Mourão diz que ‘Carluxo sumiu”. E o ‘pitfilho’ reagiu: “volta, papai”

Quando um vice-presidente da República senta na cadeira do primeiro mandatário por algumas horas, manda o bom senso não usar muito a mão, assinando, nem a boca, falando.

Portanto, não foi por acaso que o general Hamilton Mourão  pediu para gravar a conversa com Guilheme Amado, da Época, onde disse que os “olavistas” tinham sido chamados ao bom comportamento e que o filho  pitbull de Twitter do presidente, Carlos Bolsonaro, havia “sumido”.

— Alguém chegou para essa turma (os olavistas) e disse: “Chega”. Acho que o próprio presidente pode ter feito isso.
Foi o presidente que fez isso?
Não sei.
O ministro Augusto Heleno?
— Não sei.
O vereador Carlos Bolsonaro parece ter sido controlado. Foi?
— O Carlos sumiu.

Sete e meia da manhã, o objetivo foi alcançado: “Carluxo” reapareceu e apelou novamente para o debate de questões morais, tuitando:

“Saudades do Presidente que é pró-armamento da população e contra o aborto. Volte logo Presidente de verdade!”

Pronto, lá se foi a trégua de um dia desde que Joice Hasselman e o Major Olímpio se pegaram em pleno Congreso, ainte das câmeras de televisão.

Bolsonaro até pode ouvir conselhos para ficar quieto mas acho difícil que resista a defender o filho, notoriamente alguém que “se garante”, como ocorria quando éramos moleques de rua, no “papai” ferrabrás.

Para variar, promete-se outra lavagem de roupa imunda em público.

Na entrevista, sob a formalidade de repetições do “é Bolsonaro quem manda” e de um misterioso plano “only for your eyes” que entregou ao presidente, Mourão dá a entender que o chefe “se enquadrou” e que vai agir com equilíbrio, desde que lhes permitam desequilíbrios pontuais e a polêmiva da estupidez, como no caso da cadeirinha de bebês nos automóveis:

— Ele pensa de maneira setorizada.

O que é o mesmo que dizer que Jair Bolsonaro não tem um conjunto de ideias capaz de compor um projeto para o país.

Ou que eles, militares, o têm, se o chefe não atrapalhar.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

25 respostas

  1. Mourão já disse que o Brasil não vai respeitar a recomendação do Trump para que as colônias se afastem da Huawei. Mourão tem de assumir o mais breve possível, imediatamente, já, ou então “não verás país nenhum”.

      1. Milico de novo, graças a Deus. Estamos caindo no abismo, meu chapa, e qualquer galho em que possamos nos agarrar será bem vindo, mesmo que seja cheio de espinhos. E graças a Deus que seja oficialmente, melhor que na marra muito. A opção é morrer de raiva para divertir a camarilha fascista durante três anos e meio a mais. O país ao fim, terá sido devorado vivo. Com cinco meses, já esgotamos a experiência do fascismo nauseabundo supra-real e anti-nacional. Agora vamos esgotar a experiência neo-militar, e então teremos completado o círculo perfeito do inferno. Sem um governo do Mourão este golpe estará incompleto, e sempre haverá um pé de conversa para a volta dos que pedem “intervenção militar”. Os golpistas têm que levar este golpe até o paroxismo e têm que ir até o fundo do poço e têm que usar de todas as suas cartas neste jogo.

        Depois do Mourão, teremos então todo o futuro para retomar e reconstruir nosso país. A juventude está se preparando para isso nas ruas, e a democracia está rebrotando em suas mãos, mas ela não pode tomar o poder de supetão. Ela é a imagem do futuro em construção. O Mourão pode ser ultra-neoliberal, mas por que ele é assim? Será que ele é neoliberal porque tem interesse material nisso, como o Guedes? Não há nenhum sinal disso. Certamente ele é neoliberal porque acha sinceramente que este é o melhor caminho para o bem do país. Ele não tem instinto de destruidor. Ele pode até ser cabeça dura, reacionário ao extremo, pode ainda acreditar em fantasmas comunistas, mas se ele acredita mesmo que o neoliberalismo é o melhor caminho para o bem do país, então ele não terá medo de debater sobre isso com as maiores inteligências do país. Ele poderá então dialogar civilizadamente, porque não tem o neoliberalismo como fim, mas sim como meio. O fim, que está acima do meio, é o bem do Brasil.

        Já o bolsonarismo também tem o neoliberalismo como meio, mas como meio para atingir outro fim muito distinto do bem do Brasil. No bolsonarismo, como está abundantemente provado, o fim não é o interesse nacional, mas o interesse dos Estados Unidos e do sistema financeiro internacional. E este fim implica na destruição do Brasil como potência emergente. Nada, nada mesmo poderá ser mais terrível que a continuação do governo bolsonaro, e para interrompê-lo só há um caminho real, caminho que vai dar no General Mourão. Ou você é mais Bolsonaro que Mourão? Ou não é nem um nem outro, como os que elegeram o Bolsonaro votando em branco?

        1. Não tem como usar a palavra “oficialmente” pra tremenda farsa, “com o supremo, com tudo”, que colocou essa “gente” lá.

        2. Sou Brizolista desde niño!
          E evito, o que posso, vindo da gringolândia, do ingrêisss ao jéézzzzzz.
          Hoje mais que em 1964, os Militares daqui trabalham com e para os Ístaduszinidos.
          E pior, do celular ao computador, tudo é monitorado pelos eles e seus subalternos da Europa e Japão.
          Todos morrem de medo do Brasil se desenvolver, não acredita?
          Vai vendo…
          Agora estou com Lula… Votaram no Coiso? Que segurem a “naba”!
          Gândolas… Nunca mais!

        3. Cara, não sei nem o que te dizer. Mourão? Aquele que é contra o 13º salário? De verdade, o que um militar sabe? Dar tiro? Ver um inimigo atrás de cada poste? Esses milicos além de não terem competência para administrar um país tão complexo e heterogêneo quanto o nosso, hoje estão entregando nosso patrimônio de mão beijada. Uma vergonha.

        1. Pode ser pior se ele for mais articulado e conseguir passar todas as barbaridades que por incompetência o Bolsonaro não consegue.

          1. É um bom argumento. Mas pelo menos ele, Mourão, tem coragem para peitar os Estados Unidos de frente. E não é apenas pela decisão sobre a Huawei, nem pelo anúncio de que o Brasil quer participar da nova Rota da Seda. Você já se perguntou porque o Olavo de Carvalho passou a falar de repente que o Mourão era o pior inimigo do esquema bolsonaro? Graças ao Mourão não houve intervenção militar na Venezuela. Na reunião do Grupo de Lima que ia decidir isso, ele deixou o vice-presidente dos Estados Unidos fervendo de raiva, quando encerrou seu discurso com essas palavras, que tive o trabalho de transcrever do vídeo da reunião e que estão aqui literalmente, sem tirar nem pôr:

            “O Brasil acredita firmemente que é possível devolver a Venezuela ao convívio democrático das Américas, sem qualquer medida extrema que nos confunda, como nações democráticas, com aquelas outras nações que serão julgadas pela História como agressoras, invasoras e violadoras das soberanias nacionais. Como disse um escritor sul-americano, “nossos ódios são débeis”. E como aprendemos com nosso convívio sul-americano, nossas afinidades são fortes! Sigamos assim, como exemplo e inspiração para resolver em paz a crise na Venezuela.” Publicado no Youtube em 25/02/2019.

          2. Ele diz isso da Venezuela porque primeiro sabe que não temos forças armadas para enfrenta-la, segundo porque se a Venezuela deixar de fornecer energia para Roraima o estado entra em colapso e terceiro a prioridade dele é vender, vender , vender p fazer dinheiro e financiar as próximas eleições. O pensamento dele está voltado para o exemplo da Turquia e da Hungria. Nenhum dos dois é bom negócio, simples assim.

        2. Os Militares de hoje são traidores.
          Mas você sabe disso e sabe que eles lambem, sim , o rabo dos istaduszunidos. Aliás ,como 99% da elite enricada e boa parte dos letrados remediados. ´
          Visto está que não és rico, então fez cursinho nas “escolinhas” para latinos cooptáveis em terras gringas, não?
          Militos assassinos de gente e de sonhos… NUNCA MAIS, caro senhor!

  2. Tudo isso aí é jogo de cena para a patuléia. O golpismo, o desmonte o entreguismo continuam a pleno vapor, agora garantidos pela Suprema Trapaça Federal. Discutir ações de “marias-chuteiras” para abocanhar alguns milhares do Neymarketing (talentoso jogador de futebol, mas sem nenhum caráter e com um pai idem) ou os falsos bate-bocas, contradições e brigas entre olavetes e militares vira-latas e entreguistas é jogar o jogo dos golpistas, que fazem largo uso da guerra híbrida, pautando e definindo não só o que os adversários do golpe discutem, mas o que eles pensam e as ações que tomam.

  3. Coincidência ou não Carluxo estava em lua de mel . Arquiteto da presença de Bolsonaro na presidência , o general heleno , vez ou outra puxa rédeas para segurar a tropa , mas , sempre um a se desgarrar .

  4. Se os ricos são entreguistas, por que militares e servidores públicos, além de muitos remediados não o seriam, não é mesmo?
    Explica os cursos “gratuitos” para militares, “jovens lideranças”, muitos mestrados e doutorados e, penso, a indústria de intercâmbio.
    Brasileiros voltam encantados, e abrir as pernas para o nosso inimigo não mais parece traição.

    1. Independente da incapacidade do Bolsonaro, esse governo via Paulo Guedes, a Damares e esse ministro da deseducação estão liquidando (nos dois sentidos) o Brasil. Ao final desse governo não teremos nada para chamar de nosso.

  5. Será que vamos ficar mais 20 anos aturando esses loucos? E depois mais 20 anos pra voltar a patamares mínimos de civilização? Ay caramba, são 40 anos, uma vida… Não tenho esse tempo todo!

  6. A rainha da Inglaterra de direito representa de forma positiva seu país, mas nossa “rainha da inglaterra” entre aspas representa péssimamente o Brasil, ou seja não presta para nada, só atrapalha.

  7. A nação brasileira ainda não percebeu ou ainda não entendeu que ela vem sendo massacrada progressivamente em uma guerra desproporcional não declarada.
    Estamos vivendo sob o estado de guerra assimétrica onde um lado tem todos os poderes e todas as forças do país a seu favor e o outro lado, que é o povo brasileiro, não tem nada ao seu lado.
    Até alguns que eram povo até outro dia agora travestidos em suas fardas agem para agredir e abater as pessoas de nossa nação.

    PREJUÍZOS NESTA CANALHA QUE APENAS ESTÁ AÍ PARA NOS FO*ER
    > https://gustavohorta.wordpress.com/2019/06/07/prejuizos-nesta-canalha-que-apenas-esta-ai-para-nos-foer/

    …Nesta situação de hoje do Brasil o que se vê claramente é que os poderosos endinheirados desta “elite branca” dominante, que detém 90% de todo o poder econômico do país, não tem mais nenhum escrúpulo em esconder o seu ódio pelos pobres, que são os 99% da população brasileira.

    Estamos definitivamente vivendo uma guerra assimétrica não declarada, na qual todas as instituições e todos os poderes da República, apoiados pelas entidades patronais mais diversas e pelos meios de comunicação em geral, estão definitivamente dispostos a destruir os menos favorecidos neste país. …

  8. Eu me pergunto: como é que um idiota-débil-mental vai ter um projeto para o país? O projeto dele é dirigido a armar as milícias a quem é associado, a “aliviar a barra” dos maus motoristas que transformam o nosso trânsito numa real guerra civil, a destruir o meio ambiente, a “facilitar” o trabalho escravo, a ZERAR a contribuição do Brasil para um planeta mais limpo, com menos poluição. E daí em diante a hipocrisia(típica de evangélicos de carreira) do tal deus acima de tudo ou de todos…

  9. O Disqus continua reescrevendo o que escrevemos.
    Vindo de gringo nada mais pode nos surpreender, afinal, a “Rede” é deles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *