Datafolha começa amanhã primeira pesquisa pós-prisão de Lula

questdata

O Datafolha registrou ontem no TSE e começa a colher amanhã as entrevistas da primeira pesquisa eleitoral após a prisão de Lula.

O ex-presidente foi incluído em apenas três dos nove cenários pesquisados e, em segundo turno, apresentado em disputas com Jair Bolsonaro, Marina Silva e Geraldo Alckmin.

Claro que, na polarização em que se encontra o país, qualquer pesquisa deve ser vista com cautela.

Após o massacre televisivo do final de semana até seria natural que Lula perdesse pontos, ainda mais com as perguntas que reproduzo acima.

Não é isso o que antevê o professor Leonardo Avritzer, do curso de Ciência Política da Universidade Federal de Minas Gerais, ouvido pelo Nexo Jornal:

Nós [da UFMG] acabamos de aplicar uma pesquisa com amostra nacional e os resultados são relativamente ambíguos. De um lado, aproximadamente 50% da população apoia a Operação Lava Jato. De outro, 50% das pessoas apoiam o Lula. E os que acham que ele está sendo perseguido pela Lava Jato também somam 50% [em pesquisas de opinião, é possível que uma mesma pessoa diga, por exemplo, que apoia a Lava Jato e que Lula é perseguido pelos investigadores, por isso o professor aponta para uma possível contradição]. Então nós podemos dizer que o país está completamente dividido em relação a essa questão.

Divisão que, claro, também beneficia o outro extremo, isto é, Jair Bolsonaro e, em consequência, estreita mais ainda o campo dos candidatos da autodenominada centro-direita.

Pé atrás e muita mobilização, melhor atitude diante de qualquer análise de quem ganhou ou perdeu com este confronto.

PS. Falando em mobilização, apesar de não ser fanático por abaixo-assinados de Internet, assinei e posto o link para quem quiser subscrever a petição lançada pelo Prêmio Nobel da Paz Adolfo Perez Esquivel indicando Lula para o mesmo título. Vale a leitura, pelo balanço que faz do papel do ex-presidente e vale a assinatura, se juntando aos quase 200 mil que já o fizeram.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

20 respostas

  1. Agora é hora de fabricar pesquisas para “legalizar” a fraude eleitoral feita antecipadamente. Não deixaram a situação chegar ao ponto em que chegou em Honduras, quando a fraude se deu na apuração. Não há saída pelo caminho institucional. Os EUA gastam trilhões fazendo guerras por petróleo, o que são alguns milhões investidos em “parcerias” com o judiciário e a mídia de repúblicas de bananas para eles?

  2. PERGUNTAS QUE FALTARAM NESSA PESQUISA:

    1-Alckmin, o “Santo” da Odebretch vai disputar eleição esse ano?
    a-sim, com certeza, ele é Tucano, logo Moro é seu capacho
    b-não, todos são iguais perante a lei e Alckmin, sem foro, privilegiado será preso

    2-Na sua opinião Alckmin deveria disputar a eleição?
    a-sim, eu sou um manifestoche, adoro ser roubado pelo PSDB
    b-não, como todo criminoso ele deve pagar pelos seus crimes. Além de existirem provas contra ele na Lava-Jato ainda existe a “Lei da Ficha-Limpa”.

    3-Alckmin nunca será preso apesar dos 10 milhões em propina, a não-prisão foi justa?
    a-Sim, Alckmin é tucano, chefe de Moro e da PF… a justiça é ele que faz
    b-Não, Alckmin deveria ser investigado como toda pessoa que comete crimes

    1. Sugiro uma pesquisa separada, que poderia ser conduzida pelo TIJOLAÇO, e com melhoramentos, pois estou levando aqui certas percepções de debates de rua nos últimos dias. Fazer uma pesquisa dividida para 3 segmentos separados!
      A-Os beneficiários do BOLSA FAMÍLIA são os CULPADOS da CRISE?
      B-Deviam extingui-lo?
      C-Qual a solução indicada para substitui-lo?
      Se resposta for extingui-lo, responder 1-Mandar procurar emprego.
      2-Deixar que fossem se arranjar como pudesssem
      D-Qual a tua posição sobre eleição 1-Pro Bolsonaro 2-Contra Bolsonaro 3-Outra (Se possível, indique)

      Os 3 segmentos separados 1-Público em geral 2-Pequenos e médios comerciantes 3- Desempregados
      Com isto poderemos avaliar o nível de postura humanitária de parte da população. Pode ser aplicado em outros segmentos
      Esta questão me foi auto-sugerida ao conversar com um comerciante. (não por ele, que tinha sua opinião formada)
      Este tipo de pesquisa pode indicar como será trabalhar com a mente das varias parcelas da POPULAÇÃO.

  3. Mais um DataFRAUDE pós-golpe vagabundíssimo que está destruindo a nação brasileira!

    1. Criminoso prende o inocente e STF deixa de aplicar regra constitucional
      Por jurista por Marcelo Neves
      10/04/2018

      O caso Moro versus Lula – o primeiro representando a classe dominante brasileira e elite reacionária do país, o segundo incorporando os anseios por inclusão de amplos setores da população – é um gritante caso de inversão do direito.
      Quem é o criminoso confesso? Moro. Por quê?
      (…)
      Quem é inocente? Lula. Por quê?
      (…)
      Entre banalidades e artimanhas esdrúxulas, no meio de rasgos de oligofrenia, pequenez e despudor jurídicos, a sessão do STF, em 4 de abril de 2018, seguida da ordem precipitada e inconstitucional de prisão de Lula por Moro, não foi apenas um teatro de absurdos, mas sobretudo uma expressão grotesca de realismo fantástico, que seria bem narrada pelo imortal Gabriel García Márquez.

      FONTE: https://jornalggn.com.br/noticia/criminoso-prende-o-inocente-e-stf-deixa-de-aplicar-regra-constitucional-por-marcelo-neves

  4. Essa pesquisa pode ser o pontapé inicial na manipulação eleitoral. Impossível Lula não ter subido ainda mais neste momento.

  5. Na matéria do Nexo tem um professor da UFMG com pé no chão e um da USP que exprime convicções iguais às de Dalagnol. É chute pra confirmar o Golpe. Vamos aguardar. Não só pesquisa Datafalha, mas outras que virão.
    Importante agora é denunciar colaboração da Lavajato com os EUA e não esquecer do amigo de Moro, Carlos Zucolotto Júnior, que achacou Rodrigo Tacla Durán.
    O supremo de merda só faz cagadas e se desmoraliza sozinho.

  6. Polícia Federal brasileira recebe mensalão do governo dos Estados Unidos
    Carlos Costa, que chefiou o FBI no Brasil por quatro anos, fala sobre como os EUA “compraram a Polícia Federal” e como a “ABIN se prostitui…”. O valor do mensalão depende do cargo que o indivíduo ocupa (delegado, etc.), mas em média gira em torno de 800 dólares por mês por cabeça.

    Revista Carta Capital, edição 283, de 24/03/2004

    (…)

    FONTE [LÍMPIDA!]: https://csalignac.jusbrasil.com.br/noticias/354350802/policia-federal-brasileira-recebe-mensalao-do-governo-dos-estados-unidos

  7. já assinei a petição.
    mas a pergunta é eles estão preparados para falar a verdade, nessa pesquisa?
    ou vai ser a enrolação de sempre?

  8. Pesquisa do Datafrias não pode ser séria, se fosse, o percentual de intenção de votos no Lula aumentaria consideravelmente.

  9. E por que o Tijolaço dá destaque esse tipo fraudulento de “pesquisa”? Fernando Brito cedeu à pressões e chantagens e se aliou à “Globosfera”, essa que finge apoiar Lula, mas que se junta a parte da máquina partidária do PT e usa o Ex-Presidente apenas para angariar apoio político e conseguir mandatos parlamentares, traindo Lula e o aconselhando a ir para o patíbulo, de onde não sairá elegível ou mesmo vivo? Para a FSP e seu Datafolha golpista lula está morto, embora não haja lei que impeça presos políticos de se lançarem candidatos.

  10. Quando há grande importância política, o Datafolha subtrai pelo pelo menos 4 pontos a favor de seus interesses, jogando com a margem de erro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *