Pesquisa BTG “amarra” Ibope: subida de Haddad não esmorece

Há duas coisas importantes na pesquisa encomendada pelo Banco BTG Pactual e só a segunda delas são os índices obtidos pelos candidatos.

Explico: é um levantamento telefônico e, por isso, mais sujeito a distorções, seja na amostra, seja na resposta e completamento das entrevistas, às quais se responde com um teclado de celular.  Por isso, é difícil o “ajuste fino” das respostas, embora haja fórmulas de ajuste, tecnicamente têm mais  valor ao identificar tendências do eleitor.

Há duas dignas de nota, como você vê na série reproduzida acima. Pela primeira vez, num intervalo de um mês e cinco pesquisas, Jair Bolsonaro não elevou seus índices e, de outro lado, Fernando Haddad não esmoreceu seu ritmo de crescimento; ao contrário, foi mais forte (1% ao dia, na média) na última semana  que os 0,57% médios nos sete dias anteriores.

Além disso, ainda no campo dos números, é mais uma a deixar para trás um suposto “empate técnico” entre Haddad e Ciro Gomes, deixando o Datafolha numa incômoda solidão.

O mais importante, porém é que a pesquisa “amarra” o Ibope de hoje à noite, como já havia feito o levantamento do Datapoder360 na sexta-feira. É virtualmente impossível que, mesmo mais modesto, não se registre um crescimento significativo de Fernando Haddad em relação aos 19 pontos registrados na pesquisa anterior.

E, ainda,  um estreitamento da vantagem do candidato de extrema-direita. Não há fatos novos que pudessem justificar seu crescimento, passado o momento agudo da agressão a faca que sofreu e, ao contrário, o noticiário negativo sobre as mulheres e a volta da CPMF, em qualquer análise, são prejudiciais ao seu desempenho.

A esta altura, com uma diferença em torno de dez pontos, o discurso mambembe do “voto útil” em Ciro por uma hipotética ( e microscópica) vantagem no segundo turno é mais wishful thinking de seus dignos apoiadores que um fato do mundo real.

Porque, no mundo real, com todos os méritos que Ciro tenha e possa ter, Haddad é Lula.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

23 respostas

      1. Em qualquer país civilizado ele estaria preso.por incitar abertamente atos criminosos. Aqui na Bruzundanga os juízes e procuradores gostam de truculência, de penduricalhos pagos por nós e dos holofotes da globo mas ignoram a letra da lei.

  1. … Num país em que as instituições estão absolutamente apodrecidas – e mancomunadas num golpe vagabundíssimo -, o Diabo basta ter apenas um olho para promover o maior escarcéu!
    Estes miseráveis bandidos(as) nazigolpistas ainda vão aprontar muitas desgraças até o dia 7 de outubro próximo!
    .

  2. A lógica indicou sempre o candidato do PT contra um representante da centro-direita ou da extrema direita. Caminhou para o capitão que ganhou reforço após a agressão sofrida. Reforço por comiseração de alguns e por falta de opção de outros, eternos anti PT, que não enxergaram nos demais candidatos alguém que os pudesse representar. Ciro é considerado de esquerda e eles talvez o apoiassem num 2T. Ficam agora com a batata quente nas mãos pois levar apoio a uma candidatura que contraria a razão de ser da democracia é concordar com o totalitarismo. O caminho está traçado mas a luta somente terminará no dia do segundo turno. Até lá muita mentira e medo serão espalhados pela mídia-mercado e setores fascistas tão atuantes nos últimos tempos. Temos que lutar também para eleger um congresso mais arejado para ajudar na reconstrução da democracia no Brasil.

  3. A pesquisa do BGP Pactual chega com atraso ao resultado apurado pelo Vox Populi há mais de uma semana atrás Haddad com 22% e no do banco de hoje com 23%. É de se perguntar será que o Coimbra teve premonição e previu uma semana antes que Haddad chegaria aos 22%, ou ele provou que os institutos ligados aos golpistas manipulam e seguram os indices dos candidatos indesejados pelo mercado. A noticia boa é que a pesquisa do banco congelou o Bolsonaro não deu nem para simular um crescimento na margem de erro, ou seja, o coisa ruim na certa caiu. Acredito que teremos que esperar o próximo Vox para saber o real indice do Haddad que na certa já está nos 30% ou mais.

    1. Boa análise Luís, devemos levar em conta que o trabalhador q vota no Lula, no seu local de trabalho, não tem tempo ou não pode atender o celular e quando atende tem dificuldade de responder digitando a resposta. Também acho q Haddad está na casa dos 30.

  4. Um recadinho ao Wanderlei Guilherme dos Santos:
    E aí ? Quem estava com a razão, você ou os blogs que você acusou de manipular as pesquisas a favor do PT ?
    Continue a destilar seu ódio nos blogs ciristas. É apenas mais um “intelectual” que não suportou que o povo contrariasse sua arrogância. Um Cristovam Buarque a mais ou a menos não faz diferença nenhuma.

  5. E segue a baixaria destes nazistas. O que os bolsominions querem? Um governo de mentira? Um presidente brutamontes que tem o QI de um macaco-prego? Sim, porque orangotangos, rhesus e chimpanzés tem QI maior do que esse bolsossauro troglodita.

  6. HADDAD É LULÃO !!!! O povão está entendendo muito bem isso…..por isso , o nosso candidato HADDAD continua subindoooooo….. E vai passar o coiso…rs rs rs rs bolsemnexo tem teto, então se capricharmos mais , isto é : trabalhar, trabalhar, trabalhar !!!!! Buscar os votos de maneira aguerrida….. então , levaremos no primeiro turno !!!!
    É 13 !!!!!! É HADDAD e MANUELA por LULA!

  7. Estas pesquisas estão me deixando preocupado. Vejo a soma de Haddad e Ciro dando os mesmos votos do boçalnaro. Alguém de dê uma palavra que me acalme

    1. Haddad está em tendência de crescimento. Cresce no primeiro turno e também no segundo. Hoje é empate técnico com o Homem de Java, amanhã…

  8. A qualidade que Fernando Brito aponta como maior Virtude de Haddad é na verdade seu maior Vício: “Haddad é Lula”. Haddad não é Haddad. Ele precisa escorar-se nos votos de Lula no primeiro turno e no Voto Útil no segundo turno. Haddad (potencialmente um grande político) AINDA NÃO tem estatura para ser Presidente nesta hora dramática. É preciso alguém com autoridade própria para enfrentar a tormenta. Em minha modesta opinião, Ciro tem o perfil e a experiência adequados.

  9. Nunca imaginei que a suposta esquerda acreditaria em pesquisas feitas pelos banqueiros e por telefone e prefere a voz do sistema financeiro e do Ibope que participou da tentativa de fraude das eleições do Rio, em 1982, para tentar, em vão, impedir a vitória de Brizola ao incômodo empate técnico entre Ciro e Haddad dado pelo Data Folha. A pesquisa do Vox Populis, fundado por Collor e encomendado pelo PT não pode ser considerada parcial e com credibilidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *