O “dá ou desce” para Moro: o ‘mito” ou a Globo?

É evidente a qualquer um minimamente lúcido que o fato de Jair Bolsonaro ter pedido a Sergio Moro é um inaceitável atropelo a uma investigação judicial.

Um presidente (ou um governador) não pode mandar a polícia de Estado chamar alguém para depor outra vez se, ao falar antes, esta pessoa o mencionou em seu depoimento, como o ex-“mito” quer que se faça com o porteiro do condomínio que ele partilha com o possível assassino da vereadora Marielle Franco e de seu motorista Anderson Gomes.

Mais ainda que isso configura um quadro de flagrante coação a testemunha, para o que basta imaginar a pressão psicológica a que esta pessoa passou a estar submetida, depois da live presidencial de ontem.

(Aliás, a própria live, em si, contém uma ameaça que está longe de estar no campo político e se fixa no próprio campo do exercício do poder do cargo. Bolsonaro jamais questionou politicamente o grupo Globo – quem ia para a “ponta da praia” éramos nós, a esquerda, lembram-se?)

Do ponto de vista político, Bolsonaro deu um nó político em Sérgio Moro: ou submete-se à ordem ilegal do capitão e confronta a Globo ou, ao contrário, mantém-se fiel a quem o cevou e perde a tropa bolsonarista.

Há muito nisso que mostra que a indignação presidencial é muito bem calculada.

Ele próprio disse, esta madrugada, que sabia da acusação desde o dia 9 de outubro:

“No dia 9 de outubro, às 21 horas, eu estava no Clube Naval do Rio de Janeiro quando o governador Witzel chegou para mim e disse: o processo está no Supremo”, contou Bolsonaro. “Que processo? O que eu tenho a ver? E o Witzel disse que o porteiro citou meu nome. Ele sabia do processo que estava em segredo de Justiça”, disse o presidente.

Então o problema não é uma possível armação, mas o vazamento da menção feita pelo porteiro?

Perdão, mas falar para Moro apurar vazamento de processo sigiloso é como falar de corda em casa de enforcado.

O que, aliás, é uma boa metáfora para os personagens desta tragicomédia política brasileira.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

18 respostas

    1. Mas,quem pensa que está no poder? quem deu o GOLPE?
      Que classe de Democracia é aquela custodiada pelos “arautos da moralidade”????
      Está mais de que na hora de eles tirarem suas máscaras e assumirem o GOLPE que deram, e o tremendo desastre que provocaram neste país .Desastre anunciado para quem conhece os militares..

    1. Preocupado com as formas? devería preocuparse com o conteúdo,dois delinquentes ídolos da massa idiota deste país.

    2. Preocupado com as formas? devería preocuparse com o conteúdo,dois delinquentes ídolos da massa idiota deste país.

  1. É verdade, Bolsonaro só virou inimigo mortal da globo depois que foi eleito. Antes disso, teve inclusive a ajuda da vênus enferrujada para se eleger.
    Quanto a Moro, já deu faz tempo. Resta saber se vai continuar dando ou se vai descer. Mas que ponto sobrou para ele descer?

  2. Não existe uma correlação com a visita dos ministros do stf ao pres Bolso ?
    O pessoal não achou que era por causa da votação da 2a instancia, quando se tratava deste assunto ?

  3. Eh família Bolsonaro, quem tem o mínimo de noção já sabia que vocês era o principal envolvido no caso mariele, tá demorando a justiça…se não é o clamor da população, vocês sairia ilesos…

  4. Esse gesto de vocês e seus cúmplices gesticulando arma, é a tamanha ousadia de ameaças que se arrasta pra todos, cuidado Frota e Gleice, essa gente é traiçoeira, mas não tenha medo, não desista de ser justos, a população do mundo estar com vocês

  5. Ué! Mas se estava em segredo de justiça, como o miliciano Witzel ficou sabendo? E pior…passou a informação pro outro miliciano? É se eles estavam planejando um crime, essa presença dele na Câmara pode ser álibi!

  6. No serpentário, que virou o poder após o golpe de 2016, todas as possibilidades se tornam possíveis, Moro se aliar mais uma vez, a quem planeja destituir o presidente/a eleito, no caso a Globo/Witzel. Bolsonaro se apercebeu que a sua fervura está na mais alta temperatura, porém, não se apercebeu que seu dócil cãozinho da Justiça passou para o outro lado. A única escapatória para ele é tentar um golpe de estado e para isso, já se movimenta calculadamente. O último detalhe será retroceder na ” maldade ” cometida e calculada , contra os militares de baixa patente. Desta forma planeja trazer a todos os militares para o seu lado, o do golpe e entreguismo desavergonhado em favor dos Estados Unidos da América.

  7. A única salvação para este verme é fazer o que ele sempre faz, vender a alma ao diabo e armar para cima do bozo, mantendo a porta do inferno aberta. Só não sei qtas almas mais ele ainda tem. Né não?

  8. o moro e a prato feito estão totalmente desmoralizados, viraram anexos do Bozonildo.A Globo apoia tudo q o Bozo faz no campo econômico mas já tem seus candidatos para 2022 e bozo pelos rídiculos e papelões fica difícil de digerir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *