Recorde de infecções mostra descontrole da Covid-19

Com a marca recorde de quase 68 mil casos novos de contaminação pelo novo coronavírus em um único dia – 67.860, segundo as secretarias estaduais de Saúde – já não é mais possível que as pessoas responsáveis sigam “normalizando” o que está acontecendo no Brasil.

Isto corresponde a 80% de todos os casos registrados na China, ao longo de todo o perído de pandemia por lá.

Não bastasse ser inaceitável que mais de mil pessoas percam a vida todos os dias, já há quase dois meses, sem que isso seja uma emergência, estão evidentes os sinais de que as coisas piorarão muito adiante.

68 mil novos casos num dia, com a taxa de mortalidade que temos (3,8%) representam cerca de 2.500 mortes diárias.

É isso o “normal”?

Tenho acompanhado a pandemia desde janeiro, quando ainda havia muita gente boa que a subestimava, muitos devem se lembrar. Por isso, não me sinto alarmista em dizer que estamos à beira de um precipício que muitos não estão percebendo, como não percebiam naquela ocasião.

Estamos passando para a faixa superior das projeções feitas pelos modelos estatísticos de de universidades, que já nos levavam à 200 mil mortes, ou 0,1% da população brasileira.

Isso é monstruoso e não pode ser aceito como inevitável.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

10 respostas

  1. Calma Brito, o exército do comandante pujol fabricará umas hidroxquinas a mais e todos se salvarão.
    Calma!

  2. A questão não é “acertar ou errar previsões” mas sim o que elas mudam da nossa realidade. As mortes aumentaram ? Sim, muito, estamos batendo recordes. Ao que nosso presidente diria, como já disse: E daí ? Essa é nossa realidade e não podemos nos desesperar com ela.
    Em tempo, 200 mil não é 1% da população brasileira, mas sim 0,1%.

    1. Desesperar-se não tem nada a ver nesse caso. O Brito está apenas apontando para uma triste realidade do que as projeções matemáticas sugerem. Até agora sem erro. Você quer que ele se omita? Ah, vai pentear macaco.

    2. e se vc, ou seus pais, seus filhos, esposa, irmãos, algum de vcs estiver incluído nesses 1% que irão morrer?

  3. Só há um erro no lúcido texto, 1% da população seria 2 milhões, e não 200 mil.

  4. Para a rede golpe o importante é que o futebol vai voltar e ela pode vender seus pacotes caros de futebol ruim novamente….

  5. Parece que a nossa única esperança é que se desenvolva um tratamento.
    Torcendo para que esse estudo sobre corticoides divulgado hoje seja posto em prática e confirme sua eficácia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.