Mirar nos filhos, acertar no Jair: a estratégia de Dória para 2022

A máquina de João Dória entrou em ação.

A estratégia é clara: atirar nos filhos do presidente e acertar em Jair Bolsonaro, mas sem atacá-lo pessoalmente.

Alexandre Frota e Joice Hasselman funcionam como pontas de lança do esquema.

Júnior Bozzella, deputado federal por São Paulo, faz o meio-campo com a ala bivarista do PSL.

E a Istoé solta os podres – muitos – dos “meninos do presidente”.

Hoje, publica que os gastos com as passagens da lua de mel de mel do casamento de Eduardo Bolsonaro foram pagas com o dinheiro do fundo partidário.

“Dudu” havia dito , antes, que “um empréstimo para ir passar a lua de mel nas Ilhas Maldivas“, um paraíso entre a Índia e o Sri Lanka.

Como as passagens para lá, por cabeça, ficam entre R$ 8.500 (KLM, 57 horas de viagem, classe econômica) e R$ 42.500 (Emirates, 23h de viagem, classe executiva), o mimo pode ter custado até três meses de salário de deputado federal.

O barraco do PSL vai, pelo visto, virar um bangalô sobre atóis no Oceano Índico.

Onde só as águas são transparentes.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email