Quem está indo embora não é o vírus, é Bolsonaro

Jair Bolsonaro, o bufão da morte, diz numa live com pastores evangélicos que o coronavírus “está indo embora”.

Só se foi porque ele mandou, porque vírus está solto no meio de nós e os dados – é preciso dizer com a palavra certa – IRREAIS divulgados pelo Ministério da Saúde ajudam a sustentar esta mentira.

Hoje e ontem se apontou aqui onde estão, nas estatísticas, o expurgo de casos que “não existem” apenas porque não são testados e, na falta deles, porque não se adota o diagnóstico clínico para a identificação de casos do Covid-19.

A doutora Natália Pasternak, da USP, esta noite, na Globonews, chegou a falar de uma “subnotificação” de 90% dos casos de novo coronavírus, que pela falta de testes, uma vez que estes, mesmo em falta, foram eleitos o método de quantificação, não aparecem nos dados oficiais.

Significa que, segundo sua avaliação, os casos podem ser nove vezes mais que o anunciado. Idem em relação às mortes, porque há uma fila de milhares de exames de pessoas que morreram estocada em uma suposta categoria “outros”, porque não se consegue processar os exames laboratoriais.

Um grande hospital federal do Rio de Janeiro, informação que recebi de quem lá trabalha, tem uma “cota” de quatro kits de exame por dia. O que passa disso simplesmente não é testado.

Os integrantes técnicos do Ministério da Saúde sabem disso.

Por uma questão política estão aceitando que números artificiais estejam sendo passados à opinião pública e que sustentem fraudes como a de um presidente da República ir dizer que o vírus “está passando” justo no momento em que ele está se expandindo massivamente.

Bolsonaro está dramaticamente isolado com um bando de fanáticos. Perdeu o apoio bovino da classe média e virou líder de uma seita.

Ele é um caso perdido, mas não quem enche a boca para falar de ciência e se acumplicia com o discurso fundamentalista de um psicopata.

Vai embora e queria Deus que o vírus seja mais fugaz que ele.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

20 respostas

    1. MANDETTA = BOZOASNO
      Mandetta critica orientação da OMS e diz que Brasil testará apenas pacientes com sintomas
      https://www.terra.com.br/noticias/brasil/mandetta-critica-orientacao-da-oms-e-diz-que-brasil-testara-apenas-pacientes-com-sintomas,f7ad421308c557bb5f0bc75bb96e65a1ce3zzexs.html

      CORONAVÍRUS: MANDETTA PROMETEU 15 MILHÕES DE TESTES, MAS SÓ ENTREGOU 0,5% ATÉ AGORA
      https://theintercept.com/2020/04/02/coronavirus-mandetta-testes/

      Covid-19: Ministério da Saúde não sabe quantos testes foram feitos no país
      https://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2020/04/03/covid-19-ministerio-da-saude-nao-sabe-quantos-testes-foram-feitos-no-pais.htm

      Subnotificação dificulta combate à covid-19 no Brasil
      https://www.dw.com/pt-br/subnotifica%C3%A7%C3%A3o-dificulta-combate-%C3%A0-covid-19-no-brasil/a-52919120

      RESULTADO DE TESTE DE COVID-19, SÓ UM MÊS DEPOIS DO ENTERRO
      https://piaui.folha.uol.com.br/resultado-de-teste-de-covid-19-so-um-mes-depois-do-enterro/

      Cálculo de novas mortes por covid-19 inclui óbitos com 16 dias de atraso..
      https://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2020/04/09/calculo-de-novas-mortes-por-covid-19-inclui-obitos-com-12-dias-de-atraso.htm

      ————————————————————————————————————————————————

      Pessoas sem sintomas são responsáveis por dois terços das infecções de coronavírus
      https://oglobo.globo.com/sociedade/pessoas-sem-sintomas-sao-responsaveis-por-dois-tercos-das-infeccoes-de-coronavirus-24307692

      OMS pede testes em massa e isolamento, e alerta para mortes de crianças por coronavírus
      https://oglobo.globo.com/sociedade/oms-pede-testes-em-massa-isolamento-alerta-para-mortes-de-criancas-por-coronavirus-24307901
      “— Teste, teste, teste. Teste todo caso suspeito. Se for positivo, isole e descubra de quem ele esteve próximo. Não se consegue combater um incêndio com os olhos vendados. Você não consegue parar essa pandemia se não souber quem está infectado”

        1. Pais costumam ter certa complacência com suas crias.
          E Bolsonaro, sem dúvida alguma, é cria da midiazona. Cria rebelde, mas cria.
          No mais, é apenas o velho conflito de gerações, mas, enfim, defendem os mesmos interesses, que, certamente, não são os interesses do brasileiro comum!

  1. Amanhã vai escrever que ele tem sólidos 30% de apoio da população e que não é bom momento para retirá-lo. Que devemos confiar no Braga Neto e Mandetta, talvez até no STF, quem sabe o Maia e Dória.

    Tá difícil essa demagogia do Bolsonaro é fraco e está sem poder portanto não precisamos enfrentá-lo e no dia seguinte ele está muito forte, não conseguimos derrubá-lo.

    No fim é fica e mata logo bolsonaro!

    Eleições 2022 é a única coisa que importa.

  2. Feliz o país que tem uma equipe como bolsonaro, pastores evangélicos e a filha do silvio santos para resolver esta grave situação que passa o país. Os bobos do resto do mendo têm esta tal de OMS e a tal da ciência, coitados.
    Brindaram com um cálice de cloroquina?
    E as instituições permanecem sólidas como rochedo, como diria o tófoli.
    Seria cômico se não fosse trágico. O trágico em forma de pastelão.
    Que desastre!

    1. Deveriam todos fazer uma cena de última ceia e se reunirem pessoalmente com cumprimentos, beijos e surubas como sempre fazem … O inferno iria adorar !

  3. O grande capital achou a sua forma de conservar o poder, os bois de piranha.

    Já usei a figura do Boi de Piranha num artigo proposto ao GGN que não foi ainda publicado, mas retomo a linha de raciocínio com mais argumentos. O uso de da família miliciana como os bois de piranha da mortandade que ocorrerá nas próximas semanas causada pela ruptura de todo o sistema de saúde.

    A epidemia do coronavírus Covid-19 apesar de não se saber muita coisa sobre ela algumas coisas já estão claras, que numa situação de descontrole e sem uma rígida quarentena, em menos de vinte dias a epidemia se alastra e gerando uma total e completa ruptura do sistema hospitalar, a letalidade da doença atinge valores acima de 5% dos infectados.

    Com o sem as medidas frouxas dos governadores a epidemia está chegando a uma parte imensa da população brasileira, como o atual ocupante da cadeira da presidência da república não faz nada e contribui para que a quarentena que já era fraca se tornasse muto pior, ele e sua família mafiosa junto com alguns empresários de segunda linha e um astrólogo louco da Virgínia, formam o que se chama os bois de piranha ideais para jogar nas suas costas um total descontrole causado não só pela ausência de uma quarentena rigorosa que custaria muito caro ao grande capital brasileiro, pois dever-se-ia sobretaxando-se este capital obter recursos para criar condições ideais de isolamento para a população mais pobre que deveria inclusive parte dessa ser retirada das sub habitações que vivem e transferidas para hotéis, prédios vazios e alimentadas durante todo o período de quarentena.

    Como uma ação vigorosa para implementar esse tipo de quarentena, custaria bilhões aos cofres públicos e colocaria em cheque toda a iniquidade do sistema tributário brasileiro, inclusive recorrendo aos bancos privados com um imposto especial sobre os lucros indecentes que tiveram nos últimos meses, iria completamente contra a política liberal dos representantes do grande capital, como a imensa maioria dos governadores, representantes do legislativo e as forças armadas.

    Para evitar a sobretaxação dos mais ricos, para conservar o sistema de domínio político, inclusive reforçando-o e livrar a cara dos governadores liberais criou-se uma situação extremamente conveniente. Demonizou-se a atual família miliciana, coisa que é muito fácil de fazer, inclusive com o apoio da chamada mídia progressista, e beatificou-se um ministro da saúde que não fez nada além de boas apresentações na TV.

    Mas qual o segmento de toda essa farsa para ficar bem de acordo aos olhos da opinião pública de classe média que sofrerão parte desta desgraça. Provoca-se o rompimento do atual ministro da saúde, que por um acaso é um privativista do sistema de saúde e pertence aos quadros do DEM, apoiados pelo presidente da câmara e do senado, que por acaso são outros privativistas de toda a economia e pertencem ao DEM, o ministro da saúde rompe com a presidência da república por demissão ou até por renúncia colocando toda a responsabilidade do que está por vir, nas costas de um bando de criminosos ladrões de galinha que são perfeitamente descartáveis e através dos mesmos militares que deram apoio e sustentação a esses mesmos criminosos se retira do poder colocando sobre os ombros desses batedores de carteira um roubo acima de sua capacidade de execução.

    Quem substituirá esse bando que ocupou por bom tempo a cadeira da presidência da república é uma questão de detalhe, pode ser qualquer um da outra máfia que rondava o poder e que dava apoio a toda a política de entrega do patrimônio nacional, pode ser algum político do DEM, num simulacro de substituição constitucional, pode ser o vice-presidente se o mesmo aceitar em ser uma nova rainha da Inglaterra sem poder, ou podem ser os militares mesmo, tudo vai depender do grau de revolta da população e dos apoios que o substituto tenha na verdadeira grande burguesia, que com políticas certas além de venderem o patrimônio nacional para o grande capital internacional ou mesmo alguns nacionais, que terão de quebra a aquisição por preço de banana empresas falidas nacionais que ficaram aplaudindo os desmandos dos últimos anos ou apoiaram claramente os bois de piranha.

    Talvez seja necessário acabar com a liberdade de imprensa por algum tempo, deixando somente para as grandes rede de comunicação a ampliação da culpa dos batedores de carteira, a cassação de siglas partidárias de oposição, se elas fizerem oposição, e beatificarem um ministro da saúde que na realidade não fez nada contra a epidemia e fazerem réquiens cínicos às centenas de milhares de mortos pela epidemia até que se ache uma vacina contra essa.

  4. O desgovernante irracional e inconsequente está nos levando para a morte, como prometeu. Está
    havendo subnotificação, isso é claro. Quando essa loucura toda passar, é só comparar os números de mortes de fev, mar, abr, maio /2019 com os dados de fev, mar, abr, maio/ 2020. No final disso tudo, vamos constatar quanto custou, em mortes, o ódio ao PT.

  5. Pois acho,senhor Fernando,que o senhor esta EQUIVOCADO.0s seguidores desse MONSTRO,estão espalhados por todo o país.Não são somente,aqueles que o senhor menciona,,mas milhões de monstros idênticos,quer durante toda a historia do Brasil,sempre estiveram ao lado da CANALHA,pois são gente simples,do povo,que sofrem do mesmo fenomeno.CANALHICA COLETIVA.Não vamos nos iludir.

  6. Não é o único culpado, talvez pior que ele seja quem o tutela. Viram a lambança que fizeram é agora se escondem atrás do mito louco.

  7. Vivemos em um imenso campo de extermínio onde somos apenas mais um que atrapalha. Um genocídio anunciado sendo joguete nas mãos de inescrupulosos. Qtos vão morrer não interessa. Os fascistas agem para qualquer situação lhe seja benéfica no jogo do poder. Já iniciou a escolha do próximo candidato a presidente. O resto é carvão.

  8. Acho que é o contrário……..a safadeza desse povo não tem limites, tem gente tentando defender plano de saúde escroto, que deveria passar uma noite, sempre a noite, numa de suas utis, pra ver o número elevado de óbitos, e não é em tempos de pandemia…..e os otimismo que a rede golpe hoje fala da pandemia é de colocar as barbas de molho, inclusive com os apresentadores rindo desgraçadamente………..a meu ver, para esses abutres, que se dane o povo, quem manda, irá continuar mandando serão os bancos, na figura nefasta do tchutchuka, que vai aproveitar toda essa desgraça pra impor seu plano genocida, destaque para o congelamento salarial do funcionalismo, por um tempo de dois anos, prazo irracional que saiu da cabeça doentia dessa gente, como se o funcionalismo estivesse recebendo algum aumento salarial e não arrocho…..

  9. Só posso dizer uma coisa: vai pra casa Bolsonaro e leva todos os amalucados contigo. Mas, tenho uma pergunta: cadê o Queiroz?

  10. esses fanaticos religiosos me dao gastura, para nao falar coisa pior. O Minto flatuleia e eles dizem logo amem, ele, raivoso, diz q vai fazer e acontecer com o ministro da saude e os supostos cristaos q em tese leram os ensinamentos do Cristo (nao sou religioso) explodem em gozo O Chile comprou os testes em janeiro. Outros deveriam ter feito o mesmo mas preferiram esperar para ver se a casa ia mesmo pegar fogo para poder comprar os extintores. E claro Clovis, sem licitacao

  11. Mas, se a cúpula fica, que adianta. Ficamos sem o bufão; os genocidas entreguistas persistem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *