Presidente de porta de botequim

Não toquei no assunto porque era sórdido, mas a reação (veja abaixo) do presidente da França, Emmanoel Macron, ao deboche de Jair Bolsonaro – ou de seu alter ego tuiteiro, não faz diferença – sobre sua mulher, Brigitte, obrigam ao registro.

Não é possível deixar de dizer que Jair Bolsonaro é um boçal.

Pior, um boçal, cercado de boçais e a serviço da boçalidade.

Transforma o ambiente do governo numa pocilga e não falta quem se disponha a refocilar na lama, como o jagunço que colocou no Ministério de Educação, que posa de atirador e dispara palavras estúpidas, como a de chamar de “calhorda” o presidente de uma nação amiga e sugerir “ferro no cretino do Macrón (sic)”. En passant, Macron não leva acento.

Muitos acharam que Bolsonaro fosse transformar o país numa selva. Erraram, a selva está queimando, mas o chiqueiro vai de vento em popa.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

13 respostas

  1. Porta de bordel ! Na melhor das hipóteses gerente do bordel. Com todo o respeito às funcionárias, que têm muito mais moral do que ele.

  2. The New York Times: “Jair Bolsonaro é o menor, mais maçante e mais insignificante dos líderes” 26/08/2019

  3. Ora, ora… deixem de atrapalhar o desgoverno BOSÓ!
    Acelera BOSÓNALHA!
    Corre Muléqui!
    Afuuuunda Brazzzziiiil!

  4. Pra piorar ainda mais, essas tiradas estúpidas não são erros nem descuidos: fazem parte de um programa de governo de imbecis.

  5. Não fale mal dos porcos, Fernando… Eles nos são muito úteis… Já esse aí é pior que o Presidente Camacho do filme Idiocracia…

  6. As manchetes da vez dizem respeito ao vandalismo ambiental.
    Como presidente o bozo comporta-se como um vândalo institucional.
    Como um todo o entorno bolsonarista apresenta variações sobre o mesmo tema: o bozo e seus apoiadores estão imbuídos numa cruzada de vandalismo civilizatório e de destruição do país (suas instituições, sua economia, sua soberania e sua auto-estima).

  7. O Cocô presidente tem alergia à primeiras damas, depois que a belíssima Sophie Trudeau,esposa do primeiro ministro canadense há alguns meses na reunião do G20, cruzou com o Cocô, não foi cumprimentada e perguntou quem era aquele Quasimodo estranho se esgueirando pelos cantos…. e quando informada que aquela silhueta disforme era a do presidente do brasil, lascou: ACHEI QUE FOSSE O TIO DO CAFÉ.
    A gargalhada foi geral entre todos os outros 19 membros ,que achavam estranha aquela figura sombria e grotesca,que não se enturmava com ninguém.
    MORAL DA HISTÓRIA (real) :
    O brasil está atualmente na IDADE DO COCÔ, anterior à IDADE DA PEDRA LASCADA.

  8. É tão cansativo, tão lamentável… Isso tudo já me fez desejar que a terra fosse mesmo plana pra que eu pudesse chegar até a borda e pular, tamanho constrangimento diante de tanta merda que esse cara fala.

  9. O comportamento do presidente e aliados nesse episódio é o de frequentadores de botecos e borracharias de beira de estrada…Nível Zero….Nem precisa dizer que o agronegócio (que apoiou o mesmo) vai pagar a besteira que fez…..

  10. Caro Fernando Brito, Chamar essa coisa de presidente de porta de botequim é ofensa aos bons botequins. Seria mais justo chamar de presidente de porta de pés sujos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.