Celso de Barros: Meu antipetismo não é bolsonarismo

A coluna de Celso Rocha de Barros, na Folha, o testemunho de alguém cheio de restrições ao PT que, nem por isso, vai para a vala comum do apoio, na prática, ao candidato do fascismo. Tal como fez Caetano Veloso, no mesmo jornal.

O muro fica cada vez mais estreito, tão fino que nele só irá, em breve, caber a pequenez dos covardes.

Haddad encontrou sua voz,
mas Bolsonaro esconde a sua

Celso Rocha de Barros, na Folha

Fernando Haddad (PT) encontrou sua voz, e, se você leu minha coluna da semana passada, deve imaginar que ela me soou bem. Jair Bolsonaro (PSL), por sua vez, não tem mais o atestado médico para esconder a sua.

Em sua entrevista ao Jornal Nacional na segunda-feira passada (8), Haddad deu os sinais certos. Anunciou que o PT deixou de lado a proposta de nova Constituinte, adotou um discurso moderado, deixou claro que Dirceu não participará de seu governo (o que era óbvio) e, o que passou despercebido, descreveu a proposta do PT como “social-democrata”.

Esse ponto é muito importante: o PT sempre foi reconhecido por todos os grandes partidos social-democratas do mundo como um igual, mas nunca admitiu esse parentesco muito claramente.
O PT pertence à mesma família dos movimentos de esquerda moderados do Chile, do Uruguai e da Costa Rica. É importante sinalizar isso.

Mas a sinalização mais clara de que o PT está falando sério no segundo turno foi o encontro de Haddad com Joaquim Barbosa, que, admito, nem eu esperava que acontecesse.

Pensem bem no peso disso: Barbosa foi indicado por Lula para o STF (Supremo Tribunal Federal), mas mandou para a cadeia grande parte da direção do PT. O PT passou anos gritando que o julgamento foi uma farsa, e que todos os condenados eram inocentes.

O gesto de Haddad foi importante. É difícil imaginar outro petista fazendo a mesma coisa nos últimos anos.

O candidato do PT, Fernando Haddad, em entrevista no Jornal Nacional – Reprodução/TV Globo
E pensem também no tamanho da aversão que Bolsonaro inspira em Joaquim Barbosa para que o ex-ministro tenha aceitado discutir com o PT.

Ao mesmo tempo em que faz os gestos necessários ao centro, Haddad bate em Bolsonaro em defesa dos pobres. Afinal, o programa de Paulo Guedes parece algo que João Santana inventaria para atribuir falsamente a um adversário de Dilma em 2014.

Vale lembrar, o PT não bateu em Bolsonaro no primeiro turno. Essa briga pelos pobres começa agora.

Por sua vez, Bolsonaro não tem mais a desculpa do atentado para se esconder do eleitorado. E isso é muito ruim para ele.

Graças à facada de 6 de setembro, Bolsonaro passou o primeiro turno escondido, apresentado como o antipetista genérico. Cada eleitor que não gosta do PT projetou nele suas próprias aspirações.

Agora vai ficar cada vez mais claro que Bolsonaro não é o antipetista genérico, é a caricatura que os petistas fazem do antipetismo.

Não, o DEM não é fascista. Bolsonaro é —pesquise o entusiasmo que os grupos de extrema direita têm por sua candidatura. O PSDB não quer que os pobres se explodam. Bolsonaro quer, como mostrei na última coluna do primeiro turno. Os evangélicos não são homofóbicos e preconceituosos. Bolsonaro é —há um vídeo dele dizendo que se orgulha de ser homofóbico. Ser de direita não faz de você um defensor da ditadura —mas Bolsonaro não defende só os governos da ditadura, defende os torturadores da ditadura individualmente. Seu livro de cabeceira são as memórias de Brilhante Ustra.

E esse é o ponto que a direita civilizada e os antipetistas de bom senso (que devem ser a maioria dos antipetistas) precisam levar em conta: Bolsonaro, se eleito, desmoralizaria a direita por uma geração inteira.

O petismo de Haddad não é exatamente aquele a que você se opõe. E o antipetismo de Bolsonaro, definitivamente, não é o seu.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

25 respostas

  1. Lembram-se do Nazareno, personagem do Chico Anysio? Quando perguntavam o porquê do casamento dele com aquela mulher feia ele sempre respondia que estava de porre quando casou.

    Pois é, muitos eleitores do boçal estão num verdadeiro porre, igual ao Nazareno. Alguns tomaram uma cachaça chamada “Antipetismo”, da “Destilaria PIG”, que é uma cachaça envelhecida 15 anos (desde 2003) por comentários da Miriam Leitão. Outros tomam uma cachaça chamada “Fake News”, da “Destilaria WhatsApp”.

    A única diferença desses eleitores em relação ao Nazareno, é que não adiantará gritar “calaaaada!”. Esses eleitores é que serão calados por um governo fascista.

    1. Pior será quando perceberem que tomaram uma cachaça chamada, “FIZ CAGADA”, ai será tarde demais.

  2. Estou me perguntando quantos, quantos leitores ainda tem a Folha e se esse número, revertido integralmente que fosse aa luz desse tal antipetista sensato, seria suficiente. No fim das contas parece que o bolsonariato está apaixonado pelo que só ele viu no demônio: o triunfo de coisa nenhuma. Embaraçoso!

  3. Provavelmente os anti-povo que focaram nos pts a imagem do “comunismo assistêncialista” que tirará deles para dar aos pobres (vagabundos claro) achariam fantástico se conhecessem o Medical Care da Austrália ,ou os cuidados estatais para com os cidadãos praticado nos países nórdicos.
    Estarmos em 2018 discutindo civilização ou barbarie é prova da imbecilidade da massa brasileira.

  4. Agora os canalhas tiram seu orifício com as impudicas pregas da seringa,mas canalhas como esse foram propagadores do ódio,da mentira e do preconceito foram gestantes de milhões de bolsonaros.

  5. Qdo o bicho não quer sair da toca vc tem que cutucar ele mais para que saia da toca. Haddad tem que bater mais forte para que Bolsonaro cometa erros, saia da toca, aceite debater como última alternativa de se salvar.

  6. Uma crise mundial gigantesca se avizinha, e será maior do que o crash de 2008, diz Peter Schiff, o mesmo economista que previu o desastre de 2008. https://www.foxbusiness.com/economy/stock-bubble-bigger-than-2008-crash-peter-schiff Uma bolha gigante vai explodir, e arrastará a economia de todos os países. Certamente um governo que odeia pobres não vai tomar qualquer providência anticíclica para deter este tsunami. Então, o que fará? Pode ser que jogue ao mar todas as riquezas do país, tentando manter o bote a flutuar.

    1. Vai ser a única parte divertida dessa hecatombe tupiniquim frente ao tsunami global: ver a classe mérdia alta e muito mauricinho tucano/bolsonarista perder tudo o que apostou no tal do tesouro direto achando que era parte da elite financeira…hahahahahaha

  7. Bacana, legal, joinha como se dizia. Mas esse papinho desses muristas de longa data, AGORA a duas semanas, chega a ser patético. Estamos na luta, mas tá difícil, muito difícil. Sem um FATO NOVO quase impossível.
    AGORA também, Haddad parece que vai denunciar as mentiras do canalha. AGORA, só agora. O brasileiro está prenhe de mentiras, enlouquecido de ódio depois de mais de uma DÉCADA de mentiras que precisam ser DESCONSTRUÍDAS.
    AGORA a duas semanas é eles descobriram isso.

    1. Pois é isso. AGORA de que servem os apoios e reconhecimentos dos valores democráticos e das qualidades políticas de Haddad ? onde estavam essas pessoas nos últimos dois anos, ao longo dos quais o bozo da extrema direita deitou e rolou fazendo uma campanha antecipada em cima de mentiras e apologia ao crime? porque valia TUDO para esses muralistas tucanos, valia tudo para os discípulos do canalha mau caráter do FHC e seu ódio profundo a Lula, cheio de ressentimentos e inveja . Quatro derrotas eleitorais seguidas fizeram do tucanato e seus acólitos uma trupe de ressentidos prontos a apoiar Aécio em sua cruzada pelo impeachment. Ainda que fosse preciso rasgar a Constituição que diziam respeitar. AGORA querem limpar suas consciências e biografias. AGORA que consideram Lula como carta fora do baralho. Enfim, temos que aceitar e agradecer artigos como o de Celso de Barros. Mas não temos que esquecer o que essa turma tucana produziu. Que sirva de liçao para daqui a 30 anos quando o Brasil, talvez, recuperar algum horizonte democrático.

    2. Seja mais objetivo. Saia de cima do muro. Você apoia a esperança de um Brasil decente ou apoia a bandidagem e a manutenção de toda sujeira que estamos vivendo?

  8. Não se cura ferida sem tirar o pus. Bolsonaro é o pus. Quem vota nele, cada um tem seu nivel de pus. Temos muito pus a ser removido pra nos curarmos. Vai doer? Vai doer. Mas não tem outra forma.
    Quando escuta “sou contra o aborto, sou cristão, mas a favor da tortura, grupo de extermínio, pena de morte, armas, etc.,” tem muito pus nessa ferida não acham. Vamos passar por essa cura com fé em Deus removeremos essa gente tão logo e seremos um pais 80% curado, que já pode ir pra casa.

  9. A vitória do Balsonaro a longo prazo vai ser bom para a esquerda. Hoje saiu o verdadeiro motivo do Ciro não apoiar Haddad, que o caminho livre pars ele. Haddad abriria mão da releicão.

  10. 2 anos após as eleições de Trump, as midterms de novembro agora, que elegerão o congresso dos EUA, mostra uma possibilidade do partido democrata virar a casa. Detalhe, o partido democrata não tem nada de esquerda, é um partido de centro-direita no máximo, e é lotado de políticos e operadores ligados a grandes grupos econômicos. Mas mesmo assim, Trump é tão ruim, que até gente patética como os membros do partido Democrata podem ganhar.
    Mas não foi só isso que Trump fez. Nas eleições menos faladas, as estaduais e municipais, e em redutos históricos dos republicanos, a onda que está passando é vermelha. Vermelha socialista. Gente que abertamente fala e diz “sou socialista” no país que foi criado com anticomunismo no café da manhã. Trump é tão horrendo que o socialismo está crescendo nos EUA.
    A eleição do coiso talvez seja a única forma do brasileiro sentir na pele o que é um governo de direita mesmo. Tão querendo “moral e bons costumes”? Pois agora vão ver se conseguem pagar as contas com “moral e bons costumes”.

  11. Pois é, se a circunstância fosse outra, SÓ ENCONTRAR JOAQUIM BARBOSA teria sido motivo para Haddad PERDER O MEU VOTO. Aliás, ele já tenta perder o meu voto há 2 anos, quando proferiu: “golpe é uma palavra muito forte”.
    Quanto a Celso Rocha Barros, hahahaha, agora, né? Quando não adianta mais…
    Adoro estas pessoas cheias de “raciocínios”, de ideias bem costuradas, aquela coisa Eliane Brum de escrever textão e as pessoas verem como ela pontua bem as “questões” :)
    É tarde.
    Pena que passamos anos lutando pela Democracia para sermos dragados junto a estes cretinos para o buraco negro que não perdoa.
    Preparem-se para o #DOPS2019 :)

  12. WhatsApp ensina a bloquear contatos que propagam fake news

    O WhatsApp permite ao usuário denunciar emissores de notícias falsas e tendenciosas, como forma de conter a disseminação cada vez maior deste tipo de conteúdo por aquela rede social. Neste período eleitoral, as fake news enviadas aos celulares dos eleitores é a principal tática da campanha do coisa; para Presidente da República. “Se alguém está constantemente te enviando notícias falsas, denuncie”, diz um vídeo tutorial da rede social.
    Para fazer a denúncia, o usuário deve selecionar o nome do contato, clicar em “Denunciar” e, em seguida em ‘Denunciar contato’. Não é possível denunciar contatos específicos dentro de um grupo, pode-se apenas denunciar todo o conteúdo que circula dentro do grupo de uma só vez.
    egundo o jornal “O Dia” dados do Relatório de Segurança Digital no Brasil, divulgados pela empresa de aplicativos PSafe, indicam que, apenas no primeiro trimestre deste ano foram detectadas cerca de 2,9 milhões de fake news no país, a grande maioria delas compartilhadas pelo WhatsApp, por seguidores do candidato do coisa;
    Já no segundo trimestre, o número cresceu 51,7% e alcançou a marca de 4,4 milhões. A região Sudeste foi a mais afetada com a disseminação de informações manipuladas, com cerca de 48% do total nacional.
    Mensagens feitas para incitar violência também podem ser denunciadas para autoridades. Da mesma forma, para fazê-lo é necessário clicar em “Opções” na parte superior direita na página da conversa. Em seguida clicar em “Mais” e “Denunciar”.
    Na conversa com a pessoa, clique na parte superior direita e selecione a opção ‘Mais’
    Em seguida, clique em ‘Denunciar’
    É possível bloquear o contato antes de denunciá-lo. Caso não queira bloquear e apagar as mensagens com os contatos, desmarque esta opção. Por fim, clique em ‘Denunciar’.
    Da Rede Brasil Atual.

  13. “Bolsonaro, se eleito, desmoralizaria a direita por uma geração inteira.” Presidencialismo de coalizão com Bolsonaro kkkkk… Ele diz que não vai negociar com o Congresso ou vai negociar individualmente (Faz-me rir). Reformas sem cargos e sem emendas, ãhã. O Legislativo passará a votar apenas porque é o “mito” hahahaha… Se ele se eleger, faço questão de jogar na cara dos eleitores de direita a responsabilidade pelo que está por vir.

  14. Se o PT estivesse interessado em Civilização teria investido no ensino fundamental e médio, que é o ensino que forma o cidadão. O ensino superior fornece a profissão, mas não dá base para a cidadania. O PT foi economicista e populista. Deu no que deu. As classes ascendentes agora culpam o PT pela decadência.

    1. E agora o ensino superior voltará a ser terceirizado como na época do Paulo Renato. “Livre mercado”, oligopólio do ensino superior na mão de dois ou três grupos econômicos (como já é o ensino médio) e aceleração do sucateamento das universidades iniciado com Temer.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.