O general rendeu-se: entrevista de Villas-Boas é preocupante e sombria

Não se trata de teorias conspiratórias, é um fato.

A entrevista do Comandante do Exército, General Villas-Boas, é, em si, uma afronta à Constituição.

Não lhe cabe julgar, em lugar do Judiciário, quem pode disputar ou não pode disputar as eleições.

“Não se trata de fulanizar. O pior cenário é termos alguém sub judice, afrontando tanto a Constituição quanto a Lei da Ficha Limpa, tirando a legitimidade, dificultando a estabilidade e a governabilidade do futuro governo e dividindo ainda mais a sociedade brasileira. A Lei da Ficha Limpa se aplica a todos.”

A que divisão o general se refere? Quer dizer que a divisão que deixa de lado e exclui ao menos 40% dos eleitores é inaceitável, mas as soluções que trazem todas as vontades para decidirem no voto qual é a majoritária é abençoada pelas Forças Armadas?

A entrevista, num momento de gravidade como este, deveria se limitar ao óbvio, à prudência, mas se aventura até a declarações simpáticas ao  candidato Bolsonaro que, com as ressalvas de imparcialidade insuficientes que faz, é descrita como a de alquem que tem  “apelo no público militar, porque ele procura se identificar com as questões que são caras às Forças, além de ter senso de oportunidade aguçada.

O general Villas-Boas agora é juiz de senso de oportunidade aguçado? O que seria este senso, chamar refugiados de “escória do mundo”, defender o fuzilamento de brasileiros com outras visões ideológicas, bater continência à bandeira americana numa churrascaria  ou propor a saída do país da ONU, em nome da qual o Exército exerceu tantas missões no exterior?

Quando a ONU, entretanto, fala dos nossos assuntos e nos cobra fidelidade aos tratados que assinamos, é “tentativa de invasão da soberania nacional”?

O General Villas-Boas, que mereceu tanto respeito de todas as correntes políticas por resistir, mesmo com enormes problemas de saúde, no cargo de comando para assegurar o equilíbrio da instituição militar parece, afinal, ter se rendido às pressões que vêm da baixa oficialidade e da parte do comando que se associa a “soluções”  extra-constitucionais como as defendidas anteontem pelo General Hamilton Mourão.

Aliás, parece que já se quebraram os valores centrais de uma força militar: a hierarquia e a disciplina, pois quem chegar agora de outro planeta há de jurar que é de Mourão o comando. Ou, pior ainda, daquele aos quais os quartéis estão sendo abertos para verdadeiros comícios.

Só isso explica que o seu comandante capitule diante deste quadro insano, onde justificam até um “autogolpe” militar.

Daí para se quebrar o respeito à vontade eleitoral da população e à Constituição que diz que é do povo que emana o poder, é só um pulinho.  Que é um salto perigoso e no escuro, que pode levar à divisão nas Forças Armadas e a uma aventura da qual os militares há 30 anos vinham se recuperando.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

78 respostas

  1. ESSE VELHO ENTREVADO TRAIDOR DA PÁTRIA,GOLPISTA,ENTREGUISTA,SERVO DOS U S A AMEAÇA AS LIBERDADES E TODOS OS DIREITOS DURAMENTE CONQUISTADOS. QUE SAIBA O CANALHA E SEUS IGUAIS QUE SUAS PRISÕES NÃO SERÃO SUFICIENTES PARA NOS ENCARCERAR,SUAS BALAS E SEUS FUZIS NÃO NOS INTIMIDAM E SUAS MÃOS NÃO TERÃO A FORÇA NECESSÁRIA PARA CAVAR COVAS RASAS,RESISTIREMOS COM NOSSAS VIDAS MAS CALAREMOS ESTA FARDA PODRE TRAIDORA DO BRASIL E DO POVO BRASILEIRO.

  2. Fernando Brito, à qual divisão das Forças Armadas se pode levar, à qual você se refere?????

    1. Havia uma tese que dizia que as FFAA se dividem entre nacionalistas e golpistas. Este general pertenceria à ala legalista. Se esses são os do nosso lado, imagina os do outro.

      1. O velho problema é que, como dizia o filósofo Millôr, os sábios são cheios de hesitação e os ignorantes atacam de supetão.

        1. millor é legal… “a história do brasil foi escrita pelos portugueses, daí o sotaque”

      2. O velho problema é que, como dizia o filósofo Millôr, os sábios são cheios de hesitação e os ignorantes atacam de supetão.

  3. É mesmo MUITO engraçado, se não fosse tão trágico.
    O Vilas Bôas e o Mourão deviam cuidar dos seus aquartelados, é pra isso que nós brasileiros, pagamos os seus gordos soldos!

    1. “O presidente Lula foi condenado por um ato de ofício indeterminado! (… ) A acusação e a sentença fundamentadas em relação a um apartamento atribuído a ele. (…)”
      Por Fernando Haddad
      em
      Governo Lula colocou o pobre dentro do orçamento, diz Haddad | PARTE 2
      https://www.youtube.com/watch?v=ZJwNhInkRHo
      .

  4. Se Villas Boas disse isso é porque seus companheiros dizem coisa muito pior. Ele não é um mártir da democracia, linge disso, mas está tentando segurar as pontas.

    1. Pode ser que o Villas Bôas esteja fazendo um grande favor ao país com suas declarações. Pode ser que ele esteja a avisar a todos sobre o risco que o país corre, em lugar de estar a ameaçar o país. Afinal, há um vídeo onde o Bolsonaro chama o Villas Bôas de “comunista”. Se estes radicais chamam um homem como o Villas Bôas de comunista, então gente como o Alckmin será para ele um stalinista. De fato, há tanta loucura de extrema direita propagada dentro das Forças Armadas, que pode-se ver sites com apelo militar que chamam o próprio general Geisel de comunista, certamente por suas posições ferrenhamente nacionalistas.

  5. Acabou a farsa, agora acredito que esteja tudo explicado, de Cunha ao STF. O golpe foi militar. Volto a ter a sensação de que Lula não deveria ter se entregado e que talvez não saia mais da prisão. Para mim as eleições também perdem totalmente o sentido. Será que alguém pode acreditar que seria eleito um candidato que afronte o golpe ? Estamos numa ditadura militar, o judiciário é apenas marionete de algo muito maior.

    1. O golpe foi dos endinheirados.

      A fortuna dos irmãos Marinho, somadas, é maior que a do Paulo Lehman. A Globo é uma espécie de “relações públicas” deles.

      Quanto às FA, são apenas os “leões de chácara” dessa turma.

      1. Discordo, quem dá golpe é quem tem armas. Nossos militares são submissos aos EUA e lá é que está o comando. Se Dilma tivesse o apoio das FA teria prendido os golpistas, naquele grampo que foi o tiro de misericórdia no governo. Esse golpe “vem de longe”, a turma de 64 nunca saiu do poder. O fracasso da comissão da verdade, as celebrações dos 50 anos do golpe de 64 e muitos outros indícios mostram que a batata estava assando há bastante tempo.

        1. Não se pode subestimar o corporativismo das FA, sem falar nas coisas que ferem o orgulho deles.

          O endinheirados, porém, detestavam Dilma.

          Também as FA nunca incomodaram a turma da bufunfa, seja em 64, seja no presente, assim como nunca vi oficiais de alta patente (da ativa ou não) fazerem comentários desabonadores pela imprensa sobre os tucanos – o braço político desses endinheirados. Só se sentem “motivados” a fazerem declarações moralistas quando envolvem políticos mais compromissados com o povo.

          Desnecessário dizer que a relação dos EUA com os endinheirados daqui é no estilo “uma mão lava a outra” – eu garanto a riqueza de vocês aí no Brasil e vocês tomam conta dos nossos interesses geopolíticos e de negócios. Chamem sempre a polícia (FAs) quando necessário, e se tiverem alguma dificuldade, damos uma ajudinha – daí a eterna sensação de nossas FA serem americanófilas e submissas.

          Quanto aos Marinho, desconfio que sejam grandes credores da dívida pública. Provavelmente fazem operações através de dezenas de empresas sediadas em paraísos fiscais – o tal “capital estrangeiro”.

          Como grandes rentistas que devem ser, ficaram irritados quando os juros reais foram a menos de 2% a.a.

          Usaram a sua empresa de “propaganda, lobby e relações públicas” para fomentarem o golpe. Não foi preciso (pelo menos até o momento) o emprego das FA. Não é de se admirar que eles mantenham penas alugadas, com Leitão e Sardenberg para todo dia exercitarem uma verdadeira”tara” em questões de politica monetária e terrorismo financeiro.

        2. “”Esse golpe “vem de longe”, a turma de 64 nunca saiu do poder.””, vide o temer, um marionete, sob o comando do Gabinete de Segurança Institucional, General Etchegoyen. Precisa desenhar?

    2. Sempre defendi de que o Lula deveria ter se exilado, mas ele foi confiar nesta “justiça” do Brasil, está ai o resultado.

    3. Puro terrorismo da direita, mas na hora de “Secá o bagaço” eles miam que nem angorá no sofá.

  6. “(…) A lei se aplica a todos(…)”

    Só quem nasceu ontem acredita nesse conto da carochinha.

    Globo, cadê o DARF?

  7. Foi oficialmente declarada a ditadura midiático-judicial tutelada pelas forças armadas. Em português claro: se ganhar as eleições um candidato que não esteja afinado com o golpe, será impedido de tomar posse.

    #EusouLula

  8. Não se enganem! Os militares estão prontos e desejosos de se aventurarem em uma nova ditadura, pra eles Revolução. Convivo no ambiente de caserna e percebo de perto que não aceitarão resultados nas urnas que contrariem suas vontades. Lá o PT é uma quadrilha comunista comedora de criancinhas. Preparem-se para uma nova luta por democracia. Somente o voto não bastará!

  9. O radar do Projac aponta para o cancelamento das eleições acompanhado do fechamento do regime!

    Nem a eleição do Fernando LULA Haddad será acatada pelos nazigolpistas!
    “Golpe não tem retorno!”
    Ademais, “é o petróleo, estúpido”!

      1. Prezado e consciente Gurgel xavante, agora escuta mais essa…

        $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

        BARROSO CENSURA A PALAVRA LULA PARA PREJUDICAR HADDAD E O PT

        Depois de afrontar o Comitê de Direitos Humanos da ONU, que determinou ao Brasil que garantisse os direitos políticos de Lula, mantido como preso político para não disputar uma eleição que ele venceria com facilidade, o ministro Luis Roberto Barroso acaba de tomar mais uma decisão inusitada: censurou a palavra Lula nos comerciais do PT; “Luís Roberto Barroso acaba de mandar que o PT tire qualquer referência ‘escrita, oral, pictográfica ou gráfica’ à candidatura de Lula da propaganda, para não induzir o eleitor ao erro”, informa o colunista Lauro Jardim; derrotar o PT interessa sobretudo à Globo e às petroleiras internacionais

        9 DE SETEMBRO DE 2018 ÀS 15:47

        (…)

        FONTE: https://www.brasil247.com/pt/247/poder/368218/Barroso-censura-a-palavra-Lula-para-prejudicar-Haddad-e-o-PT.htm

        1. … Lembram do repto proposto pelo ministro Gilmar Mendes?
          “Feche o seu escritório de advocacia, ministro Barroso!”
          Ao vivo e em cores pela TV Justiça e quetais!

          Este Barroso é mais um nazigolpista a ter um telhado de vidro que dá para recobrir o Maracanã e entorno!

          1. … Senhores togados e milicos, pode-se citar o nome Luís Inácio […] da Silva?
            Data venia!

        2. É, Messias. O Partido do MP e do Judiciário já não tem pudor em disfarçar o desejo de apagar Lula da História. Mas sabemos que quanto mais tentam amordaçar, mais Lulas nascem em todo lugar.

    1. … E ‘tá’ mais fácil o Mourão assumir do que “o paciente” Bolsonaro!
      Dá para entender um pouco do que foi conversado entre os donos da Globo/CIA com o Bolsonaro nas vésperas do ‘sFAKEamento’?

  10. O general Villas Boas é um militar desonrado pelas suas atitudes e deve ser julgado pela sua opinião e ameaças como uma lesa pátria. Não respeita os interesses do Brasil na sua integridade territorial, as suas jazidas minerais, as empresas estratégicas e os interesses geopolíticos.Alinhou-se completamente aos interesses dos EUA. Um incapaz lambe botas. Não precisamos de exército com esse comando subalterno. Vergonha!!!!!!

  11. O “ministro de barro” Barroso proibiu qualquer menção a Lula no programa do PT. Clara tentativa de não transferir os votos de Lula à Haddad. Tentam de todo jeito barrar a candidatura da esquerda. Guilhotina nele!

    1. Guilhotina é queima de arquivo.

      Deveríamos interrogá-lo antes a quem ele está se submetendo, ou sendo chantageado.

  12. Alguns estão a falar que os militares disseram de modo explícito que não aceitarão outra vitória nas eleições de 7 de Outubro que não seja a vitória de Bolsonaro. E que o Bolsonaro seria a porta de entrada supostamente legítima para um governo do país pelos militares em geral. Neste caso, qual a agenda dos militares para governarem o país? A moralidade, a “purificação da corrupção”, a honestidade e a “ordem”, embora sejam belos princípios, não preenchem uma agenda governamental para um país de 210 milhões de habitantes. Um país em crise. Qual a agenda dos militares? Promover a inclusão dos marginalizados, ou tentar a esterilização dos pobres, tal como foi tentado na década de 60 do século passado? Recuperar a riqueza do petróleo que os entreguistas doaram às empresas do Big Oil, ou ajudar os entreguistas a doá-la? Os militares vão pegar uma batata quente terrível nas mãos, e não vão suportar levar nas costas um país gigante apenas com ardor patriótico. Seria terrível para o Brasil uma desmoralização completa por impossibilidade de governança das suas próprias Forças Armadas. O país poderia entrar em uma convulsão como jamais foi vista na história do mundo. Os militares precisam entender que só a democracia sem adjetivos e sem manobras políticas do poder judiciário, à qual eles podem perfeitamente dar sustentação e garantia de existência, é que pode levar o país novamente para os trilhos da ordem, da paz e do progresso.

    1. ATENÇÃO, ESQUERDA PACHORRENTA!
      Assuma, imediatamente, uma unidade mínima, convoque as instâncias internacionais, converse com o povo…
      Do contrário, seremos abatidos definitivamente antes de “levantarmos o voo dos votos”!
      Traduzindo o cenário mais agudo: está mais fácil o Mourão assumir a presidência em comparado com as atuais chances do “paciente” Bolsonaro!
      Dá para entender um pouco acerca do que foi conversado entre os donos da Globo/CIA com o Bolsonaro nas vésperas do ‘sFAKEamento’?
      Sim, o regime vai fechar!

    2. Meu maior temor é esse! O PT pode até ganhar, mas as forças do mal não deixarão ele assumir. Globo à frente!

      1. Os militares precisam compreender que a Globo já não comanda a opinião pública nacional. Por isso mesmo, os militares correm o risco de se contraporem aos interesses do povo brasileiro, cada vez mais consciente de seus direitos e de suas potencialidades, bem como das riquezas e potencialidades de sua Pátria, agora sofrendo processo de expropriação. E é muito lamentável que muitos militares ainda acreditem piamente em historias da carochinha do tipo “o Fórum de São Paulo, que é comandado por Lula e por Zé Dirceu, está arregimentando centenas de milhares de soldados para tomarem o poder e implantarem um regime comunista cruel no país e no continente”, ou então do tipo “Ursal” ou de qualquer outra coisa que confunda nacionalismo com comunismo. É um equívoco tão primitivo que causa enorme vergonha que nossos militares tenham caído em alguma lavagem cerebral que produza tão infantis “convicções”. O Brasil precisa de consciência e profunda capacidade de análise da realidade, e não de imersões em fantasias infantilóides espalhadas por mercenários a serviço interesses que não são os do país.

  13. O General não acha que é atentado à soberania nacional a entrega do pré-sal aos estrangeiros. Pré-sal que estava bancando a educação e o SUS.
    O General não acha que é atentado à soberania nacional entregar a Embraer com o recém lançado avião cargueiro à Boeing.
    O General não acha que é atentado à soberania nacional entregar a base militar de Alcântara aos americanos.
    O General não acha que é atentado à soberania nacional abrir mão do projeto nuclear brasileiro.
    O General não acha que é atentado à soberania nacional a visita ao estaleiro do nosso submarino nuclear por militares americanos.
    O General não acha que é atentado à soberania nacional a venda de nossas empresas de defesa (misseis) aos israelenses.
    O General não acha que é atentado à soberania nacional treinar tropas americanas em guerra na selva na Amazônia, onde somos peritos.
    O General e seu estado maior deveriam ser submetidos a um processo penal militar por traição. Ser aliado de outro país é uma coisa. Permitir a entrega de nossas riquezas e nossa estrutura de defesa é outra bem diferente.
    Demissão e IPM para o General. Mas o golpista vai fazer ouvidos de mercador. Mercador da soberania nacional.

  14. As declarações do general Villas Boas é de um sofisma cínico.

    Esse cinismo é perigoso, pois foi o mesmo que sustentou as barbaridades dos homicidas que agiram livremente ao comando militar, para executarem adversários ideológicos/políticos.

    Cabeças pensantes que nos fazem falta hoje, professores e intelectuais assassinados friamente por cínicos militares.

    O sofisma e o cinismo do general é fácil perceber, principalmente quando diz sobre a legitimidade do vencedor.

    Ora, o que legitima é o voto do povo e todas as pesquisas indicam Lula como líder absoluto, bem como o potencial de transferência de seus votos, tudo provado, demonstrado pelas pesquisas caras. Logo, a legitimidade é mais que autêntica, pois o povo até aceita o voto “quem Lula indicar”. Isso é a eleição.

    Agora, em pleno domingo, a censura covarde sobre a participação de Lula. Lula apoia não é Lula candidato, e é assim que aparece na legenda.

    Essa é a ordem que obedecem servilmente aos obscurantistas, pois está direcionada à comunicação social. Está na palavra e em seu valor simbólico e semântico, é evidentemente um abuso, um autoritarismo. Está acontecendo neste domingo o pior, com mais essa vergonha do ministro Barroso, é o autoritarismo na prática atual, histórico, marcado nefastamente.

    Soma-se a isso, a outra parte do cinismo se encontra ao dizer que a lei da ficha limpa foi aplicada ao Lula, isso é mentira, pois não foi aplicado o artigo complementar que o próprio TSE cedeu a outros candidatos. Nesse caso, o cinismo é o mesmo do judiciário e da mídia familiar, que dizem Lula inelegível quando os recursos ainda não foram transitados em julgados, direito dado a outros candidatos nestas mesmas eleições. Ora, se é direito aos outros e não ao Lula, isso é imoral, parece um absolutismo monárquico.

    Já disse o Frei Sérgio: ‘O que não queríamos no Império se preservou no Judiciário. Precisamos enfrentar essa casta’

    Será a quinta eleição do PT, portanto é a quinta vez que o povo escolhe o PT. Não tem como empurrar goela abaixo na realidade social uma pauta e ideologia que vem perdendo as cinco últimas eleições brasileiras.

  15. Artigo 5, Constituição Federal, inciso XLIV – constitui crime inafiançável e imprescritível a ação de grupos armados, civis ou militares, contra a ordem constitucional e o Estado Democrático;

  16. Estão esticando a corda com juca e tudo porem, podem nos levar a uma Syria, serio que não vai ser como 64 pois somos milhões e vamos resistir:#LULALIVREJÁ.

  17. Prezado Brito, não há um (ou mais) lapso(s) na sequência “A que divisão o general se refere? Quer dizer que a divisão que deixa de lado e exclui ao menos 40% dos eleitores é INACEITÁVEL [ ?!!???!!!! Ou, pelo contexto, ACEITÁVEL ? Destaque nosso, a ser revisto pelo editor], mas as soluções que trazem todas as vontades para decidirem no voto qual é a majoritária é abençoada pelas Forças Armadas?” ?… Confira aí…

  18. O exército está dentro do golpe desde o início. Caso contrário teria evitado o “impeachment” com “tweets” no JN ou com tanques mesmo. Não há mais Marechais Lott. E sinto informar ao generais que haverá sim Comissão da Verdade, pois em algum momento, o Brasil irá se redemocratizar. Pode demorar 5, 10, 20 30 ou mesmo 100 anos, mas a verdade aparecerá, isto é inevitável.

  19. Isso é uma ameaça?
    Olhem o que está acontecendo na venezuela!
    Militar e EUA juntos tentando derrubar Maduro e acabando com o País.

  20. Sr Eudes Silva, não se esqueça quem fez tudo isso aí .
    tá usando sua munição contra vc mesmo

  21. Eles estão no limite do desconforto.Vão perder no voto
    Todos sabem. Qualquer candidato que tiver apóio de Lula ganharia. Mas as forças neoliberais já estão no comando no Brasil. Eles investiram pesado para este golpe. A única força é as forças dos Brics estarem aqui. Principalmente Rússia e China. A China principalmente não vai deixar barato e tão pouco a Russia. Que situação explosiva esta o Brasil é aguardar para ver. Espero que respeitem as urnas. O voto do povo.

  22. O digníssimo Aécio criou jurisprudência na eleição passada. Ou é um dos nossos ou não valeu! Se por acaso ganha um Ciro ou um Haddad é isso q farão no dia seguinte. Fora o problema de com quem os dois iriam compor maioria parlamentar… O brasileiro faz tempo terceirizou a cidadania. Prefere ser alienado, individualista, só pensar nos amigos e na família, quando muito. E terceirizou para figuras como esse general os destinos do país. E quem está acima dele na hierarquia que poderia repreendê-lo?! Não tem! E o mais incrível! No tempo do golpe de 64 haviam vozes dircordantes dentro das FFAA, muita gente foi punida! Hoje com redes sociais, internet etc não se houve um muxoxo sequer q possa ser entendido como discordante! Eles conseguiram a unanimidade! Coisa difícil entre apenas 2 brasileiros o q dirá então numa corporação inteira! Nós sempre tivemos uma democracia meia boca. Nunca conseguimos investigar os crimes da ditadura como fizeram os países vizinhos. A Polícia Militar mineira sob governo de um petista e com praças com nível universitário e oficiais formados em Direito bateu em professores de escolas infantis do mesmo jeito que os com pouca instrução escolar batiam nos tempos da ditabranda. E agora com a desculpa da intervenção no Rio os militares aproveitaram para recuperar o ministério da defesa

  23. Vindo de uma anta que só sabe marchar, bater continência e dar ordem unida, não é de se espantar.
    O milico brasileiro é o mais inculto, desescolarizado, desequipado, desequilibrado, medíocre, incompetente e apátrida dentre todos os exércitos do planeta.
    A prova disso é a atual declaração infanto-juvenil, amadora, sem sentido, burra, partidária e inconsequente de seu líder, que não consegue ficar de bico fechado, sabedor de que seus dotes mentais são escassos e anêmicos.

  24. Calma! O Brasil não é de nenhum general. Não conheço os dados que dispõe, mas se tiver feito as contas erradas pode ter de se levantar da cadeira e procurar seu rumo. O povo, mesmo espoliado, com perdas de direitos e sem perspectivas, diante do golpe que os generais apoiam, não parece tendente a mudar sua escolha por ELE (o iluminista, Ministro Barroso não deixa mais falar seu nome). ELE/Haddad/Emanuela, por mais que façam por mais que se esforcem para que seja o contrário, estarão no páreo, ao menos no segundo turno, e não será para perder. Se o nome d’ELE puder ser pronunciado, dá primeiro turno. Para frente vamos ver o que acontece. Não dá para ter medo de urros fora da Lei e da Constituição. Atropelando as Leis e a Constituição, no caso do general não respeitando a hierarquia, todos podem. O Judiciário o faz todos os dias (o ministro Barroso acabou de atropelar tudo, até a liberdade de imprensa), mas tudo será valorado no tempo, quando chegará a conta. Todo este passivo está registrado. Vamos ver até que ponto desrespeitam o urro das urnas. Lula livre, Lula, lá.

  25. Esses militares brasileiros juntos com ,PF, MP, e todo judiciário têm que responder em uma corte marcial.

  26. Às vezes eu acho que esse país não tem mais jeito não. Eu me pergunto como é que pode um general, comandante do exército, falar tanta impropriedade em uma única entrevista. Há mais de 70 anos não nos envolvemos em guerras ou conflitos, e desde então nossos militares não deram nada de significativo ao país. Aliais nos últimos meses, quando parte da sociedade esperou uma manifestação em defesa da preservação das nossas riquezas, do nosso patrimônio, da Petrobrás, dos nossos campos de petróleo, esses senhores não se moveram, não falaram absolutamente nada, e sequer se opuseram à venda de Embraer, a nossa última jóia da engenharia brasileira -empresa fundada /comandada por oficiais da aeronáutica.

    Causa perplexidade que o general que serve a um presidente que negocia dinheiro na garagem do palácio, não se manifeste, continue servil e depois aceita que o exército participe dessa patuscada que é a intervenção federal no Rio de Janeiro.

    Porque alguém que se submete a tudo isso vem falar que a eleição deve ser assim; esse candidato pode; aquele não, fala em não aceitaremos isso e aquilo.

    Nossas forças armadas mal equipadas, treinadas, sem equipamentos e sem tecnologia provavelmente, não teriam sucesso nem em conflito hipotético, com o vizinho Paraguai, um país pequeno e bem ais pobre que o nosso.

    Com as forças armadas com um cenário desses porque se meter em política baixa, partidária? porque não lutar para equipar e preparar as nossas tropas para a defesa nacional?

    General, militares, acordem, mantenham o foco na sua atividade.

  27. Hoje revi Dr. Strangelove, no Brasil ” Doutor Fantástico” do genial Stanley Kubrick, cujo subtítulo é “Como aprendi a parar de me preocupar e amei a bomba”, com uma antológica interpretação de Peter Sellers fazendo três personagens, incluindo um cientista alemão (o tal Dr. Strangelove) preso numa cadeira de rodas cujo braço insiste em fazer a saudação nazista!

  28. Deixem de ser paranoicos, ele somente falou a realidade, vários políticos foram impedidos d3 disputar eleições e com Lula não pode ser diferente. Além do mais ele nao tem 40% de votos,tem os tradicionais 30% que sempre teve no primeiro turno. Coloquem outro candidato na disputa,trabalhem por ele é que seja o que Deus quiser.

  29. E OBVIO QUE AS ELEIÇOES JA ERAM, URNAS FRAUDADAS PRA GANHAR PRO BOZONARO, MARQUEM AI NAS SUAS ANOTAÇOES. DEMOCRACIA MORREU, SENDO QUE ESSE CARA ESTA FALANDO ESSAS BESTEIRAS A TEMPOS E O JUDICIARIO NÃO FAZ NADA. DESCULPEM A CAIXA ALTA PESSOAL.

  30. Essa CIA,…….. não, não, não, ….. isso é teoria da conspiração…. jingo bell, jingo bell. …. Papai Noel bem que poderia me dar uma democracia de presente, aguardemos o velhinho no natal. Paciência, quem tem a informação tem o poder e nós brasileiros não temos.

  31. Sinto-me decepcionada porque vi muitos atos importantes desse Comandante, sobretudo no período daquelas manifestações que rogavam pela saída de Dilma, e mesmo enquanto rolava o massacre a Presidente que terminou como todos sabemos. Mesmo nesse últimos tempos, durante essas disputas eleitorais, as poucas palavra dele nunca deixaram dúvidas de que ele discordava de um novo regime militar, etc.
    Ao ver aquela entrevista com Morão, e vi muito pouco pra não perder meu sono, pelo menos enquanto ele reconhecia que Míriam Leitão sofrera torturas, foram inquestionáveis e importantes a intervenção da jornalista batendo duro, até se chegar àquela declaração odiosa de que Os heróis também matam, dali eu pus em dúvida se realmente a Globo estaria de acordo com a volta dos militares, ou se, por um acaso, poderia a turma de agressores de Haddad e da vice de Ciro estavam encenando uma novela com final triste. Somente passado u ida, vi um jornalista, que assistiu a toda a entrevista traçar as diferenças de tratamento entre os entrevistados, ao dizer que para Morão foram servidos pão de queijo e café.

  32. Enfim, eu não perco as esperanças de mantermos nosso regime uma democracia porque, se por um lado Bosonada tem um percentual bom nas pesquisas pelo grosso de seus eleitores, por outro, tenho observado que nem todos os militares são a favor dele. Em nenhuma corporação existem pessoas com as mesmas ideias, ainda mais em se tratando das FA, que formam um conjunto imenso de soldados, nacionalistas, patriotas.
    Quem está se mordendo para ver o partido dos trabalhadores fora de todas s eleições, decretando a morte do partido, são muitos, e não apenas gente da elite, basta ver a turma de garotos pobres, de periferia que pensa o mesmo, daí estarem ao lado do capitão. Acho que o poderoso Temer é que, mesmo sem apoio da população, sem poder pôr o nariz de fora, é quem está dando as cartas.

  33. Incapaz de tutelar segurança pública, se dá ao desplante de tentar tutelar a democracia. 25 anos levaram no poder, com poder absoluto, e sequer nos dotaram de armas nucleares e tecnologia de foguetes, coisa que India, Paquistão, israel e até a minúscula e embargada Coréia do Norte conseguiram por ter militares que têm por inimigos os que estão além da fronteira e não dentro.

  34. É claro que este General não está falando em nome das Forças Legalista que existe. É claro que ele fala para um Falastrão, boquirroto e borra botas igual o Vice do Bolsonaro. Alguém deve dar um conselho (se é que ele precise), acredito que não, pois como sabemos o General psicologicamente e fisicamente não suportará ser exonerado do cargo e recolhido a um quartel. Ele deve estar falando em nome destes falastrões, boquirroto e borra botas como o vice do Bolsonaro.
    Mas, é bom o General pensar antes de falar, pois como a maioria sabe:tudo que acontece no Brasil passa por Minas, “então”

  35. Todos corrompidos, todos dominados, juízes,militares,políticos golpistas, mídia golpista. O que fizeram com este país.

  36. Lembram da “Revolução” de 31 Março, pois é né! O comandante me parece da 5.ª Região (mais poderosa etc e tall tentaram dar um Golpe por São Paulo, bastou o General Olimpio eriçar o couro da testa aqui em Minas e a turma miou de vez. Se os Paulistas tivessem “topado” seria uma carnificina total. Será que esta turma tá como dizem os Mineiros ” querendo dar uma topada”???

  37. Aqui em Minas tem um ditado que é: Mineiro, não corre de medo de barulho na folha, nem tem medo de rastro de onça. Vamos dar uma “topada”???

  38. Quem coloca MERDAlhas nos peitos (2) __çerjiou murrow__ ((juiz ladrão)) // Hulk // prefake joão ESCÓRIA (ladrão) // willian waack // . . . por serviços prestados a tal ”’pátria dele”’, não podia sair boa coisa daquele focinho, ainda mais defensor do BOÇALnaro e Jumento Sentado. Engraçado que ainda pensam que estão ajudando o Brasil!!!!! Pergunto a DEUS até qdo a DIREITA farão de nossos ouvidos, pinico!!!!!

  39. Postadores do Tijolaço: Esta conversa de General é como aquilo rodando nágua. Tudo que acontece no Brasil tem que passar por Minas. Não há como atalhar e deixar Minas de fora. O Povo Mineiro está c e andando pra eleição, Esta conversa de General é para Paulista ouvir e fazer terrorismo. eu quero ver é a hora “secá o bagaço” como os mineiros dizem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *