O jogo das pressões

clamorstf

Não haverá, como disse aqui, “folga” para os ministros do STF até o dia 4, quando volta à pauta o habeas corpus de Lula.

Com alguns dias, foi possível saber como a “viagem” de Marco Aurélio Mello, sacada com maestria – e até assumindo um desgaste pessoal -, acabou impedindo uma manobra, possivelmente combinada entre Cármen Lúcia e Luiz Edson Fachin, para criar um fato consumado.

Fachin daria seu voto contrário e, como a ordem de votação se iniciava com Alexandre de Moares e Luiz Roberto Barroso. 3 a zero contra Lula e julgamento suspenso pelo “adiantado da hora”. Segunda-feira, o TRF confirmaria a sentença e -feito! – Lula seria preso às vésperas ou durante a Semana Santa, tranquilizando quem tem medo da repercussão de sua detenção.

Com Lula já na cadeia e um placar altamente favorável, o quarto voto, de Rosa Weber, na sessão de reabertura da votação, cobraria um preço muito maior para ser dado em favor do ex-presidente.

O movimento de Mello e a presteza com que a defesa pediu de imediato a liminar de salvo-conduto desmontaram a estratégia torpe de manipulação do julgamento, começada com a antecipação do julgamento do habeas corpus em lugar das ações de inconstitucionalidade, de alcance geral e, por óbvio, muito mais adequadas, pela impessoalidade.

Agora, será pressão diária.

Os batedores de panela remanescentes – agora que a turma do Kim entrou no seu ocaso midiático – gritam nos jornais. Três deles – Eliane Cantanhede, no Estadão, e, em O Globo, Ascânio Seleme e Merval Pereira vociferam contra o Tribunal.

Invocam o pecado de que o STF mude sua jurisprudência por um habeas corpus, convenientemente esquecidos de que foi através de um habeas corpus que se estabeleceu esta inconcebível decisão de “revogar” o princípio constitucional da presunção da inocência.

Acenam com o “perigo” de que a decisão represente a libertação de centenas, milhares de condenados em segunda instância, como se todos não estivessem vendo, até pela reação dos “heróis” da Lava Jato que a decisão apenas poria fim a um conjunto de atos praticados com muitas motivações, menos a de fazer justiça.

Tudo isso porque se apavoram com a possibilidade de que Lula, em liberdade, frustre os planos de afundar de vez o Brasil no autoritarismo.

Fazem pressão, todo o tempo, com a ajuda da “Carminha” que não se envergonha de antecipar, no rádio, o voto que dará em favor desta violência.

Mas não têm para onde apontar, porque tudo que este processo de destruição da política conseguiu produzir foi um personagem sinistramente caricato: Jair Bolsonaro.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

30 respostas

  1. Personagem caricato de patológico mesmo. Seus seguidores pagaram o mico do ano em Floripa dia 24/03/2018 foram , sem ser convidados ( vou exagerar havia uns trezentos https://uploads.disquscdn.com/images/813d01982702d0d33095327729d0362d47ab2ac9d998f8a99df0310a3267b989.jpg ) para a praça vociferar. E olhe o que aconteceu: cheiraram bunda e bosta de cavalo o dia todo. Bem ha gosto para tudo. Eles preferem cheirar bunda há praticar democracia, o que aliás nem sabem o que é. Mas a caravana passa e os cães ladram.

    1. Não tinha 300 nem a pau…eu estava lá. E há que se ELOGIAR a ATUAÇÃO da PM que foi altamente profissional e correta…Isolou os retardados e jagunços, pobres de direita. Tanto que na saída, havia um desvio feito pela PM, para a galera do Lula e da Paz, saísse pela Praça 15, sem contato com os debilóides ! E víamos os Jagunços pegando táxi ou ônibus para irem embora…Ou seja, Rico de Direita não tinha um só…Então devemos ser justos ! Quando é para criticar e denunciar os abusos da PM ou de qualquer Polícia, fazemos com veemência. Mas devemos ELOGIAR com a mesma força, quando agem com educação e profissionalismo.

  2. Antever-se um hercúleo trabalho para desfazer-se os danos causados ao País por esse continuado golpismo instalado nos 3 poderes, massageados pela Mídia impatriótica engajada politicamente e incentivadora do ódio que atinge boa parte do estame social.

    1. Prezado Gurgel, como o ditado antigo e popular: “sapo de fora não coacha” ou melhor, ele já está na caverna, desculpe-me, reserva… kkkkkkkk

    2. Antigamente, Mourão servia para amarrar burro.
      Agora, aparece um Mourão burro que se amarra no burro do Bolsonaro.
      Só mesmo entre golpistas para se encontrar tamanha burrice!

  3. O Mecanismo do Netflix é um pastelão recheado das mais gordas fake-news da história. A célebre frase do Caju ao Sérgio Machado, em que ele fala em estancar a sangria com Supremo e com tudo, foi colocada na boca do Lula, como sendo uma fala dele. Este Mecanismo consegue ser o maior escândalo político do Hemisfério Sul, uma propaganda de direita de baixíssimo nível que cobre de vergonha o país, e consegue ser pior do que a presença nefasta do Temer na presidência.

    1. Não digo que tenho pena, mas sinto muito pelo Selton Mello. Mais um do qual ficarão apenas as lembranças boas do que fez quando era outro, como o Auto da Compadecida e da Lisbela e o Prisioneiro. Não há como voltar atrás, ele vai ter, infelizmente, o mesmo destino do Simonal, sendo que o Simonal foi injustiçado, o que disseram sobre ele não era verdadeiro. O Selton Mello, único talento que realmente importa em um mar de mediocridades sem substância, não tem como negar o que fez. O Artista sem um guru do bem, pode tornar-se uma arma letal da maldade.

      1. Acho Selton Mello um ator dos mais medíocres que apareceram no mundo. É um gordinho com cara de palhaço de circo, mas que se acha bonitão e galã. Pior é que os diretores(sic) brasileiros acreditam nisso, e aí a coisa fica parecendo o Oliver Hardy do “Gordo e o Magro”, fazendo papel de James Bond.

    2. Coxinhas não estão assistindo porque a prisão de um inocente injustiçado naufragou de forma contundente, e quem é a favor do Brasil e contra o Golpe ,certamente jamais assistirá essa chanchada mal feita,pobre e mentirosa.
      A Netflix vai se entupir com essa tranqueira , que em 15 dias estará completamente desatualizada,fora de contexto e esquecida.
      Mais um tiro de canhão no pé dos aloprados da “ultra direita radical apátrida fundamentalista terrorista golpista”.

  4. cara na minha opinião a melhor coisa pro lula hoje.é ir preso.só assim desmonta todo este stf que só tem bandido
    e outra isto pra só vai engrandecer mais.e deixar estes golpistas com a cara no chão perante ao mundo

  5. Brito, concordo plenamente com seu artigo. Vão colocar a faca no pescoço de Rosa Weber até o dia 4 de abril. Até lá, faltam dez editoriais farsescos da Globo, Folha e Estadão, dezenas de notinhas plantadas da lava-jato no antagonista pelo “agro-jornalista” Mainardi, dezenas de minutos do Jornal Nacional com todo tipo de ameaça aos ministros e várias “orientações jurídicas” emanadas pelo decimo segundo ministro do STF (Merdal). Na sessão do dia 4, Rosa Weber vota antes e, caso ela sinta a pressão, o Lewandowski tem que pedir vistas. Entrará para o panteão de heróis nacionais ao tirar um inocente da prisão.
    Passada essa etapa só restará aos golpistas duas estrategias que serão trabalhadas ao mesmo momento:
    1. toda pressão no judiciário pela cassação da candidatura do Lula que mesmo assim tendo êxito só ocorrerá com a campanha eleitoral em pleno movimento;
    2. Como Lula está solto cai a ficha da mídia golpista que a única opção viável eleitoral é o Bolsonaro e assim vai começar a vestir pele de cordeiro no troglodita e defender apoio de partidos para a chapa dele de modo a melhorar o tempo de TV.

  6. Essa tal carminha vai se desbotar a tal ponto que no futuro será lembrada por sua insignificância.

  7. Se os ministros do STF agissem com respeito à Constituição e acato aos próprios votos de casos anteriores poderia pensar que o julgamento do dia 4 de abril já estaria decidido. Os votos dados (e todas suas justificativas verbais) pelos ministros Weber, Lewandowsky, Mendes, Tófolli, Mello e Celso de Mello, não haveria como duvidar do resultado.
    No entanto, estamos no Brasil, onde esses mesmos ministros já se mostraram totalmente submissos da vontade da mídia golpista que verbaliza em nome da Casa Grande e seus seguidores.
    Todo cuidado é pouco. Manter a pressão é fundamental.

  8. Brito, o juizeco deve comparecer amanhã ao Roda Morta. Ele anunciaria a prisão do Luiz no dia seguinte. Por favor, assista ao programa e depois nos conte.

  9. Brito, o juizeco deve aparecer amanhã no Roda Morta. Ele anunciaria a prisão do Luiz. Por favor, assista e depois nos conte.

  10. Esses três e mais alguns outros que agora vociferam contra o STF, valem menos que um cocô de pombo doente.
    Se o Tribunal e os Juízes tiverem um mínimo de personalidade e imparcialidade, darão uma banana para esses fanáticos da ultra direita midiática atrasada, ignorante e traidora do Brasil.

  11. Sinceramente, o momento é tão deplorável, tão medonho, de tanta baixeza moral de certos personagens, que vou me atrever a diluir essa imundície com um toque de humor pastelão. Lembrei–me daquele personagem que dizia: GENTALHA, GENTALHA.

  12. Cada vez mais estou convencido de que a Globo não manda no Brasil como já mandou. Eu não vejo a Globo há anos e, nem por isso, deixo de acompanhar o desenrolar da vida nacional. Estou seguro também de que os ministros experimentados do STF não estão nem aí pra Globo. A base do trabalho deles é a CF, e somente os fracos se redem às pressões espúrias dessa emissora.

    1. em que planeta vc mora desde a campanha pró-impeachment contra a Dilma ??? Dizer que o stf não se rende as pressões ou não participa do golpe ,é piada ,ou …

  13. Pior de tudo é que enquanto o usuário de fraldas mourão ( será superlativo de moro ? ) acusa o stf de frouxo, pelo motivos errados e um bando de criminosos atacam a comitiva de dois ex-presidentes em Sta Catarina , ninguém vê o que realmente importa ao destino da nação brasileira.

    Agora os criminosos membros do mpf atacam o programa nuclear brasileiro , afirmando com estardalhaço e sem provas ( como de praxe ) que houve super faturamento no PROSUB, sempre com grandes manchetes na mídia podre.

    Fica cristalino os objetivos da lava-jato, desmontar o Brasil, destruir nossa soberania e entregar nossas riquezas ao capital estrangeiro, todo o resto é pirotecnia, aliás , como bem afirma o LULÃO.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *