Moro, é bom já ir se acostumando. O chefe quer mais…

Dois dias atrás, para posar de “racional”, Sérgio Moro foi à Globonews dizer que, apesar de ampliada a autorização para a posse de armas, não havia “movimento”  para mudar a legislação relativa ao porte. Ou seja, o direito de andar armado na rua, nos espaços públicos e no porta-luvas ou debaixo do banco do automóvel.

O patrão de Moro, porém, não se acanhou em anunciar, no Twitter, que vai ter, sim, mudança. No porte e “nos anseios dos CAC” – que são os “caçadores, atiradores desportivos e colecionadores de armas de fogo”.

Nos jornais, hoje, já se noticia a redução da idade mínima de 25 anos para a posse, baixando o que se poderia chamar de “maioridade letal”.

Sérgio Moro, portanto, já deve ir acostumando à posição das santinhas que, sob uma mortiça luz vermelha, suspiram e abençoam as atividades em casas menos “família”.

Até porque, exonerado do cargo vitalício de juiz, não dá para já ir se arrependendo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

15 respostas

  1. O CRIMINOSO SERGIO MORO pagará por seus crímes ,não tenho dúvidas disso.A menos que o próximo “retorno” a DEMOCRACIA se faça sobre o manto ABERRANTE de uma nova “lei da anistia”.Ele e sua sorte de Savonarola não me preocupam.
    Era óbvio que a liberação da compra era o primeiro passo,depois viría o do porte ,e logo o das armas de guerra.
    Se haverá algúm empecilho??? todo dependerá do pagamento da industria das armas ,o resto é conversa mole.

  2. Ficaria sem Emprego é verdade … se elege perpetuamente Deputado com milhões de votos … uma Janaína melhorada.

  3. A hipocrisia e o ego gigantesco desse cidadão o levará ao descrédito e tombo moral indescritíveis. Sua soberba o cegou tanto que o levou a pensar que, após cometer o absurdo reconhecido mundialmente de prender (sem provas) o ex presidente Lula, e de ter sido nomeado “ministro” por aquele que se beneficiou diretamente da ausência de Lula nas eleições 2018, seria endeusado pelos idiotas que o idolatravam. A História não perdoa a soberba, há exemplos vários a serem lembrados a esse sujeito asqueroso que voltará ao que sempre foi: um NADA.

    1. E ainda precisamos entender como se pode, tendo fracassado no exame da OAB, fazer um mestrado e doutorado quase que simulltâneamente…

    2. Desculpe, Paulo Roberto, mas no caso dos juízes que deram suporte ao nazismo, em sua maioria morreram em suas camas, exercendo seus cargos até a idade ou a morte os impedir

  4. “O trabalho não pode parar”?
    Que trabalho?
    Os subreptícios, de entregar o Brasil à farra do ultraliberalismo nacional e internacional?
    Ou o trabalho mais ostensivo, dado pelo desmonte de políticas públicas; facilitação da posse (e por que não no porte e no uso) de armas de fogo; e, claro, esconder o Queiroz?

  5. O seu espirito de matar, exterminar, armar…ou seja essa sua ideologia militarista vai acabar quando? Quando que o sr vai mostrar sua astucia em gerar empregos em baixar inflação, juros de operações financeiras e baixa de impostos? Todos os dias precisamos lembrar ao sr que 150.000.000 de BRASILEIROS em nosso pais não são favoráveis aos seus instintos animalescos? Aguardamos ansiosos por seu discurso alem de 144 caracteres e ações que atendam A TODOS OS BRASILEIROS.

  6. Por que um caçador, ou atirador desportivo ou um colecionador precisaria de porte de armas? Nenhuma dessas atividades exige o porte nas cidades. Trata-se de uma desculpa muito mal formulada para tentar justificar a injustificável ado por aí, como em um atitude de andar armado por aí como se estivesse em um faroeste.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.