgio Moro e ainda quer o apoio de Lula e do PT. Tem o ego do Serra, a estratégia de um cavalgadura e uma longa capivara que começou na ARENA.

  34. Paulo Henrique Amorim e prof. Wanderley, Fernando Brito está falando com vocês. E tem mais : Ciro Gomes, nem com pedido em mensagem psicografada do Brizola. Foi o próprio Ciro quem assim decidiu. Agora já era.

  35. Parabéns pelo texto, exatamente o que penso. É lamentável que PHA e Miguel do Rosário sigam outro caminho.
    Ciro será mais um que entrará no rol (embora não seja petista) dos traidores, achando que deveria ser “o escolhido”, composto por Marina Silva, Cristóvão Buarque, Marta Suplicy, Hélio Bicudo.

  36. Excelente artigo, Fernando Brito! Você mostra, com rara e feliz didática, porque a Casa Grande persegue Lula. Persegue porque Lula, um desacreditado torneiro mecânico — desacreditado na imagem que eles, ampla e cansativamente divulgaram e exploraram –, que só tinha em seu currículo um curso técnico do Senai e o ensino fundamental, mostrou a essa podre “elite endinheirada”, com o profícuo resultado de seus 8 benfazejos anos no poder deste país tão grande e amado, que inteligência, honestidade e, sobretudo, humanidade e brasilidade não se aprende em faculdades; ensino que aqui é muito caro e que, antes do Lula, era privilégio exclusivo dos filhos das classes abastadas, fato que, após o golpe, voltou a ser.
    Aliás, Noel Rosa, em seu antológico samba “Feitio de Oração”, já afirmou que “ninguém aprende samba no colégio”!

  37. Nossa elite quer muito destruir Lula para poder destruir nossa economia e vender o Brasil a preço de fim de feira. Falta combinar com o povo. Na hora em que esse povo se levantar, a greve dos caminhoneiros vai parecer um piquenique.
    Meses antes da Revolução de fevereiro de 1905, na Rússia, o Czar escreveu em seu diário que tudo estava bem. Meses depois, foi derrubado.

  38. Olá, Brito!
    Estou num ônibus vindo de Goiânia para uparticipar do Festival Lula Livre. Você irá?
    Gostaria muito de conhecê-lo pessoalmente.
    Grande abraço

  39. “…escolher um outro nome, de preferência de fora do PT, para ser o seu herdeiro”. O jornalista, talvez por cortesia, não quis declinar o nome de todos conhecido do “herdeiro”. Se perdermos as eleições, já fico imaginando as centenas de matérias no estilo “eu não avisei?”. Volto ao velho ditado: “Deus me livre dos amigos que dos inimigos me livro eu”

  40. Não dá para ler o significado do Lula como se lia antes, acho que é isso que alguns amigos da esquerda não estão percebendo e o texto do Brito explicita. Nos anos 80 Lula simbolizou o grito de liberdade e de passagem para a democracia, agora simboliza outra passagem que não sabemos onde vai dar. A resistência do povo nas intenções de voto é fruto das mudanças havidas nos governos petistas, da revolução silenciosa. Não só Lula não tem o mesmo significado como o povo não é o mesmo. Lula e o povo evoluem e resistem juntos.

  41. Não dá para ler o significado do Lula como se lia antes, acho que é isso que alguns amigos da esquerda não estão percebendo e o texto do Brito explicita. Nos anos 80 Lula simbolizou o grito de liberdade e de passagem para a democracia, agora simboliza outra passagem que não sabemos onde vai dar. A resistência do povo nas intenções de voto é fruto das mudanças havidas nos governos petistas, da revolução silenciosa. Não só Lula não tem o mesmo significado como o povo não é o mesmo. Lula e o povo evoluem e resistem juntos.

  42. Quando os grandes homens públicos olharem para trás…verão que os dias mais belos de suas vidas foram os dias em que lutaram por um Brasil melhor.

  43. Brito, como tem sido sempre. Observador da dinâmica social, talentoso coerente e lúcido! Parabéns grande Jornalista.

  44. Excelente análise, Brito! De fato, o Lula é mais que uma liderança política. Ele é o nosso maior símbolo da luta popular contra a injustiça que os setores dominantes impõem à Nação há séculos. Parabéns!

  45. Voto no PCdoB, meu candidato é Lula, pois ele é o melhor para o Brasil agora. Eu e milhões de brasileiros queremos Lula Livre, Lula Presidente.

  46. Perguntinha boa no debate com Alckmin, qual o cargo que Pedro Parente ocupará no governo dele? O Brasil não merece um presidente eleito que tenha que receber ordens dos irmãos Marinho, conselho jurídico do Merdal e econômico da Miriam Leitão e se tremer de medo das notinhas plantadas da lava jato no site o antagonista.

  47. Parabéns, texto exato, do tamanho certo. Seria facil para Lula, bastava desistir, como outros fizeram e ja estaria em casa. Mas ele não se pertence mais, seu nome hoje pertence a esperança. E quem não entende isto, não entende nada do povo brasileiro. Basta ver a fala da ministra Carmen Lucia, que não entende nada de povo, de politica, e ao deixar o judiciario chegar ao fundo do poço, como chegou, não tem liderança e não entende nada de leis.

  48. Fernando, já há alguns dias gostaria de dizer isso que vc está dizendo, porém gostaria de dirigir o pequeno texto ao respeitadíssimo Paulo Henrique Amorim, jornalista que tive o prazer de comprar o livro “O quarto Poder, aliás autografado por ele. Não sei o que deu no Paulo em fazer análises do estilo que ele vem fazendo nos últimos dias. Ele , o Paulo Henrique Amorim, de uns dias para cá passou a culpar o PT e o Lula pelo fato do Ciro Gomes
    não subir nas pesquisas. Ora, Quando se coloca no disco de pesquisa entre os demais candidatos, “CANDIDATO APOIADO PELO LULA” o resultado já é maior que o Ciro Gomes. Por que então o PT apoiaria o Ciro e não lançaria um candidato do próprio partido, caso o Lula Não fosse candidato? Detalhe , sou eu estou dizendo tudo isso,viu Paulo Henrique Amorim, não é o Fernando Brito não.
    Espero que o Ciro, caso não vá para o segundo turno não invente de apoiar um direitoso qualquer.

  49. Excelente artigo!
    Não se prende idéias, nem ideais!
    LULA representa nossa luta contra o golpe e a favor da democracia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.