Moro omitiu conversas de Lula com Temer para evitar perda de foro

A imprensa está “comendo mosca”.

É mais do que evidente a razão de Sérgio Moro ter extirpado parte dos diálogos grampeados de Lula quando este estava sob escuta telefônica, que acabou sendo escandalosa e ilegalmente usadas pelo juiz de Curitiba.

Parte, sim, foi retirada por revelar o desinteresse pessoal de Lula em obter o cargo de ministro e, muito menos, o foro privilegiado.

Mas pelo menos duas conversas, as travadas cm Michel Temer, foram amputadas porque eram – tal como foi com o telefonema com Dilma Rousseff, a evidência gritante da usurpação de competência do ex-juiz.

Dilma tinha se transformado para a mídia, às vésperas do impeachment, em “inimiga pública número um ” e, portanto, “valia tudo” contra ela.

Ainda assim, todos recordam, Moro foi colocado abaixo de pau pelo ministro Teori Zavascki, mesmo que o ministro reconhecesse que, àquela altura, era ” irreversíveis os efeitos práticos decorrentes da indevida divulgação das conversações telefônicas interceptadas”.

Somar à invasão de competência sobre a investigação da Presidente também a invasão sobre o então vice-presidente, que também só poderia ser grampeado com autorização do Supremo, poderia ser fatal a Moro.

Além do mais, traria prejuízos imenso para a conspiração que se desenvolvia para derrubar Dilma.

Ou alguém pode achar que quem “lembrou” de incluir comentários de D. Marisa Letícia sobre os batedores de panela iria “esquecer” as conversas com um vice-presidente?

Não duvido que o tema seja tratado nos diálogos do Telegram.

A manipulação, tanto quanto a conspiração, é clara.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

19 respostas

    1. Vai comer muito mais agora
      Sem obrigação de publicar balanço e de licitaçao milhares de assinaturas serao canceladas… E dai anuncios q assinantes leriam. Bela bola de neve.

  1. Aí, Brito: será que não tem dedo do Gilmar na decisão de Moro de quais gravações vazar?

  2. E aí Dudu, valentão. Achas mesmo que vai conseguir segurar seu pai no poder ostentando uma arma ridícula na cintura? E você, valentão número 3? Achas mesmo que as mudanças no Brasil não virão com a democracia? Por acaso, seu pai – sabendo que vai cair do galho – está se preparando para se manter no poder ditatorialmente? É isso?

    1. Com certeza é isso.
      Caso seja aprovado o impeachment do pai, ou caso ele não seja reeleito em 2022, a intenção é fazer o que sempre prometeram.
      1. Dizer que estão sofrendo um golpe ou que as eleições foram fraudados.
      2. Fechar o Congresso e o STF.
      3. Mandar às ruas a parte podre do exército, as milícias e os bolsominions armados (por conta dos decretos de porte e posse de armas).
      4. Instituir uma ditadura monárquica absolutista, começando com bostonaro I.
      5. Prender, torturar e matar todos que não se submeterem ao novo regime, no mínimo 30 mil pessoas, mais provavelmente uns 30 milhões.
      Se o plano vai ter sucesso, isso o tempo dirá.

    2. Correção: Carluxo é o número 2. Deve ser por isso que ele é tão complexado. O número 3 é tão idiota quanto ele. Mas, ainda assim, o pai fez com que o garoto fosse mais bem sucedido. ‘Chola’ não Carluxo. Eu te entendo. Juro que te entendo.

  3. O grampo não foi no Lula, foi na Dilma, Tijolaço também come mosca, quando respalda as mentiras do setor golpista e o golpe não foi na Dilma, foi no Brasil.

  4. Reconheçamos gente, coerência é ima virtude deles. Sim “comem moscas”, assim como comem qq coisa e dão “barrigas” num acidente do Legacy p ex. Para eles vale mais a origem de um dinheiiro que comprou um material que denunciava possível desvio de dinheiro para ambulâncias para proveito próprio e ou de grupos. Chamar-se isso de jornalismo? Claro que nao! São crimes e mostra a coerência de quem adota um lado e sempre ele da historia, o de seus interesses. Isso chama-se lado!

  5. Milhares de cordéis estavam a ser conduzidos lá de cima, naquele momento. O supercomputador foi quem mandou o Moro esconder as conversas do Lula com o Temer, para preservar este último. Senão, seria inviabilizada a “solução Temer” que já estava no ar, e o golpe contra a Dilma não teria uma saída pseudo-institucional para ser desfechado.

  6. Infelizmente cavalo passa arriado só uma vez, quem montou montou. O PT e os demais que se dizem de esquerda, perderam o cavalo que passou arriado no ano passado. E ele não voltará tão cedo e de nada adiantaria voltar em 2020, 2022 as esquerdas são muito burras, sabem governar mas não sabem fazer política. A direita sempre se uniu para dar golpes, que é o que eles sabem fazer e de união eles entendem muito bem, não por acaso a ideologia da direita ainda é a mesma dos tempos da União Democrática Nacional “O Que é Bom Para os Estados Unidos é Bom Para o Brasil”. 26 de junho de 1964 Juraci Magalhães (UDN) embaixador brasileiros em Washington. Se passaram 55 anos e não mudaram uma virgula sequer.

    1. ” Não sabem fazer política” pra você é ser ESCROTO, HIPÓCRITA, VENAL, SALAFRÁRIO, DESCARADO e FILHO DA PUTA ?
      Então você está “CERTÍSSIMO”.
      PQP !

    2. Perderam o cavalo que passou arriado??? Conversa mole essa. A eleição do coiso se insere na sequência do GOLPE de 2016, promovida pelas mesmas forças que o sustentam. É ingenuidade ou má-fé ignorar a forma como o bozo foi eleito, com todas as fraudes ocorridas, desde a derrubada da Dilma, a lavajato, a prisão do Lula, as fakenews a la Steve Bannon etc… Esse papinho de culpar a esquerda por ela ser surrupiada é dose pra elefante…

  7. Interessante né? Agora que se tornou público que haviam outros diálogos não tornados públicos à época, e que não eram do conhecimento do Ministro Gilmar Mendes, me pergunto o PGR daquela época conhecia esses outros diálogos, ele soube antes? Foi omisso e criminoso também?

    1. Boa pergunta. Mas é bem provável que o pgr foi cúmplice… pois houve inúmeras vezes em que os moleques de Curitiba abusaram e o pgr fez vistas grossas…

  8. O convencimento de fato vai ocorrer, quando os àudios forem revelados expondo a fala de cada integrante da lava jato. Penso q o STF está aguardando esses àudios e o que eles revelam.

  9. Lobo pra vigiar o galinheiro. O Gilmar sabia exatamente o que provocaria a sua irresponsabilidade. Então ele aproveitou somente uma curta frase e proibiu o Lula de ser Ministro. Tudo mentira:Ele sabia que existia mais gravações, mas como fazia um complô, no qual ele seria um dos mais beneficiado, então fez ouvido de mouco. Baseou so naquilo que interessava, agora veja o problemão que arranjou: O Bolsomerda. Mas. isto vai lhe custar muito caro.;

    1. Que o gm (com o çupremo e tudo) participou do golpe a gente sabe… Mas onde você viu que ele sabia da gravação toda e não apenas do que o justiceiro vazou?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.