“Mito” promete paz a Maia e Toffoli e vai jantar com o belicoso Olavo

A reportagem de José Fucs, no Estadão, mapeando a rede bolsonarista na Internet – a qual, impropriamente, chama de “jacobina”, em referência à esquerda, na Revolução Francesa – deixou em clima de guerra o grupo olavista, no dia do esperado encontro entre o guru Olavo de Carvalho e Jair Bolsonaro.

“O Estadão é o boletim interno da Gestapo”, disparou Olavo pelo Facebbok, explicando que o jornal tornou-se “agência da polícia política antibolsonaro”.

 “No Estadão, um tal José Fucs (nomen est omen) dá ares de atividade criminosa a qualquer tentativa de defender o presidente Bolsonaro contra a gigantesca máquina de difamação montada por TODA a grande mídia nacional. (…)

Olavo de Carvalho posta diversas vezes – e portanto, deve ser o conselho que dará hoje a Bolsonaro – que o presidente vá para a TV, em rede nacional, defender suas ideias e o seu governo (entenda este suas/seu com o duplo sentido, mesmo):

Repito: Se o presidente não começar logo a falar à nação em rede nacional de TV, em breve seus amigos, aliados e defensores estarão na cadeia pelo crime de defendê-lo. Isto NÃO É uma figura de linguagem.

Quem vai pô-los na cadeia. Olavo dá a pista, em outra postagem de hoje: “O STF querendo prender o Deltan. É SÓ O COMEÇO.”

Não é tudo: em O Globo,  “horas antes da chegada de Jair Bolsonaro aos Estados Unidos , Olavo aparece dizendo que o presidente “está de mãos amarradas”  por militares próximos com “mentalidade golpista”. Ele  “advertiu sobre a necessidade de uma mudança de rumo para o governo não acabar daqui a seis meses” e disse que  esses militares, eram um “bando de cagões”.

É este cidadão que terá uma longa conversa com Bolsonaro hoje. O mesmo Bolsonaro que, ontem, foi encontrar-se com Rodrigo Maia, Davi Alcolumbre e Dias Toffoli para, enquanto a república arde nas suas brasas, promover o “entendimento entre os Poderes”.

Se não fosse uma tragédia, seria uma comédia. Pastelão, claro.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

22 respostas

  1. Um presidente/governo que necessite de ghost writers, papagaios do pirata e de
    eminências pardas como esse tal olavo está passando seu atestado de nulidade.

  2. O negócio é confundir, distrair, e não explicar. Guerra híbrida pura.

    Enquanto isso, um novo agrotóxico é liberado a cada dia pelo ministro criminoso e aparecem relatos de massiva morte de abelhas.

    Mas os Boçal Natos, Olavos, etc, têm que manter o picadeiro ocupado.

    1. Exato. Procuro todos os dias sinais que a mídia brasileira chegou a seu limite de autocomplacencia sabuja. Nada. Dallagnol disse hoje que atiraria oedras no STF. A população brasileira que se informa por veiculos tradicionais não saberá que um procurador federal disse isso, porque nenhum deles quer que eles saibam. Seu dignóstico foi na mosca – guerra hibrida. Suicídio da Nacionalidade. Eles QUEREM isso. Não movem uma palha porque são sócios do Louco do Planalto. Caminhamos a passos largos para um desastre sem precedentes. Nenhum país do nosso tamanho passou por algo parecido nesse século. Somos um avião descontrolado, melhor se preparar para o impscto.

    1. De fato, Fucs precisa ler mais sobre a Revolução Francesa (RF). Jacobismo e Gerondismo são duas alas distintas na R.F.
      Também estou torcendo para eles se autodestruirem.

    2. Assino embaixo, RitaCandeu. E que a Esquerda não assimile a idéia de Empeachment para favorecer a desnorteada Direita que elegeu esse “cancro social”. Gratíssimo. Shalom.

  3. Assistir a Direita e a Imprensa ” Lúcida” tentando retornar com o Monstro à Jaula não tem preço.
    Haja pipoca.

  4. A autofagia golpista continua, mas agora com um dos seus no instável e provisório poder presidencial. O poder seguro e definitivo do dinheiro e dos meios (Mercado e Grande Imprensa) parece desconfiado do tal instável e provisório poder.
    O desgaste das promessas incumpridas de progresso econômico e domínio político (“era só tirar a Dilma”, “ponte para o Futuro”, “combate a corrupção”, etc etc) ainda e por enquanto não passou fatura para os golpistas canalhinhas. Por hora dançam ao sabor dos crédulos, cada vez mais silenciosos, e dos fanáticos, cada vez mais histriônicos.
    O Mercado através da reforma da previdência, da desvinculação constitucional dos recursos ou de mais alguma jóia da Coroa, vai tentar arrancar mais alguns nacos de todos nós, já conseguiram o teto de gastos e a reforma trabalhista. Vão cumprindo o sonho de enterrar a Constituição de 1988 que acalentam desde que ela foi promulgada.
    O que acontecerá quando não for mais possível esconder de todos o erro histórico que representou o Golpe de 2016? Só então começaremos outra “lenta, gradual e segura” (como queriam os golpistas do regine de 64) transição democrática? História circular?

    1. Dizem que oportunidade é um cavalo que passa arreado e pronto pra montar…..A direita e a turma mercadista (na falta de cavalo melhor) montou no bolsonarismo pra subir a colina do poder, crente que poderia domesticá-lo quando chegasse no topo…..Agora descobre que o bolsonarismo é um cavalo xucro, rebelde, coiceiro (impossível de ser domesticado), e capaz de quebrar tudo. Estão no sufoco, procurando um jeito de dar fim no cavalo (antes que aconteça o pior)…..O pânico da bancada ruralista com os discursos anti-China do governo eleito (e consequente prejuizo no bolso), a questão da previdencia dos militares e a desconfiança dos mercados quanto aos rumos da economia, são um sintoma claro da produnda crise que se avizinha.

      1. “Eles” (apud Lula) sabiam em que estavam montando mas não tinham alternativa, são escravos das mentiras que produziram. Mas “eles” são “homens práticos” e não tem escrúpulos de nenhuma natureza para alcançar seus objetivos, vale qualquer coisa pelo poder. Enquanto isso nós desse lado de cá ficamos nos dividindo e dando tiros nos próprios pés.

  5. Senhores governantes, principalmente o mito, consultem o Livro das mitolgias, chamado de Bíblia e a pastora número 2 que ensina os tais princípios daquele livro, e não o astrólogo desbocado. Quem sabe provavelmente o Brasil se salvará.

  6. Se não fosse uma tragédia, seria uma comédia de mau gosto. Péssimo gosto. Quem riria de um grupo de pessoas de almas tão imundas?

  7. O tonto não tem condições de fazer nem o que lhe mandam. Sempre passa os pés pelas mãos e retuita os filhos. Não dá mais para chamar o vizinho, pois preso está, sobra-lhe a Joice que quer fazer o papel do cabo e do soldado.

  8. É bom que ele fale na TV. E bastante. Só assim os bolsominions poderão entender que votaram num jumento.

  9. Gostei do duplo sentido Bolsonazi / Olarva de Canalha . . . Que os/as canalhas, canalhas, canalhas se comam uns/umas às/aos outros/as . . .

  10. Esse cidadão não tem vontade própria? Precisa ir aos EUA pedir conselhos a outro cidadão que nem mora no Brasil e quando abre a boca é apenas para dizer palavrões?

  11. As ações do Bolsonazi seguem a cartilha do Fascismo! É só olhar como Benito Mussolini chegou ao poder e suas ações após chegar ao poder! Tem muita coisa ruim para acontecer ainda!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.