Quem é Onyx? Alguém lembra?

Os jornais se espalham sobre o “enfraquecimento” do Ministro Onyx Lorenzoni e sua possível demissão da Casa Civil.

Assunto que não tem a menor relevância, porque Onyx já a perdeu faz tempo.

Há pouco mais de um ano, era ele quem dava declarações em nome do “governo de transição”.

Hoje, ninguém vai lhe perguntar nada e só se soube que ele estava de férias porque seu interino – indicação dos “garotos” do papai Bolsonaro – foi brincar de aviãozinho da FAB.

Ficou sob seu poder formal o Programa de Parceria de Investimentos que, todo mundo sabe, era de fato comandado pela Economia. Aliás, como só está na Casa Civil desde julho, nem mesmo poderia ter papel na modelagem dos leilões, demorada e cheia de detalhes técnicos e jurídicos.

Despareceu das negociações com o Congresso, depois que perdeu para o general Luiz Eduardo Ramos Baptista este papel.

Onyx não é nada e o imbroglio da exoneração-nomeação-nova exoneração de Vicente Santini é a prova de que não apita nada mesmo, nem dentro de “seu” ministério.

Onyx, que em latim é “garra”, já tinha perdido as suas faz tempo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email