Perseguido e preso, Lula só cresceu. E se soltarem, vence…

Os ‘gênios’ da análise política, que gostam tanto de fazer análises eleitorais baseadas em pesquisas, deveriam fazer um exercício simples, consultando a evolução de pesquisas feitas com a mesma amplitude, metodologia, pelo mesmo instituto de pesquisa e para o mesmo cliente.

Fiz uma rápida consulta à série de pesquisas da MDA para a Confederação Nacional de Transportes.

Em fevereiro de 2016, já às vésperas do golpe que deporia Dilma Rousseff, o líder em intenções de votos era Aécio Neves, com quase 25%, contra 19% de Lula.

Hoje, Aécio anda se escondendo, fugindo até de uma candidatura ao Senado e em dúvidas mesmo se conseguirá ser deputado.

Lula, depois daquela pesquisa, sofreu a condução coercitiva pela Polícia Federal, a sentença de Sérgio Moro, a confirmação desta pelo TRF-4 e, afinal, a prisão e o isolamento numa cela em Curitiba. Em maio deste ano, porém, pesquisa idêntica lhe dava 32,4% dos votos, praticamente o dobro do segundo colocado, Jair Bolsonaro.

Dá para perceber em que resulta a monstruosa perseguição que fazem ao ex-presidente? Ainda mais somada ao quadro de degradação da economia brasileira que todos eles diziam que iam reverter, num passe de mágica?

Meteram-se num labirinto fatal. Mantido preso, Lula cresce; se o soltarem, Lula vence.

Os ritos democráticos, seja na Justiça, seja no processo eleitoral, tornaram-se uma barreira, mesmo com todos os recursos que dispõem, para que consigam a continuidade de seus políticas de desmonte do Brasil.

E sabem que, se passarem pelas eleições, por algum milagre, não terão como governar.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

22 respostas

  1. ELEIÇÃO 2018: PERSEGUIÇÃO TOTAL X BLINDAGEM TOTAL

    Lula: Preso sem provas, perseguido por Moro, perseguido por toda grande mídia, perseguido pela PF e Ministério Público
    LÍDER DAS INTENÇÕES DE VOTOS

    Alckmin: Solto mesmo estando na lista de propina da Odebretch e com diversos escândalos envolvendo seu nome. Perdeu Foro Privilegiado e foi poupado da investigação por Moro. Enterrou 66 CPI´s em seu Estado, onde controla o Ministério Público. É capa da IstoÉ, defendido pela Folha, pela Veja, Globo, Jovem Pan e toda imprensa nacional. Acordo com todo Centrão 100% corrupto da política nacional.
    IRRELEVANTE NAS PESQUISAS DE VOTO

  2. Perfeito. Manteve as variáveis constantes e escolheu cliente insuspeito. Não há o que coxinha reclamar.

    “evolução de pesquisas feitas com a mesma amplitude, metodologia, pelo mesmo instituto de pesquisa e para o mesmo cliente.”
    “série de pesquisas da MDA para a Confederação Nacional de Transportes.”

  3. A mídia e o judiciário erraram na dose. Passaram do ponto tanto na perseguição midiática, quanto na jurídica, o que acabou trazendo a verdade à tona.
    Além disso, foram com muita sede ao pote, ferrando os trabalhadores e os pobres e beneficiando, em contrapartida, as grandes empresas, os bilionários, os rentistas,. Acabou dando na vista.
    Isso sem falar na escancarada transformação do Brasil em propriedade privada da plutocracia mundial.
    Se os brasileiros não conseguirem reverter esse quadro ainda esse ano, seja nas eleições, seja de qualquer outra forma, então somos um caso perdido.

    1. Concordo com quase tudo, mas se o golpe conseguir vencer a eleição, não estará de modo algum legitimado porque o processo todo terá sido ilegítimo. Terá sido apenas mais uma extensão de “arranjos” antidemocráticos. E não somos um caso perdido de jeito nenhum. Pelo contrário, estamos muito, muito, muito adiantados em nossa jornada de libertação. Estamos enfrentando os últimos dragões guardiões do Mal antes da conquista final de nossa independência definitiva, e é natural que estes sejam os mais perigosos dragões, o que exigirá de nós muita astúcia para passar por eles.

      1. Alecs, admiro seu otimismo quanto a já estarmos preparados para o grande combate. Gostaria de partilhar sua visão, mas estou cética quanto a obtenção de sucesso no final desta jornada.

  4. O que é nossa justiça está fazendo é INOMINÁVEL. A história saberá classificar as ações de nossa justiça contra Lula, como uma das façanhas mais canalhas de todos os tempos. Todos os que têm responsabilidade por esta barbaridade, têm seu lugar reservado na latrina da história que merecem.

  5. A esquerda brasileira sempre foi burra. Prestes acreditava que o TSE não cassaria o partido. Cassou e no dia seguinte as sedes foram invadidas. Logo depois Dutra perseguiu sindicatos e estudantes.
    Lula acreditou na Justiça, está em cana.
    Agora o exército coloca a cabeça de fora.
    A esquerda burra acredita que vai ter eleições.
    Se é para perder, a grande burguesia não vai deixar perder e, perder, vai ganhar de alguma maneira.
    Quando o ovo da serpente chocou, as esperanças acabaram. Ou é povo na rua ou babau.

  6. O maior dilema dos golpistas é esse: se fraudarem as eleições e vencerem (com Alckmin, Ciro ou Bozo), estarão condenados a governar. Dois anos de Temer já afundaram o Brasil. Imagine-se mais alguns anos dessa mesma política neoliberal… Eles sabem que estão, com isso, gestando uma explosão popular furiosa, que vai fazer a greve dos caminhoneiros parecer um piquenique.

    1. é, Roberto, condenados.
      com a pessima diferença de que pesará em nosso lombo, serão alvo de tanta chacota quanto Neymar.
      Este ultimo, voces viram, desde ontem um patrocinador -desses que pretende fazer barbas- sentiu a porrada da chacota em seus (dela, da empresa) fundilhos e cometeu um ANUNCIO do tipo piegas vitimista…
      pra ver se limpa a barra do jogador.

  7. A CF…aquela cidadã que tem sido vilipendiada , se impõe aos golpistas e cria os estertores do golpe que assistimos hoje.

  8. Falácias. Lula solto não ganha por um simples motivo: ele está inelegível. Isto tão simples de entender quanto o fato de que o Brasil perdeu a Copa para Bélgica e França. É uma triste realidade, o judiciário está sendo sim injusto, mas o quanto antes enfrentarmos o mundo como adultos, melhor será. Quem achar isso ruim, pode reclamar com a dona Dilma, aquela que deixou PF e MPF soltos para “acabarem com a corrupção”.

    O que ninguém fala é que o Lula tem 47% de rejeição, ou seja, com muito custo ganharia. Trabalhando como transferidor de votos nadando contra a rejeição ao PT, o poste apontado pelo Lula não ganha no segundo turno nem mesmo do Bolsonaro, quanto mais do Alckmin.
    E aí ? Com a esquerda desunida ao redor de um inelegível, qual candidato o Tijolaço vai apoiar no Segundo turno: Alckmin ou Bolsonaro?

    1. Acho tão curioso pessoas como você afirmarem categoricamente que Lula está inelegível, sem sequer haver uma decisão judicial para tanto (o MBL bem que tentou antecipar a decisão, mas até a Rosa Weber se envergonhou de avalizar tamanho descalabro)!… O “wishful thinking” seu e de seu candidato pode não funcionar, já pensou nisso? E, ainda que o fato aconteça, ninguém aqui está disposto a jogar a toalha…
      #LulaPresidente
      #ChoraCirominion

  9. É 13 !!! É LULA !!! É 13 por LULA !!! Estaduais, federais, senadores e governadores, cada um de esquerda vote pelo seu partido, vote pelo seu candidato…mas para Presidente, todos de esquerda, todos progressistas DEVEM VOTAR 13 por LULA nosso melhor presidente que está preso arbitrariamente… LULÃO MERECE ISSO !!!!

  10. Agora, além do LULA, só conseguirão interromper o processo, cassando 60 milhões de votantes já declarados ao enorme LULA.
    Terão que cassar, no mínimo, 60 milhões de votos.
    Se deselegeram o LULA terão que assumir a eleição do bolsonaro.
    Cassarão 60 milhões de votantes, maduros e conscientes e que passaram por cima da desinformação da globo.

  11. LULA DEVE DAR ENTREVISTAS

    A hoje presidente do Supremo Carmem ‘Procrastinadora’ Lúcia na leitura do voto a favor da liberdade de expressão:

    “Sem verbo, há o silêncio humano, às vezes desumano. Por isso, a Constituição do Brasil e todos os textos declaratórios de direitos fundamentais (…) garantem como núcleo duro da vivência humana a comunicação, que se faz especialmente pela palavra. O princípio era o verbo. No direito, o princípio e os fins definem-se em verbo. O sentido, o saber e o sabor da comunicação humana que conduz a sua história, de cada um e de todos, põem-se na palavra. Palavra liberdade e convivência para a libertação das pessoas e dos povos. Na ciranda de roda da minha infância, alguém ficava no centro gritando: ‘Cala a boca já morreu. Quem manda na minha boca sou eu’. O tempo ensinou-me que era só uma musiquinha, não uma realidade. Tentar calar o outro é uma constante. Mas, na vida, aprendi que quem por direito não é senhor do seu dizer não se pode dizer senhor de qualquer direito. Também aprendi que a vida conjuga-se no plural. A garantia de falar do outro, que me cumpre hoje, juíza, garantir, pode ter como conteúdo a minha própria vida”.

    https://www.pragmatismopolitico.com.br/2018/07/carolina-lebbos-mando-de-quem-lula.html

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.