Previdência: improviso, fisiologismo e prejuízo ao trabalhador

refprev

Michel Temer anuncia hoje o “remendão” da Previdência.

Para a quase totalidade dos trabalhadores, os do setor privado, é o fim da aposentadoria por tempo de serviço, que passa a exigir, para recebimento integral dos proventos – em geral já modestos – 40 anos de contribuição.

O que, com os períodos de desemprego, mudanças de emprego, trabalho sem registro, contribuições não recolhidas e com registros perdidos, eleva para algo perto de 45 anos o tempo de atividade laboral exigido do trabalhador.

Aposentar-se com os 35 anos de contribuição atuais significa ficar com 87,5% do valor da aposentadoria.

A “equiparação” do servidor público é para valer apenas para quem entrou de 2004 em diante o que, em boa parte, já existe entre os servidores do Executivo . É altamente duvidoso que isso vá prevalecer para a elite do Judiciário e do Ministério Público.

A operação de troca de votos por vantagens entra agora em ritmo acelerado, com a posse de Alexandre Baldy – cujo passado de “menino de ouro” de Carlinhos Cachoeira a Folha aborda hoje, outra vez, mostrando que sua campanha foi financiada pelo irmão do bicheiro –  para negociar convênios com os municípios, obras do Minha Casa, Minha Vida.

Ainda assim, é muito difícil que se obtenha os 68 votos “extra”, além dos 240 de que o governo se acha possuidor para chegar aos 308 necessários a uma emenda constitucional.

O mais provável é que aos coisas rolem para o final do ano e a falta de tempo justifique o abandono da proposta.

Porque, se for para valer, o jogo pesado vai ter de ser rápido e escandaloso, mesmo para um governo escandaloso como este.

 

contrib1

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

11 respostas

  1. ‘É UM GOVERNO DE ASNOS, JERICOS E JUMENTOS, A COMEÇAR PELO PRESIDENTE’, DIZ SENADOR HUMBERTO COSTA

    Líder da oposição no Senado, Humberto Costa (PT-PE) criticou duramente o governo Michel Temer por querer alterar às pressas as regras da Previdência, prejudicando aposentados e pensionistas com o aumento da mínima, fim do regime previdenciário próprio dos servidores públicos, elevação do tempo de contribuição, dentre outras medidas; “Afogado em denúncias, asfixiado pela rejeição popular e com uma base mantida à custa do saque do dinheiro do brasileiro, esse presidente golpista insiste em aprovar uma reforma que vai destruir a segurança de uma velhice tranquila. É um governo de asnos, jericos e jumentos, a começar pelo presidente da República”, afirma. “E quero aqui, aliás, me desculpar com esses animais, que não merecem esse tipo de comparação”, disparou

    22 DE NOVEMBRO DE 2017

    (…)

    FONTE [LÍMPIDA!]: https://www.brasil247.com/pt/247/pernambuco247/328416/'%C3%89-um-governo-de-asnos-jericos-e-jumentos-a-come%C3%A7ar-pelo-presidente'-diz-Humberto.htm

  2. Não posso acreditar no silêncio do povo brasileiro, estão roubando todos os nossos direitos e não nos manifestamos estão empurrando em nosso c… e achamos graça, já é questão de guerra civil.
    Vamos nos unir e com urgência.

    1. tenho uma proposta ..com o que nos sobrou

      vamos abraçar Brasília ..todos formando com as mãozinhas coraçãozinho ou formato de pombinha e empunharmos faixas do tipo “não passarão” ..eu passarinho

      desculpe, mas as coisas não funcionam assim

      reflita, hoje meia duzia de sei lá o que mandam, e nós nem sabemos porque obedecemos

      loucura loucura loucura como diz nosso mais novo candidato a presidir este galinheiro

  3. A condição de ainda ser povo e ter um país soberano é lutar ou lutar.O único caminho para reconquistar a cidadania e o estado democrático de direitos. A elite é perversa e bandida; má e truculenta. Aos pobres, na sua imensa maioria só deve ter como bandeira, a seguinte determinação ou escolha, se vamos morrer: ou morremos como heróis ou morremos como covardes.As cartas estão na mesa, façamos as apostas…

    1. eu aposto nas armas ..em quem detém a força e a bala ..aposto na derrota dos outros inocentes em que seus filhos, eventualmente, entram com a carne ou com o olho vitimado por qq bala de borracha descalibrada

      agora, falando sério ..a saída esta na política, no diálogo ..e na tomada de posição das Forças Armadas pró democracia

      1. O problema é que o brasileiro luta e mata, principalmente e quase só por quatro motivos: 1) Por abandono afetivo: homem matando namorada, noiva ou esposa porque não concorda com a separação; 2) Pra roubar: mata criança, adulto, mulheres para roubar supermercado, celular, carro ou qalquer coisa, sem a mínima piedade (e nem fica preso por muito tempo); 3) Por causa de futebol: grupos inteiros de torcedores combinam encontros para se enfrentarem, sem ligar para as consequências. É um grupo de corinthianos que passa por um ponto de ônibus e mata alguém com camisa do palmeiras (e vice-versa), é um grupo de flamenguistas mata um vascaíno (e vice-versa), o mesmo ocorrendo com os grandes times das outras capitais e, finalmente, 4) Para ocupar boca de fumo: Grupos de uma favela ataca outros, numa eterna guerra pelos pontos de venda de droga.
        Mas o Temer, o Eliseu Padilha, o Henrique Meirelles, o Aécio,….o Lula também…., podem andar sem segurança, que no máximo vão ouvir alguns desaforos, mas não aparece um para dar pelo menos um safanão em nenhum deles!

  4. Chega de ficarmos inerte, temos que ir à guerra e fazemos uma revolução civil!
    Ou este governo vai acabar com a população e com o nosso Brasil!

  5. O problema é que a Midia vai vender ao povo uma imagem de grande administrador para Temer e que a mexida na previdência é de interesse dos pobres, que acharão que os “ricos” (os salários mais altos) serão fudidos. E nosso povo ingênuo aceitará tudo.

    1. Foi aprovada ontem à noite pela quadrilha que está onde outrora foi o Congresso Nacional, verba de noventa e um milhões pro traíra golpista entreguista mishell enganar os trouxas e otários, com certeza via PIG.

  6. O povo soube ir pra rua bater panela, encheram um pato na paulista,pintaram a cara, só porque a presidente Dilma fez uma tal pedalada que agora foi provada que não existiu e vcs colocaram um Salvador da pátria e olha o que ele tá fazendo acabando com o trabalhador, tirando a aposentadoria dos pobres, comprando deputados para se salvar das falcatrua do seu bándo, e o povo Tai caladinho com o rabinho entre as per

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.