Na TVT, uma análise da fala de Bolsonaro

Como prometi ontem, posto meus comentários feitos logo após a fala de Jair Bolsonaro rebatendo (e nem tanto) as acusações feitas por Sergio Moro ao demitir-se do Ministério da Justiça, em entrevista à jornalista Talita Galli, no programa Bom para Todos, da TVT.

Houve uma séria acusação: a de que o ex-ministro o chantageou, dizendo que aceitaria a troca do diretor geral da Polícia Federal e isso precisa ser apurado.

Falo, ainda, sobre a tentativa de Moro renascer como o “campeão da anticorrupção” e das dificuldades que terá em realizá-la.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

6 respostas

  1. Toda vez que a Rede Globo e suas “afiliadas” foram para cima de um presidente acabou em impeachment. Exceção: Temer. Neste caso o Mercado era fiador, em todos os outros o Mercado e a Globo eram uma coisa só. Precisa desenhar?

  2. Toda vez que a Rede Globo e suas “afiliadas” foram para cima de um presidente acabou em impeachment. Exceção: Temer. Neste caso o Mercado era fiador, em todos os outros o Mercado e a Globo eram uma coisa só. Precisa desenhar?

  3. A renúncia de Moro é mais uma manipulação da justiça.
    Sai com a aura de herói de um governo que está colapsando. Com isso, enterra as denúncias da vaza a jato e SALVA-SE da suspeição que está para ser julgada em breve no STF referente aos processos do Lula.
    Empareda o STF.
    Não sendo julgado imparcial, as sentenças contra Lula continuarão em vigência e ele continuará impedido de concorrer em 2022, deixando o caminho aberto para o Moro e o Brasil sem seu mais forte candidato.
    Assim, Lula só será absolvido no STF em 2023 quando os processos ordinários entrarão em pauta.

  4. Fernando Brito seu vídeo está excelente. Mas infelizmente parece que foi cortado faltando aproximadamente 10 minutos p/ o final.
    Procurei no canal da TVT onde sou inscrita mas ainda não postaram lá.
    Se puder poste lá. E aqui também poste novamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.