Mourão emite “sinais, fortes sinais”

O general Hamilton Mourão, para ressuscitar a famosa frase do Governo Fernando Henrique, começa a mover-se “no limite da responsabilidade”.

Fez preces para que “o Senhor dos Exércitos” protegesse Jair Bolsonaro  durante a cirurgia, mas defendeu o “direito humanitário” de Lula ir ao velório do irmão, heresia intolerável para a turma do Moro e a turma do Bolso.

E matéria dos Bolsos, aliás, que a lama do “Filho 01” salpica o “00”  e não o governo. Isto é: o lugar onde está.

Agora, solta esta posição sobre o aborto, defendendo que a mulher tenha o direito de escolher nas situações previstas em lei (estupro, risco de vida e malformação do feto) e ainda avança, afirmando que, pessoalmente, acha que poderiam “ser ampliadas essas possibilidades de aborto”.

A estratégia de diferenciação é clara e inversa à que praticava antes da eleição, quando radicalizava num grau no qual o Bolsonaro candidato já não se aventurava, como no caso do 13° e das mães e avós dos “desajustados”.

Agora, Mourão veste o figurino da ala dos “não-malucos” do governo: modera a questão da embaixada em Israel, mostra-se “humano” para com a prisão de Lula e, agora, procura uma dissidência na questão do aborto que poderia ter evitado na entrevista que deu a O Globo.

Mino Carta, na edição desta semana da CartaCapital, o chama de “enigmático vice”.

Peço licença ao mestre para discordar. Se há algo que Mourão não está sendo é enigmático, mas claro.

Está construindo a imagem do diálogo, cuja ausência poder-lhe-ia ser fatal à pretensão de substituir o titular, se este se vir numa situação insustentável.

E para isso precisa descolar-se da horda fanática.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

31 respostas

  1. só quero ver depois que ele assumir de vez, se vai continuar assim tão bonzinho e democrático

      1. claro que é
        e de extrema direita, de moderado ele não tem é nada,
        o duro é que a comparação é com Bolsonaro – aí fica fácil parecer palatável

    1. Na pior das hipóteses, ele assume e tem que haver eleições diretas em 3 meses. Depois do impeachment de Dilma a Lei mudou e o vice não ficará mais até o final dos 4 anos.

      1. jura? mas isso seria pra lá de ótimo

        mas eles podem se precaver (não chegaram até aqui com tanto empenho – pra entregar tudo de volta) e deixar o traste só como figurante, uma Queen da Inglaterra – se quiserem eles tem força pra isso

      2. lembrando aqui
        ontem – no boa noite 247 – PML falou que Mourão está a serviço dos que querem precarização das leis do trabalho e reforma da previdência, e que pode abrir mão dessas pautas da esquerda para parecer mais palatável, aborto e demias assuntos – para eles são irrelevantes, tem muita lógica nisso, não acha?

    2. Certa vez Murici Ramalho ao renovar um contrato saiu-se com essa; eu só tenho cara de bobo
      mas não sou (bobo).Me lembro disso ao ver a cara de falso brucutu do Mourão ao vê-lo até a
      exibir finesse frente ao bozó. Pra vice decorativo não serve; te cuida boçalnaro energúmeno !!!

      1. ele é muito superior ao bolsonaro
        aliás ser superior ao trasste não é nada dificil

    3. Rita você está absolutamente certa, tanto no seu comentário inicial quanto na observação ao comentário do Francisco, mais abaixo. Faço um reparo, além de vender a mãe fatiada, em quilo ou por retalho se o comprador pagar adiantado corre o risco de não receber.

      Para saber quem, de fato, é Mourão leiam a entrevista dada a El Pais, ontem (https://brasil.elpais.com/brasil/2019/01/31/politica/1548962715_644194.html). Para chegar a democrata deixa claro que lhe falta tanto os princípios da Democracia quanto a vontade de adquiri-los. Também, há uma extensa análise do papel exercido por Mourão nesses primeiros dias de Bolzolândia, Intitulada Mourão, o moderado está apresentada na coluna de Eliane Brum, no mesmo jornal, dia 30 último (https://brasil.elpais.com/brasil/2019/01/30/opinion/1548867475_387353.html). Recomendo.

  2. Esse o jogo ,se continua-se com a mesma miséria verbal do asno ele nunca sería visto como “opção”.
    Ele trabalha nesse sentido,ser palatável,enquanto o outro imbecil não percebe que seu discurso o está engolindo.
    Continúa no palenque ,a função de estadista nunca esteve nem estará perto do quadrúpede .
    A rainha da inglaterra sobreviverá o tempo que for necessário ,caso incomode demais, um impeachment não é descartado.
    Só mudarão as moscas ,a me—– continuará a mesma.

  3. É o jogo do hipócrita Bozo e o fariseu Mourão. Tudo indica que o vice joga no time dos golpistas liderados pela Rede Glolpe e já adota uma postura mais dissimulada, bem ao gosto dessa turma que tem como modelo os tucanos. No final são farinhas do mesmo saco e os propósitos são os mesmos do neoliberalismo ortodoxo. Ferro no povo e tudo para o grande capital especulativo.

  4. Provavelmente eles deixarão que o Bozo faça o trabalho sujo na previdência e outras áreas. Depois que o povo tiver sido reconduzido “ao seu lugar”, aí os filhos de 64 voltam cheios de “diálogo” e bem moderninhos, como no caso do aborto. E a patuléia vai ficar feliz, porque os militares vão acabar com a “roubalheira dos políticos”. Eta república de bananas e zumbis.

    1. Disse tudo. O general há tempos está em pleno aquecimento no banco de reserva. E torcendo para que o circo do clã Bolsonaro pegue fogo. Até jogou uma caneca de gasolina nas labaredas, apoiando a ida do ex presidente Lula ao velório do irmão…….Depois dessa do aborto, só falta ir a China e tirar uma selfie sorridente com o Xi Jinping e os tais comunistas chineses (aliás ele já informou que vai ainda no primeiro semestre….. ). Os bolsominions vão surtar…..rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs

  5. Mourão busca uma posição para, como verdadeiro dono da terra, ser o segundo índio governando atualmente uma nação latino-americana. Vamos ver como anda a “malandragem do índio”.

  6. É preciso ter cuidado para não se achar que Mourão é a salvação da pátria. Tão golpista e inimigo do povo quanto o outro. Talvez não tão imbecilizado

  7. O problema é se esse constructo não passa de um engodo para enganar os trouxas, especialmente dessa esquerda cirista que corteja a base de apoio do capetão presidente.

  8. Não nos enganemos com esse discurso ambíguo ou falsamente progressista do general cafuso que se pensa “ariano”. Desse boquirroto nem mesmo podemos usar a metáfora de que ele é um “Bozo de banho tomado”. Ele fará o que o golpista e quadrilheiro ‘MT’ começou, em ritmo ainda mais acelerado;o cafuso e o Bozo são duas faces da mesma moeda. Essas últimas declarações dele, falsamente progressistas, escondem apenas a ambição dele em assumir a presidência da república, para a qual ele e o Bozo têm ainda menos legitimidade que ‘MT’, ou seja: NENHUMA. Tanto o cafuso como o Bozo são produtos de crimes; em ambiente democrático e com eleições não fraudada, com o Presidente Lula na disputa, nenhum deles tinha chance sequer de chegar ao 2º turno.

  9. Lembremos que as FA foram desmoralizadas como o escanteio que o bolsonaro e seus filhos deram ao mourão.
    O mourão está reagindo, só reagindo, humilhado que foi é pelo capitão e seus filhos.
    Humilhado por estes imbecis; precisa masi…

  10. Até pq uma das formas de golpe é a cassação da chapa, após o primeiro biênio. Gilmar levou esta alternativa em banho maria até se definir a rasteira individual. Né não?

    1. Verdade……..O general leu Maquiavel, Bonaparte, Sun Tzu, e os comandantes da 2a grande guerra….Ou como diria minha vó, vai tirar as sardinhas da brasa com a mão do gato. Não é a toa o pânico do clã Bolsonaro: o coitado do titular teve que voltar ao trabalho ainda no hospital, com corte, com gases, com tudo, às pressas…..E o medo do general tomar a cadeira??????Quanto a amaciar a oposição, lembra uma frase de meu avô: “quando a gente casa com a filha, leva de brinde a sogra e é melhor uma sogra de bom humor, do que uma querendo matar a gente envenenado….” rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrssrsr

  11. É preciso não esquecer q o jogo só começa a ser jogado de verdade é agora quando a galera deles assume no congresso. Até então era a turma do golpe. Outra coisa a ser lembrada é q eles parecem ter um plano de ocupar os espaços todos. Que vai desde alterar a composição no Supremo até fomentar a concorrência com a Globonews. A CNN nunca quis gastar para entrar aqui. Nem nas vacas gordas dos tempos de Lula. Agora fala-se, não sei se o número é correto, em 400 jornalistas. Ora, a CNN que é do ramo não fará esse investimento mas alguém está disposto a pagar por ele. Concorrer com a Globonews dá prestígio mas não deve dar audiência já q não somos argentinos. Por lá concorrência entre os vários canais de notícias pagos é briga de foice no escuro. Aqui só o Grupo Globo investiu nesse segmento e mesmo assim por causa da esgtrutura já montada dos 5 canais da TV Globo mais afiliadas. Dificilmente Bolsonaro seria impeachmado nos primeiros meses de governo. Ele poria o numeroso ‘exército’ de bôulsôu-ants na rua e o PT levaria toda a culpa com toda certeza. As 3 redes de TV primas pobres, pelo q já fizeram, creio q não faltariam ao presidente. Apenas uns 5% dos formados na AMAN chegam a general. A maioria fica ali no tenente-coronel comandando um quartelzinho e vira coronel apenas quando reforma. E chegar a general implica me ter QI. Ou seja o nosso Mourão sabe bem trabalhar nos bastidores. E pelo q eu sei ele comandou o top dos exércitos, o do Sul, aquele q sempre usou os equipamentos mais novos. Que por ironia é o antigo 3° que apoiou a Brizola na resistência. Outro sinal da fortaleza dessa gente q se encastela no poder é a presença de abonados. O tal da Localiza nem exigiu um ministério. O outro dava a cara cometendo ilegalidades durante a campanha. Fora os q não temos notícia. Eu, salvo melhores indícios, ainda fico com aquela tese de tudo isso ser mero uso de táticas de guerra para enganar o inimigo provocando confusão no juízo dele

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.