Matilha de Moro e Bolsonaro usa Wyllys para tentar atingir Greenwald

O site que serve de porta-voz do governo Bolsonaro e de Sérgio Moro diz que o pedido da Polícia Federal para investigar as contas pessoais do jornalista Glenn Greenwald, editor do The Intercept, destina-se a tentar encontrar lá elementos que possam dar sustentação à calúnia de que ele teria comprado a renúncia de Jean Wyllys para que seu companheiro, Davi Miranda, assumisse o mandato de deputado federal.

A ofensiva policial já se tornou um escândalo internacional, com manifestações de integrantes da Relatoria Especial para a Liberdade de Expressão da OEA e da ONU.

As provas de que Wyllys sofreu, durante anos, as mais bárbaras ameaças de violência estão todas com a PF. O próprio Moro admitiu, em nota emitida este ano que “ao longo de 2017 e 2018, foram instaurados diversos inquéritos pela Policia Federal para apurar ofensas e ameaças contra o deputado federal Jean Wyllys.”

Se Moro compactua ou promove ofensivas deste gênero contra um jornalista reconhecido internacionalmente, é que está realmente em um grau de desespero e sabe que tem razões para temer.

Parece que as palavras do deputado Gláuber Braga foram até suaves.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

26 respostas

  1. Os policiais conhecem bem a técnica . As comissões de justiça do senado e da câmara devem convocar o garoto prodígio Deltan Dailagnol , para dar suas versões ou só citar o hacker . . Não creio que ele fique calado , ele abrirá o bico . Porque até agora não convocaram ?

  2. Arrastar profissionais do Estado para que trabalharem dentro de tamanho grau de demência é tão inacreditável que não merece qualquer adjetivo. É como se obrigasse a SBPC a recolher provas de que a Terra é plana.

      1. Stalin trouxe para seu aparato de terror não somente os parasitas, os de piores tendências, os que já agiam como cancros anos antes. Ele trouxe também os melhores, os mais preparados e foi extremamente hábil em torná-los vermes imundos, desprovidos de dignidade e de crítica. Os que não se dobraram morreram, talvez, como Teori Zavaski, ou foram mandados para os Gulags, como De Sanctis. Hitler, igualmente, foi brilhante e bem assessorado nesse mister. Eles só se espelharam no melhor (ou pior) que a humanidade produziu. Passado o horror, como já comentado, eles tomam novas vestes e vão às ruas saudar a libertação da França, por exemplo. Não nos esqueçamos de quem são. A natureza deles é de camaleão.

  3. Às vezes até me pergunto se o Anta Golpista com esse tipo de noticiário está querendo queimar o Moro – que está se tornando um cadáver mal cheiroso – para salvar o Boçal Nato.

    1. Possível: rei morto, rei posto. Lembremos que o anta golpista nem fala mais de seu sócio-fundador, Aécio Neves.

  4. O marreco de Maringá está desesperado porquê só ele sabe a quantidade e a gravidade dos crimes que cometeu mas não sabe ainda quais serão revelados.

  5. O CRIMINOSO sergio moro pode continuar a atropelar a lei desta maneira e nada é feito???
    Até quando este DELINQUENTE gozará do beneplácito de todos para fazer o que bem entende???
    por que até agora não houve nenhuma ação concreta de denúncia deste crime contra a “famosa” liberdade de imprensa?????
    Cadê aOAB? a ABI? um advogado qualquer,alguém tem que parar este CRIMINOSO !!!!!
    MORO DELINQUENTE !!!!CADEIA NELE !!!!

  6. QUANTO MAIS ALTO SE SOBE ,MAIS VIOLENTA É A QUEDA.
    Nada que a sabedoría não tenha ensinado,e que os tolos insistem em negar,né marreco?

  7. Desespero completo dos membros da OLJ. A sujeira é grande e essas atitudes significam que estão com medo do que ainda será divulgado, pois certamente tem certeza do que falaram e das bobagens que cometeram.
    O juiz e procuradores não esperavam por essa. Viva o Intercept.

  8. aproveitando a investigação contra o Glenn, Jean Wyllis e Davi Miranda, podia, investigar quem sustenta o tal site porta voz da farsa jato. Creio ser de interesse público.

  9. Esse tiranete é perigosíssimo…
    e tem salvo-conduto do poder real.
    A oposição deveria imediatamente encaminhar impeachment dessa figura…

  10. Na minha cachola…o Marreco de Maringá de BARRO…esta fudido….não iguais aos BRASILEIROS que estão na míngua…por esse RATÃO E SEUS ALUCINADOS E COVARDES, VAGABUNDOS E CRIMINOSOS…Mas sua hora vai chegar pra todos da sua THURMA…

  11. eu acho que o Glauber se referiu ao juiz da partida Argentina e brazil. A imprensa argentina cravou SIN VAR GÜENZAS (fazendo parodia com Sem vergonhas, canalhas).

  12. A direita fascistoide tem que entrar num acordo e decidir o que mesmo Jean Wilys, pois o ex-parlamentar está sendo usado como pau prá toda obra, até mesmo para a FAKEada: segundo a direita foi Jean que mandou o Adelio dar a facada no coiso, kkkkk….só rindo….agora não e´mais isso: e sim venda de mandato…me poupe desse matlha…

  13. Suaves ou não, palavras não resolverão a grave situação criada pelos fraudadores que conspiraram contra a democracia brasileira. Atitudes, ações concretas, manifestações da sociedade organizada são necessárias para mudar esse estado caótico que se instalou no Brasil. Contudo, até o momento, não se vê nada além de silêncios covardes e tentativas de acobertar a podridão.
    Senhores, a omissão neste momento é CRIME GRAVÍSSIMO. Saiam da inércia e cumpram os seus deveres para com este país!

  14. Essa foi escrita, por quem entende do assunto, há quase meio século atrás para o juizeco ladrão, ou para o miliciano psicopata.
    Só faltou uma dedicatória.
    “…quem é a causa do poder de alguém cairá em ruína, por que tal poder concedido resulta ou da astúcia ou da força de quem o concedeu, e ambas são suspeitas para aquele que veio a se tornar poderoso.”
    Nicolau Maquiavel – O Príncipe

  15. Se não aparecerem logo os áudios, esta gente pode complicar a vida do Glenn. É vital que surjam novos vazamentos para que não fique a impressão de que o pior já passou.

  16. Retaliação institucional. O enredo se dará assim: Os Vazajateiros têm a convicção de que Willys , Glenn e o Davi cometeram crime. Não encontrarão uma única prova sequer (porque não existe), não encontrão nenhuma transação financeira entre as partes que corrobore suas teses. Inventarão um valor qualquer combinado com algum delator e assim como o Lula os três serão condenados por ato de ofício indeterminado. Esse é o hospício em que nos enfiaram. A menos, é claro, que a imprensa (corporativista como é) dê um tempinho no golpe e coloque a faca nos dentes para defender o trio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *