Moraes recua, libera revista de extrema direita. E a censura a Lula, acaba?

Agiu bem, embora tardiamente,  o ministro Alexandre de Moraes ao suspender a censura ao inominável site que se dedica a atacar o Supremo Tribunal Federal.

A questão, agora, é reposta ao leito do qual não deveria ter saído: a cumplicidade entre  o Ministério Público e os insufladores, nas redes sociais, da “solução” de “um cabo, um jipe e um soldado” para as poucas e tímidas tentativas da Suprema Corte de zelar pelo cumprimento da Constituição.

Poucas e tímidas, porque, em matéria de censura, ela vinha sendo pródiga em mover verdadeira “operações de guerra” para censurar o ex-presidente Lula de  conceder uma simples entrevista a órgãos de imprensa.

Coisa que não provocou indignação geral, nem editoriais, nem pronunciamentos em off de juízes.

A estes sujeitos, que praticam o obscurantismo do xingamento, da desqualificação, do ódio, jamais pode ser dado cobrirem-se do manto da liberdade de imprensa.

O açodamento de Dias Toffoli e de Alexandre de Moraes corresponde à desídia com que que o STF – e ambos, portanto – permitiram que se fizesse ao longo de anos, tolerando o processo arbitrário de destruição de reputações e de condenação prévia.

O combate aos abusos, antes de ser penal, é moral e nunca se pode perder esta vantagem diante dos abusadores.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

15 respostas

  1. Sem entrar no mérito sobre a questão da censura, eu penso que a questão de fundo é que os procuradores querem impedir que os abusos da Lava-jato envolvendo bilhões de reais venham a tona. Querem impedir que o STF prove uma conspiração da Lava-jato
    contra aquela corte. A questão é que tudo que o STF constatar pode vir a tona independente de libelo acusatório contra quem quer que seja. E daí, o corporativismo do ministério público não vai valer de nada. Mesmo porque, conforme o andar da carruagem dona Dodge vai ser obrigada publicamente a agir.

    1. Agir a favor de quem? Tudo que ela deveria fazer é cumprir a Constituição, tão vilipendiada desde que Moro resolveu rasgá-la.

    2. Também acredito nisso. Não apenas o super-escândalo dos bilhões postos sob guarda da rapaziada de Curitiba, como também outras tortuosidades muito estranhas poderiam vir à tona.

  2. O STF acertou na dita censura ao blog facista do Mainardi O Antagonista, que sempre apoiou golpes e aplaudiu a censura a entrevista da Bergamo com Lula. É como se diz pimenta no c..dos outros é refresco. Nada como experimentar o mal que se deseja ao outro. Agora eu quero ver esses babacas defenderem a censura a entrevista da Folha com Lula.

  3. São como gangsters medindo forças, testando o poder de fogo, trocando ameaças e mensagens. Não sabemos o que negociam, que nacos do poder disputam, apenas sabemos o que os uniu e o que os uniria de novo.

  4. Acredito que o recuo não prejudicou em nada o objetivo da medida. O susto foi grande, para estes que, se ninguém disser nada, eles vão enfiando a faca até atingirem o coração. E o momento foi aproveitado de modo magistral pelo STF. – Não berraram tanto, a mídia cretina inteira, em favor da liberdade de expressão? Pois agora engulam uma entrevista com o Lula! Com tudo isso, continuo achando que a nova postura de independência e defesa da Constituição do STF tem um pano de fundo verde oliva.

  5. A nossa Constituição foi rasgada, estuprada, queimada, desprezada… Não podemos esperar nada desses vermes do judiciário!

  6. Vão dizer que ele é um presidiário pior que a Suzane e vão proibir as entrevistas… e os jornais vão bater palmas pra essa decisão. Tudo o que eles não precisam é do Lula falando contra a reforma da previdência.

  7. Existe um erro na reportagem. Não se trata do Supremo Tribunal Federal mas do ínfimo. Deveria ser extinto e substituído por outro com juízes de verdade. É claro que isso não vai acontecer neste país de mentira.

  8. Liberdade de imprensa e livre arbítrio parece ser a mesma coisa . O jornalista que entrevista alguém não pergunta o que tem se ser perguntado , a fim de esclarecer os fatos , segue a pauta do patrão , isto é liberdade de imprensa ? ., Manifestações sociais com milhares de pessoas , se quer sai um registro em empresas de comunicação que tem concessão pública . Também é liberdade de imprensa ? .
    A minha ignorância no assunto é maior que o meu conhecimento. Acredito que liberdade de imprensa , se dá em dois movimentos , que deve ser feito pelo mesmo meio .

    1. A atuação sorrateira do MP e de Mr. MouroUS, vai bem obrigado, basta saber se o STF está assimilando todas as nuances da malandragem dessa turma e tome ações que os direcione todos a seguirem a constituição, como alguém disse aqui, rasgada, estuprada e etc!

  9. Para mim, é muito evidente que a batalha iniciada pelos lavajatistas (articulada com procuradores, militares e parlamentares) contra os ministros do STF tem por objetivo principal a manutenção de Lula na cadeia.
    Querem impedir o Tribunal de decidir e cumprir a Constituição, daí a frase de Toffoli hoje sobre “obstrução da justiça”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.