O pior dia da pandemia: já mais de 1.500 mortos só em SP e MG

Tudo indica que o Brasil terá hoje o pior resultado em perdas de vida em toda a pandemia.

São Paulo, com 1.193 mortes e Minas Gerais, com 314, somam um total que, em apenas 2 estados brasileiros, antecipa um total pavoroso de óbitos para o país.

Embora haja nestes números alguns “acertos” de registros atrasados pela estúpida mudança de critérios de registro feita há dois dias pelo Ministério da Saúde, reflete o avanço da doença, justo no dia em que São Paulo e Rio começam seus “lockferiados” paliativos que, embora sem a rigidez necessária, algum alívio devem nos dar, no médio prazo.

Porque , no curto prazo, aguarda-nos mais horror por, também apenas em Minas e São Paulo, foram mais de 35 mil novos casos, o que deve fazer o total brasileiro voltar aos 100 mil novos infectados confirmados em 24 horas.

O Instituto de Métricas e Avaliações em Saúde da Universidade de Washington prevê, num cenário conservador, 400 mil mortes até o fim de maio.

Um quadro como este não é compatível com meias medidas, é preciso agir já e não ficarmos perdidos em reuniões sucessivas onde não se dá um passo adiante, apenas se tenta fazer Bolsonaro dar passos atrás em sua loucura genocida.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *