ONU leva 2 anos para avaliar caso Lula e MPF diz que ela foi “precipitada”

A falta de argumentos plausíveis do Ministério Público para contestar a decisão do Comitê de Direitos Humanos levou o ilustre procurador Maurício Gerum, que afirmou, em parecer, que considera “precipitada” a decisão que reconheceu a Lula o direito de ser candidato e o de, nesta condição, poder expressar-se.

“Precipitada” uma decisão que integra um caso apresentado há mais de dois anos ao Comitê pela defesa de Lula?

Se alguém é “precipitado” é o Ministério Público, que coloca esta questão em um processo em que, sequer, a decisão da ONU havia sido invocada, por datar de antes do comunicado do órgão das Nações Unidas neste sentido?

Desculpem a brincadeira, num caso tão sério, mas lembra a história do “foi quem está  com a mão amarela”  dos tempos da adolescência, sobre fedores inesperados.

O fato é que a decisão causou uma barafunda no Ministério Público, que de tempos para cá passou a se achar “o melhor do mundo”, embora tomado por decisões de delegado da roça.

Um importante – e anti-Lula – auxiliar de Rodrigo Janot na área de acordos internacionais,  o Procurador Vladimir Aras, segundo relata o blog do Marcelo Auler, embora creia que o ex-presidente deve ser declarado inelegível adiante, afirma que  é obrigatório “o cumprimento, pelo Brasil, da decisão cautelar expedida pelo(s) relator(es) especial(is) do Comitê de Direitos Humanos do PIDCP, para evitar o perecimento do direito político de concorrer às eleições”.

O MP, por seus punhos de renda, está impedido de usar a argumentação bruta de Jair Bolsonaro e dizer que a ONU é um “covil de comunistas”, embora boa parte de seus integrantes sinta uma compulsão reprimida de dizê-lo.

Sai-se, portanto, como provavelmente se sairá outro aspirante a aristocrata, o ministro do STF Luiz Roberto Barroso, com essa tirada para “boi dormir” de que “o pessoal da ONU é bobinho” e foi iludido pelos advogados de Lula.

Se “bobinho” não chega ao STF, imagine se chega a ser eleito pela comunidade internacional para integrar o Comitê da ONU…

 

 

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

35 respostas

  1. A questão central é que a decisão do comitê de direitos humanos deixou o mpf e o stf atordoados. Querem excluir Lula do jogo de qualquer jeito, mesmo que o “árbitro de vídeo” mostre que eles estão equivocados. Pra figuras dos dois poderes, o único anglo que interessa é o deles, de donos da verdade. Direitos humanos para Lula não vale. Mas ficarão marcados aqui e lá fora.

  2. Esperar o quê de um procurador ligado ao golpe? Ele tem que falar o que a Rede Golpe quer para sair no Jornal Nacional. Agora essa declaração da ONU cristaliza que Lula é um preso politico e serve para calar a midia golpista que ficou em saia justa. Como falar em legalidade se não acatam determinação da ONU.

  3. Agora sim, o procurador “Gerimum” deu sua opinião decisiva. O mundo está boquiaberto diante de tanta sabedoria e conhecimento.

  4. Se a ONU foi precipitada,que dizer do revisor do TRF4 que leu o processo do lula à media de 2000 paginas por hora?O Procurador Gerum achou normalissimo né?

    1. GERUM É MEMBRO DO PARTIDO MAÇÔNICO GOLPISTA FASCISTA ELITISTA DO BRAZIL!
      QUANDO A DEMOCRACIA VOLTAR…

  5. já se ouviu: ” Por quê a ONU não toma conta do PAÍS DELES??” ( Deve ter sido na Av. Paulista)

  6. Enchem a boca para falar de direitos humanos, controem uma trajetória de defesa deles, agora, tomaram um toco da ONU e estão como baratas tontas, pois a decisão do comitê lhes é contrária. Se fosse a favor deles, estariam festejando: ” viram como tinhámos razão?”. Hipócritas, vão morrer abraçados com o diabo e jogarão no esgoto suas respectivas biografias. Para quê? Para cometer um crime contra o povo brasileiro, cassar o candidato com 48% dos votos válidos.

  7. Cara, sabe o que estou ADORANDO nesse golpe? Ele está nos mostrando que nossa “elite” não passa de um bando de brucutus empodeirados. Eu acreditava que nossa direita era essencialmente egoísta, mas mantinha-se no topo porque muitos dos seus possuiam algum tipo de inteligência… ledo engano, não passam de boçais acovardados, montados nas costas da estrutura administrativa. Ficou claro que o maior problema de se permitir que maçonarias e outros clubinhos mandem no Brasil é que retardados e canalhas que o bom senso, a seleção natural ou mesmo a meritocracia deixariam longe do Poder hoje estão decidindo a vida e a morte de dezenas de milhões de brasileiros. Isso é uma das nossas grandes tragédias.

