O resto do pó apareceu, afinal. E não cabe na mala

Há dois dias, este blog fez, solitariamente, a pergunta “onde está o resto?” sobre a mala exibida na foto que apresentava a carga de cocaína com a qual um sargento da tripulação de um dos aviões da comitiva presidencial tentara entrar em Sevilha, na Espanha, semana passada.

Por uma razão muito simples, que desde o início aqui foi levantada: 39 kg de cocaína não são volume pequeno, que possa ser ocultado com facilidade e burlar um mínimo de segurança que houvesse no carregamento de bagagem na aeronave.

Hoje, a Guarda Civil espanhola divulgou fotos da apreensão. E é só olhar a imagem acima, à direita, para ver que não era possível acomodar todos os pacotes na mala apreendida.

Não são roupas, que possam ser comprimidas, mas pacotes que já são prensados e, por isso, não vão diminuir de volume.

Não é “teoria da conspiração”, é apenas o perceber que uma história está mal ou apenas parcialmente contada.

A imprensa brasileira, tão atenta para outros escândalos, não se interessa em saber os detalhes deste caso?

Está satisfeita com a cândida história de que um sargento, um belo dia, recebeu a oferta de um desconhecido para carregar 39 quilos de cocaína num avião presidencial, pegou a mala, embarcou e desembarcou na cara de pau com um peso que é quase o de um saco de cimento?

O sargento lá está incomunicável? Tem um advogado? Tem colegas que serviam com ele? E os outros tripulantes? A Guarda Civil, a esta altura, já enviou o caso a um tribunal? O sargento tem advogado, disse o quê em seu depoimento?

Sevilha não é no interior da África. Fica a pouco mais de 1 hora de voo de Lisboa ou Madri e a duas horas e meia de Paris, com passagens que custam perto de 900 reais. Não tem um correspondente que vá até lá?

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

46 respostas

  1. Nada a estranhar o Brasil hoje é governado pelo crime organizado, que se sustenta no tripé: milícia e no trafico de armas e drogas. Tudo a ver com o governo do Bolsococa.

    1. Não é de hoje. A milícia tomou relevância no governo Garotinho. O governo Garotinho foi retratado no filme “Tropa de Elite 2”. A partir de Garotinho a milícia vinha crescendo silenciosamente. Foram elegendo os seus políticos. Não preciso mencionar alguns deles. Atualmente cresce, no Rio, espalhafatosamente. Não acreditem nas reportagens de incursões pela polícia contra determinadas quadrilhas de milicianos. É só tomada de ponto. Polícia contra polícia!! Observem que houve a reportagem sobre a ação da milícia no bairro da Praça Seca no Rio. Em que milicianos cobravam taxas dos moradores. Mas não cobravam de militares. Nenhuma ação policial foi feita na Praça Seca. Fizeram em outra área, que não deve ser da mesma facção.

  2. … Ô ‘Sargento Vaza Coca’ do Bozo, na Espanha não há Gilmar Mendes!
    Ou seja, delata, logo, desgraçado!
    Ou morrerás nas masmorras dos narcotraficantes transnacionais!

  3. … Ô ‘Sargento Vaza Coca’ do Bozo, na Espanha não há Gilmar Mendes!
    Ou seja, delata, logo, desgraçado!
    Ou morrerás nas masmorras dos narcotraficantes transnacionais!

  4. Voltando à vaza jato: a mídia golpista está criticando os métodos de moro, mas não está questionando os resultados. Também deve estar acontecendo uma disputa entre setores do deep state ianque em que não há interesse em alterar os resultados da lava jato em relação à entrega do petróleo e tudo mais, mas apenas mudar quem está no poder por algum outro grupo político (tucanos?).

      1. Mas serve de bandeja. É pegar a caneta Bic e cair de focinho! Daria pra fazer carreira radial, brincar de turbina de avião e tudo! Nessa era de iPad, Spotify, Netflix, aposto o kg faltante que o tal do CD ia ser um achado!

    1. Que nada!!! O sargento foi o boi de piranha!! A carga pesada mesmo estava no avião do Bozo!!!

      1. Não foi atoa que eles desviaram a rota e não pousaram na Espanha após a prisão do sargento mula.

  5. Pois senhor Sergio Roberto,A VERDADE,é uma PROSTITUTA,que viveu,vive e espero que não viva muito mais,sempre esteve do lado de quem À PROSTITUE.Regra geral,quase que sem exceções,com AS ELITES RICAS DA SOCIEDADE DE CLASSES.

  6. Não apareceu, não. Como assim, 39kg? Por que não 40kg? Onde ficou 1kg (provavelmente o pagamento ao mula), no avião para usar na volta?

  7. A “Grande Midia” brasileira é uma CADELA a serviço das elites de MERDA !
    Mas não adianta, a VERDADE vai aparecer.
    A Espanha não é Brasil !

    1. A tal “grande” mídia, realmente é grande,mas na canalhice, na cretinice, na hipocrisia e no cinismo. Não é a mídia em si, mas sim os donos que se auto proclamam de “empresários da comunicação”, e seus puxa sacos, os pseudo jornalistas sabujos nojentos.

  8. Simples: Não é notícia, nada do que o Brito pergunta vem ao caso. Talvez pudesse interessar a um jornalismo rastaquera como o do Intercept, né !

  9. Desde o dia da apreensão circularam fotos sobre a apreensão em jornais da Espanha e Europa com as duas malas onde estavam as drogas e não era uma simples maleta como divulgou o PIG. Lula, durante entrevista cedida ao Sul 21, descreveu como é feito o embarque da bagagem nos aviões, do pessoal de assessoria, ministros e do presidente, observando uma rígida rotina de segurança. Têm gente muito graúda por trás deste tráfico. Continuando preso na Espanha, já que se trata de tráfico internacional de drogas, este sargento irá, em breve, cantar como um passarinho, dando nome aos bois.

  10. Envia o deputado federal Aécio Neves para fazer uma investigação e exigir uma CPI do Pó Militar ????????????

  11. A imprensa brasileira repercutiu de forma satisfatória o caso do helicoca do Perrella? E o caso do triplex dos Marinhos? Repercutiu como deveria a lavanderia Mossak Fonseca? Pois é.

  12. Kkk…Só se fosse do PT, Brito. Aí tinha plantão na porta do Tribunal em Sevillha. Agora, é importante que se acompanhe pois a Polícia e Justiça Espanhola não vão deixar barato esse caso. Certamente eles vão querer saber quem são os verdadeiros donos da “farinácea”.

  13. Engraçado né a imprensa era tão preocupada na época que faziam matérias até sobre o pedalinho e as caixas de vinho do Lula, mas não se preocupam com 39 kg de cocaína no avião presidencial do Bolsonaro…

  14. Quando esse fato veio a tona, falei na hora que tem gente com graduação em cima dos ombros e não na lateral do braço. Esse caso vai ficar igual o do Heli Coca!

  15. A globo não noticia o que não quer.
    É estrondoso o silênico da globo sobre o escândalo moro criminoso e a única possível razão é que ela está enfiada até o pescoço nas ilegalidades criminosas do moro. É só esperar novas revelações.
    A globo não faz, nunca fez jornalismo, sempre vendeu versões de fatos que lhe interessa e como lhe interessa. Como será ser “jornalista” da globo? Olho para a cara dos que aparecem na gnt e no “estúdio i” e me pergunto quanto custa toda aquela abstração com a realidade jornalistica.
    Há como não chama-los de bandidos? Bandidaços!

  16. A Guarda Civil espanhola certamente vai saber a quem se destinava a droga e quem a enviava. Se não houver conluio entre governos, “a verdade nos libertará”.

  17. E não é que a Mirian Leitão deu um jeito de colocar o PT e Bolsonaro no mesmo saco de gato da Reforma. O PT tem dois votos contra uns 40 da base do Governo, mas a mulher inventou um “Bolsonaro e PT saem derrotados na Reforma”.

  18. Sempre achei que o sargento preso é boi de piranha. Resta saber se a polícia da Espanha engoliu essa. Parece que sim.

  19. A destruição da nossa democracia se deve em grande medida à falta de uma imprensa compatível com a dimensão do Brasil. Glenn Greenwald demonstrou essa grande carência, a falha, a lacuna que não está aí por acaso. Foi criada pelo Cartel da Mídia, o sócio majoritário dos golpes e das ditaduras.

  20. Quem é hoje o chefe supremo das milícias que controlam o trafego de drogas no Rio? Quem?

  21. kkkkkkkkk. o sargento. É sempre assim. Bota a culpa no moleque. SÓ que ele foi preso na Espanha e não no Brasil. Policia brasileira, não cante de galo. Foi a da Espanhaaaaaa.

  22. Está mais do que claro que a droga não foi apreendida em malas e que o sargento taxado de mula qualificada pelo vice-presidente Hamilton Mourão parece estar assumindo como boi de piranha para que os demais traficantes do avião presidencial (oficiais e pilotos da FAB) não fossem arrolados pela polícia espanhola. E mais: não estaria a polícia espanhola quebrando o galho da FAB?

  23. Primeiro mentiram que o transportador de farinha trabalhou para os presidentes anteriores. Agora ninguém fala em ir atrás dos contatos telefônicos, da conta no banco, com quem o empresário de transportes falava por email, no zap no feici, etc. Com essas informações é fácil chegar no chefe e no financiador da “parada”. Çejumoro só quer pegar o Glenn e quer manter o Lula Livre preso. O Bolço segue fazendo e falando melda. Gal. Helenão já deu o seu potente soco na mesa por conta da exportação autônoma?
    Está mais fácil desvendar essa quadrilha do que levar a Formula Um para o rio.

    1. “Está mais fácil desvendar essa quadrilha do que levar a Formula Um para o rio.” (by emerson57)
      Tá facim, facim, quem é o miliciano insano eleito presidente e que tem ligações múltiplas com as milícias do Rio de Janeiro?

  24. A imprensa criminosa brasileira foi infectada pelo morismo: não vem ao caso investigar o caso dos 39 kg.

  25. Porra, Fernando, os caras não conseguem levantar a bunda pra ir a Fortaleza – a Maceió da atualidade – vão a Sevilha?!
    Tás brincando!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.