O “Fraga do Bolsonaro” deve estar fazendo Enéas revirar-se no túmulo

sashida

Jair Bolsonaro vem com a história que quer fazer do falecido “Meu nome é” Enéas Carneiro, um iltranacionalista, “herói da pátria”.

Pois eu acho que o Dr. Enéas daria um passa fora em Bolsonaro se lesse a entrevista dada pelo guru econômico do candidato a Cristian Klein, do Valor.

Porque aquele Bolsonaro que queria fuzilar Fernando Henrique Cardoso por ter privatizado a Vale, que dizia que a Petrobras e o Banco do Brasil não podiam ser privatizados, que os impostos eram uma roubalheira tão grande que ele próprio não pagava, havendo jeito para isso, se foi.

O senhor Adolfo Sachsida , que está fazendo “aconselhamento periódico” ao candidato do futuro “Patriotas”  mostra que Bolsonaro, agora, virou um “liberal de mercado”. De olho, claro, no apoio do mundo do dinheiro, aquele que realmente importa para candidatos assim.

“A parte macroeconômica (da agenda de Bolsonaro) seria muito parecida ao que propõem as ideias liberais”, diz Sachida, dizendo que Bolsonaro agora aceita privatizar o Banco do Brasil e a Petrobras. Reduzi impostos? “Vamos com calma, por causa das contas públicas e da arrecadação”. E vai adiante: tripé macroeconômico, BC ( aquele que, antes, segundo ele, decide a taxa de juros” de acordo com os interesses dos colegas do mercado financeiro”) independente.

Só de uma coisa desagrada Bolsonaro, segundo Sachida: o comércio com a China, porque “é muito influenciado pelo pensamento mais conservador americano”.

O pior, para o Dr. Enéas, é que o seu Prona, agora, participa de outra tragicomédia: o lançamento de um tal Dr. Rey, cirurgião plástico que mora nos EUA, apresentador de TV e garoto propaganda da Polishop.

Dele, para se ter uma ideia, posto trechos de um vídeo (integra aqui) diante do qual você não sabe se é pra rir ou pra chorar.

 

contrib1

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

16 respostas

  1. É, ta virando filme dos irmãos Marx.
    (atenção galera culta e letrada, não é Karl Marx)

  2. Esse Enéas não prestou pra nada mesmo. Qual foi o legado político dele? Zero. Adorava desmerecer o Lula com atitude arrogante de acadêmico. Acabou sem prestígio e relevância zero. Tinha idéias importantes, mas que em sua boca não viraram nada, e não aglutinou ninguém.

  3. Meu Deus! E eu que pensava que este tipo só existia como personagem da escolinha do professor Raimundo ou no Zorra Total. Existe mesmo, em carne e osso.

  4. Ridículo o comentário desse tal Adolfo “salsicha” no blog dele.

    Vinha com uma PIEGUICE mais ou menos assim:

    “(…)As dívidas contraídas pelas gerações anteriores possibilitaram investimentos que são usufruídos pela atual geração, portanto nada mais justo que pagar os juros dessa dívida(…)”.

    Ai, que lindo, que comovente! Sou eternamente grato a meus pais e meus avós que deixaram esse presente de grego (o pagamento de juros da dívida) que leva metade do que pago de imposto e compromete o futuro de minhas filhas. Cínico, Salsicha, é o que você é.

  5. Se esses candidatos fossem apresentados no tempo da ditadura militar seriam sumariamente reprovados, motivo: seus curriculum vitae acusaria como de ineficientes. Que safra de futuros politicos, a começar pelo Huck (caldeirão), Doriana(fake), Bolsanazi(nazista), Moro (justiceiro), agora o Dr. Rey, (cirurgião plástico) . Estamos na merda…

  6. E eu que pensei que o Bozonazi seria o suprasumo da estupidez… agora aparece esse imbecil para falar tanta merda. A direita é patética. Bozo, Huck, Dória… e agora esse inútil do Dr. Hollywood (Rey). É só essas tralhas que a direita tem? Manda ele fazer um tour pelo Cariri, pelo Recôncavo Baiano ou pela Amazônia que um só aedes egyptus mata ele. Que horror, nunca vi tanta asneira proferida de uma só vez.

  7. Aí não! Vamos privatizar, vamos cortar custos, vamos reformar a previdência mas quando chega na hora de cortar impostos vem com essa conversa de contas públicas?? Quando chega no tal bolsa família, diz que tem simpatia em manter o “programa de transferência de renda”!? Renda de quem, dum fudido como eu, do trabalhador, do pequeno e médio empreendedor?? Fodam-se as contas públicas! Corte no tamanho do Estado, corte nos subsídios, corte as diversas bolsas vagabundos, faça todos em todas as faixas de renda pagar o imposto único. Quer transferir renda? Transfira a renda do odebrecht, do camargo correa, do joesley batista. É bom deixar bem claro que “liberalismo” estará abraçando. Se o verdadeiro de Mag Tatcher, ou o “liberalismo de preto” de collor e FHC.

  8. Mas que ridículo!!! Nossa imagem de agora deve ser mesmo “a cloaca do mundo” para qualquer aberração dessas se iludir com a possibilidade da nossa presidência. Não consegui assistir nem até a metade.

  9. Formado em Harvard. Que picareta esse tal doutor Réi! Abriram o que esgoto antes do emissário…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *