Provocador de Ciro era “armação” de Jucá

Deve-se ao bom trabalho do repórter Eduardo Bresciani – não vi em outro veículo, por isso desculpas antecipadas a quem mais tiver publicado – a revelação de que Luiz Nicolas Maciel Petri o sujeito que  xingado por Ciro Gomes, em Roraima é mesmo um prestador de serviços do  MDB e do DEM e, portanto, de Romero Jucá, como acusou o candidato do PDT.

Dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostram que a produtora da qual Petri é dono realiza os programas de rádio e TV do MDB de Roraima, tendo recebido R$ 124,4 mil da legenda. Jucá é o presidente do diretório regional da sigla. A produtora, que tem o nome fantasia Saldo Positivo Comunicação e Marketing, prestou serviços também de R$ 1,4 mil para o candidato emedebista a deputado estadual Jorge Everton (MDB) e de mais R$ 70 mil para Chico Rodrigues (DEM), que disputa o Senado em dobradinha com Jucá.

Coisa de gente bandida. E mentirosa:

Petri publicou um vídeo em sua conta no Facebook dizendo ter feito apenas uma pergunta a Ciro, mas alegou que não tinha vínculo com Jucá. “Quero deixar claro que não faço nenhum tipo de trabalho para o senador Romero Jucá. Estava apenas lá como parte da imprensa, fazendo meu trabalho como jornalista”, afirmou Petri no vídeo.

Desta vez, Ciro teve toda a razão na reação ríspida e toda a imprensa deve reagir a este tipo de infiltração em seu trabalho. Misturar agentes provocadores a repórteres é coisa de canalhas e ditadores.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

50 respostas

  1. É o Ciro, sendo Ciro. O problema é que Ciro Gomes dá trela para que nulidades como Kim Kataguiri lhe movam processos judiciais. O maior adversário de Ciro, nesta e noutras eleições, é o próprio Ciro. Sabendo que, se eleito não conseguirá governar, Ciro faz aquilo em que é insuperável: usar toda sua verve verbal contra adversários e inimigos. Com as recentes ‘sinalizações’ de Fernando Haddad, dizendo que Ciro fará parte de um eventual governo, Ciro agora está muito mais à vontade para dizer o que os generais boquirrotos precisam ouvir. Como linha auxiliar, Ciro é imprescindível. Resta saber se le terá coragem de manter o tom e agressividade que os Mourões estão pedindo.

    1. Po. Vou votar no Ciro, mas pensei exatamente o q vc disse hj. Agora q tá meio consolidada a vaga no segundo turno pra centro esquerda (xuxu afundou) é hora de partir pra cima do Bolsonaro, que nem gente grande. Não ache q se não partir eles vão deixar o pt ou pdt no canto deles, eles só sabem agir assim. Agora é a hora de falar as verdades

      1. Lucas,

        Quem bom que você (oxalá muitos outros simpatizantes e possíveis eleitores do Ciro Gomes) tenha tido essa percepção e compreendido a essência desse meu comentário, o qual não é contraditório em relação a outros mais críticos e incisivos em relação ao candidato presidencial do PDT. Ciro levou a público as disputas, desavenças e desentendimentos dos bastidores dos partidos, discussões, articulações e acordos políticos. Ele fez chegar ao grande público que havia proposto ao PT que Dilma Rousseff saísse candidata ao Senado pelo Ceará, dando a ela estrutura de campanha e até mesmo providenciando aluguel de residência na capital do estado nordestino. Magoado com a decisão do partido de lançá-la ao Senado por MG, ele passou a hostilizar o PT e chegou a dizer nos veículos do PIG/PPV que o Ex-Presidente Lula não era perseguido nem preso político, mas um “político preso”. Ciro cometeu o desplante de dizer que a defesa de Lula (técnica, política e pelas bases e militâncias) era “afronta ao judiciário”. Ciro, que nunca foi de Esquerda, mas que sempre se mostrou um político capaz, navegando habilmente entre centro-direita e centro-esquerda, flertou e se aproximou perigosamente da banca, defendendo pautas neoliberais, privatistas e entreguistas; Ciro tem como seu formulador de política econômica ninguém menos que Mauro Benevides; como estrategista ele escolheu Mangabeira Unger. Num momento em que o Brasil está sendo desmontado e desnacionalizado, Ciro propôs reforma da previdência parecida com a que se fez no Chile, em que o sistema de capitalização faz com que o aposentado receba em média apenas 34% do benefício a que teria direito, num sistema de repartição, como o vigente no Brasil.

        E o que Ciro ganhou com tudo isso? A resposta da máquina partidária do PT foi um golpe baixo, em que o partido abortou a candidatura de Marília Arraes ao governo de Pernambuco (com chances reais de ser vitoriosa) em troca de o PSB não firmar aliança como PDT e dar a Ciro maior tempo no horário da propaganda eleitoral no rádio e na televisão. Oficialmente a burocracia petista alega que fez isso para que Márcio Lacerda retirasse a candidatura ao governo de MG, de modo que a disputa ficasse entre o atual governador, Fernando Pimentel, e o senador tucano, Antônio Augusto Anastasia, preposto e pupilo de Aécio Cunha. Com essas desavenças e lavagem de roupa suja em público TODOS perderam: Ciro, o PT e os eleitores. A direção do PT não consegue explicar e justificar essas manobras vergonhosas e por isso as atribui como sendo iniciativa do ex-Presidente Lula, preso político há quase 6 meses numa solitária curitibana, incomunicável, submetido a todo tipo de coações, chantagens, ameaças e torturas psicológicas. Como explicar aos eleitores e militantes o acordo com Eunício Oliveira e Paulo Câmara, que votou e/ou apoiou pela/a deposição de Dilma Rousseff, ao lado de quem sobe em palanque Fernando Haddad?

        É bom observar que Fernando Haddad é candidato imposto (ou consentido) ao PT pelo consórcio golpista. Como face pública e ostensiva o alto comando internacional do golpe de Estado (Deep State estadunidense e finança transnacional) usou o sistema judiciário brasileiro, maior parte das oligarquias brasileiras e PIG/PPV. Mas na retaguarda SEMPRE estiveram expressivas parcelas das FFAA, sobretudo do Exército. Quem se lembra das profecias do senador Romero Jucá e vê a atuação do general Sérgio Etchegoyen – chefe do GSI/SNI, ABIN e outros órgãos de inteligência, espionagem e perseguição a movimentos sociais – já percebeu que não são Michel Temer e sua quadrilha os que de fato mandam no Brasil pós-golpe. Aquele grampo, atribuído a Joesley Batista, tem TODAS as digitais do GSI/SNI e seu chefe. Aquele grampo na sala da Presidência da República, em 16 de março de 2010, tem essas mesmas digitais, além de outras, como as de ministros que integram certa ala/corrente dentro do PT, chamada “Mensagem ao Partido”.

        Alguns classificam de “sofisticada”, “sutil” ou “genialmente inteligente” a trama e os atores do golpe. Nunca vi os operadores do golpe no Brasil como portadores dessas qualidades. O que notamos, sim, é que a trama golpista, como um câncer, produziu metástases em TODAS as partes do organismo estatal e político do Brasil. Não há instituição ou poder da república, ou partido político, que não esteja repleto dessas células cancerosas. Extirpar essas células e tumores será tarefa muito difícil e demorada. E a demora no diagnóstico pode levar o paciente – Brasil – a óbito.

  2. Como é que o candidato do PDT, um político experiente, cai numa armadilha tão primária? Ele é o seu maior inimigo.

  3. Discordo de sua posição, Brito.. Sendo ou não provocador, o que não está claro, um candidato a presidente, ainda mais com a experiência de Ciro, não pode reagir daquela forma, demonstrando desequilíbrio, que agora será amplamente utilizado pela turma do Alckmin, perita na matéria. Além do palavrão, aquele “manda prender” pegou muito mal. Era só ignorar o cara, simples assim.

  4. Concordo.Apesar de não andar feliz com o Ciro nesta campanha, assisti ao vídeo e de fato não houve nada demais, muito embora um candidato que pretende ser o Presidente de uma Nação, precisa controlar mais os seus impulsos.
    É verdade que o cara fez a pergunta de uma forma provocadora deturpando o que Ciro havia falado.
    Depois ainda mentiu que Ciro deu um soco na sua barriga!!mentiroso.Mais mentiras que Ciro mandou prende-lo, não foi verdade, só pediu aos seguranças tira-lo de la.

    1. Tem vídeo mais completo que mostra que o Ciro agride. Não como um Muhammad Ali, mas agride. Esse “jornalista” é mentiroso mesmo pelas razões expostas pelo Brito.

  5. Jucá e seu “desinteressado repórter” são todos “buona gente” – assim como Boçal Nato, cheio de “amadores entusiastas” da banda podre dos serviços de inteligência, que hackeiam páginas e até número de celular (além de sempre divulgarem CPF, nome completo e endereço de seus desafetos).

    1. Gente bandida, sem o menor escrúpulo. Armam pegadinhas como se a democracia fosse uma brincadeira de moleques. Mas são moleques, talvez não de idade, mas de caráter.

      1. Estava refletindo sobre a misogina de Boçal Nato, e me lembrei de expressão usada pelos que têm acima de 70 anos (pelo menos aqui no Rio): esse sujeito não tem mãe.

  6. Detestamos violência, mas desta vez temos que admitir que o Ciro tá certo. Tem muita gente neste meio que são provocadores. Eu quero ver é se este “repórter”, depois que passar o embate eleitoral terá peito para provocar o Ciro !
    Ciro tem o estopim curto e estes caras são abusados.

  7. Os blogs 247 e DCM aproveitaram o vídeo para desconstruir a imagem de Ciro Gomes. Agem “inocentemente” mas o comportamento é de aliado tácito dos fascistas (mesmo sem querer).
    Ciro tinha toda razão: chamou o “jornalista” de FilhoDaPuta e disse que era pau mandado do Jucá. Acertou nas duas afirmações.

      1. Precisava sim. Foi até pouco. Quando um sujeito faz uma safadeza dessa deve ser repudiado da forma mais firme que existe.

    1. Vi no DCM e achei uma atitude deplorável para um blog que se diz de esquerda. Ciro errou em xingá-lo, mas o DCM agiu de forma maliciosa…

    2. Ciro tem um bom faro para bandidos. Sou pela paz, mas não vou condenar o Ciro pelo que fez. Pelo contrário. Ele fez muito bem em chamar o dito cujo pelo que ele merecia ser chamado.

  8. Ciro é um excelente nome para coordenar a elaboração de um projeto de regulação da mídia. É sério, não estou brincando.

      1. Corporações não se auto-regulam, não existe auto-regulagem, o controle tem que ser sempre externo ao grupo de interessados. Vide agências do governo, CNJ, CADE, CNMP, Corregedorias de polícia….

      2. O “LOBO” também têm muita Razão!!! Mas, entendi que você não citou quaisquer corporações Jornalísticas pré existentes para elaborações/organizações nos trabalhos de “Regulamentação de Mídias no Brasil”, mas, Profissionais (Individuais) Sérios e Responsáveis, conhecedores profundo do “Metiê” …
        Da mesma forma, que “dependemos” (para o bem ou para o mal), de advogados para a justiça; de médicos para saúde; de mecânicos para automóveis; de políticos para política; de policiais para a segurança; etc… É complicado… mas um dia, as “koizas” se acertam,,, “osana”!!!

  9. Não dá pra defender o Ciro, porque não importa quem está do outro lado, tem que ter compostura. Considero o Jucá um péssimo político. Mas foi eleito. Ao desrespeitá-lo, desrespeita também os eleitores. Como o presidente Ciro conduziria uma difícil negociação no congresso, por exemplo, para mudar a Lei do Petróleo? Xingando o Jucá, o Rodrigo Maia e o Renan Calheiros? Ah, mas é óbvio que seria um desastre. Com esse temperamento, será muito mais odiado que a Dilme e não sofrerá impeachment. Será assassinado, à lá JFK.

    1. Seria mais do que o seu irmão, Cid quando esteve na Câmara para prestar declarações sobre algo relacionado à pasta que ocupava no ministério do governo Dilma.E aprontou, confesso que dei boas risadas com a sua performance.

  10. Vou insistir no meu comentário: Mas precisava ele dá um soco, e xingar o cara de filho da puta? Bastava dizer, o que disse, que o jornalista era um provocador ligado ao Jucá.

  11. Mais uma máscara que cai, mas que o brasileiro não verá porque as Organizações Globo dará seu jeito de burlar.

  12. Detesto criticar alguém que espero esteja do nosso lado na luta pela derrubada do golpe, embora dia sim e no outro também, seu esporte predileto seja bater no PT e/ou no Haddad
    Horácio de Mattos foi um “coronel” da Chapada Diamantina nas primeiras décadas do século passado. Com jeitão mais moderno, Horácio diferia um tanto dos seus pares da época. Mas apesar de tudo, continuava sendo um coronel, inclusive usando o povo simples para pegar em armas na defesa de seus interesses e mesmo participando da perseguição à Coluna Prestes
    Ciro Gomes a meu ver não passa disso, um coronel repaginado. Que me desculpem seus admiradores!

  13. Canalhas e ditadores?
    e O que é o Romero Jucá?
    Para mim, além dois dois adjetivos é também um tremendo de um filho da puta.
    Cadeia é o lugar certo para este miserável.

  14. Perdão, mas existe maneiras de retrucar com classe. Ciro caiu na armadilha e feio. Ele podia dá um chega pra lá nesse repórter de maneira educada, e sairia por cima. Ciro precisa conquistar os eleitores “neutros” no momento, e o que ele fez só passa a ótica que ele é um cara sem temperamento nenhum. Já vi gente do meu entorno que não possui afeições políticas, que assistiu o vídeo falou “nossa que doido da cabeça”. Independente dele ser um capanga da mídia, o repórter ainda é repórter e quem ficou por cima na situação no quesito ótico foi ele.

  15. Boa noite. Esse infiltrado só assim agiu por saber do pavio curto de Ciro Gomes. Ciro precisa aprender a se controlar. Um dia o estadista deve suplantar o pugilista. Se ele quiser sobreviver politicamente.

  16. Por mais grave q seja um candidato a presidente agredir verbalmente um “repórter”,o q ninguém parece q percebeu,foi ele mandar seus “assessores” tirarem aquele “repórter do Jucá” dali…
    Sinceramente, até agora, não vi,nem o Bolsonaro agir assim…

  17. Eu sou Haddad mas apoiei desde o primeiro momento essa atitude do Ciro. Nesse caso ele está coberto de razão. Aquilo foi uma armadilha armada da forma mais canalha e filha da puta possível. Eu apóio 100% a atitude do Ciro que não foi um ato de destempero mas de caráter. Esse foi um ponto positivo do Ciro que todo democrata deveria apoiar. Não é possível mais aceitar esse tipo de método fascista de provocação e farsa mentirosa. O sujeito deveria ter saído de lá embaixo de pancadas.

  18. Não importa se e armação, um candidato a presidente NÃO pode ser ignorante desse jeito igual o ciro. Enfim, parece que Ciro esta irritado pois Haddad passou ele nas pesquisas.

  19. Mas agredir o cara, fisicamente inclusive, é a reação esperada de um candidato à presidência? Ciro caiu na provocação fácil.
    Me lembrou o Nilton Cruz. E contra os estudantes em greve no Ceará que protestavam contra o Cid Gomes com um cartaz feito de cartolina? Provocador?
    Voto nele se passar pro segundo turno mas repudio atitudes assim.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *