A “doação” de Moro para a PF: “embora não seja apropriado”?

caneca

É inacreditável a promiscuidade que se instalou entre Judiciário, Ministério Público e Polícia Federal na Operação Lava Jato.

A informação  da Veja, informando que o Juiz Sérgio Moro “doou” – até porque não existe hipótese de, legalmente, o dinheiro ser devolvido – R$ 172 mil  pedidos pela Polícia Federal para consertar carros e pagar contas de luz é algo que precisa ser esclarecido em detalhes.

Porque o dinheiro não é de Sérgio Moro e, para doar dinheiro que não é seu precisa haver previsão legal.

O juiz não pode dispor de valores apreendidos em operações policiais para entregá-los a Polícia em nenhuma hipótese. Tem de mandar depositá-los em conta especial, vinculada ao processo e, ao final deste, revertê-los àquele de quem indevidamente foram tirado: particulares, entes públicos ou empresas.

Tudo o que pode e deve ser feito está no Manual de Bens Apreendidos da Corregedoria do Conselho Nacional de Justiça. Podem, é fato, ser entregues para uso policial bens apreendidos, que sirvam ao desempenho de suas funções, neste caso ficando a polícia como depositária dos bens.

O Globo diz que este dinheiro proviria de um “acordo de delação premiada”feito com o doleiro Hélio Laniado. Na ocasião, 2006,o advogado de Laniado, Roberto Podval negou ter havido acordo.

Mas que tenha havido: os valores recuperados não deveriam ser devolvidos às vítimas ou ao Tesouro, no caso de serem produto de evasão fiscal? Multas eventualmente aplicadas não deveriam ter destino? Mesmo que seja demorado o processo de liberação de valores na Justiça, o que é um fato, não há um destino definido para estes recursos?

Será que é por isso que o Dr. Moro diz, segundo O Globo que “embora não seja muito apropriado a destinação dessas verbas para custeio, as investigações da Lava-Jato, por sua relevância, não podem ser interrompidas por falta de dinheiro para despesas básicas de custeio”.

O que é “não ser muito apropriado”? Qual é a destinação “apropriada” do dinheiro? É legal transferi-lo para a Polícia Federal, ainda mais para despesas de custeio, que não podem ser ressarcidas por devolução, como no caso de um veículo?

Assim como está mal contadíssima a história de que a PF não tenha dinheiro para consertar carros ou pagar contas de luz.

A PF fechou o ano (29/12/2015) com uma folga de R$ 81,1 milhões na dotação para despesas correntes.

Reproduzo abaixo o quadro orçamentário e de execução orçamentária da PF entre 2005 e 2015.

pforcam

O crescimento do Orçamento da PF  foi de 43,22%, já descontada  a inflação do período, medida pelo IGP-M da Fundação Getúlio Vargas.

Mesmo que fossem aplicados os cortes tão chorados de R$ 133 milhões isso representaria meros 2% de seu orçamento total. E é menos do que somaram as sobras orçamentárias – claro que com contenções, mas nada que inviabilizasse suas operações -com centenas de homens deslocados por todo o país, prisioneiros no jatinho e etc e tal – de 2015, que somaram R$ 231 milhões.

O Diretor Geral  da Polícia Federal, Leandro Daiello está chamado a dar explicações  sobre o porque de seus subordinados foram – e se foram – passar o chapéu com o Dr. Moro para pagar conta de luz, se não lhes faltaram, só em dezembro passado, mais de R$ 140 mil em despesas com passagens e locomoção, só na Superintendência do Paraná.

Que dureza, hein?

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

34 respostas

  1. talvez ele deveria doar uns 77mil+algum premio em dolares que tenha recebido do departamento de estado, talvez ate com direito a restituicao no imposto de renda..

  2. Não podendo queimar Dima com acusações concretas e provadas (porque não as acham), tentam queimar com “desgoverno”, “incompetência” e, PRINCIPALMENTE “corte de verbas para atrapalhar investigações que se fossem feitas com o devido recurso, chegariam nela, Dilma”.

    Moro bem poderia doar os 77 mil que subtrai todo mês ilegalmente do erário público…

  3. Eu não sei se pode pensar assim,mas,estes caras tem uma esperança de tirar Dilma do poder,parar com esta lava-jato e em seguida junto com a mídia passar para o povão que foi o PT e Dilma que fizeram a operação abafa quando é o contrario,esta operação esta chegando onde não deve todos eles sabem disto,mídia,politico e a justiça em geral,estão apostando no impitiman para salvar muita gente e mexendo com Aécio neves é muito perigoso a esta altura.

  4. “Será que é por isso que o Dr. Moro diz, segundo O Globo que “embora não seja muito apropriado a destinação dessas verbas para custeio, as investigações da Lava-Jato, por sua relevância, não podem ser interrompidas por falta de dinheiro para despesas básicas de custeio”.

    O que é “não ser muito apropriado”? Qual é a destinação “apropriada” do dinheiro? É legal transferi-lo para a Polícia Federal, ainda mais para despesas de custeio, que não podem ser ressarcidas por devolução, como no caso de um veículo?”

    E, ainda, quem estabelece o que é relevante ou não ?
    o próprio coordenador da operação que diz ser altamente relevante ?
    Quem dita as prioridades nesta bagunça ?

  5. Como diz o PHA, isto virou uma esculhambação. Seria cômico se não fosse trágico. Mas o que esperar de um governo que até hoje mantem o Zé da Justiça, no ministério? Fazem tudo para serem derrubados.

  6. Mesmo com os cortes a Polícia Federal ainda terá R$ 900.000.000,00 para torrar em 2016.Como só trabalham para ferrar a Dilma e o Lula,acho que é muita grana…

  7. Existe investigação superfaturada?
    Parece que a República do Pananá, com moros, pfs, fachins e dias da vida, estão dando bastante lucro para alguns. Fundos de partidos daquelas bandas agradecem.

  8. Da Série “No ‘braZ$&l’ o Poder Judiciário é mais nefasto do que o PIG”!

    $$$$$$$$$$$$$$$

    CHICO ALENCAR: PRAZO DADO PARA DEFESA DE CUNHA É DE 50 DIAS

    Presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) terá o prazo de 10 dias, a partir de fevereiro, para se manifestar sobre o pedido de afastamento do cargo feito no mês passado pela Procuradoria Geral da República; para o deputado federal Chico Alencar (PSOL-RJ), um dos parlamentares perseguidos por Cunha, os 10 dias concedidos pelo STF para a defesa do peemedebista, na prática são mais de 50 dias; Chico diz que o parlamentar está em processo de desgaste; “Aquela força, aquele poder todo já não existe”

    6 DE JANEIRO DE 2016 ÀS 15:05

    (…)

    FONTE [LÍMPIDA!]: http://www.redebrasilatual.com.br/politica/2016/01/chico-alencar-afirma-que-eduardo-cunha-perdeu-poder-e-devera-ser-afastado-8549.html

  9. Reconheça, Fernando! Todos vocês, os estatizados, odeiam a Operação Lava Jato e o Juiz Sérgio Moro. Agora me diga, eles fazem mal ao Brasil ou a PT?

    1. Eles não professam ser os grandes protetores do patrimônio público? Essa manobrinha do Moro mostra que ele está cagando e andando para o patrimônio público, e só está interessado na sua cruzada vaidosa contra a corrupção (mas só a do PT, o resto não vem ao caso). Juiz não é contador, não tem autoridade pra fazer uma palhaçada dessas

  10. De duas uma,ou as contas da PF não estão sendo pagas ou parte desta justiça que está investigando a lava-jato começa ver um perigo na frente,não será fácil investigar Aécio e um Temer da vida porque eles abrem um leque e por isto já começam mandar recados via imprensa que também sabem disto.Eles querem passar para a sociedade que Dilma e o PT acabaram com PF porque a oposição já não acredita mais no impitimam que seria outra salvação.deixa o governo que sempre cai nestas ficar pensando que é a PF pedindo aumento,o PT é outro .

  11. Tá rolando um vídeo do Itagiba no whatsapp denunciando o governo de desmontar a PF com falta de verba, em função do desempenho da Lava-Jato.
    Essa “doação” do Moro é armação junto à mídia e esse vídeo.
    COISA ARMADA.

    1. Dilma quer sabotar a Operação Lava Jato, mas diante das câmeras ela fala ser a favor de toda investigação.

      1. É. Eu pensei que depois da surra que o JaCunha levou no Supremo Tribunal Federal (boa viagem, ministro Gilmar), e com o Regréssio muito ocupado de férias no Leblon, estaria a cargo do Moro a próxima manobra com o objetivo de manter a tensão no cenário político nacional. Estava certo, mas não da maneira que eu esperava! Agora poderemos observar a reação do dotô moro, com o rabo comprido pegando fogo.

  12. Taí um sujeito acima do bem e do mal. Acima das próprias leis. Qualquer subversão das regras pode ser feita para o grande objetivo da lava jato.

    1. e aqui

      http://www.brasil247.com/pt/247/poder/212314/Delator-de-A%C3%A9cio-reitera-R$-10-mi-para-S%C3%A9rgio-Guerra.htm

      Carlos Alexandre de Souza Rocha, o Ceará, que denunciou a entrega de propina de R$ 300 mil ao senador Aécio Neves, confirmou em delação premiada à Procuradoria Geral da República que em 2009 os R$ 10 milhões foram entregues ao então presidente do PSDB, o senador Sérgio Guerra (PE), para “abafar” a CPI da Petrobras da ocasião; revelação já havia sido feita pelos primeiros colaboradores da Lava Jato; “José Janene falou claramente o seguinte: ‘A CPI terminou em pizza'”, disse Ceará, sobre o ex-deputado do PP morto em 2010, segundo ele, um dos cabeças do esquema de corrupção na Petrobras

      6 DE JANEIRO DE 2016 ÀS 17:34

      (…)

  13. Bueno, com um Supremo Tribunal Fodido como o nosso…esperar o quê??? O judi$iário Brasileiro é um poder absoluto, portanto DITATORIAL! Impõe a DITADURA de suas decisões e se MASCARA de LIMPADOR DA PÁTRIA, quando na verdade é um poder VENDILHÃO DO BRASIL A SERVIÇO DE UMA CASTA!

  14. Olha o que saiu no site http://www.blogdobolche.blogspot.com.br: “Policia Federal brasileira recebe mensalão do governo dos Estados Unidos”. Neste post há uma reportagem publicada na revista Carta Capital em 24.03.2004 onde o sr. Carlos Costa, que chefiou o FBI no Brasil durante 4 anos, conta como os EUA “compraram a PF” e outras coisas bem interessantes.
    Link: http://www.blogdobolche.blogspot.com.br/2016/01/policia-federal-brasileira-recebe.html

  15. Para isso existe CNJ! Denunciemos já este “moralista” de quinta categoria, cujo figurino assombra até defunto.

  16. Uma autarquia. O maior desafio da governabilidade até hoje verificado no país, depois da subversão da Bahia em 1823.

  17. O Dr Moro, desde o começo da operação, é um braço político da oposição e está fazendo politicagem. Depois que o jornalões anunciaram que o governo está fazendo cortes, e que estes cortes irão afetar a operação Lava Jato, o Dr Moro já está discursando assim que a mídia levantou a bola sobre os cortes. É um politiqueiro dos mais rasteiros. A direita está fazendo um jogo sujo, mas sujo , que a população não percebeu. Achincalha o PT com exércitos bem pagos para fazerem isso nas redes sociais, na mídia etc. De resto, tudo será justificado se for para tirar o PT da política. Não é combate a corrupção coisa nenhuma, é a derrubada de um partido e a volta da corrupção sem que haja qualquer investigação ou punição. Imagine a volta desta turma ao poder. Será um poder financeiro e mafioso, onde ninguém poderá denunciar nada, pois se agora denunciam aqueles que “não vem ao caso”, e não acontece nada, com o poder nas mãos então? O Cunha foi um deslize que vazou, que não era para vazar, mas vazou por causa da justiça Suiça, mas estão tentando consertar. Infelizmente o Cunha não será preso, não perderá o cargo. O Cunha é o cara para fazer a política da direita. É o homem dos cortes sociais, dos cortes dos direitos trabalhista, da redução do salário mínimo. É a desgraça.

  18. É aí Alissom? A Diretoria tá te pagando direitinho? O Zé disse que seu ” trabalho” neste blog é muito convincente. Coisa de profissional. O único problema é que você tá pra lá de manjado. Todo mundo sabe que você é ” prestador de serviços” .

  19. Pagou imposto? Cade o DARF ? Quem recebeu, emitiu recibo?
    Ou quem sabe uns 30% vão para uma caixinha de natal para os juizes e procuradores ?

  20. Ohhhh…Fernando…essa benfeitoria do Moro é mais de suas manobras para constranger o governo do PT. É dar materia para a midia golpista.
    Dilma…abra os olhos pelo amor de Deus….mande o Zé Cardoso catar coquinhos…..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *