Moro “finge que não viu” decisão do STF

fascioeaconteco

Moro não “decidiu ficar” com os processos contra Lula relativos ao sítio de Atibaia e ao terreno para um prédio do Instituto Lula que não tem prédio do Instituto Lula.

E não decidiu porque, simplesmente, não cabe a ele decidir se é competente para julgar a causa.

Competência, neste caso, quer dizer jurisdição e, para ter jurisdição, é preciso que conecte as duas ações com algo que as situe no âmbito de atos de corrupção envolvendo empreiteiras e diretores da Petrobras.

O que, decidiu assim a 2ª Turma do Supremo, não há.

O resto é chorumela.

Aliás, alegar que “é preciso esperar a publicação” é algo que tange a obviedade e, como se sabe, alegar o óbvio é argumento de quem não os tem.

Moro, não se esqueçam disso, é um juiz midiático e vai fazer o máximo para tentar convencer os tolos de que a ação contra Lula está “sendo tomada de suas mãos” quando, na verdade, foram os procuradores do Paraná e ele próprio que usurparam a competência destes processos.

Está, portanto, ganhando “tempo de televisão”.

Não pode usar as delações da Odebrecht nos dois casos e, sem elas, o que já não tinha provas passa a ter menos indícios que lhe permitam, tal como no caso do triplex, condenar por convicção.

Se insistir em levar adiante o caso até uma decisão terá uma sentença ainda mais fraca que a primeira que deu sobre o apartamento do Guarujá e terá tornado Lula imune a outro processo sobre isso, porque impedirá que a Justiça Federal de SP, a quem as delações foram encaminhadas, exemine esta questão pelo princípio do “bis in idem”, que impede que uma pessoa seja julgada duas vezes pelo mesmo suposto delito.

Moro está fazendo marola e trabalhando para atirar a “opinião pública da mídia” contra o Supremo e, sobretudo, cuidando de criar uma situação que bloqueie o reconhecimento, no caso do triplex, daquilo que foi reconhecido nos outros: que ele, Moro, não é o juiz natural da causa.

E que, portanto, há uma contradição no processo do Guarujá que poderia (ou deveria, se estivéssemos num processo de normalidade juridica) levar á anulação de sua sentença, por vício original da ação.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

46 respostas

  1. Sem Lula… MORO NÃO É NINGUÉM!!!

    Só mais um juizinho do interior que mama nos cofres públicos… mais nada!

    Precisa de Lula para se promover… para alavancar sua carreira política pós-LavaJato… igual Joaquim Barbosa!!!

    Contra os bandidos do PSDB e PMDB ele sempre foi um covarde… contra as multinacionais que roubaram o Brasil ele não fez nada… só paga de valentão com a Rede Globo na retaguarda.

  2. Ainda que o senhor esteja arrazoando o lógico,com esse JUDICIÁRIO,não duvido de mais nada.E os néscios,que creem na imprensa,esses sim,eu também não duvido de mais nada.

  3. O CRIMINOSO DE CURITIBA ,SERGIO MORO ,(até agora não julgado no CNJ,porque a óbvia ação da sua parceira de crime Carmen Lucifer é a da protelação do julgamento ) INFRATOR DA LEI 9296/96 .PENA DE 2 A 4 ANOS.COMEÇOU A VIVER SEU DIAS DE CAMISINHA MARCA SAVONAROLA.
    Será descartado após o uso ( camisinha) e queimado em praça pública(Savonarola) por seus antigos parceiros.
    E CONVENHAMOS, ELE FEZ TUDO POR MERECER.
    Já vai tarde ao seu exílio na terra do seus amos.USA te espera savonarola,mas ,cuidado! eles não costumam manter arquivos vivos.

  4. Dr. Moro peita o STF porque sabe que apoiaram o golpe contra a Dilma , portanto, que moral tem onze golpistas em pleno estado de exceção. Dr, Moro sabe o que faz porque tem Apoio incondicional da mídia que apoiou o golpe.

  5. Moro tirou da manga uma carta da verdade: O STF se desmoralizou nesses últimos dois anos legitimando por ação e omissão os abusos da lava-globo contra Lula, Dilma, Dirceu, Vaccari e outros. Moro devidamente orientado por roteiristas da globo vai sangrar o STF. Basta saber se a maior corte judicial do Brasil vai querer ser STF ou stf.

  6. as supremas togas devem ter achado que deixando as sub-togas agir abusivamente, estariam blindadas pelo “espírito de porco”. Cria cuervos que te sacán los ojos. O juizeco de piso e sua trupe vivem, há 3 anos, às custas de Lula e estão tentando aproveitar os restinhos de holofotes. Mas, a meu ver, é uma situação absurdamente louca. Como uma propina de R$ 3 mil nos correios, gravada pelo Carlinhos Cachoeira resultou nessa mixórdia? Tio Sam já estava lá ou só entrou depois, quando aconteceu o escândalo da tapioca e percebeu que o velho tema da corrupção ainda dava caldo, se bem temperado?

  7. Sim, todos entendemos bem… se a Constituição for seguida, Lula estará na rua em um mês e concorrendo à presidência… SE a Constituição for seguida… SE a Globo deixar… SE Washington esquecer de nós…

      1. Principalmente isso, Rita. Penso que a essa altura, a única força que resolveria de fato seria a nossa ação. Ah, se os bois soubessem a força que têm…

          1. O povo está embovinado pela globo golpe. Não consegue mais sentir indignação. Aliás, são tantos analfabetos políticos que é um milagre Lula estar à frente nas pesquisas.

        1. Peguei uns versos de uma canção gaúcha para juntar a sua afirmação, diz o trecho ”A tropa segue devagar mugindo tonta
          Talvez precinta que seu fim é o matadouro” e isso me assusta, pois, como disse você, os bois não sabem a força que têm

  8. Tá tudo muito bem explicado , agora quem deu poderes ao Moro para contestar o STF ?. O próprio STF , por diversas vezes , não vamos nomina las mas a força tarefa liderada por um juiz de 1ª instância teve guarida em decisões nas duas turmas e plenário . Deixaram ele criar asas , o STF foi o ” Red bull ” dele .

  9. Digam a marina silva que o que causa estranhamento não é uma decisão do STF fazendo justiça e reconhecendo o óbvio juridicamente. O que causa estranhamento é um juiz usar um elevador invisível para condenar o padrinho politico dela, sem o qual ela não seria nada. O que causa estranhamento é o parceiro político dela do segundo turno das eleições passadas ter falado em matar o próprio primo se ele o delatasse. O que causa estranhamento é a hipocrisia e ingratidão das pessoas.

  10. Diante disso a PF de Curitiba correu pra fechar um acordo de colaboração com o Palocci. Não irão deixar por menos. O Direito acabou há muito tempo.

  11. Moro está certo pelo menos em uma coisa, esse STF está desmoralizado, qualquer juizinho portanto deve peita-lo, menospreza-lo. Acovardado que são aceitam tudo para sobreviver. Desnecessários é o que são.

  12. Digam a marina Silva que meu único consolo é que ela nunca será presidenta deste país. Nunca. A ingratidão é uma coisa imperdoável. A hipocrisia, por sua vez, é insuportável.

  13. A atitude de moro escancara a perseguição política a lula. Ele se julga o único juiz do país que pode julga-lo. Os demais colegas magistrados devem ser todos incompetentes para ele se julgar a última bala do pacote. Em todo caso, esse tipo de atitude escancara para todos os ministros do STF com quem eles estão lidando.

  14. Este país é mesmo uma piada! Piada de mau gosto, diga-se de passagem!
    Depois de desmascarado sobre as provas que forjou para inculpar Lula no caso do “triplex” do Guarujá, esse sujeitinho arrogante, desonesto, mau caráter e desqualificado, já estaria, num país minimamente sério, preso; e o Lula, sua maior vítima, teria sua pena cancelada. Mas com essa “justiça” que temos, este país é o paraíso dos marginais e da corrupção.

  15. Moro-Globo não finge. Ele desacata mesmo o STF e faz isso porque conta com todo o apoio da quadrilha golpista que tomou de assalto o poder. Hoje Moro-Globo é o senhor absoluto do judiciário, deixando o STF a reboque de suas decisões. .

  16. A Carminha não vai dizer de novo que o stf se apequena? Vai peitar o moro ou vai se apequenar novamante?

  17. Sejumoro fará alguma manobra em parceria com a mídia bandida que lhe dá guarida. Para o consórcio do golpe o Estado de Exceçáo está justificado desde que mantenha Lula preso. Vale-tudo….. Duvido que aceite a legalidade da decisão .

  18. Incompetência de Moro é questão sim. Como esse monoglota troglodita passou na prova pra juiz?

  19. O processo deve ser anulado pq é uma farsa do início ao fim. Mas, uma vez que é preciso uma justificativa qualquer, que seja a da competência. Importante, para nós, é libertar Lula. Sua inocência ficará comprovada depois.

  20. Essa turma de Curitiba perdeu totalmente a noção,suas arbitrariedades se multiplicam,de tal modo quê até os mais ingenuos estão percebendo.

  21. Não entendo o espanto. Se é possível divulgar grampo ilegal de presidente e fazer política na mídia que lhe confere prêmios, então escolher processo e como julgar é natural na nossa DEMOCRACIA.

    Basta alguém se colocar no lugar do réu para perceber que algo não cheira bem – mesmo sendo realmente culpado. Se continuar esse clima de caça, teremos muitas degolas e messias que não ajudarão em nada.

  22. Esse Juiz Moro é um pobre diabo, que deveria parar de perseguir o Lula e cuidar de estudar português para aprender que o o verbo haver não pode ser empegado no plural, quando tem o sentido de existir. Não se diz: “haviam testemunhas”. Escrever assim é revelar ser um bronco quanto ao uso do vernáculo. E ele ainda diz “Colheita de provas”. “Câmera dos deputados”. E depois o Lula é que é analfabeto. E esse cara, que tem remuneração mensal média de R$-100.000,00 (cem mil reais), e comete esses erros, aliás, com relativa frequência, como rotular esse cara? Um super analfabeto?

  23. Para prender o presidente Lula, o torquemada não esperou a publicação do acórdão do STF nem o julgamento dos embargos dos embargos pelo TRF4. Mas para devolver os processos, precisa esperar a publicação. Certamente há algo mais por trás disso, algo como a confirmação das diversas nulidades praticadas no PR, que extinguiria todos os processos contra o presidente. (Presidente é título; não função; pode ser usado por quem teve a confiança do povo para governar o país.)

  24. O stf esta’ desmoralizado ha’ tempos. Lembram do episodio do renam calheiros que recusou recebber o mensageiro ( oficial de justica)?

  25. Até outro dia a rádio que troca notícia frisava diariamente o número de processos contra Lula, citando os três de Curitiba e dois do DF. Uma forma de demonstrar que o triplex que rendeu mais de 12 anos de prisão seria apenas o começo de uma prisão perpétua. Não à toa está com os repórteres à beira de um colapso, sem mais saberem o que pensar e exprimir, após as decisões vindas do STF. ‘MEXEU COM MORO, MEXEU COMIGO”, é o lema dessa turminha de bandidos.
    Palocci era uma das cartas guardadas na manga do Perseguidor. Primeiro deixa o traidor esfriando nas masmorras pra trazê-lo a público agora, nestes exatos dias.
    E pensar que antes desse Joaquim Silvério abrir a boca pela primeira vez, Lula disse confiar nele, “um amigo, um homem honesto”.
    Só um jumento não percebe a estratégia usada pela Lava-Jato para obter as delações, que deveriam acontecer de livre vontade, jamais por imposição, por primeiramente submeter uma pessoa a humilhações e por abuso de autoridade, como temos visto.
    Lula é o foco de todas as matérias e atenções, talvez uma forma mais banal de se esconder o que está por trás das ações do governo. É a continuação do golpe.
    Uma das falas de Kakai, em 2016, começava com a declaração de Moro de que deixaria a Lava-Jato no final daquele ano. O Advogado, então, diz: “Claro que ele não vai abandonar uma causa que lhe dá prestígio”. Isso é coisa para durar muitos anos, se já faz dois anos que o juiz não passa um dia sem mais um sucesso midiático.

  26. O Tijolaço, não confunda competência com jurisdição. A primeira é relativa (em virtude da matéria, das limitações geográficas), a segunda é absoluta (todos os juízes possuem).

    1. Diogo, segundo que sei, competências são frações da jurisdição e, se não há competência de um determinado juízo, este não terá jurisdição no caso concreto, isto é, não poderá exercer a jurisdição que é , que é poder geral que se particiona de forma exclusiva a um juízo ou, no caso de serem concorrentes, se define por resolução de conflito de competência, jamais palo duplo curso de procedimento relativo ao mesmo caso.

      1. Até a 1ª linha eu concordo.
        E, embora eu tenha feito esse comentário, entendo aonde você quer chegar com seu posicionamento.
        No entanto, peço que reveja os conceitos propriamente jurídicos dos termos “competência” e “jurisdição”.
        Pois, quando você aborda o raciocínio com a palavra “jurisdição”, você na verdade está se referindo a uma espécie de competência (seja pela natureza do crime, das pessoas envolvidas ou local do crime) etc…
        Abraços.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.