Miriam Leitão: governo ampliará mais a suspensão do contratos de trabalho

Da insuspeita Miriam Leitão, em O Globo:

O governo optou por acudir a empresa e não o trabalhador. A suspensão do contrato de trabalho neste momento livra as empresas dos custos da demissão e suspende o preço da manutenção da folha. É uma iniciativa voltada para a empresa. A segunda Medida Provisória que será divulgada, talvez ainda hoje, sobre o assunto abrirá a possibilidade de suspender pura e simplesmente o contrato de trabalho.

Ela conta, que em conversa com um dos algozes , digo, dirigentes do Ministério da Economia, foi informada que sairá hoje uma medida para suspender contratos que, ao contrário da primeira, dispensa o empregador de matricular o empregado em um curso de qualificação e prevê o pagamento de uma parcela do salário (não de sabe de quanto) pela empresa e de outro tanto pelo governo.

Miriam diz que o total não equivalerá à remuneração atual.

É evidente que, se a parcela do salário for significativa, sairá mais barato para a empresa contratar um “curseco” no Sistema S – que é das confederações patronais, das Fecomércio, Fiesp, Firjan, lembremos – e não ser obrigada a pagar nada.

Não se sabe detalhes e parece que a equipe econômica também não, do contrário teriam editado junto com a primeira.

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

19 respostas

  1. Vou fazer uma pergunta que já sei a resposta:
    – Pq o governo não edita uma MP suspendendo por 4 meses o pagamento da dívida pública?
    Nesse período os banqueiros também deveriam ser matricular em cursos pra aprender a fazer algo produtivo.

    Se o trabalhador pode, os fdp também poderão.

    1. Porque o governo não estatiza todo o sistema de crédito do país até 31 de dezembro e zera os spreads bancários em relação à SELIC?

      Aliás, as coisas por aqui são tão jabuticabas que até a visão clássica da economia não funciona: a taxa básica cai, mas o juros às pessoas físicas e jurídicas sobem.

        1. Um governo que não vê comunismo até no vermelho da Coca-Cola.

          Os bancos tem lucros de outras atividades, boletos, cartões de débito, isso poderia ser usado para custeio das despesas correntes, sem objetivo de lucro. O que não dá é apenas parte da sociedade pagar a conta.

          1. Pior é ver esses ditadores comunistas na China, Venezuela e Cuba, realizando uma série de medidas voltadas aos seres humanos.
            Maduro editou um decreto pra colocar o pessoal de quarentena e o governo garantindo uma mínima remuneração.
            Cuba envia médicos aos países, recebe os navios de cruzeiro que ninguém quer receber.
            China então envia sem custos o agora excedente de respiradores, máscaras, leitos, etc.

            Enfim, esses ditadores só se preocupam com a saúde, educação e segurança de seu povo… by idiota do Ricardo Amorim

      1. O BNDES empresta dinheiro subsidiado para estes grupos e até para bancos e como os juros são baratinhos e eles em vez de aplica-los na economia, acham mais fácil (aplica-los na bolsa). Mas, é como sempre dizia um compadre meu: Compadre, cuidado, vida boa mora em prato raso.

    2. Quatro meses é muito pouco tempo , deve ser uns doze meses e mandar fazer uma pesquisa para saber como esta dívida foi contraída e quem são os maiores beneficiários desta descomunal dívida. Mas, vocês podem ter uma certeza que a situação chegará lá.

  2. Nos EUA o chefe do bozo também está socorrendo as empresas, ainda que por questões eleitorais principalmente tenha colocado na mesa uma fração do auxílio para ajudar as pessoas.

    No vído do link abaixo, Robert Reich, ex-secretário de trabalho da administração Bill Clinton, refuta esta proposta. Uma proposta de auxílio às pessoas como prioridade está circulando nas negociações no congresso e tendo apoio de boa parte do partido demicrata e de alguns republicanos.

    https://www.cnn.com/videos/politics/2020/03/21/robert-reich-former-labor-secretary-coronavirus-stimulus-bailout-nr-sot-vpx.cnn

  3. Como o pseudo “empregado” vai fazer curso-online se não vai receber salario pra pagar a conta da internet? Não faz sentido nenhum isso!

  4. Não sei pra a surpresa???? No Brasil sempre foi assim, um país de ignorantes um povo que foi gerado para pagar taxas é impostos só tomar no rabo com areia, e ainda bater palma dizendo que tá gostoso.

  5. Esperamos a autocrítica da Sra. Leitão por ter concordado com o golpe contra a Presidenta Dilma, que levou à eleição do Bozo.

    1. Não vale “autocrítica” pros sabujos da burguesia neocolonial. Só a gente que tem que ajoelhar no milho e pedir perdão pela audácia de defender os trabalhadores.

  6. Chegou a hora dos bancos devolverem seus imensos lucros, não se iludam, chegou a hora por mais que esperneiem chegou a hora.

    1. Concordo também que o Brasil não precisa de 500 e tantos Deputados oitenta e um senadores, milhares e milhares de vereadores etc e etc. Enquanto uns não trabalham e vivem a tripa forra ganhando 40 ,50 até cem mil reais outros passam fome. Quem já leu a Tomada da Bastilha sabe do que estou falando. Se houver sacrifícios deverá ser para todos.

  7. Aqui na minha cidade PE, um cidadão andava na rua com os olhos esbugalhados e brandindo uma bíblia na mão e gritando: Mito, Mito. Não se sabe se ele enlouqueceu ou foi doidura mesmo ou foi porque apoiou este asno ai..
    Meteram -no numa camisa de força e o levaram para um Manicômio, e parece que nunca mais sairá de lá

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.