Que plano, general?

Os jornais publicam que , segundo o porta-voz da Presidência, general Otávio do Rêgo Barros ,  Jair Bolsonaro tem um “plano estratégico” para o país chegar o final do ano” com um ambiente de mais tranquilidade, inclusive na economia”.

Louve-se o empenho do general em defender o chefe, mas o Brasil, o Mundo e o Universo sabem que Jair Bolsonaro não tem plano algum, senão o da demagogia irresponsável que exibe liberando o porte de armas e até – deus meu! – retirando a obrigatoriedade do uso de cadeirinhas de bebê nos automóveis. O que, aliás, relembra Bruno Boghossian, na Folha,  era sua intenção desde 2010, quando era ainda um obscuro deputado.

Aliás, parece que é o país quem está andando com crianças no banco da frente.

Na economia, descobriu-se que Paulo Guedes não é o “Posto Ipiranga”, é o sujeito do comercial que, quando se pergunta por alguma medida para tirar o país do atoleiro, responde: “é logo depois dali, da reforma da Previdência”.

E a própria reforma , enquanto o presidente cuida de se os carros devem ou não trafegar de farol aceso, periga, ao ponto de Bolsonaro confessar, publicamente, que não tem os votos para aprová-la, quatro meses depois de tê-la levado ao Congresso.

O país não tem política industrial, não tem política agrícola, não tem políticas sociais. Para não ser injusto, tem uma política armamentista e homicida, incentivada por um presidente que açula as forças policiais a atirarem à vontade:

— Se nós botamos armas na mão das Forças, é para usar. Se não for para usar, deixa em casa.

Assim, sem ressalvas, sem um “em último caso”, sem um “apenas quando for atacada”: apenas “é para usar”.

Há uma possibilidade, porém, de Jair Bolsonaro ter um “plano estratégico” que vai se desenvolvendo muito bem: o de destruir a civilização neste país, transformando-o numa selva miserável e violenta, com um exército dedicado a proteger as ilhas de riqueza de uma multidão que, segundo Rodrigo Maia, atende pelo nome de “colapso social”.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

16 respostas

  1. Lembro da entrevista que deu o general heleno para uma jornalista da globo . Perguntado sobre o plano para o Brasil . Quem viu a entrevista sabe qual é o plano . O general porta-voz sabe que não é o mesmo do general heleno . ” Não é melhorar cenário ” , é manter até a saída do capitão .

  2. Muito pior do que eles todos,são esses bandos de canalhas,daqui e dali,que votaram neles.E não foi a primeira vez,pois já votaram o FHC e no Collor.Antes,votvam do Dutra,e.Gomes Jnaio Quadros,e assim por diante.Se gostam e pedem desculpas,por estarem de costas,que se há de fazer?

  3. Parece o Titanic afundando e a orquestra tocando, ou o baile da Ilha Fiscal no RJ. O Brasil travado, regredindo, sem nenhuma estratégia de recuperação da economia e do emprego e o presidente facultando o uso de cadeirinhas de crianças nos carros, aumentando a margem para motoristas fazerem besteiras no trânsito, dobrando o tempo para renovar a CNH, eliminando exame toxicológico de quem dirige caminhão pelas estradas, liberando armas nas mãos dos tolos… Com essas medidas a economia vai crescer, o emprego vai retornar e tudo voltará aos tempos de 6 anos atrás. Hipocrisia e burrice juntas não dá coisa boa. Parece o governo do Mal Dutra que fechou os cassinos, cassou o PCB, comprou bugigangas da América do Norte e não deixou nada de bom na História do Brasil, ao contrário criou ambiente para o surgimentos dos corvos da UDN que logo depois levaram Getúlio ao suicídio. Se fosse um presidente sério e que quisesse o bem do país iria, ele mesmo, ao Congresso defender a tal reforma da previdência para matar os pobres e não deixaria a cargo do “posto ipiranga”; mas como ele mesmo diz que não sabe nada de nada ficamos à mercê desses ” sábios” que hoje estão à frente do governo. O Brasil não merece tamanho castigo.

  4. Tem que ser um completo imbecil para fazer tal declaração.
    Que idiota!
    Ele tem sempre destacado o “novo país” (??????) depois do bolsonaro.
    E ele, eles, sabem quem é o rapaz que foi expulso da corporação.
    Que completo idiota!

  5. O Botafogo Maia foi promovido a Nhonho! Que beleza???????????? não tem jeito deste país andar com um Bozo no comando.

  6. O BOLSOBOSTA tem mesmo um plano. E o está seguindo à risca : foder com o Brasil e povo brasileiro !

  7. Não dá para aguentar até o fim do ano, caro general Otávio. Não dá para aguentar nem até o próximo mês. Chamem o Vice-presidente General Mourão para assumir imediatamente. Já! Agora!

  8. A descrição precisa da realidade brasileira feita com maestria por Fernando Brito põe em relevo a torpeza do Cartel da Mídia em ocultá-la da população. Os barões proprietários das redes de tv, rádios e jornalões estão entre os maiores responsáveis pela desgraça que hoje vive o povo brasileiro. Um povo desinformado, ludibriado e meticulosamente conduzido ao precipício pela elite mais canalha do mundo.
    Até quando vamos aceitar esse aberração?

  9. “(…)é o sujeito do comercial que, quando se pergunta por alguma medida para tirar o país do atoleiro, responde: “é logo depois dali, da reforma da Previdência”.

    Grande analogia, Brito! Morri de rir (chorando por dentro pela desgraça que o país vive).

  10. DEIXEM BOSÓ EM PAZ!
    ACELERA BOSÓ… ACELERA! O MURO É LOGO ALI!
    AFUUUNDA BRAZZZZIL!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.