O Globo: “olavetes” voltarão a comandar MEC “xinga, xinga”

Para quem – inclusive eu mesmo – tinha dúvidas que a sandice na gestão da Educação brasileira ia continuar, a notícia de O Globo é devastadora:

O novo ministro da Educação Abranham Weintraub , indicado nesta segunda-feira para o cargo pelo presidente Jair Bolsonaro , deve reconduzir à pasta ex-alunos do ideólogo de direita Olavo de Carvalho , demitidos pelo então ministro Ricardo Vélez. De acordo com uma fonte do Palácio do Planalto , o ministro também deverá exonerar militares colocado na área por seu antecessor
A lista de exoneração é encabeçada pelo tenente-brigadeiro do ar Ricardo Machado Vieira nomeado para o o cargo de secretário-executivo do MEC há dez dias. Para o lugar deverá ser indicado Eduardo Melo, que havia sido exonerado por Vélez do posto de adjunto na Secretaria Executiva do MEC, no dia 11 de março.

Alguém que manda fazer “o que o professor Olavo faz: xinga, xinga” não merece nem ser professor, quanto mais ministro da Educação.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

22 respostas

  1. mas pensem comigo
    se o traste do eleito acha que Olavo de Carvalho é o máximo da inteligência,
    quem voces querem que ele indique pra educação? um seguidor de Paulo Freire?

    1. Dá para sentir que o Velez, um consumado tapado, era bem mais inteligente do que este novo figura. Ele não sabe que hoje os israelenses vão ao Nordeste para aprender com os cientistas nordestinos técnicas avançadas de agropecuária do semi-árido para que possam aplicá-las lá em sua terra. É um desinformado completo, um achista ousado, um farrapo sub-intelectual. Se a intenção dos bolsonaristas é acabar com a educação, eles não estão entendendo que não é por aí que vão conseguir. Não é nomeando furiosos incompetentes que vão conseguir seu intento de destruição. Precisariam ter método, coisa que eles abominam por princípio ideológico. Estão pecando por excesso de esculhambação.

      Uma coisa é certa: Sentindo-se como filha dileta do Tio Sam, o que supostamente a faz mais forte do que os militares brasileiros, a corrente olavista quer se impor como dominante absoluta no “governo” Bolsonaro, e não aceita conciliar com seus colegas da ala militar. Os olavistas exigem a rendição incondicional e a submissão completa dos militares brasileiros às imposições deles, sem qualquer questionamento. Isto está provado pela intervenção do olavista de naturalidade americana Steve Bannon, que emitiu “uma ordem” para que o vice-presidente General Mourão faça sua escolha: Ou se cale, ou renuncie a seu mandato.

      1. perefito
        só acho que eles sabem sim tudo que o Nordeste tem pra ensinar , mas jamais vão declarar isso

        esses dias uma bolsonarista afirmou que o exércoto de bolsonaro está fazendo poços no nordeste
        fui atrás pra saber do que se tratava, achei várioscanais do You Tube falando dos feitos do exército de Bolsonaro que começou agir antes mesmo dele tomar posse etc etc
        e aí colocam vídeo com nordestino chorando de alegria… só que esse vídeo é de 2013… e tem reportagem da Globo dessa mesma época

        é nesse nivel que esses canalhas atuam

  2. Mais da mesma sopa. Escorrega no fogo e cai na brasa. Nada é tão ruim que não possa piorar, esse o lema do atual governo.

  3. Eu acho isso tudo normal.
    Quando Globo, Record/evangélicos e judiciário patrocinaram o golpe, nada poderia ser diferente do que está aí.
    Vai piorar pra todo mundo. inclusive pra elles.

  4. Já disse que mudou-se apenas uma varejeira fétida por outra. A [email protected]#$% continuará a mesma. o propósito é destruir a educação pública e assim justificar a privatização do sistema.

    1. E também: negro nazista, nazismo de esquerda e pobre de direita.
      Tenho certeza que, se procurarmos, acharemos no governo algum nazi-comunista…

  5. Pode nomear quem quer que seja pra qualquer ministério, repartição, o que seja. Esse governo não tem gente qualificada para nenhuma área. E ponto.

    1. Concordo. Ao longo de minha já longa vida, nunca vi um ministério de tão baixa qualidade, composto por tantos imbecis e incompetentes.

  6. O que o Olavo de Carvalho e o Bozo estão fazendo é tirar os generais para bobos, estão mais atolados no governo Bolsonaro do que Vaca em Brejo, e não sabem como sair da entalada.

  7. De mal a pior. Dá desespero. Seria esperar muito se ele escolhesse até alguem mais ou menos. Segundo paulo henrique o bozo não cai porque a elite financeira continua ganhando muito dinheiro com a ciranda financeira, com o cassino Brasil. Para ela é indiferente q o povo seja massacrado. Considera simples dano colateral.

  8. Próximas nomeações do ministro/aluno do Olavo( professor de física quântica pré-maternal):
    – Debby, Loyd, Lelé, DaCuca, 3 Patetas ,Professor Aloprado ,Goofy, Pluto , Oliver Hardy&Stan Laurel, Chaves e Chapolin Colorado.
    Time de peso na Educação, o que irá garantir a liderança do brasil em Inteligência Reversa.

  9. parece q o do vídeo é o irmão mesmo do tal abraham mas não faz muita diferença já pensam igual e mabos participaram tanto da feitura do programa do bozo quanto da transição do governo temer. Só muda o sobrenome, um ficou com os portugueses e o outro preferiu o europeu q em geral indica alguém q professa o judaismo

  10. Note-se que o novo ministro da Educação, Abraham Weintraub, submisso às ideias anti-Renascimento e anti-Iluminismo do astrólogo obscurantista Olavo Carvalho, manda que as pessoas comuns passem a “xingar” todo e qualquer interlocutor com quem ele se encontrar doravante. Para bom entendedor, o serviçal olavete do nazista J. Bolsonaro, que não me representa, instiga os brasileiros a se guerrearem em caso de divergências intelectuais. Ele prega a guerra civil. Isso é crime. Ele cria as condições para ser submetido a investigação pelo Ministério Público e pela Polícia Federal, e os resultados devem implicar o presidente que o empregou em processo de impeachment.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *