Quem é Onyx? Alguém lembra?

Os jornais se espalham sobre o “enfraquecimento” do Ministro Onyx Lorenzoni e sua possível demissão da Casa Civil.

Assunto que não tem a menor relevância, porque Onyx já a perdeu faz tempo.

Há pouco mais de um ano, era ele quem dava declarações em nome do “governo de transição”.

Hoje, ninguém vai lhe perguntar nada e só se soube que ele estava de férias porque seu interino – indicação dos “garotos” do papai Bolsonaro – foi brincar de aviãozinho da FAB.

Ficou sob seu poder formal o Programa de Parceria de Investimentos que, todo mundo sabe, era de fato comandado pela Economia. Aliás, como só está na Casa Civil desde julho, nem mesmo poderia ter papel na modelagem dos leilões, demorada e cheia de detalhes técnicos e jurídicos.

Despareceu das negociações com o Congresso, depois que perdeu para o general Luiz Eduardo Ramos Baptista este papel.

Onyx não é nada e o imbroglio da exoneração-nomeação-nova exoneração de Vicente Santini é a prova de que não apita nada mesmo, nem dentro de “seu” ministério.

Onyx, que em latim é “garra”, já tinha perdido as suas faz tempo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

17 respostas

  1. Dólar subindo, bolsa caindo, indústria falindo e as atenções voltadas para as peripécias de Weintraub, Onyx e cia.

    1. Enquanto os império romano mantinha o povo alienado com pão e circo, a bozolândia só tem circo.

      1. Poderíamos aproveitar as várias arenas de futebol pelo Brasil e promover um “circo” com os demitidos pelo Bozo. Bastaria importar alguns leões… e a festa seria do povo. Se ele não tem pão, pelo menos os leões teriam carne….

    2. Tem toda razão, Henrique. Precisamos focar no que interessa realmente, que é a pauta econômica neoliberal, a mais destrutiva para os trabalhadores.
      O diversionismo desse governo patético com outros temas não pode nos desviar do essencial.

  2. Onyx vai entrar para a história. Será sempre lembrado por ser aquele cujo caixa dois foi perdoado por um ex-juiz, hoje ministro da justiça.

  3. ufa…, pensei que vc ia falar sobre sua seriedade, honestidade e os caixas dois que o moro o perdôo.
    Mas é uma injustiça demitir alguém deste governo por incapacidade ou desonestidade destruidora. Se no comando tem um bolsonaro, um heleno, um moro e os filhos do bozo, quem será acusado de que?
    Nota: há um definitivo critério para provar honestidade, basta se submetê-los a um décimo do “inventário” que a PF e os procuradores fizeram do LULA e do qual ele saiu ileso, embora caluniado com sentenças.
    Todos agora estão sob esta régua, inclusive os inquisidores.

  4. Esse foi a primeira amostra que Bolsonaro convive bem, e muito bem com corrupção, claro que caixa2 é rachadinha são farinha do mesmo saco. É o Sérgio Moro, kkkkkkkk, foi logo desculpando, pois sem Lula por perto, só se interessa por cargos bem remunerado.

    1. A figura do Onix não é bem vista por funcionários da AL do Rio Grande do Sul. Falam cobras e lagartos dele. Mas, claro, bolsomínions não sabem e nem se preocupam com isso.

  5. O que eu lembro desse moço é que no início de 2019 ele dizia que era preciso “despetizar o Planalto”. Um fraco.

    1. O alvo dele, desde que era deputado no RS sempre foi o PT. Que falta de imaginação dessa gente.

  6. Eu me lembro! Eu me lembro! É aquele corrupto que se “arrependeu ” e…. foi perdoado pelo Juizeco – Moro.

  7. Mais lixo para a montanha de lixo que representa esse governo. Doido não é governo. Doido é quem votou nesse merda, especialmente os mais pobres e fracos … Acorda Brasil…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.