    1. Meu amigo, a ONU disse que o Estado brasileiro deverá garantir que Lula seja candidato. Aí vem o Sardenberg da Globo e diz que a ONU errou, porque tinha a obrigação de saber que no Brasil há separação de poderes e “o poder judiciário é independente do Estado”. O que pensar diante de tamanha toupeirice? São mais tapados que um macaco na cumbuca.

      1. Alecs, os “especialistas” e “comentaristas” da Rede Esgoto de Televisão, em sua quase totalidade, são de uma idiotia sintomática, basta assistir Sardenberg, Miriam Porcão, Alexandre Garcia.

      2. Na cabeça daquela mula adestrada, o judiciário brasileiro não faz parte do estado brasileiro, ele seria um “estado” separado!

    2. Mesmo pensamento que eu tinha, que tragédia o destino do pais e de vidas estar nas mãos sujas desta gente.

  8. Procurador quanta ignorância! Nem parece alguém que estudou direito internacional.procuradir da roça!!

  9. O pior de tudo é saber que são os nossos impostos que pagam os salários desses picaretas, que estão envergonhando o Brasil como país, os brasileiros enquanto nação, fazem injustiça atrás de injustiça, massacram o melhor presidente que os brasileiros já tiveram….mas, a resposta virá nas urnas, o povo vai votar 13 , o povo vai votar LULA , o povo vai votar PT…. Depois precisamos acertar as coisas no judiciário, a quem cadeia, cadeia…a quem rua, rua, e sem direito e sem choro…

  10. Todas as hipóteses para esta perseguição ao Lula são condenáveis, mas qual será a mais revoltante(principalmente os nordestinos) ?
    a) Preconceito ideológico e partidário
    b) Desconhecimento das leis e da constituição
    c) Grana (BUFUNFA. MONEY, CACAU, CASCALHO…)
    d) Preconceito etnico (sulistas europeizados condenando um nordestino de Garanhus)
    e) Ódio de classe

    1. f) Ordens de Tio Sam, sabedor de que Lula porá o Brasil de volta entre as potências econômicas se voltar ao governo.

  11. O MPF faria um grande favor ao país se mantivesse sua boquinha fechada neste caso. Quando a abre só causa mais e mais vexame.

  12. Isso é uma piada. A falta de argumentos razoáveis faz com que o ser humano despenque para ridículo. No momento é isso que podemos dizer de grande parte de nossas autoridades.

  13. MPF incoerente, age durante feriados e na calada da noite contra Lula e, após 2 anos de análise, a decisão da ONU é que é precipitada? Como classificar esta manifestação cínica e facciosa?

  14. Discordo do que disse o procurador Vladimir Aras dizendo que o Lula poderá ser declarado inelegível até setembro, acredito por ser ficha suja. O que o comitê da ONU deu a entender no comunicado, é que a sentença do triplex deva ser suspensa por não ter sido julgada em última instância. Com essa suspensão, o Lula deixa de ser ficha suja e pode concorrer ao pleito normalmente. Por essa razão que foi dito, que tem que se preservar todos os direitos políticos do Lula.

      1. Porque esta e’ uma outra questao, a do cumprimento provisorio da pena antes do processo transitar em julgado. E, como promete o documento da ONU, o merito da condenacao de Lula sera’ julgado pela ONU no inicio de 2019. Desta vez foi tratado apenas os direitos politicos de Lula, de concorrer ‘a presidencia considerando que enquanto o processo estiver em tramitacao, em qualquer nivel, ele continua com seus direitos humanos e politicos intactos. E isto, muito importante, e’ totalmente consistente com toda a legislacao brasileira, em todos os niveis. Esse papo de inelegibilidade pela ficha limpa e’ conversa de golpista. Em 2016, 145 candidatos a prefeito estavam em situacao analogo ‘a de Lula agora, e 70% deles estao governando seus municipios.

      2. Por que isso será tratado quando o Comite de Direitos Humanos fizer a deliberação final, no próximo ano. Medidas liminares são soluções que denotam urgência, e neste caso claramente identifica que os direitos políticos de Lula tem que ser preservados até que se esgotem todos os recursos e que o julgamento seja justo. Assim, era necessário um pronunciamento de urgência da ONU para que o direito de Lula concorrer não seja irremediavelmente prejudicado. A urgência tambem atinge o direito de Lula a ter acesso à imprensa e ao conjunto político que sustenta sua candidatura.

  15. A decisão é CAUTELAR, exatamente, pela iminência de dano irreparável.
    Sabendo da exiguidade do prazo, a estratégia dos golpistas é empurrar com a barriga e assim descumprir a decisão.
    Portanto, a defesa deve denunciar imediatamente o descumprimento.
    O PT precisa investir tudo na mobilização popular. Pressão total.

  16. Ainda que o processo de Lula na ONU fosse recente, o fato de ter sido proferida a decisão em caráter liminar é por si só caracterização da urgência. O que estão fazendo é linchamento, como diz Paulo Moreira Leite, e para linchadores não interessa a razão e a lei.
    O procurador é desonesto pois sua argumentação se alicerça numa falsidade, que ele alega ter sido a base para a tomada de decisão do Comitê, ou seja o fato de que Lula está preso. Tanto é falso que das 3 ações peticionadas pela defesa de Lula ante o Comitê a única que não foi atendida diz exatamente respeito à liberdade imediata de Lula. O que mostra por si só que a prisão de Lula nunca foi condicionante da decisão do Comitê e desmascara a falsidade do procurador. O Comitê diz textualmente “até que todos os recursos sobre sua condenação tenham sido completados em procedimentos judiciais imparciais e sua condenação seja definitiva”, ou seja a base da decisão é de que a presunção de inocência não esta sendo aplicada e pode por isso gerar prejuízo insanável, daí por que a decisão é de urgência (liminar).
    Barroso, o narcisista arcaico que se acha “o iluminado” se proclama iluminista. O combustível que abastece a lamparina que “alumia” Barroso é sebo… de pavão. Na blogosfera já o marcaram na paleta com o epiteto de “Boi-Sol Alumiador”.
    Como dizia o Barão de Itararé, de onde menos se espera daí mesmo é que não sai nada.

  17. Tipico do judiciário golpista, onde ser tapado, ignorante, lacaio e traidor, preenche os requisitos.

  18. Precipitados são eles em condenar inocentes só para satisfazer os seus egos e dos golpistas.

  19. A cada dia me enojam mais o judiciário, o ministério público e a polícia federal, a cada dia fico mais convencido de que, se depender dessa gente, nunca teremos justiça no país.

  20. O Brasil precisa urgentemente de melhorar o processo de admissão nos concursos públicos para evitar que gente desqualificada técnica e eticamente conquistem vagas no serviço público despreparadas para tal.

  21. A grande dúvida que surge é: será que há exame psicotécnico e neurológico nos concursos do MPF? Pelo andar da carruagem e pelo tamanho das vergonhas já tornadas públicas……..é de se desconfiar que não sejam exigidos esses exames…..

  22. Se isso é uma verdade ( https://www.brasil247.com/p… ), que se manifestem oficialmente, à população do Brasil, o governo brasileiro, em especial, a Casa Civil, Ministério de Relações Exteriores e seu Chanceler e Ministério da Justiça, aliados aos poderes Legislativo e judiciário, PGR e mídias que defendem o golpe se, reconhecem como oficial esse documento e, se o mesmo é verdadeiro ou não.
    Chega dessas pessoas/autoridades, de tratarem os cidadãos e o povo brasileiro, como se todas as pessoas fossem, talvez, como imaginam, sem noção, sem inteligência, alienados, omissos e marionetes.
    Outrossim, se o tal documento que está sendo divulgado agora, pela a mídia alternativa, for verdadeiro, há que se formar uma convicção legal de que, várias autoridades estariam incorrendo em crime constitucional, por mentirem sobre a autoridade do documento da ONU e por se negarem ao seu imediato cumprimento, uma vez que se trata de peça jurídica internacional, fruto de Tratado Internacional sobre Direitos e Justça, que o Brasil é signatário.
    Essa, é minha opinião de cidadão leigo no assunto mas, um dos milhões de cidadãos interessados, na solução constitucional e legal, verdadeira e justa. O resto, que resistem à sua aceitação e cumprimento legam, com todo respeito, não deveriam está onde estão, como juízes do povo.Avante brasileiros e, monitoria nas atitudes dos formadores de opinião que sabendo e conhecendo por profissão, a verdade e as causas, se concentram, apenas, nas consequências das informações, sem bem informarem nem instruírem o povo.
    São as nossas sugestões e contribuição.
    Sebastião Farias
    um brasileiro nordestinamazônida

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.