Na Veja, Bolsonaro só não fala do que devia: governar

Na longa entrevista exclusiva que concedeu à Veja, o presidente da República de um país em crise, cuja economia e os indicadores sociais afundam mês a mês, tudo o que se fala de problemas e soluções para o país são as poucas linhas que transcrevo:

O Brasil será ingovernável daqui a um, dois, três anos. Se a reforma da Previdência não passar, o dólar pode disparar, a inflação vai bater à nossa porta novamente e, do caos, vão florescer a demagogia, o populismo, quem sabe o PT, como está acontecendo na Argentina, com a volta de Cristina Kirchner. O Brasil não aguentaria outro ciclo assim.

Nada mais. O resto é politicagem, exibição egocêntrica, chavões, defesas e ataques políticos.

Repito: o homem que foi eleito para governar o Brasil, cinco meses depois da posse, não tem nada a falar nem da situação do país nem do que pretende fazer para colocar o país de volta a uma situação de prosperidade, salvo a menção terrorista – que se repete o dia inteiro – de que  o país vai para o caos se não tirar direitos de aposentação das pessoas.

O resto é conversa mole.

No fim das contas, este é o problema do Brasil. É dirigido por alguém que não governa, não tem capacidade ou vontade de fazê-lo.

Ou governar não é segurar o leme, aproar o barco em determinada direção, olhar para algum horizonte? Um presidente não é apenas um gerente e, ainda que fosse, este atual seria um desastre.

Ainda lerei com mais vagar e comentarei o que diz sobre os casos Queiroz e Adélio, que consomem a maior parte da entrevista.

Mas é assombroso que, com mais de três anos e meio pela frente tenhamos no Planalto alguém que não é capaz de ter uma ideia e, portanto, um comando para o país. Alguem que só é capaz de apontar uma coisa: o dedo.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

23 respostas

  1. Esse verme miliciasno ,devería se preocupar com o Brasil ao invês de ficar opinando sobre as escolhas dos outros países.
    O imbecil,desconhece que hoje Argentina encontra-se nessa situação que descrebe ,por causa de seu amigo macri,um fantoche de trump,entreguista,incompetente para governar para as maiorías ,mas,excelente para seus amigos e os ladrões do mercado financeiro internacional.
    Com este imbecil ,eu não fico indignado porque qualquer cidadão que consegui-se somar 1+1 sabía que este era o resultado esperado.
    Mas, a cada dia fico mais indignado ,com menos paciência com a IMBECIL.IDADE DA MASSA QUE VOTOU NESTE DELINQUENTE.

    1. De certa forma, Bolsonaro tem justificativa para criticar outros países.
      É que essa é a postura típica de quem não tem capacidade para cuidar da própria responsabilidade: desviar a atenção de sua inépcia dando palpites sobre a vida alheia!

    2. A crise argentina começou lá atrás, no governo do Menem, com um cidadão chamado Domingos Cavallo, que dolarizou a moeda criando uma espécie de lei do teto de gastos. A Cristina enfrentou dificuldades monstruosas, inclusive com a interferência do judiciário americano em favor dos fundos abutre. O Macri fez o mesmo que o golpe entre nós mas os idiotas tanto quando se referem aquele país como ao Brasil, sempre tem dois culpados, ela, a Cristina, e o PT

  2. Quer dizer que você já chorou prá caramba, capitão? Então esteja preparado, porque chorar mesmo você vai quando sair escorraçado da sua cadeirinha de kriptonita da presidência da república e voltar de ré a rampa do Planalto que voce nunca deveria ter subido.

  3. Caro Brito, Bozo só existe e chegou aonde chegou porque nossa mídia, da qual essa abominável Veja faz parte, é isso que demonstrou ao ‘entrevistar’ o presidente como se estivesse recebendo salário de relações-públicas. Não existe democracia com uma imprensa operando como uma prostituta.

  4. Para esse sujeito que foi eleito, patriota é aquele que destrói o Brasil. Sim! Patriota Norte-Americano é o que ele é. Nada mais. Nada menos.

  5. E cada vez que ele aponta o dedo pra acusar alguém ou pra fazer arminha, outros três dedos estão apontados para o seu peito ou para a sua cabeça.

  6. O pseudo homem fez campanha contra o Brasil, foi eleito para destruir o Brasil, e está efetivamente destruindo o Brasil. De forma perversa é um político honesto… Querer cobrar um governo mesmo medíocre dele é querer que bananeira dê abacates.

  7. Até parece que ele está prevendo o que vai acontecer, se ele continuar no governo. O país destruído, para ele, parece mais uma meta a ser cumprida que uma suposição. E ainda quer, para piorar o cenário, dar aos famigerados bancos o dinheiro da previdência social. Ele parece mesmo o anti-Messias, ou seja, o Messias do Mal. Depois dirá, imitando o Messias do Bem: Tudo está consumado!

    1. desisti de escrever nê Brito,nada passa.O que me resta neste blog ´só colaborar. Isso continuo fazendo.Abraço Brito

    2. Em 5 meses o auto-declarado ignorante em economia agora consegue fazer previsões do tipo “o dólar vai disparar”, “inflação vai bater a nossa porta”?

  8. Parece que ele está tentando se proteger das consequências advindas das investigações sobre a quebra de sigilo que envolvem o Queiroz. Precisamos falar 24h por dia sobre o tema. É fundamental perguntar #CadeoQuiroz?

  9. A má fé do Bozoasno é clara, quando tudo der errado ( e vai dar ) , eu ainda tenho ( com o apoio da mídia amiga ) a desulpa de atacar o PT .

  10. Li no UOL que o capitão dando pitaco nos julgamentos do STF disse que ia plagiar Damares para dizer que ele é ‘terrivelmente cristão’. Pois eu digo a ele e a Damares que os seres humanos que não têm compaixão e que descriminam seus irmãos podem ser tudo menos cristãos. Acreditem. O capitão não é só louco. Ele tem desvios de caráter seríssimos.

  11. Esta besta quadrada já deu mostras muito claras da sua incapacidade mental para governar um país da complexidade do Brasil.

  12. Presidente de pauta única: Reforma da Previdência e ponto! Ele acha que será como uma varinha mágica, que resolverá todos os outros problemas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.