Reunião com Bolsonaro é sinal de Santos Cruz demissionário?

A Veja publica que o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Alberto Santos Cruz, encontrou-se ontem à noite, fora da agenda, com  Jair Bolsonaro. O encontro, no Palácio da Alvorada,  durou cerca de uma hora e meia e o general saiu sem falar à imprensa.

Há crescentes suspeitas de que Santos Cruz esteja na iminência de “chutar o balde” e estaria endo contido pelos emais generais na base do “posição conquistada não se entrega”.

Mas não se sabe quanto mais ele vai suportar o aval do presidente ao grupo de extrema direita que colocou ontem a hashtag #Fora Santos Cruz no topo do twitter. E, agora, com o auxílio luxuoso de Sérgio Moro, que tenta avliviar sua própria fragilidade junto ao Planalto.

As provocações se sucedem. Esta madrugada, Olavo de Carvalho disse que santos Cruz é “um bostinha engomado” e que ” não é homem bastante nem mesmo para ler o que escrevo, quanto menos. para debater comigo”.

A mochila do general já encheu.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email