Na imagem sem poluição, o retrato da China paralisada

Quer um indicador mais confiável do que qualquer outro sobre a queda da atividade industrial na China com a irrupção do surto de coronavírus?

Olhe a imagem acima, produzida pela Nasa que registra como as concentrações de dióxido de nitrogênio, um dos gases emitidos por veículos, usinas e fábricas, caíram depois que a epidemia fez com que a produção industrial e o trânsito de veículos no Centro e no Nordeste do país.

“É a primeira vez que vejo uma queda tão dramática em uma área tão ampla para um evento específico”, disse ao jornal britânico The Independent a cientista Fei Liu, pesquisadora de qualidade do ar no Goddard Space Flight Center da Nasa.

O jornal descarta que isso tenha sido “ajudado” pelos feriados do Ano Novo Lunar – algo como o Carnaval, para nós – apresentando imagens que comparam estes períodos entre 2019 e 2020.

Trágico para a economia, mas ainda assim com o alento de como a atmosfera reage rápido à redução das emissões e poluentes e gases causadores do efeito-estufa, aqueles que a direita estupidificada insiste em negar, dizendo que é coisa de “pirralhos”.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

9 respostas

  1. A mídia ocidental xenofóbica, incluindo blogs supostamente independentes, cultiva o medo e o alarmismo em relação ao Covid-19 e se cala sobre seus próprios surtos epidêmicos de influenza (e outras viroses), que faz milhares de vítimas anualmente, pela incapacidade dos países ocidentais em enfrentá-los com a mesma competência que fazem os chineses. Os virólogos e epidemiologistas suspeitam que entre as milhares de vítimas do surto de influenza que devasta os EUA há 4 meses, muitos casos seriam de Covid-19 e não de influenza, mas o CDC estadunidense (que sabe disso) não consegue desenvolver um kit de diagnóstico, como os laboratórios da China consequiram, reduzindo a confirmação da presença ou não do vírus em apenas 15 minutos. Tudo leva a crer que uma vez superado o surto viral atual a China se tornará uma referência mundial no controle de surtos epidêmicos:

    https://dinamicaglobal.wordpress.com/2020/03/01/coronavirus-a-pandemia-do-virus-do-medo/

  2. A Terra dá um respiro, por pouco tempo: é a loucura do homo autoproclamado sapiens matando a própria Mãe.

    No Brasil [1], um grupo de bestas da espécie homo bolsonaurus mata uma Samaúma, com idade estimada em mais de 2000 anos, em uma reserva indígena da Amazônia, abrindo espaço para gado de outra especie.

    https://uploads.disquscdn.com/images/b311e629eecdce569abbc471b8d98242bbc4a5f82c63397aac0adb9c471ea518.png

    https://www.youtube.com/watch?v=OMv_EidH1-w&feature=emb_logo
    – – – – – – – – – –
    [1] https://www.xapuri.info/desmatamento/morre-acidentalmente-a-arvore-mais-antiga-do-mundo/

    1. Aquelas bestas do Acre Rondonia e Roraima principalmente o pagar caro por esses crimes conta a natureza logo eles q pensa q o unico crime contra natureza e dar o cu

  3. Mas caro Brito, a atmosfera reagiu rápido para beneficiar localmente a região poluidora. Na verdade, os poluentes já gerados e que serão gerados no futuro, serão dispersados (distribuídos) para o resto do mundo e a riqueza produzida continuará nas mãos dos poluidores.

  4. Não dá pra confiar nem nos dados, nem na análise deles. O mundo está em guerra econômica, só mais pra frente saberemos com certeza.

  5. Seria magnífico se toda a Terra desse uma folga como essa à natureza, de dois meses a cada ano. Por que isso não pode acontecer? Será porque a usina de fabricação de pouquíssimos bilionários tem que continuar sua destruição dia e noite?

  6. Relaxa, Brito: crescimento econômico é desnecessário. Não me crê? Consulte o relatório de 1974 da OIT, publicado pela ONU.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *