Não batam palmas para maluco dançar…

Sério mesmo que vocês vão perder tempo com esta história de Jair Bolsonaro dizer que o Hitler e o nazismo eram “de esquerda”?

Está certo que ele já não contém sua idiotia nos limites da história do Brasil, chamando 1964 de  revolução, não de golpe e agora quer reescrever a história mundial.

Daqui a pouco vai dizer que os jacobinos da Revolução Francesa eram seguidores de um tal Jacó ou que o tenentismo foi uma revolta de militares que não eram promovidos a capitão e que Leônidas foi às Termópilas para “dar uma relaxada”, talquei?

Ou que Jesus não falou no Monte das Oliveiras, mas no das Goiabeiras que o Diabo é vermelho porque é comunista…

Nem original é, porque o Sérgio Porto fez, há mais de 50 anos, o Samba do Crioulo Doido, narrando que Tiradentes se elegeu Pedro II, aliou-se a José de Anchieta e proclamou a escravidão…

Já disse aqui que Bolsonaro não será caso de impeachment, mas de interdição…

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email